Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

10 cuidados básicos pós-alongamento de unhas.

Confira dicas essenciais para repassar às suas clientes e tenha resultados ainda melhores em seus alongamentos.

Muitas mulheres sonham em ter as unhas grandes pois elas transmitem delicadeza e beleza, o que vêm tornando a técnica de alongamento cada vez mais popular em salões de beleza e esmalterias.

Essa técnica tem sido utilizada para auxiliar mulheres que enfrentam problemas como unhas fracas, quebradiças ou até mesmo o ato de roer as unhas.

Então, para manter a durabilidade de um procedimento como esse, alguns cuidados são fundamentais e precisam ser informados às clientes após a finalização.

 

Confira os principais:

1.       Usar luvas ao utilizar algum produto químico;

2.       Não fazer grandes esforços sobre as unhas;

3.       Evitar atividades que precisem que as unhas sejam dobradas, pois elas podem quebrar;

4.       Cuidado na hora de abrir portas e gavetas;

5.       Usar a ponta dos dedos para digitar e não as unhas, pois elas podem trincar;

6.       Não utilizar as unhas para abrir latas;

7.       Retirar o esmalte apenas quando for fazer a manutenção;

8.       Não utilizar acetona, apenas removedor para unhas;

9.       Fazer a manutenção de acordo com as recomendações da manicure;

10.   Não retirar o alongamento em casa, pois isso pode danificar a saúde das unhas naturais.

 

Após indicar todos esses cuidados, ressaltar que é de extrema importância realizar as manutenções, pois elas garantem que a unha natural continue com boa saúde e seja feito os ajustes com relação à cutícula, para que o alongamento continue bonito e com uma aparência natural.

Se você sempre carregou a vontade de ter um diferencial em sua profissão para atender a clientela, chegou o momento.

Comece a lucrar agora aprendendo mais sobre as principais técnicas de alongamento em nosso curso de Especialização em Unhas.

 

Tags

alongamento de unhas, unhas, saúde das unhas, cuidados pós alongamento, manutenção de unhas, unha natural, unhas fracas, unhas longas, técnicas

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Fitagem: aprenda como fazer!
A fitagem é um dos tipos de finalização mais famosos para cabelos cacheados. Existem dois tipos: a tradicional e a desconstruída. As duas garantem cachos definidos, texturização dos fios, volume controlado e redução do frizz. Aprenda a fazer as duas!   Fitagem tradicional O passo a passo da fitagem tradicional é o seguinte: Separe o cabelo limpo e úmido em várias partes; aplique uma quantidade considerável do creme para pentear de sua preferência sobre a primeira mecha, dividindo-a em seções menores (fitas) com os dedos; depois, amasse os fios em direção à raiz e cada fita formará um cacho; repita esse procedimento em todo o cabelo, sempre dividindo as fitas e aplicando o creme para pentear. Fitagem desconstruída Já a fitagem desconstruída é um pouco diferente pois garante fios mais leves e soltos: Separe o cabelo limpo e úmido em várias partes; diferente do método tradicional, aplique uma pequena quantidade de creme de pentear sobre cada seção e divida-a em seções mais largas; depois, amasse os fios em direção à raiz e cada fita formará um cacho dessa vez mais largo e solto; repita esse procedimento em todo o cabelo.     Os dois processos resultam em fios maravilhosos e com aquela aparência hidratada e bem cuidada essencial para os cabelos cacheados! Quer aprender a cuidar e valorizar os cabelos naturais? A especialização em cachos do Instituto Embelleze vai transformar as suas habilidades e te dar o conhecimento que você precisa para ser um profissional completo!
> Leia mais
Rede de apoio: você tem uma?
Na hora de correr atrás dos nossos sonhos, é muito importante ter pessoas que nos apoiem, nos acolham e facilitem a nossa jornada. Isso se chama rede de apoio. E por que é tão essencial ter uma rede de apoiadores na nossa vida?          A resposta é simples: para não desistirmos! Nem sempre os dias serão fáceis, mas saber que você pode contar com, nem que seja uma pessoa, já dá forças para continuar. Pense sempre assim: faça por quem te quer bem.   Quem pode ser?          O mais legal da rede de apoio é que ela pode ser literalmente qualquer pessoa(s) que te ajuda(m). Desde a família mais próxima que te ajuda a pagar as mensalidades do curso, os amigos que te colocam para cima, até aquela vizinha que sempre se dispõe a te ajudar enquanto você estuda.          Todas essas pessoas vão compondo a sua rede pessoal. E como o nome já diz, é ela quem vai te filtrar das adversidades e impedir que você caia.   Como posso ajudar?          A forma mais simples de também se tornar rede de apoio para quem você ama é a de agir com empatia. Pergunte se seus amigos estão bem, olhe as crianças para que seu(sua) parceiro(a) possa se dedicar aos estudos, carregue algo para os seus pais...          Nem sempre as pessoas sabem que precisam de ajuda, portanto, não espere que elas te peçam. A partir do momento em que você busca ser rede na família, no amor, nas amizades e no trabalho, tudo flui melhor. E lembre-se sempre: você pode até chegar sozinho, mas junto, você vai mais longe.  
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados