Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: maquiador profissional

Delineado gatinho em 5 lições
A sensação nas semanas de moda outono-inverno de Paris foi o make colorido nos olhos das modelos. O diretor de criação e imagem da linha de maquiagem Dior, Peter Philips, foi um dos responsáveis pela tendência. Ele trabalhou com delineador rosa, amarelo, vermelho, verde e azul nas pálpebras superior e inferior, bem rente aos cílios. No fashion week de Milão, a maquiadora Pat McGrath também causou frisson para a grife Prada, criando um traço gráfico e ousado, valorizado por pontos de brilho. A ideia é deixar o visual alegre nos dias mais cinzentos da próxima temporada. Além dos grafismos e dos traços que se limitam ao contorno nos olhos, o delineado gatinho também é uma opção. O desenho foi popularizado nas décadas de 50 e 60 por divas do cinema americano, como Audrey Hepburn, Sophia Loren e Brigitte Bardot, e eternizado pela moda. De tempos em tempos ele é exaltado como tendência, o que está acontecendo agora. Se você ainda não domina a técnica do gatinho e tem dúvida sobre o tipo de delineador ideal, aprenda estas lições e veja como desenhar passo a passo!     LIÇÃO 1 - ESCOLHA O DELINEADOR Caneta: ainda não tem prática e está na fase iniciante do delineado? Invista num delineador-caneta. Ele tem um formato que dá firmeza na hora de manuseá-lo, o que é essencial para desenhar o gatinho. A ponta é fininha e mais durinha, na medida certa para o delicado contorno, e a tinta já sai diretamente por ela. Truque: na hora de usar a caneta, deite-a paralelamente à pálpebra, na posição horizontal, quase encostando-a na pele. Isso facilita a aplicação e evita que o delineado fique tremido. Você pode ir “carimbando” a pálpebra com a lateral da caneta, formando o traço, em vez de desenhar a linha com a ponta. Líquido: é o tipo mais difícil para quem está começando, pois demora um pouco para secar, aumentando o risco de borrar. Além disso, exige maior precisão no manuseio. O pincel aplicador é fininho e resulta em uma forte intensidade de cor. Gel ou creme: ele vem em pote, como se fosse uma sombra cremosa, e necessita de um pincel de maquiagem específico para ser aplicado — pequeno e chanfrado, sendo o corte diagonal na ponta; também pode ser usado um pincel fino para acabamentos. O delineador gel ou creme é fácil de ser aplicado, mas requer prática. Uma dica: se você achar que o tom está fraco, reforce o traço e intensifique a cor com o delineador líquido. Sombra: a sombra em pó misturada com um pouco de água ganha densidade e cor intensa, fazendo as vezes de delineador. Precisa ser aplicada com pincel fino cortado na diagonal. Não é difícil traçar com a sombra, mas requer treino e habilidade. É um recurso muito usado por maquiadores profissionais.   LIÇÃO 2 - SEJA PACIENTE Está apressada? Então nem tente fazer o delineado. Especialmente no início é preciso ter tempo, paciência e disposição. E não invente muita história na hora de desenhar: faça o bom e velho gatinho ou imite o amendoado, criando um traço mais fino no canto interno e mais espesso no externo do olho (como fez Peter Philips para Dior). Detalhe: nunca faça o traço de uma só vez. O ideal é começar o delineado pelo meio da pálpebra até o cantinho externo. Depois volte ao meio e siga para o canto interno.   LIÇÃO 3 - TENHA A MÃO FIRME É essencial ter firmeza na mão ao usar o delineador — de qualquer textura ou tipo. Não dá para tremer! O ideal é você escolher uma posição confortável para a maquiagem, procurando se sentar e apoiar os cotovelos numa superfície. Ajuste-se também em relação ao espelho: se ele estiver de frente para você, puxe levemente a pele do canto do olho para mantê-lo fechado e, assim, enxergar o que está fazendo. O espelho colocado na altura do seu queixo ajuda a enxergar melhor o trabalho, pois ao olhar para baixo a pálpebra se fecha naturalmente, mas não totalmente. LIÇÃO 4 - TREINE, TREINE, TREINE A melhor maneira de aprender a usar o delineador sem medo (e sem erro) é praticando a aplicação — e muito! Não se iluda, porque não dá pra sair delineando de primeira apenas lendo sobre o assunto ou assistindo a tutoriais. Tem que por a mão na massa! Existem vários truques pra você usar enquanto estiver treinando e, dessa forma, ir adquirindo experiência para o delineado perfeito. Veja só: Corte um pedaço pequeno de fita adesiva (2 a 3 cm) e retire um pouco a cola grudando-a uma ou duas vezes no dorso da sua mão (para não machucar a pele fina da região do olho. Agora, com a fita na diagonal, apoie uma ponta dela logo abaixo dos cílios inferiores, tomando cuidado para livrar os pelos, e alinhe a outra ponta com o final da sua sobrancelha. Assim, você forma um ângulo perfeito para o traço gatinho, que tem uma linha alongada no final. Em vez de aplicar o delineador num traço contínuo, passe-o fazendo pequenos tracinhos e sem colocar força no aplicador. Você também pode fazer alguns pontinhos em toda a extensão do desenho e depois vir com o pincel apenas ligando esses pontos. Você pode também fazer primeiro o traço com um lápis e depois passar o delineador por cima. Nunca puxe o canto externo da pálpebra com o dedo quando for fazer o traço inicial do delineador, pois você perde o formato do olho e a noção do desenho. LIÇÃO 5- APRENDA A FAZER O DELINEADO GATINHO O segredo é começar o delineado pelo centro da pálpebra, aplicando o produto com o pincel deitado até o final do contorno externo do olho (se você estiver usando a fita adesiva, o traço deve terminar nela). Esse traço inicial é fino, engrosse-o aplicando uma segunda camada de delineador. Em seguida, usando a ponta do pincel, contorne o restante da pálpebra, do canto interno para o centro, uniformizando o traço em toda a pálpebra. Mas essa linha interna deve ser fininha, pois no delineado gatinho o traço começa fino no canto interno e termina mais grosso no externo. Agora faça o risco que vai definir o gatinho. Marque-o no canto externo do olho em direção à sobrancelha. O tamanho desse traço não é muito longo nem muito curto. Se você estiver usando a fita adesiva, basta aplicar rente a ela. Junte o início do gatinho com o final do delineado de contorno, aplicando o pincel de fora para dentro. Enquanto estiver aplicando o delineador, dê sempre uma olhada no resultado para ir uniformizando o traço. O segredo para o delineado sair perfeito é ter mão leve. É preferível você adicionar camadas de produto aos poucos em vez de ter de tirá-las depois.    DICAS DE PROFISSIONAL Se os seus olhos são pequenos, não delineie o olho inteiro, pois isso deixa a aparência ainda menor. Você pode passar delineador colorido sobre a pálpebra com sombra. Ele proporciona ainda mais vida aos pigmentos brilhantes. Se fizer um delineado expressivo rente aos cílios superiores, deixe a parte de baixo sem nada para não dar a impressão de olhos caídos. O delineador é sempre aplico depois da sombra e antes da máscara para cílios. Que tal se tornar uma expert em maquiagem e dominar esta e muitas outras técnicas? Invista no curso profissionalizante do Instituto Embelleze e prepare-se depois para colher os frutos do sucesso!  
> Leia mais
Os melhores truques de maquiagem para disfarçar imperfeições
Toda mulher, ao se maquiar, quer se sentir mais bonita e jovem, além de exibir um rosto iluminado, com um tom de pele uniforme. E, claro, também quer disfarçar os pontos que desvalorizam a beleza, como olheiras escuras, testa grande, nariz largo, papada... Quando não trabalhados, ou da forma errada, podem colocar o visual a perder, por mais incrível que esteja o make. Para conseguir um efeito impecável, basta lançar mão de truques de maquiagem poderosos. A seguir, confira as dicas para disfarçar imperfeições. Problema  - Olheiras escuras De acordo com Stefany Barros Ribeiro, instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas (GO), geralmente a região das olheiras tem, por natureza, três pigmentações: fundo de cor arroxeada/azulada, avermelhada ou amarronzada, dependendo do tom de pele de cada pessoa. Stefany conta que, nesse caso, o truque de maquiagem deve seguir os princípios da colorimetria. Para isso, basta usar o círculo cromático, ou seja, as cores complementares que estão opostas na circunferência cromática universal – elas conseguem se anular quando colocadas juntas. Solução – “Para disfarçar o tom arroxeado da pálpebra inferior, a cor ideal do corretivo é o amarelo; e se a olheira tiver uma tonalidade azulada, o produto ideal para corrigir deve ser laranja, puxando para o coral”, explica a professora. “Para as peles morenas, o corretivo mais indicado é o laranja ou o salmão”, ensina Stefany. Na prática: o certo é usar o corretivo antes da base para já neutralizar o tom da cútis. Depois, aplique a base e, na sequência, siga o processo normal de preparação da pele. Anote outros truques preciosos... Finalize com um corretivo natural. Mesmo tendo disfarçado a cor da olheira com o corretivo colorido, passe a base, finalize a correção da pele aplicando um pingo de corretivo da cor exata da sua pele e espalhe dando leves batidinhas com o dedo. Mas não arraste o produto, deposite-o dando as batidinhas para garantir um efeito mais natural e duradouro, em direção à raiz dos cílios e ao ossinho das maçãs do rosto. Prefira a versão líquida dos corretivos. Os cremosos e em bastão geralmente têm uma consistência mais grossa que tende a deixar as linhas de expressão ainda mais evidentes, tendo efeito contrário, já que a ideia é disfarçar os sinais. Super truque de maquiagem, não é mesmo? Para saber a quantidade certa de produto. Aplique o corretivo aos poucos e vá observando o resultado da camuflagem, se a região continuar destoando do tom do rosto, siga em frente e adicione mais um pouquinho, sempre com cuidado para não extrapolar na quantidade. No caso de notar a região muito marcada, vá com calma e se for preciso retire levemente um pouco do produto, pois isso indica que a cobertura está exagerada. Pó translúcido para finalizar. Dê uma selada na cobertura com pó translúcido solto sem cor, aplicado com um pincel pequeno e fofo (depois de tocar o pó com o pincel, retire o excesso de produto na palma dão mão antes de levá-lo ao rosto para evitar exageros, aplique na região das olheiras e maçãs do rosto). Esse truque de maquiagem além de deixar o resultado mais natural garante um efeito duradouro, sem precisar de retoques.   Problema - Papada O volume embaixo do queixo pode ser hereditário ou consequência de ganho de peso. Seja qual for a origem, sim, é possível tornar essa região menos visível só com truques de maquiagem. Solução – “O disfarce mais indicado é um contorno com pó ou base com dois tons mais escuros que a cor da pele. Utilizando um pincel próprio para esses produtos, realce a linha da mandíbula fazendo um contorno de orelha a orelha, caprichando embaixo do queixo”, ensina Stefany. O truque de maquiagem disfarça bem o volume excessivo da região. Ah, não se esqueça de finalizar esse efeito com um pó compacto ou translúcido (conforme sua preferência) da cor da sua pele para dar o acabamento natural.   Problema  - Manchas Elas podem ser crônicas, como o melasma (escuras e geralmente na testa, nas bochechas e no buço); tipo rosácea, uma disfunção de melanina que deixa a tez com um tom rosado; ou temporárias, como espinhas, cravos e cicatrizes recentes de acne. Solução – O truque de maquiagem para a camuflagem das manchas segue o mesmo princípio do disfarce das olheiras: neutralizá-las com o corretivo certo. Sendo assim, o primeiro passo é identificar o tipo de mancha. Manchas avermelhadas (rosácea, espinhas) - Podem ser escondidas com um corretivo verde. Manchas arroxeadas (hematomas ou vasinhos aparentes) - São amenizadas com corretivo amarelo. Manchas marrom (melasma) - A cor-chave do corretivo para disfarçar é o amarelo. Manchas amareladas (origem diversa) – Neutralize com corretivo lilás. Manchas acinzentadas (processos cicatrizantes) – Podem ser camufladas com corretivo na cor salmão, que funciona divinamente nas peles claras. Nas peles mais morenas e negras, o mesmo problema pode ser disfarçado com um corretivo salmão intenso, puxando para o laranja.   Pele uniforme e luminosa Depois de aplicar o corretivo ideal, use uma base no rosto inteiro. Em seguida, por cima de cada mancha camuflada, coloque um pingo de corretivo da cor exata da pele (com a ponta do dedo, em leves batidinhas). Isso vai uniformizar ainda mais o tom da cútis. Para dar o acabamento, sele todas essas camadas de base e corretivo com um pó translúcido solto, transparente, que precisa ser espalhado suavemente com um pincel bem fofo. O top maquiador Marcos Costa (SP) tem um truque de maquiagem superútil para evitar o excesso de produtos corretivos de pele. “Se alguém elogiar sua base, corra e lave o rosto! O que tem de aparecer é o resultado sutil da maquiagem bem-feita e não o produto”, enfatiza o expert.   Problema - Rugas Esse é o terror de nove entre dez mulheres. As rugas pesam o semblante e são (sim!) sinônimo de uma aparência envelhecida. Mas como para tudo tem um jeito, a dica de ouro aqui é evitar o exagero de make e optar por texturas leves; caso contrário, base e corretivo ficarão acumulados nos vincos realçando ainda mais o problema. Socorro, nem pensar! Solução – “Evite alguns tipos de produtos, como bases muito secas e de alta cobertura. Cosméticos mais emolientes, que trazem sensação de hidratação e com cobertura (textura fluida), são os mais indicados. Um leve efeito cintilante também ajuda a disfarçar os sinais pela ilusão de ótica que promove”, pontua Stefany, do Instituto Embelleze. “Para selar a pele, escolha um pó solto (jamais um pó compacto), pois ele é fino e favorece um acabamento mais leve”, ensina Stefany, que também enfatiza a importância da hidratação da pele, tanto no dia a dia quanto um pouquinho antes de começar o make. “Quem tem mais linhas de expressão, geralmente possui a pele seca e sem viço e mantê-la hidratada pode amenizar essa característica”, justifica a expert.    Problema - Rosto largo, bochechas grandes, testa grande ou nariz “batatinha”. Todas essas regiões têm uma característica em comum: formação óssea proeminente. De acordo com a instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas, o truque de maquiagem para disfarçá-las e tornar o rosto mais harmônico é trabalhar o contorno dessas áreas com pó compacto ou base com dois tons mais escuros que a cor natural da pele. Solução – “Geralmente o rosto largo tem a mesma proporção entre as laterais da testa e a mandíbula, nesse caso aplicamos o contorno nessas extremidades para disfarçar o desenho largo e quadrado. Para amenizar o volume das bochechas, o contorno deve ser aplicado na cavidade baixa das maçãs em direção à linha da boca, o que dá profundidade à região e, assim, disfarça o problema”, entrega Stefany. Já a testa grande é facilmente suavizada com este truque de maquiagem: faça o contorno mais escuro nas têmporas e laterais da testa em direção ao cabelo – tudo muito sutil. O “nariz batatinha” pode parecer mais arrebitado e fino, aplicando o pó escuro nas laterais, com um pincel de sombra, indo desde o canto interno da sobrancelha até a base da narina. Para afinar o nariz inteiro, é só passar o pó escuro também na pontinha do nariz e esfumar bem. Feito isso, aplique um iluminador na linha central (ossinho) do nariz, mais ou menos do meio até a ponta. Agora que você já virou uma expert nesses truques de maquiagem, que tal aprimorar a sua habilidade num curso de maquiagem profissional? Você pode usar os seus conhecimentos em você mesma, nas amigas, como empreendedora e dona do próprio negócio de maquiagem! Informe-se sobre a capacitação em uma das unidades do Instituto Embelleze, que tem várias histórias de sucesso — uma delas pode ser a sua!
> Leia mais
Aula de maquiagem para iniciantes: como aplicar a base
O momento mais importante de uma maquiagem, que define se ela vai ficar linda ou não, é a cobertura da pele com base. No tom e na fórmula certos, ela proporciona uma cútis uniforme com brilho saudável e ainda parece invisível. Por ser um cosmético tão essencial, deve ser escolhido com cautela! Na hora de comprar, privilegia composições que contenham agentes hidratantes e fator de proteção solar, além de combinar com o seu tipo de pele — seca, normal, oleosa ou mista e sensível. Também dedique um tempo para descobrir qual é o seu tom. Aliás, essa é outra questão fundamental para um resultado final perfeito. Acompanhe todas as dicas da maquiadora Anildes Pereira, instrutora pedagógica do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP), que também gravou um vídeo mostrando passo a passo o jeito certo de aplicar. Tem cada segredo nesta aula de maquiagem para iniciantes...   Tipos de base – A escolha ideal e como usar • Líquida: é o tipo mais fácil de aplicar e oferece naturalidade no resultado. Por ter uma cobertura leve, em geral, não cobre manchas acentuadas nem olheiras profundas. À base de água (oil free) é perfeita para peles oleosas e sensíveis; as composições que vão óleo são indicadas para as peles normais e secas. Coloque um pouco no pincel chato (também chamado de língua de gato) e espalhe na pele. Depois dê acabamento com uma esponja. • Mousse: não tem poder de cobertura tão bom quanto a base líquida; deixa um acabamento opaco e natural. Pode ser usada tanto nas peles secas quanto nas oleosas, pois a maioria das formulações é oil free. Aplicá-la com um pincel é o mais apropriado, no entanto, como ela seca rápido, você tem que ter agilidade. • Pó: indicado para cútis oleosa, pois sua textura ajuda na absorção da oleosidade. Se o seu desejo é uma pele sem brilho, essa é a melhor opção. Faz uma boa cobertura, mase tende a deixar o visual meio pesado caso não seja bem aplicada. Espalhe a base em pó no rosto com um pincel de cerdas naturais e finalize com uma esponja. • Cremosa: possui alta cobertura e é perfeita para peles secas ou maduras, já que não se acumula nos vincos das ruguinhas. Mas as oleosas devem passar longe dela, pois é muito pesada. Pincéis com cerdas sintéticas são boas opções para aplicá-la. • Bastão ou stick: pense na versão mais pesada de uma base... é esta! Tanto, que também é utilizada como corretivo. É recomendada para peles irregulares (com acne ou cicatrizes de acne, por exemplo), com olheiras e manchas acentuadas. A base em barra precisa ser muito bem espalhada para não ficar artificial. O melhor pincel para isso é o kabuki com cerdas curtas e achatadas. • Air brush: é um aerógrafo que deposita na pele base líquida, substituindo o pincel. Por meio de ar a base vai saindo do aparelho e tingindo o rosto. A vantagem dessa tecnologia é o acabamento suave e impecável: uma vez que não precisa ser espalhada depois de aplicada, evita que a base fique com possíveis marcas de ranhuras do pincel ou “carimbos” da esponja. Oferece uma durabilidade extensa de até 12 horas.   A cor certa pra você – Aprenda a adequar à sua pele Uma das maiores dúvidas – se não a maior – em relação à base é a escolha da cor, que combine perfeitamente com o tom da pele para proporcionar um resultado natural. O melhor jeito de acertar na compra é experimentando – e no rosto! Nada de espalhar um pinguinho no dorso da mão ou no interior do antebraço. O correto é testar a cor na própria face. A explicação é simples: a pigmentação do rosto é diferente da pele mais escurecida da mão e muito clarinha do braço. Experimente a cor da base na linha da mandíbula. O produto deve desaparecer na pele e misturar-se harmoniosamente entre o rosto e o pescoço.   Segredos de aplicação – Para um acabamento natural Usando um pincel próprio para base, aplique um pouco do produto no centro do rosto, descendo em direção ao nariz e trabalhando para fora, sobre as bochechas. Pronto, agora, com uma esponja macia, tipo beauty blender (aplicador em forma de gota,) faça o movimento de pressionar e soltar a esponja em toda a extensão com base, de modo que ela vá sendo depositada na pele, cobrindo a área. Aliás, guarde bem essa palavra: depositar. Esse é o segredo de 10 entre 10 maquiadores profissionais para fazer a base aderir à pele e proporcionar aquele resultado natural perfeito. A base não deve ser espalhada com pincel em movimentos de vai e vem, ok? Você tem que ter paciência e ir depositando o cosmético, o que pode levar tempo. Agora, aplique mais um pouco de base na região do queixo, da boca e da mandíbula e repita o processo com a esponjinha. Finalize a aplicação na testa e nas pálpebras (isso ajuda na fixação da sombra depois). Com a beauty blender uniformize a base em todo o rosto.   Cobertura impecável – Complementos de correção Uma pele sem imperfeições ganha uma aparência linda e uniforme só com a base e não precisa de mais nada. Porém, a cútis que tem manchas escuras, pequenos vasinhos avermelhados, cicatrizes ou olheiras deve continuar o processo de cobertura com um corretivo. Sim, esse produto vem depois da base, pois é aplicado pontualmente. Caso contrário, ele sai do lugar quando a base for espalhada. Geralmente o corretivo líquido é universal para todos os tipos de pele e imperfeições, mas você também pode optar por corretores em creme, caneta ou bastão. Os maquiadores profissionais costumam usar dois tons do produto, um mais claro e outro mais escuro que a pele, misturando-os para obter o tom exato de cobertura da imperfeição. O corretivo deve ser amarelado e o tom ideal é determinado pela cor da sua pele. A tabela a seguir não é uma regra, mas costuma ajudar na escolha: Evite corretivos muito rosados ou brancos. Usar uma tonalidade muito clara sob os olhos enfatiza a área escura em vez de disfarçá-la, deixando você com olhos de panda. A escolha do cosmético depende do tipo de pele e da área em que será aplicado. Para que não fique visível, necessita de uma aplicação correta, senão você acaba realçando o que está tentando disfarçar. Faça assim: deposite o produto com um pincel apropriado na área que deseja camuflar e depois uniformize dando leves batidinhas com a ponta do dedo ou com o lado fino da esponja beauty blender.   Ângulos perfeitos – Base de contorno Ao preparar a pele para a maquiagem, você pode modificar ângulos do rosto, afinar ou engrossar áreas, esconder ou realçar traços tirando proveito da técnica de contorno. Ela é feita usando base ou pó opaco: dois ou três tons mais escuros que a sua pele para disfarçar ou mais claros para destacar. Com o contorno dá para minimizar imperfeições, como: Queixo duplo – Aplique um pó escuro abaixo do queixo para suavizar a aparência. Passe pó claro na ponta do queixo e uniformize bem os cantos. Nariz largo ou grande – Para afinar, faça uma linha vertical nas laterais do nariz com pó escuro e esfume. Para encurtar, passe o pó abaixo da ponta do nariz e esfume. Testa larga ou alta – Disfarce o efeito saltado aplicando o pó escuro ao longo da testa. Se quiser diminuir a largura, faça um sombreado nas têmporas. Para enfatizar uma característica, como as maçãs do rosto, utilize pó ou base opaca um tom mais claro do que a sua pele (um iluminador). Aplique ao longo da parte superior de cada maçã. Para tornar os olhos maiores, realce a área abaixo do osso da sobrancelha.   Antes e depois da base A maquiadora Anildes Pereira, instrutora pedagógica do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP), gravou um vídeo com o passo a passo de aplicação da base, do corretivo e do contorno para você aprender de uma vez por todas a preparar a pele para a maquiagem. Veja só que perfeito o antes e depois na modelo. Animada? Vamos lá!  
> Leia mais
MAKE PARA DISFARÇAR POROS DILATADOS E NÃO DERRETER NO CALOR
Basta as temperaturas elevarem para a gente sentir na pele algumas mudanças... A transpiração aumenta, assim como a oleosidade, o que faz ter que ficar secando a superfície a toda hora. E isso pode acontecer em qualquer tipo de pele. Além do incômodo, é possível notar que os poros do rosto ficam maiores, verdadeiros buraquinhos aparentes. Por que eles dilatam? Bem, por essas pequenas aberturas (existem aproximadamente 300 mil só no rosto!) normalmente saem os pelos, o suor e a gordura fabricados pela derme. A maior quantidade de poros está concentrada na zona T — testa, nariz e queixo — e, portanto, está explicado porque essas áreas sempre brilham mais. O clima quente acelera a produção das glândulas sudoríparas ou de suor e das glândulas sebáceas ou de gordura, fazendo com que a pele pareça sempre molhada e oleosa (pegajosa). Como essa questão é natural, a solução é driblar o problema com limpeza e hidratação do rosto usando produtos seborreguladores e que diminuem a dilatação dos poros. Outra saída para disfarçar poros dilatados é apostar na camuflagem com maquiagem, que salva o visual perfeitamente! Foto: Shutterstock PHOTOSHOP NOS POROS Quem tem dilatação severa dos poros deve procurar um dermatologista de confiança para realizar tratamentos de combate, como o uso de lasers e ácidos. No entanto, uma maquiagem aplicada do jeito certo e com os produtos adequados consegue até disfarçar poros dilatados mais visíveis. 1- Comece com uma boa limpeza e hidratação O correto é limpar o rosto de manhã e à noite com uma loção ou espuma de limpeza seguida de um tonificante sem álcool para retirar o excesso de sebo que entope os poros. “O tonificante ajuda a equilibrar o ph da pele e reduzir o tamanho dos poros”, diz Mayara Costa, instrutora de maquiagem, designer de sobrancelhas e designer de cílios do Instituto Embelleze Águas Lindas, em Goiás. Depois, é necessário hidratar o rosto com um produto livre de óleo — de preferência, específico para peles mistas a oleosas. O hidratante equilibra a produção das glândulas sebáceas e devolve água à derme, evitando o efeito rebote. Uma dica é aplicar, uma vez por semana, uma máscara facial à base de argila, que ajuda a “secar” a pele. No mercado, existe uma série de cosméticos feitos especialmente para quem tem poros dilatados: vale a pena fazer uma pesquisa e adotar uma linha no dia a dia. 2- Invista no primer Esse produto pré-maquiagem é a melhor invenção dos últimos tempos para embelezar a pele e fazer o make durar mais. O primer é formulado com substâncias que provocam um efeito óptico, o chamado blur, que disfarça qualquer imperfeição. Exemplos? Reduz vermelhidão; elimina o excesso de brilho, sobretudo na zona T; preenche linhas de expressão e rugas suaves; e, claro, camufla os poros e os torna menos visíveis, porém sem obstrui-los. O objetivo do primer é preparar a pele para a aplicação da maquiagem. Ele suaviza a cútis e cria uma camada protetora, deixando a superfície fininha e aveludada, o que ajuda o make a durar mais. Pode ser aplicado com as mãos. Já são vendidas versões em bastão e coloridas, além do tradicional primer transparente tipo sérum. O ideal é investir no primer incolor, ainda mais se você é maquiador profissional, pois ele se adapta a qualquer pele. 3- Use base leve Pode parecer que a recomendação de usar base no verão vai deixar a pele ainda mais oleosa e, consequentemente, os poros abertos. Mas, por cima do primer, ela é uma aliada da aparência perfeita e natural. O que você precisa ter em mente é o tipo de produto que deve aplicar: Para uma cobertura leve, escolha uma base composta por água (e não óleo), na forma líquida. Base em pó nem pensar, ok?, porque deixa um visual irregular quando a pele começa a transpirar. Vá também de base de