Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

Relaxamento capilar: cuidados pós-tratamento

Tudo o que você precisa saber

O relaxamento é uma técnica super comum nos salões brasileiros. Mas, como todo cabelo que passa por um processo de química, os cabelos relaxados também precisam de atenção para minimizar os danos do processo. Saiba como cuidar corretamente deles:

                                 

Reconstruir é essencial

         Uma boa reconstrução ajuda a reparar a fibra capilar danificada no processo, repor as proteínas dos fios e devolver a saúde do cabelo.

 

Hidratar, hidratar e hidratar

         A hidratação é fundamental para os cabelos relaxados, que podem ficar muito ressecados e danificados. Ela pode ser feita periodicamente para garantir a maciez dos fios.

 

Foco na nutrição

         Os cabelos cacheados e crespos já possuem tendência à opacidade. E após o relaxamento, o risco aumenta. A nutrição devolve o brilho e trata os fios por inteiro.

 

 

Produtos hidratantes e apropriados

         Na lavagem, opte pelos shampoos e cremes que conferem hidratação ao cabelo. Também é interessante que eles contenham ingredientes nutritivos e próprios para cabelos danificados pela química.

 

Intervalo entre os procedimentos

         Para garantir a saúde dos fios, é muito importante respeitar os intervalos entre um relaxamento e outro. O ideal é esperar 3 meses antes de repetir o processo.

 

         Já sabia quais os cuidados necessários com o cabelo pós-relaxamento? No curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze você aprende tudo isso e muito mais para se tornar um profissional completo e arrasar no mercado.

Tags

relaxamento, relaxamento capilar, cabelo crespo, cabelo cacheado, tratamento, cuidados

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Depilação na gravidez: descubra todos os cuidados necessários e os métodos mais indicados
Depilação na gravidez é permitida? Há muita informação errada sobre o tema por aí, por isso é importante buscar se informar para entender realmente o que é permitido ou não. A seguir, selecionamos tudo que você precisa saber sobre a depilação na gravidez para repassar às suas clientes que serão futuras mamães. Você vai descobrir quais são os cuidados necessários para realizar o procedimento durante a gestação. Assim como, conhecer os métodos mais indicados nesse período. Vamos lá? Cuidados com a depilação na gravidez É um mito dizer que as mulheres não podem passar por procedimentos de depilação na gravidez. É possível realizá-los até o nono mês de gestação, porém, é muito importante que sejam tomados alguns cuidados para evitar lesões. Isso acontece, pois durante o período de gestação, a mulher está com a imunidade mais baixa, logo, aumenta o risco de contrair doenças. Assim como o de inflamar ou infeccionar a área depilada. Dito isso, é extremamente importante oferecer às gestantes um local 100% higienizado e seguro para o procedimento. Outro ponto a ser levado em consideração na gravidez é com relação a sensibilidade da mulher. Na medida em que o parto vai se aproximando, aumenta o estiramento da barriga, assim como a descarga hormonal, deixando a pele muito mais sensível. Métodos de depilação na gravidez: o que é permitido ou não Como dissemos acima, o cuidado durante a depilação na gravidez deve ser redobrado para evitar lesões. Além das infecções que podem ser causadas, há o risco de aparecer marcas permanentes na pele. Listamos os tipos de depilação mais comuns e quais são os cuidados que as gestantes devem ter: Depilação com lâmina Não há nenhuma contraindicação quanto ao uso de lâminas. Entretanto, deve-se aumentar o cuidado em seu manuseio para evitar lesões na pele. Depilação a laser O laser não pode ser utilizado durante a gestação, devido ao alto risco de causar manchas na pele da mulher. Não há nenhum tipo de estudo que comprove efetivamente que a depilação a laser pode causar algum dano à formação e desenvolvimento do feto. Entretanto, especialistas não recomendam nenhum tipo de procedimento que exponha a gestante a qualquer tipo de luz, radiação ou descarga elétrica. Depilação com cremes depilatórios O uso de cremes depilatórios não é recomendado durante a gravidez. Esses produtos possuem um poder irritativo muito alto e podem causar marcas permanentes na pele da gestante. Depilação com cera É permitido a depilação com cera na gravidez. Inclusive, esse é um dos métodos mais recomendados pelos especialistas, pois a temperatura da cera vai ajudar os poros a dilatarem, o que facilita a retirada dos pelos. Quando elaborada a partir de ingredientes naturais, a cera vai minimizar os riscos de irritação no local da depilação. Em nosso curso de Depilação Profissional você dominará todas as técnicas para oferecer as suas clientes um procedimento seguro e eficaz. Matricule-se!
> Leia mais
10 cuidados básicos pós-alongamento de unhas.
Muitas mulheres sonham em ter as unhas grandes pois elas transmitem delicadeza e beleza, o que vêm tornando a técnica de alongamento cada vez mais popular em salões de beleza e esmalterias. Essa técnica tem sido utilizada para auxiliar mulheres que enfrentam problemas como unhas fracas, quebradiças ou até mesmo o ato de roer as unhas. Então, para manter a durabilidade de um procedimento como esse, alguns cuidados são fundamentais e precisam ser informados às clientes após a finalização.   Confira os principais: 1.       Usar luvas ao utilizar algum produto químico; 2.       Não fazer grandes esforços sobre as unhas; 3.       Evitar atividades que precisem que as unhas sejam dobradas, pois elas podem quebrar; 4.       Cuidado na hora de abrir portas e gavetas; 5.       Usar a ponta dos dedos para digitar e não as unhas, pois elas podem trincar; 6.       Não utilizar as unhas para abrir latas; 7.       Retirar o esmalte apenas quando for fazer a manutenção; 8.       Não utilizar acetona, apenas removedor para unhas; 9.       Fazer a manutenção de acordo com as recomendações da manicure; 10.   Não retirar o alongamento em casa, pois isso pode danificar a saúde das unhas naturais.   Após indicar todos esses cuidados, ressaltar que é de extrema importância realizar as manutenções, pois elas garantem que a unha natural continue com boa saúde e seja feito os ajustes com relação à cutícula, para que o alongamento continue bonito e com uma aparência natural. Se você sempre carregou a vontade de ter um diferencial em sua profissão para atender a clientela, chegou o momento. Comece a lucrar agora aprendendo mais sobre as principais técnicas de alongamento em nosso curso de Especialização em Unhas.  
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados