Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: salão de beleza

Negócio de sucesso: 5 dicas para abrir seu próprio salão de beleza
Abrir um salão de beleza tem tudo para dar certo. Isso porque o setor é o que menos sofre com crises financeiras. Se esse é o seu plano, separamos cinco dicas importantes para você investir no seu próprio salão e realizar o sonho de ter o seu negócio: Dica 1: Enxergue seu salão como uma empresa Para conseguir se destacar entre tantos salões e profissionais, você precisará conhecer os desafios de empreender. A dica é: procure entender de tudo um pouco. Desde como administrar o caixa e divulgar os seus serviços até o atendimento ao cliente. Saia da informalidade e tenha o seu CNPJ. Isso facilitará sua vida na hora de contratar, comprar mercadoria e ter acesso a crédito no banco! Dica 2: Defina seu público e escolha um bom ponto Antes de começar, pergunte para você mesma: qual o perfil das pessoas que eu pretendo atender? São homens, mulheres ou os dois? Vou oferecer um serviço completo ou algo específico? Quanto eu pretendo cobrar por esses serviços? Com base nessas respostas você buscará um local para dar o pontapé inicial no seu negócio. Tenha em mente que, se quiser agradar todo mundo, você corre o risco de não agradar ninguém. Ofereça um diferencial com foco no seu público. Dica 3: Faça um planejamento Estude a concorrência. Coloque no papel todo o investimento que você precisará para abrir o salão: produtos, equipamentos, mobiliários e tudo o mais que será necessário para deixar do jeitinho que você pensou. Com tudo no lugar, hora de pensar no futuro. Crie uma meta mensal, semestral ou anual. Depois, pense o que fará para atingir os seus objetivos. Não esqueça: metas são importantes para ver se o negócio vai bem. A ideia é: pense em tudo antes. Quanto melhor e mais antecipado for seu planejamento, mais chances de alcançar sua meta. Dica 4: Divulgue seu salão No começo, o importante é pegar prática e divulgar os seus serviços. O boca a boca é um excelente aliado. Por isso, convide amigos e faça parcerias com empresas da região. Na hora de pensar na divulgação, lembre que as redes sociais são excelentes ferramentas para ganhar visibilidade. Dica 5: Atendimento A cereja do bolo é o bom atendimento. São os clientes que ajudarão seu salão a crescer. Além de um excelente serviço, você também precisará ser simpática e atenciosa. Tenha em mente: o cliente tem sempre razão. Para te ajudar, o Instituto Embelleze traz dicas de empreendedorismo em nosso curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair. O curso é completo para quem pensa em abrir o próprio negócio. Você aprenderá a ser uma profissional capacitada não só no atendimento ao cliente, mas também na administração de sua carreira. Clique aqui e confira a unidade mais próxima de você.
> Leia mais
5 dicas para se tornar um cabeleireiro autônomo de sucesso
Já pensou em ser um cabeleireiro autônomo? Trabalhar por conta própria, organizar os próprios horários e não ter gastos com estrutura de atendimento pode ser libertador. Quando essa ideia passa pela cabeça o segredo é estar bem preparado para colocar o plano em prática. Pensando nisso, separamos algumas dicas de ouro para te ajudar. 1.      Valorize o seu trabalho  O cliente sabe que um bom trabalho tem o seu valor. Quando você abaixa muito o preço, ele pode desconfiar da qualidade, principalmente se é a primeira vez que ele te procura. Nossa dica é: evite descontos desesperados. Faça pacotes completos mais em conta ou dê um serviço extra. Assim, seu cliente enxergará valor em você. 2.      Tenha boa relação com seus clientes Quem dará o grande empurrão na sua carreira são os clientes. Por isso, esteja sempre disponível para ajudar. Tenha paciência e tente sempre entender as expectativas deles. Também seja clara sobre os resultados, valores, tempo do procedimento e tudo mais. Passe confiança, isso fará com que o cliente te indique para outras pessoas.   3.      Aposte na divulgação As redes sociais são as grandes aliadas de qualquer profissional da beleza. Faça um perfil no Instagram, Facebook e em todas as outras redes. Capriche nas imagens dos seus trabalhos e corra para divulgar. Faça um post todos os dias para chamar a atenção de seus clientes. Use os stories, hashtags, marcações e todos os recursos dessas redes. Peça também para que suas clientes te marquem nas postagens delas e ajudem a levar seu trabalho mais longe.  4.      Saia da informalidade! O profissional autônomo não precisa ter uma carreira de imprevistos. Sair da informalidade é um passo importante a ser tomado. Ao virar MEI (Microempreendedor Individual), você passa a contribuir para o INSS e pode emitir nota fiscal, o que abre portas para trabalhar como fixo ou ser freelancer em um salão de beleza. 5.   Especialize-seSaber de tudo um pouco é importante para oferecer um serviço mais completo. Mas, dificilmente você conseguirá se destacar em todos os procedimentos. Por isso, que tal focar em uma especialização? São diversos caminhos possíveis dentro deste universo do cabelo: • Corte • Coloração • Tratamentos • Penteados • Visagismo • Alisamentos/Relaxamentos• Muitas outras Conheça todos os procedimentos e veja com qual você mais gosta de trabalhar. Corra atrás de mais conhecimento para melhorar suas técnicas. Muitos salões, e até mesmo os clientes, procuram profissionais que dominam o que fazem. Quer dar o primeiro passo na sua carreira? Então, comece investindo no curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embelleze. Você aprenderá todas as principais técnicas com os melhores profissionais do mercado. O curso também conta com aulas de atendimento ao cliente e empreendedorismo para você sair confiante. Clique aqui e confira a unidade mais próxima de você.
> Leia mais
5 dicas de marketing para cabeleireiros
Diante de um mercado de trabalho cada vez mais acirrado, precisamos ter um diferencial e nos comunicar com o cliente. Geralmente, o profissional capacitado e atualizado, que acredita no seu potencial e zela pela qualidade do seu serviço vai tirar de letra as dicas que daremos aqui. E, então, está pronto para começar? 1- Você precisa ter total conhecimento do mercado em que atua Ou seja, antes de mais nada, precisa compreender as necessidades do público, estar atento às tendências, aos estilos, técnicas e novas possibilidades que estão sendo desenvolvidas. Nunca, em hipótese alguma, se acomode no que já aprendeu. Não ouse pensar que o conhecimento que possui é mais do que suficiente. Invista sempre em sua qualificação profissional. 2- Divulgue o seu trabalho sem cessar Não tenha vergonha, aproveite todas as oportunidades para entregar folhetos, colocar faixas com promoções de cortes ou penteados e distribuir seus cartões de visita. Escolha um dia para fazer uma promoção especial e mande convite para seus clientes. As promoções costumam ser muito bem recebidas, desde que os serviços prestados não sejam diminuídos na sua qualidade por conta do preço. Neste momento, você só está interessado em divulgar o seu trabalho com competência e excelência, o resto é consequência. 3- Invista também nas redes sociais e conecte-se com seus clientes por meio de posts Essa divulgação costuma ser muito bem aceita porque hoje em dia as pessoas utilizam muito a internet para se relacionar. Crie um grupo no Facebook, monte um site, promova a sua Fan Page e procure uma forma de ser lembrado mesmo que você não esteja de corpo presente. 4- Faça network Essa dica é muito importante também. Relacionar-se é uma das melhores formas de sermos lembrados. Esteja no maior número de eventos que puder. Com o tempo, você será lembrado e requerido, só precisa de um tempo para tornar a sua marca forte. Mas, não se engane: a sua marca corresponde àquilo que você é e faz. Por isso, seja primoroso e trabalhe com responsabilidade. 5- Conheça o seu público Pare e pense: quando algo ou alguém nos é muito valioso, o que queremos é conhecê-lo cada vez mais e melhor, não é mesmo? Por isso, trabalhar pela satisfação dos clientes é algo que faremos sem medidas. E como isso pode ser feito? Conhecendo seus gostos, necessidades e desejos. A partir daí, você terá todo suporte para trabalhar, saberá que tipo de serviço oferecer, levando em conta o poder aquisitivo desse público e suas condições de vida. Seja sempre amistoso, cuide para que este cliente fique à vontade no seu salão. Posteriormente, ele mesmo fará para você o marketing mais antigo, que é a boa e velha indicação boca a boca. Se ele sair feliz e satisfeito do seu salão, ele certamente voltará, mas não sozinho, trará um acompanhante para usufruir também de seus serviços e bom atendimento. No curso de Gestão de Salões de Beleza você aprenderá sobre marketing e muito mais! 
> Leia mais
Onete Gomes do Nascimento
“Eu trabalhava numa empresa havia 10 anos. Tinha uma situação estável, salário em dia, uma vida razoavelmente tranquila. Vaidosa que sou, andava sempre arrumada e tinha um cuidado especial com o meu cabelo. A vontade de conhecer mais sobre o assunto me levou a me matricular num curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Brasília, cidade onde moro. Eu tinha 36 anos e estava indo bem, no entanto, eu não conseguia muito conciliar a rotina de trabalho, casa e curso, daí resolvi trancar as aulas e fazer uma pausa para me organizar.” Mudança de planos “O problema é que três anos depois aconteceu um corte enorme de funcionários na empresa onde eu trabalhava e, infelizmente, eu estava na lista de demissões. Confesso que fiquei desesperada, pois eu era mãe solteira e tinha duas filhas para sustentar. Foi um período muito difícil, eu procurava emprego todos os dias e não encontrava nada, nenhuma vaga. Diante desse cenário, resolvi retomar o curso de cabeleireiro, porque percebi que ali eu talvez tivesse uma chance de construir uma nova carreira  e ter trabalho. A coordenadora e professora da unidade, Rayane Rodrigues, me deu a maior força e me incentivou bastante quando eu pensei em desistir.” Garra e determinação “Assim que me formei como cabeleireira profissional estava cheia de esperança. A Rayane foi muito parceira e logo me encorajou a abrir meu próprio salão de beleza. Fui em frente e, juntamente com uma sócia (outra ex-aluna), coloque de pé o sonho do negócio próprio. Trabalhamos durante dois anos em sociedade, mas não deu certo e acabamos fechando o empreendimento. Fiquei um ano em casa e aproveitei para me reciclar e fazer novos cursos no Instituto Embelleze: designer de sobrancelhas, manicure e depilação. Depois dessa fase, consegui um emprego num salão e adquiri mais experiência.” Vida nova “Há dois anos, mais segura e com uma boa bagagem profissional, abri outro salão de beleza — agora sozinha. E os negócios estão indo de vento em popa! Estou até concluindo dois novos cursos no Instituto Embelleze: o de maquiagem e penteado. Hoje, os 43 anos, sustento minha família, com cinco pessoas, por meio do meu trabalho. Felicidade é pouco!”
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2020 · Todos Direitos Reservados