longa duração e efeito matificante ou matte, que ajuda a deixar o rosto mais sequinho por horas e horas. Ao aplicar a base, utilize uma esponja e não a mão, pois ela pode aumentar a temperatura da pele do rosto e provocar oleosidade. A esponja é ótima para depositar o cosmético sem criar marcações e disfarçar os poros — o resultado é mais natural. Foto: Shutterstock 4- Aplique pó para controlar o brilho É ele que vai maximizar a duração da sua maquiagem, além de controlar o brilho, principalmente na testa, no nariz e no queixo. Como o pó não deve alterar a cor da base, escolha um que pareça transparente ou num tom parecido com o da base. O pó solto é a melhor versão, porque tem partículas leves que não pesam no rosto. Conheça os dois tipos mais indicados: Pó translúcido – Branco ou em tons de pele, é usado para fixar o make e controlar o brilho sem conferir cor. Pó mineral – Indicado para peles sensíveis, é elaborado com partículas minerais e ingredientes suaves. Também aumenta a fixação da maquiagem e combate a oleosidade. Como aplicar? Com um pincel específico para pó. Ele tem o formato de cúpula, o que garante que o pigmento seja espalhado de maneira homogênea no rosto inteiro, ao redor do nariz e sob os olhos. O acessório deve ser de pelos naturais, macio ao toque. Uma dica: ao longo do dia, se a oleosidade ou a transpiração derem as caras, lance mão de um pó compacto (com ingredientes secativos e matificantes) para pequenos retoques. Nesse caso, aplique com uma esponja somente na zona T com leves batidinhas e suave pressão. 5- Finalize com blush sem ressaltar os poros Para uma maquiagem completa da pele, é preciso finalizar a base e o pó com um blush e, se desejar, até com um iluminador. Porém, apenas um erro pode destacar os buraquinhos do rosto em vez de camuflá-los. O que fazer? Passe o blush ou o iluminador — em pó — fora da área com poros dilatados. Isso significa que... O blush deve ser espalhado somente na parte inferior das maçãs do rosto, porém não muito embaixo. O visual fica sofisticado. O iluminador tem que ser aplicado apenas na lateral do rosto na altura das têmporas. Esfume uma camada na região com a ajuda de um pincel.  Uma dica para o blush: com os dedos, localize a maçã do rosto e sinta sua parte inferior — é aí que o produto deve ser aplicado.   Foto: Shutterstock   MAQUIAGEM DURADOURA É O QUE VOCÊ QUER? Para que o make em geral não derreta e você fique despreocupada em relação à aparência, é importante se valer dos produtos certos. Além dos já citados neste post para disfarçar os poros, tenha também no nécessaire: Máscara de cílios à prova d’água – Como tem um pigmento resistente à água, difícil de se desfazer, deve ser usada somente no verão e nas ocasiões às quais você não quer o olhar borrado de jeito nenhum! Atenção redobrada na hora de remover: use um demaquilante para a área dos olhos com ingredientes oleosos, que facilita a remoção e não provoca queda dos cílios. Batom de longa duração – Para cumprir a função de se fixar melhor nos lábios e permanecer por mais tempo, esse tipo de batom é produzido com uma maior quantidade de cera e pouquíssimo óleo. O que pode incomodar é a sensação de ressecamento que o produto provoca na pele, mas em compensação é eficiente.   Fixador de maquiagem – Excelente para deixar o make intacto por mais de 12 horas, dependendo da marca do produto. A versão em spray é a mais fácil de aplicar: basta agitar a embalagem e borrifar o fixador a 20 centímetros de distância do rosto, na posição vertical, com os olhos e a boca fechados e evitando inspirar.   Quer saber mais sobre maquiagem e, quem sabe, transformar-se num expert no assunto? Procure uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você e informe-se sobre o curso de maquiagem profissional.     
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados