Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: instituto embelleze

Embelleze: 50 anos acreditando no poder de transformação da beleza feminina
Fundada no dia 8 de março de 1969, a Embelleze é fruto do conhecimento de que somente será possível construir um mundo melhor através do olhar feminino. E há 50 anos ela ajuda mulheres a revelar sua beleza e transformar vidas. O idealizador, Itamar Serpa Fernandes, brasileiro, deu seus primeiros passos rumo ao universo da beauté depois de trabalhar numa empresa como químico responsável. Com vontade de fazer a diferença, ele se dedica a estudos e pesquisas e desenvolve uma fórmula revolucionária para alisar o cabelo — o Henê —, um sucesso que deu origem à marca Embelleze e perdura até hoje. Acreditando que por meio do aprendizado e do conhecimento é possível alcançar nossos sonhos, Itamar Serpa também criou o Instituto Embelleze, em 1998, maior escola de beleza da América Latina com mais de 350 franquias por todo o Brasil e mais de 2 milhões de alunos capacitados em diversos ramos da estética: cabelo, maquiagem, design de sobrancelha, depilação, barbearia, manicure e pedicure... Confira na linha do tempo a seguir o que a trajetória brilhante da Embelleze e seus produtos lançados têm a ver com o comportamento feminino das últimas cinco décadas! 1969 – Cabelo liso é desejo The Supremes, com Diana Ross ao centro A saga pelo cabelo liso começa bem antes dos anos 60, mais precisamente em 1930. Porém, as mulheres da época não contavam com produtos químicos para alisar — elas tinham que fazer de forma mecânica, usando um ferro aquecido em fogo. Somente em 1950 surgem as substâncias químicas e o primeiro cosmético comercializado nos Estados Unidos é à base de soda cáustica. A novidade chega ao Brasil só final da década. O boom do alisamento aconteceu mesmo nos anos 60. As responsáveis foram as mulheres com cabelos afro e crespos, imbuídas pelo desejo de entrar no padrão de beleza ideal, ou seja, cabelo liso. As influenciadoras da época eram as integrantes da banda The Supremes, como Diana Ross.  Em 1969, no Brasil, a Embelleze atende ao sonho das mulheres com o lançamento do Henê, um produto que alisa e tinge. 1970 – Black power Zendaya Coleman num revival do black power Tempo da expressão máxima da liberdade, a geração paz e amor não quer se prender a padrões e coloca o cabelo natural, por vezes despenteado, na moda. Um exemplo? A icônica Janes Joplin. A versão mais fashion dessa cabeleira vem com a atriz norte-americana Farrah Fawcett, do seriado As Panteras: longo cortado em camadas. Mas o movimento hippie também põe o black power em cena, como usava o grupo Jackson 5. Para cuidar dos longos cabelos (visual adotado tanto por mulheres quanto por homens, que lutavam por igualdade de direitos), só muito creme hidratante, como o Creme Mocotó, lançado pela Embelleze em 1972. Janis Joplin e Farrah Fawcett     1980 – Cacheado ou relaxado  Madonna No início dos 80 o cabelo com volume e encaracolado ainda ditava moda. A cantora Madonna era a perfeita representante do look, que tinha uma certa conotação de rebeldia. Foi quando voltou com força a onda da permanente para cachear as lisas. Por outro lado, sob a influência do culto ao corpo e da estética perfeita comandada pelas academias de ginástica, começam a aparecer técnicas de alisamento dos fios. Produtos menos agressivos, que propunham um relaxamento de ondas, fazem sucesso absurdo. Em 1984, a Embelleze inova com a marca Hairlife, com itens para alisar ou relaxar.   1990 – Liso, colorido, cheio de estilo Naomi Campbell A era das academias traz para os anos 90 uma busca desenfreada pelo padrão de beleza ideal. As supermodelos da época — Cindy Crawford, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Linda Evangelista e Kate Moss —, todas magras, belas e lisas, despertam nas mulheres o desejo de serem iguais. A febre do cabelo chapado toma conta até das famosas, como a apresentadora Fátima Bernardes e a atriz Malu Mader, que se rendem ao famoso alisamento japonês da época. Sem dúvida, uma legião de mulheres reais as seguiu! Porém, a substância tioglicolato de amônio, usada no processo, era muito agressiva para a saúde dos fios, além de deixar um resultado artificial. Para combater os danos, Embelleze inova e traz para o mercado a linha Novex, com cremes de tratamento à base de frutas. E, em 1992, cria o primeiro alisamento brasileiro à base de guanidina, o Amacihair. Ao contrário do tioglicolato, que desestrutura a fibra capilar podendo tanto alisar quanto enrolar os fios, a guanidina alinha a fibra e reduz o volume, proporcionando apenas o seu relaxamento — com um efeito mais natural. Linda Evangelista A década de 1990 ainda é marcada por mulheres que estão em busca de aceitação e, para isso, escolhem passar por transformações que valorizem a beleza e elevem a autoestima. Para alcançar a perfeição, além de modificar a estrutura do cabelo, as mulheres também passam a mudar a cor dos fios. As tinturas não são mais vistas apenas como artifício para cobrir brancos, mas como acessório de moda. A marca Embelleze, sempre com um olhar feminino, aumenta o seu portfólio de cuidados com o cabelo e lança o segmento de coloração com Natucor e Maxton. No final dos anos 90, Embelleze encoraja a mulher em seu processo de renovação, mostrando que é possível ficar ainda melhor, com participações em quadros de transformação de visual, como no Programa da Xuxa e no inesquecível Dia de Princesa, de Netinho de Paula.     1998 – Pura inspiração Curso de Cabeleireiro do Instituto Embelleze Para a Embelleze, a transformação feminina poderia ir além da renovação da própria beleza. Então, em 1998, a empresa cria um modelo educacional de formação de profissionais capacitados na arte de embelezar: o Instituto Embelleze.  Assim, as mulheres também poderiam provocar um processo de transformação na vida dos outros. O projeto deu tão certo que ao longo de sua existência já formou mais de 2 milhões de alunos, é sucesso de franquias com mais de 350 no Brasil e duas no exterior (Equador e Flórida). A criação do Instituto Embelleze para a época foi de extrema importância, especialmente para as mulheres, pois na década de 90 o mercado de trabalho brasileiro passou por reestruturações para se tornar mais moderno e racional e, com isso, o trabalho assalariado perde espaço para atividades terceirizadas. A mulher se encontra num cenário informal e tem na capacitação profissional uma nova chance de se firmar até como autônoma.   2000 – Volume sob controle Jennifer Aniston apostou na progressiva A essa altura a presença da mulher no mercado de trabalho já está consolidada e por causa do ritmo de vida acelerado, a ala feminina procura produtos cada vez mais eficazes e práticos. A praticidade do cabelo liso, sem volume ou rebeldia, impera e, no início de 2000, as mulheres encontram na escova progressiva a novidade que faltava para ter cabelos lisos e brilhantes por mais tempo (a atriz Jennifer Aniston apostou). No entanto, feita com formol, um ativo que causa diversos danos à saúde, a progressiva começou a dar lugar a alisamentos mais light. Em 2002, Embelleze lança Misuke, uma escova progressiva sem formol. No mesmo ano, também inicia a linha Novex (chocolate) baseada em food therapy, ou seja, trabalha com os benefícios dos alimentos para a beleza, um conceito que ganha força nesse período.     2012 – Cabeleireiros em alta   Entre 2008 e 2011 o mercado de beleza cresce consideravelmente no Brasil. O motivo é a boa onda econômica. Com a economia acelerada aumentam os gastos com cabeleireiro e isso explica o boom no número de salões que foram abertos formalmente ou em domicílio. Para atender aos profissionais exigentes é lançada a marca Embelleze Salon, com produtos profissionais de alto desempenho.     2014 – Resgate da beleza natural Zendaya Coleman  Por volta de 2010 começa um movimento de aceitação da beleza natural, sobretudo das mulheres com cabelo afro, que passam a se unir na decisão de parar de alisar os fios. A redescoberta das madeixas encaracoladas acontece com a transição capilar, um período em que a mulher deixa o cabelo natural crescer da raiz até que atinja um bom comprimento para o big chop —  o grande corte que tira toda a ponta lisa. Para ajudar quem decidiu voltar às origens (nem todas as mulheres aderiram, é verdade), a Embelleze lança uma família de produtos para cacheadas: Novex Meus Cachos. Nas passarelas do mundo da moda, a quebra dos padrões de beleza e aceitação da própria natureza também é valorizada. O marco desse movimento é a modelo canadense Chantelle Brown-Young, mais conhecida como Winnie Harlow, portadora de vitiligo, uma doença cutânea. Descoberta no Instagram em 2014 por uma top model, ela participou do programa America’s Next Top Model e já desfilou para grandes grifes, como Dior. Winnie Harlow e Oprah Winfrey: beleza natural     2019 – Mulheres influenciadoras  Mulheres reais e influenciadoras de beleza: Nanda Chaves, Andressa Ganacin e Ju Romano Em 50 anos de existência, a Embelleze nunca deixou de estudar o mercado para entender o que as mulheres querem e precisam para ficarem mais bonitas e se sentirem mais felizes. A valorização da diversidade da beleza da brasileira por seus produtos é à prova do tempo!
> Leia mais
DEPILAÇÃO PROFISSIONAL
A depilação profissional não para de crescer. De acordo com pesquisas recentes, 93,1% das mulheres brasileiras fazem depilação. Dessas, 46,9% realizam o procedimento todo mês e 43,6% depilam duas ou mais vezes ao mês (*). Como resultado, no Brasil, o serviço de depilação foi um dos que mais cresceu no setor da beleza. Prova disso é a expansão de salões especializados nesse serviço e o aumento da procura por cursos profissionalizantes. O hábito de se depilar é antigo, já existia no Egito, na Grécia Antiga, na cultura dos índios xavantes, entre outros povos. De lá pra cá, muita coisa mudou, mas você precisa saber que a depilação não se resume às técnicas com cera quente ou fria. As mudanças e inovações no setor da estética têm exigido profissionais mais treinados e atualizados. Para se destacar, é preciso estar antenado às tendências. Para Bruna Peresin, do Instituto Embelleze, vale destacar que as profissionais agora trabalham com as técnicas de depilação com linha egípcia e oferecem serviços diferenciados, como: tratamento de foliculite, clareamento de pelos, clareamento de manchas em áreas depiladas, esfoliação, depilação masculina, depilação esportiva, entre outras oportunidades. “É uma das melhores áreas para investir. Para ter um bom faturamento, o profissional de depilação deve garantir a qualidade do serviço oferecido ao cliente, conhecer as técnicas e os produtos disponíveis no mercado, atuar com biossegurança e ética profissional”, diz, lembrando que um curso completo de depilação abrange não apenas a prática, mas também o estudo de fisioanatomia da pele e dos pelos, noções de dermatologia, biossegurança, cosmetologia, etc. O profissional formado em depilação pode atuar em salões de beleza, clínicas de estética, em domicílio ou montar o próprio negócio. *Estudo universitário publicado: “Hábitos e costumes de mulheres universitárias quanto ao uso de roupas íntimas, adornos genitais, depilação e práticas sexuais”.
> Leia mais
Profissão manicure: crescimento do setor oferece mais empregos
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Euromonitor, no Brasil há mais de 1 milhão de salões de beleza, nos quais os atendimentos de manicure só perdem para os de cabelereiro. Uma excelente chance para quem quer se profissionalizar e fazer crescer a renda mensal, não é mesmo? Em média, uma manicure consegue tirar R$ 3 mil por mês — em finais de ano, o valor pode dobrar! Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos (Abipehc), o Brasil já é o segundo país do mundo no mercado de esmaltes. E a expectativa, de acordo com um relatório da Mintel, é que neste ano de 2019 o segmento tenha um crescimento de 5,9%, alcançando R$ 7,68 bilhões em vendas. O cenário positivo é uma ótima oportunidade para quem deseja apostar na profissão de manicure para ingressar — ou voltar — ao mercado de trabalho. Em 15 anos, o Instituto Embelleze, rede de franquias de cursos profissionalizantes na área da beleza, formou quase 200 mil alunos nos cursos de Manicure e Pedicure, Alongamento de Unhas e Unhas Artísticas. “Trata-se de uma carreira que está retornando com força total ao mercado, aumentando cada vez mais a procura por profissionais qualificados”, afirma o gerente de marketing da rede, Eduardo Costa. Para Eduardo, a profissão ganhou espaço e reconhecimento na área da beleza devido à segmentação do setor, que foi promovida pelas esmalterias e serviços de nail care at home (cuidados com as unhas em domicílio). Foi apostando nisso que Raquel Lima, 24 anos, decidiu investir na área. Após ter que largar o emprego de vendedora por não ter com quem deixar o filho pequeno, a jovem decidiu se matricular no curso de Manicure e Pedicure, do Instituto Embelleze, para trabalhar por conta e assim dar mais atenção para sua família. “Eu tinha uma rotina muito cansativa, quase não via meu filho. Apesar de sempre gostar de fazer unhas, nunca havia pensando em trabalhar na área. Minha mãe me incentivou, eu me matriculei no curso e foi uma verdadeira surpresa”, conta a estudante. Em apenas um mês e meio de curso, Raquel já conseguiu abrir uma esmalteria, possui uma funcionária, uma agenda lotada e uma renda surpreendente para quem está começando o próprio negócio. “Em 3 semanas eu já tirei 50% do que que ganhava no antigo emprego. Mas a esmalteria está crescendo muito rápido, então acredito que em menos de um ano minha renda aumentará bastante”, afirma.   De volta ao mercado de trabalho A crise que há tempos se estabeleceu no país resultou no aumento de desempregados e em uma dificuldade enorme dos mesmos para voltar ao mercado de trabalho. Mas se muitas profissões estão fechando portas, a área de beleza tem renovado a esperança de muita gente. Foi assim para Francisca Alves de Assunção, 48 anos, que trabalhou durante anos em uma multinacional francesa e se viu desempregada do dia para noite. Sem conseguir se recolocar e com uma filha de 13 anos para sustentar, Francisca buscou uma oportunidade para garantir renda ao final do mês. Começou com o curso de extensão de cílios, mas ao notar que apenas ele não seria suficiente para se manter financeiramente, se matriculou em mais três: designer de sobrancelha, depilação e manicure e pedicure. Finalizou o primeiro, ainda cursa os demais, no entanto já consegue fazer atendimentos em casa. “Sempre achei a área da beleza extremamente promissora. Quando fiquei desempregada não pensei duas vezes. Hoje eu já faço atendimentos em casa e consigo tirar o dinheiro para bancar as contas e o sustento da minha filha”, afirma. Outro caso é o da assistente de eventos Christiane de Lima, 41 anos, que perdeu o emprego e não conseguiu mais voltar para a área de atuação. Formada no curso de manicure e pedicure há 4 meses, já realiza diversos atendimentos em casa e consegue garantir praticamente o mesmo salário de antigamente. “É um negócio bastante recente, mas observando a quantidade de atendimentos que estou realizando acredito que a minha renda deverá ser muito maior este ano. Ultrapassando, até mesmo, o meu antigo salário”, conta. Os homens estão invadindo o setor Dominado pelas mulheres, o setor de manicure tem ganhado cada vez mais adeptos do sexo masculino. Somente no Instituto Embelleze já são mais de 1.100 alunos homens nos cursos que envolvem a estética das unhas, entre ativos e formandos. “É um número tímido, se comparado com a quantidade de mulheres que buscam os cursos, mas é possível observar uma tendência que está crescendo bastante”, conta Eduardo Costa. Eduardo Nicolau, 33 anos, se profissionalizou na área de manicure após a mãe ficar doente e não conseguir mais cuidar das próprias unhas. “Minha mãe sempre foi vaidosa e tinha um cuidado muito grande com as unhas. Quando ela ficou doente e não pôde mais fazê-las sozinha, então decidi me especializar nessa área para ajudá-la”, relata. O auxílio virou profissão e, hoje, além de realizar atendimentos no estilo nail care at home, Eduardo Nicolau ministra aulas do curso de Alongamento de Unhas na unidade do Instituto Embelleze do Ipiranga, localizada em São Paulo. De acordo com o profissional, o manicuro sai em vantagem na hora de conquistar as clientes. “Quando as clientes percebem que será um homem que irá fazer suas unhas, de início rola uma certa estranheza. Mas logo afirmam que os homens fazem melhor e com mais cuidado. Tenho diversas clientes fidelizadas e que estão sempre me indicando para as amigas”, afirma. Eduardo Nicolau conta que a renda de um profissional da área pode variar bastante, de acordo com a região de atendimento. Mas, em média, um profissional especializado em alongamento de unhas, por exemplo, consegue tirar R$ 3 mil por mês. “As pessoas investem em beleza, mesmo em tempos de crise. Tenho alunas que apesar de residirem em comunidades carentes cobram R$ 180 por alongamento e conseguem uma boa renda mensal”, exemplifica. Apostando alto no setor, ele pretende expandir os atendimentos para além dos domicílios e ter o próprio salão de beleza. “Esse mercado é bastante promissor e abre muitas portas para quem deseja investir. Este ano pretendo abrir um salão que tenha um pouco de tudo, desde cabelo até maquiagem. E, no mesmo local, pretendo investir em um espaço somente para as unhas”, finaliza.   Animada para investir na área de beleza? Encontre uma escola do Instituto Embelleze mais perto de você e transforme também a sua vida! 
> Leia mais
TRANSFORME-SE EM DESIGNER DE SOBRANCELHAS
A simetria da sobrancelha só é possível quando o pelo é retirado ou mantido no lugar certo. Às vezes, a única maneira de conseguir um visual bem alinhado é deixando os fios crescerem para depois fazer a limpeza e o desenho corretos. Mas quem quer carregar uma taturana acima dos olhos enquanto espera a transição?Bem, a melhor maneira de conquistar sobrancelhas perfeitas é confiando a beleza a um especialista no assunto. E, depois que a gente encontra o designer de confiança, nunca mais quer viver sem ele! Pensando nisso, reunimos alguns conhecimentos importantes para quem está entrando na carreira de designer de sobrancelha ou deseja aperfeiçoar as técnicas. Afinal, a área está cada dia mais competitiva e um bom designer de sobrancelha pode fazer muito sucesso especialmente entre a mulherada. Anote aí algumas dicas essenciais para aplicar nas sobrancelhas de suas clientes... 3 dicas para se tornar um ótimo designer de sobrancelhas 1. Conheça os cuidados necessários para o design Existem muitas técnicas que podem ser aplicadas para o design, mas, antes de começar o trabalho, é preciso avaliar que desenho fica bem em cada formato de rosto (veja abaixo) e qual é o método mais indicado para o tipo de pele. As opções oferecidas são várias, como a depilação com linha, para quem tem pele sensível, e a pinça, para retirar fios médios e longos e limpar os excessos sem mexer no contorno da sobrancelha. Seja qual for a escolha, aplique-a com a pele e os pelos limpos (com um algodão embebido em espuma ou loção de limpeza) para eliminar resíduos de maquiagem ou de hidratante e, assim, prevenir irritações. A esterilização de todos os materiais que serão utilizados é fundamental, pois estarão em contato direto com a pele do cliente, podendo até mesmo deixar pequenos pontos abertos.  2. Use o visagismo para um desenho perfeito Se a ideia é mudar o formato da sobrancelha para que ela fique em harmonia com o rosto, o visagismo é um recurso que pode ajudar. Além do equilíbrio no visual, ele oferece a possibilidade de se fazer um desenho que combine com a personalidade do cliente. É o método mais certeiro para imprimir o olhar marcante e harmonioso que todo mundo deseja. O visagismo consiste no estudo das proporções do rosto para encontrar o formato de sobrancelha ideal para cada pessoa. Ao contrário de muitas técnicas, o visagismo não está ligado a tendências, mas sim ao alinhamento, equilíbrio e expressividade do rosto. Veja exemplos nos quais o visagismo foi aplicado:  Sobrancelhas levemente arredondadas e curvadas no rosto quadrado    O rosto redondo combina com formas arqueadas, mas sem sair muito do desenho original   Formas retas e traços bem marcados são indicados para o rosto triangular  No rosto oval prefira formas retas com pontas curvadas    3. Prefira manter a tonalidade natural Para garantir que o rosto fique com um aspecto natural, do tipo "nasci assim", não basta apenas adequar o desenho da sobrancelha ao formato do rosto. Manter a cor dos fios em harmonia com o todo também é essencial. Portanto, mesmo que o cliente tenha o cabelo pintado, mantenha as sobrancelhas dele na tonalidade mais natural possível.    Para se tornar um expert em sobrancelhas, conheça nosso curso de Designer de Sobrancelhas ou visite uma unidade Embelleze mais proxima de você.
> Leia mais
O DESAFIO DE FORMAR PROFISSIONAIS DE BELEZA
Quem atua como cabeleireiro, manicure, maquiador ou depilador profissional certamente já esteve em uma sala de aula e contou com a grande ajuda de um professor — para instruir, capacitar, incentivar. O desafio de um professor não é pequeno; afinal, ele é responsável por ajudar a realizar sonhos, a transformar vidas! E você, que é professor, compreende a função social que exerce? A importância do seu trabalho para a vida dos seus alunos? Você vai se identificar com essa mensagem. Vem ver!  Veja como se transformar em um profissional de beleza qualificado em um dos cursos do Instituto Embelleze.
> Leia mais
QUE TAL ABRIR UMA BARBEARIA MODERNA?
As barbearias quase se perderam no tempo... Mas, graças aos olhares atentos de alguns empreendedores, hoje elas ressurgem em grande estilo. Para atender a um público cada vez mais exigente com a própria beleza, elas se recriaram no estilo e no atendimento. Além do tradicional serviço de corte e barba, hoje elas já oferecem hidratação, relaxamento, tintura, manicure, pedicure, massagem e até uma boa cerveja. Sem falar no ambiente, que faz o cliente se sentir numa barbearia top dos anos 1950. Não é para menos todo esse investimento no diferencial. De acordo com uma pesquisa do Google Lab (2018), feita com 700 homens brasileiros entre 15 e 44 anos, eles estão mais vaidosos do que nunca. Dos entrevistados, 93% disseram que cuidar da aparência é importante e, 90%, usam produtos de beleza no dia a dia.  Para uma barbearia moderna dar certo, ela precisa ter um profissional capacitado e preparado para entender o melhor tipo de barba para o tipo físico do cliente, quais são os cortes de cabelo tendência e como sugerir os serviços essenciais para criar fidelização. Além de vaidoso, o homem atual também quer inovar o visual, ditar tendência no universo da moda e se sentir bem, confiante. Passado presente O corte de cabelo clássico ou a barba aparada não são os únicos serviços que sustentam as barbearias modernas. Quem está pensando em investir na carreira de barbeiro profissional ou no negócio, precisa ficar ligado nas tendências e no comportamento do homem dos anos 2000. Lembra do metrossexual do final da década de 90? Era aquele cara que andava com cabelo arrepiado e barba por fazer, parecendo desleixo, mas na verdade era um desarrumado proposital que esbanjava puro charme. Agora, além do metro, existe o homem roots, denominação para o cara "raiz", de visual mais rústico, que gosta de usar barba longa, chamada lenhador. O público das novas barbearias, em sua grande maioria, é jovem e não conheceu como eram as antigas barbearias. Porém, o que justamente cativa essa clientela é se sentir bem tratada, fazendo parte de um ritual diferenciado que, na verdade, veio dos antigos estabelecimentos. Como a clássica toalha quente no rosto, que foi e deve continuar sendo preservada pelas barbearias modernas. Um bom profissional deve ter noção de tudo isso, como combinar o passado e o presente para garantir o sucesso. Enfim, há muito o que aprender e você não deve se descuidar da capacitação. O Instituto Embelleze já formou mais de 1 milhão de alunos e, no curso de barbeiro profissional, ensina não apenas as técnicas da profissão, mas também as informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia. O aluno desenvolve as competências com excelência no atendimento de cortes masculinos, modelagem de barba e aparo de pelos faciais, designer de cortes e barba, aprende os métodos de coloração, tratamentos e as mais variadas técnicas de transformação capilar masculina de alisamento e relaxamento. Visuais que estão fazendo a cabeça deles Só para ter uma ideia do que é moderno hoje para a ala masculina, conheça dois cortes que viraram febre e fazem parte da bagagem do barbeiro que tem um novo olhar para o mercado. Fauxhawk Estilo que simula um moicano, que pode ser tímido ou ousado, e se aplica a diversos tipos de cabelo, lisos, ondulados, crespos ou cacheados. Nesse modelo de corte, a lateral deve ser mais baixa e penteada para trás, mas não é preciso ser raspada. No topo da cabeça, há um volume maior de cabelo com fios levantados e bem fixados ao centro. O corte pode ter uma aparência mais “arrumadinha” ou despojada, de acordo com o estilo de cada cliente. Quiffed Back Modelo mais clássico para quem prefere manter a cabeleira longa. Usado por jovens, em uma versão mais moderna, e também por homens mais maduros. Para compor o corte, é preciso um topete generoso no topo da cabeça e laterais bem aparadas. Normalmente, é modelado para um dos lados ou para cima, com um pouco de brilho para valorizar as madeixas. O que também tem aparecido muito nas cabeças masculinas são as mechas de diferentes tonalidades: loiras, platinadas e até coloridas. Nesse ponto, a principal vantagem da tintura para homens é que fica muito mais fácil inovar nas cores, já que os cabelos costumam ser cortados frequentemente, eliminando, quase que completamente, a cor anterior. Entre as principais tendências para cabelos masculinos estão a mecha invertida, a californiana e a 3D.
> Leia mais
5 dicas de marketing para cabeleireiros
Diante de um mercado de trabalho cada vez mais acirrado, precisamos ter um diferencial e nos comunicar com o cliente. Geralmente, o profissional capacitado e atualizado, que acredita no seu potencial e zela pela qualidade do seu serviço vai tirar de letra as dicas que daremos aqui. E, então, está pronto para começar? 1- Você precisa ter total conhecimento do mercado em que atua Ou seja, antes de mais nada, precisa compreender as necessidades do público, estar atento às tendências, aos estilos, técnicas e novas possibilidades que estão sendo desenvolvidas. Nunca, em hipótese alguma, se acomode no que já aprendeu. Não ouse pensar que o conhecimento que possui é mais do que suficiente. Invista sempre em sua qualificação profissional. 2- Divulgue o seu trabalho sem cessar Não tenha vergonha, aproveite todas as oportunidades para entregar folhetos, colocar faixas com promoções de cortes ou penteados e distribuir seus cartões de visita. Escolha um dia para fazer uma promoção especial e mande convite para seus clientes. As promoções costumam ser muito bem recebidas, desde que os serviços prestados não sejam diminuídos na sua qualidade por conta do preço. Neste momento, você só está interessado em divulgar o seu trabalho com competência e excelência, o resto é consequência. 3- Invista também nas redes sociais e conecte-se com seus clientes por meio de posts Essa divulgação costuma ser muito bem aceita porque hoje em dia as pessoas utilizam muito a internet para se relacionar. Crie um grupo no Facebook, monte um site, promova a sua Fan Page e procure uma forma de ser lembrado mesmo que você não esteja de corpo presente. 4- Faça network Essa dica é muito importante também. Relacionar-se é uma das melhores formas de sermos lembrados. Esteja no maior número de eventos que puder. Com o tempo, você será lembrado e requerido, só precisa de um tempo para tornar a sua marca forte. Mas, não se engane: a sua marca corresponde àquilo que você é e faz. Por isso, seja primoroso e trabalhe com responsabilidade. 5- Conheça o seu público Pare e pense: quando algo ou alguém nos é muito valioso, o que queremos é conhecê-lo cada vez mais e melhor, não é mesmo? Por isso, trabalhar pela satisfação dos clientes é algo que faremos sem medidas. E como isso pode ser feito? Conhecendo seus gostos, necessidades e desejos. A partir daí, você terá todo suporte para trabalhar, saberá que tipo de serviço oferecer, levando em conta o poder aquisitivo desse público e suas condições de vida. Seja sempre amistoso, cuide para que este cliente fique à vontade no seu salão. Posteriormente, ele mesmo fará para você o marketing mais antigo, que é a boa e velha indicação boca a boca. Se ele sair feliz e satisfeito do seu salão, ele certamente voltará, mas não sozinho, trará um acompanhante para usufruir também de seus serviços e bom atendimento. No curso de Gestão de Salões de Beleza você aprenderá sobre marketing e muito mais! 
> Leia mais
COMO AJUDAR SUA CLIENTE A ESCOLHER UM PENTEADO
Quando a trança é a solução Tranças em diferentes versões estão no top trend da moda há várias temporadas e, em 2019, prometem surgir em alta novamente. Se a sua cliente é moderna, não hesite em sugerir uma boxer braid (trança boxeador) para ela expressar atualidade. Mas se ela é romântica, mostre como a trança embutida é capaz de imprimir feminilidade e leveza.   Coque é sempre um clássico Sua cliente é cheia de dúvidas e não consegue decidir nada? Convença-a a fazer um coque! Existem estilos versáteis do penteado, que podem ir do clássico coque baixo ou banana ao descontraído coque desfiado ou “podrinho”. Quando quiser criar uma imagem elegante, sofisticada e forte, opte por coques presos na altura média da cabeça e com acabamento “limpo”. Se a pedida é compor um look mais descolado e moderno, prefira fazer um coque grande e alto, preso no topo da cabeça. O romantismo e a feminilidade são garantidos com coques baixos.   Solto também é chique Um penteado com o cabelo solto pode ser muito glamouroso, sim. Basta trabalhar os fios para ganharem textura. Você pode fazer isso com uma escova lisa ou modelada, usando chapinha ou babyliss e produto de texturização. Se a sua cliente quiser criar uma imagem mais reservada, opte pela escova modelada. O babyliss com cachos definidos cria um visual romântico, mas também pode construir um look selvagem e mais sexy se você desmanchar os cachos com as mãos, aumentando o volume.      Saiba mais no nosso curso de Cabeleireiro Academy Hair ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.    
> Leia mais
Suelen Cardoso dos Santos
As dificuldades podem nos trazer aprendizados. Essa é uma das maiores lições que Suelen, mãe da Myrella, de 5 anos, aprendeu recentemente e que já mudou a vida dela – para melhor! Desde que se casou, há 10 anos, ela vivia uma rotina igual a de muitas brasileiras: cuidava da casa, da família e dependia do marido como único provedor. No entanto, o esposo não tinha emprego fixo, fazia “bicos” e, com o nascimento da filha, Suelen se viu diante de uma realidade difícil. Foi aí que seu espírito de mulher guerreira começou a aflorar e os primeiros sinais de empoderamento feminino surgiram... Em 2014, ela abriu na varanda de casa uma míni lanchonete para ajudar no orçamento. O estabelecimento durou alguns anos, mas os obstáculos se tornaram maiores e ela foi obrigada a fechar o pequeno negócio. Mas como os empecilhos fazem parte do trajeto para conquistar sonhos, Suelen não se deixou abater. Nesse meio tempo, teve outra ideia: fazer escova nos cabelos das vizinhas e conhecidas para aumentar a renda. “Sempre gostei de beleza, especialmente de cuidados com cabelo, então exercia essa função com muito prazer. Na verdade, eu sempre quis ser cabeleireira profissional, mas nunca achei que fosse ter condições de chegar lá”, lembra Suelen.   Atitude transformadora Em 2018, os bons ventos começaram a soprar para a família de Suelen e seu esposo, finalmente, conseguiu um emprego e salário fixo. Admirador da garra da mulher, o marido de Suelen quis retribuir a parceria e o carinho dela oferecendo o custeio de um curso de cabeleireiro profissional. Porém, Suelen não tinha ideia de como poderia se capacitar e achava a realidade distante. Ela procurou alguns cursos no Rio de Janeiro, onde mora, mas nada a interessava ou chamava a sua atenção. “Até que um dia, passando pelo calçadão de Duque de Caxias, ouvi um rapaz falando sobre os cursos do Instituto Embelleze. Na hora me interessei em saber mais e resolvi ir até a escola conhecer o método de perto. Com muita dificuldade e dinheiro contado, fiz a matrícula, comprei o material e iniciei as aulas. Durante o curso, minha mente começou a mudar e fui vendo o quanto eu era capaz de aprender! Essa sensação, somada ao apoio da minha família, fez eu me sentir uma supermulher, com autoestima elevada. Dou o máximo de mim em sala de aula e no estudo das apostilas para aprender e reter o conhecimento”, conta Suelen. Embora ainda falte alguns meses para ela concluir o curso de cabeleireiro profissional no Instituto Embelleze, Suelen já tem uma carteira de clientes que atende em domicílio e vem ganhando dinheiro para sustento próprio. Hoje, paga sozinha o curso (o marido só banca os custeios da casa) e ainda consegue poupar!   Exemplo de empoderamento feminino e empreendedorismo Cada módulo do curso concluído é uma etapa de sucesso para Suelen. “No início desse processo de capacitação eu tinha alguns pensamentos pequenos, achava que ia me formar para trabalhar para os outros. Mas conforme vou avançando e aprendendo mais do que os procedimentos técnicos e estéticos, vejo que não preciso trabalhar para ninguém além de mim, consigo enxergar que sou capaz de ser dona do meu próprio salão”, afirma a jovem. “Minha vida é corrida, como de toda mulher e mãe, pois cuido da casa, levo minha filha à escola, estudo... Mas o que me alegra é que, hoje, com os recursos financeiros que tenho, já estou empreendendo e terminando a construção do meu salão de beleza. Sim, na varanda de casa, onde tudo começou! Me sinto muito feliz em ter a oportunidade de dar à minha filha tudo o que eu não tive e mostrar para ela que nós, mulheres, podemos nos capacitar, ser bem-sucedidas e não precisar depender de ninguém. Quero dar à minha filha o exemplo de que toda mulher é capaz de ter uma profissão, de ser independente, empreendedora e feliz”, finaliza Suelen.   Gostou do exemplo da Suelen? Então compartilhe com outras mulheres como elas podem alcançar o empoderamento feminino! Para se tornar uma empreendedora de sucesso, conheça as 5 atitudes da mulher empreendedora.  
> Leia mais
Onete Gomes do Nascimento
“Eu trabalhava numa empresa havia 10 anos. Tinha uma situação estável, salário em dia, uma vida razoavelmente tranquila. Vaidosa que sou, andava sempre arrumada e tinha um cuidado especial com o meu cabelo. A vontade de conhecer mais sobre o assunto me levou a me matricular num curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Brasília, cidade onde moro. Eu tinha 36 anos e estava indo bem, no entanto, eu não conseguia muito conciliar a rotina de trabalho, casa e curso, daí resolvi trancar as aulas e fazer uma pausa para me organizar.” Mudança de planos “O problema é que três anos depois aconteceu um corte enorme de funcionários na empresa onde eu trabalhava e, infelizmente, eu estava na lista de demissões. Confesso que fiquei desesperada, pois eu era mãe solteira e tinha duas filhas para sustentar. Foi um período muito difícil, eu procurava emprego todos os dias e não encontrava nada, nenhuma vaga. Diante desse cenário, resolvi retomar o curso de cabeleireiro, porque percebi que ali eu talvez tivesse uma chance de construir uma nova carreira  e ter trabalho. A coordenadora e professora da unidade, Rayane Rodrigues, me deu a maior força e me incentivou bastante quando eu pensei em desistir.” Garra e determinação “Assim que me formei como cabeleireira profissional estava cheia de esperança. A Rayane foi muito parceira e logo me encorajou a abrir meu próprio salão de beleza. Fui em frente e, juntamente com uma sócia (outra ex-aluna), coloque de pé o sonho do negócio próprio. Trabalhamos durante dois anos em sociedade, mas não deu certo e acabamos fechando o empreendimento. Fiquei um ano em casa e aproveitei para me reciclar e fazer novos cursos no Instituto Embelleze: designer de sobrancelhas, manicure e depilação. Depois dessa fase, consegui um emprego num salão e adquiri mais experiência.” Vida nova “Há dois anos, mais segura e com uma boa bagagem profissional, abri outro salão de beleza — agora sozinha. E os negócios estão indo de vento em popa! Estou até concluindo dois novos cursos no Instituto Embelleze: o de maquiagem e penteado. Hoje, os 43 anos, sustento minha família, com cinco pessoas, por meio do meu trabalho. Felicidade é pouco!”
> Leia mais
Jonathan Politori
"Eu atuava numa empresa de segurança do trabalho, de segunda a sexta, oito horas por dia, e não era feliz". Essa declaração de Jonathan, da cidade de Americana (SP), é a mesma de muitos brasileiros que, para se sustentar, acabam aceitando, muitas vezes, trabalhar até em uma área sem afinidade. Mas a acomodação e o conformismo nunca fizeram parte da personalidade do jovem, que ia para o batente sempre pensando em encontrar uma outra oportunidade. "Eu desejava ter uma profissão e um emprego que me fizessem feliz." E foi aí, na busca pelo sonho, que Jonathan, aos 19 anos, decidiu ingressar no Curso de Barbeiro do Instituto Embelleze. Durante o curso, ele não faltava a nenhuma aula e recebia elogios dos professores pelo bom desempenho — e isso o motivava ainda mais a seguir em frente. "Nunca imaginei que ia ser barbeiro. Depois de concluir o curso e começar a trabalhar numa barbearia, percebi que eu gostava mesmo é de fazer barba, cabelo e bigode", diz Jonathan.  Jonathan Politori colocando o seu talento em prática Recompensa pela dedicação Jonathan trabalhou durante 3 anos nesta barbearia, o que foi essencial para ele aperfeiçoar todo o conteúdo aprendido. Esse trabalho não deu a Jonathan apenas o prazer de atuar numa profissão de que ele gosta. A empreitada também aumentou a sua renda mensal, ou como ele mesmo diz: "triplicou o salário". Com isso, ele conseguiu comprar um carro e um apartamento. O começo é difícil, segundo Jonathan, como para tudo na vida. Mas com a experiência adquirida diariamente você engrena na área. "Eu trabalho bastante, atendo muitos clientes por dia, mas no final do mês é recompensador." Sucesso e prosperidade Com o tempo, a paixão pela nova profissão só aumentou e Jonathan resolveu sair do primeiro emprego como barbeiro para dar um salto mais alto e definitivo em sua carreira: montar a própria barbearia! “Iniciei o negócio juntamente com minha mãe e meu padrasto. Mas depois de um ano propus comprar a parte deles para dar a minha identidade ao lugar. Hoje, eu e um sócio, que também é barbeiro, estamos tocando sozinhos a Jac’s Barber Shop”, conta o rapaz que é casado e tem um filhinho de 4 meses. Segundo ele, a Jac’s foi inspirada nas barbearias do passado. As referências de estilo que ele curte são a Schorem, na Holanda, e Fígaros, em Portugal. “Quero que a minha barbearia promova uma experiência única aos clientes, como se eles tivessem viajado no tempo e parado numa barbearia dos anos 70”. Além do atendimento de qualidade e cheio de mimos para a clientela, Jonathan acha que a decoração do ambiente também influencia muito para a fidelização, por isso está investindo pesado nisso. Barbearia Schorem, na Holanda Planos para o futuro Embora Jonathan ainda tenha que percorrer um caminho para solidificar o seu negócio, ele já pensa nos próximos passos, como por exemplo criar uma marca própria de produtos para barba e cabelo. "O meu conselho para quem quer ter uma profissão e se dar bem é não deixar de acreditar na sua capacidade. Diga para você mesmo: eu quero, eu vou correr atrás, eu vou conseguir. Posso dizer que, hoje, eu sou um cara vencedor!" Inspire-se na história de sucesso de Jonathan, que ganhou independência e hoje trabalha com o que realmente gosta. Procure um dos cursos do Instituto Embelleze e transforme o seu sonho em realidade! Escolha entre diversas opções, todas com apostilas gratuitas e os melhores instrutores do mercado, e não adie mais a transformação da sua vida. Matricule-se já!
> Leia mais
Renata Costa
O contato de Renata com o mundo da moda e da beleza foi na infância, aos 7 anos de idade. Ainda pequeneninha ela já ajudava sua mãe a confeccionar roupas e, daí em diante, a área se tornou uma paixão. "Por estar inserida nesse meio, sempre fui ligada a maquiagem e cabelo, gostava de conhecer as tendências e tinha jeito para mexer com isso. Tanto que era eu quem arrumava o cabelo das minhas irmãs e primas quando elas precisavam. Eu não tinha medo!", diz Renata. O momento mais marcante para ela foi quando transformou o cabelo de uma amiga da escola, na adolescência. "Me lembro como se fosse hoje, minha amiga saindo do banheiro chorando de alegria, chorando porque estava se sentindo bonita". Aos 24 anos, Renata entrou na Faculdade de Design e se formou em moda. Ela finalmente havia concretizado a paixão da infância. No entanto, não demorou muito para a sua vida ganhar um novo rumo. Uma prima dela, também vidrada em beleza, resolveu fazer a inscrição das duas no curso de Cabeleireira Profissional do Instituto Embelleze. "Eu não sabia o que ia encontrar pela frente nesse curso, não imaginava como eu ia me sair. Mas já no primeiro dia de aula me apaixonei!", declara Renata. O começo foi na garagem "O conhecimento que eu adquiri no curso do Instituto Embelleze foi sensacional. Eu tive bons instrutores e uma turma maravilhosa. Eu era apaixonada pela turma, fiz grandes amizades e minha professora acabou se tornando minha amiga pessoa!", lembra Renata. Após o curso, o auge da amizade foi quando a professora marcou um horário para cortar o cabelo com ela. "Desde então, quem cuida do cabelo da minha amiga-professora sou eu!" Quando Renata começou a trabalhar com cabelo e make ela atendia em domicílio. No entanto, ao ver o crescimento dela na carreira, a mãe propôs que ela montasse um salão na garagem de casa. "Fiz uma obra, adequei o espaço e passei a atender no salão. O lugar é pequeno e pretendo ampliá-lo para trabalhar junto com meu irmão, que também atua na mesma área", afirma Renata.    Retorno gratificante Além do retorno financeiro — Renata já tem projeto de comprar um apartamento com a renda do salão —, a resposta de cada cliente é muito gratificante. "Não tem preço ver a gratidão da cliente por você ter transformado ou valorizado a beleza dela. O profissional se torna uma pessoa importante para o cliente, porque ajuda a elevar a sua autoestima", declara a cabeleireira. O conselho de Renata para quem pretende seguir os mesmos passos é um só: "Não tenha medo, basta você se especializar e se empenhar para ser um bom profissional e o Instituto Embelleze te dá isso, ele capacita", garante. O trabalho da expert influencia a vida do outro e ajuda a recuperar o amor próprio, o amor pela própria beleza. "O Instituto Embelleze transformou a minha vida!"   Quer ter o mesmo sucesso de Renata? Matricule-se em um dos cursos profissionalizantes do Instituto Embelleze e tenha uma carreira brilhante, com trabalho em horário flexível, escolhendo como quer se dedicar para ser mais produtivo.
> Leia mais
Transforme o make do dia em look noite
Sombras com cores quentes e batom vermelho estão entre as principais tendências de maquiagem desta temporada. Os olhos serão bem marcados e podem ser esfumados em tons de rosa, amarelo, laranja, marrom, vermelho e vinho — metalizados ou matte. Os lábios vão ganhar destaque com o vermelho aberto e glamouroso, especialmente para a noite. Durante o dia, uma cor leve de hidratante basta. Para aprender a usar combinações que dão certo, a youtuber Caroline Navarrete (@carolinenavarrete/ @carolnavarretemakeup) dá uma aula no passo a passo e no vídeo tutorial a seguir. Confira com ela como é fácil transformar uma maquiagem feita para o dia para compor um look noturno lindo. PASSO A PASSO MAKE DIA 1 Com a pele já preparada (base, corretivo, pó, blush), inicie a aplicação de sombra nos olhos. Aplique uma tonalidade amarelo mostarda, que está muito em alta, no côncavo para dar profundidade.     2 Usando um pincel limpo, esfume bem a sombra para a cor ficar discreta.     3 Alongue e dê volume aos cílios com uma máscara preta. Faça movimento de ziguezague com o pincel, da raiz até as pontas dos fios.     4 Ilumine o canto interno do olho com uma sombra perolada.     5 Nos lábios, em vez de batom, use um hidratante labial com cor (amora ou cereja).     PASSO A PASSO MAKE NOITE 1 Agora, para ganhar um olhar noturno, apenas acrescente à pálpebra uma sobra marrom-escuro. Aplique no canto externo do olho e depois esfume bem para eliminar a marcação da sombra.     2 Deposite uma sombra vermelha no meio da pálpebra, tomando cuidado para não cobrir o ponto de luz que já foi feito anteriormente no make para o dia. Com um pincel limpo, esfume-a para que se unifique com a marrom. Em seguida, espalhe na pálpebra inferior, rente à raiz dos cílios, a sombra na cor amarelo mostarda. Ainda na parte inferior, aplique a sombra marrom-escuro somente no canto externo. Dê mais uma demão de máscara de cílios para valorizar o olhar.     3 Finalize a maquiagem com batom vermelho, que está super na moda.   Gostou da sugestão da Carol Navarrete? Aprenda a se maquiar como uma profissional no curso de maquiagem do Instituto Embelleze. A profissão está mega valorizada no mercado de trabalho: você pode atuar em salão de beleza, em atendimento em domicílio, em publicidade e até televisão. Ah, aliás, depois, você também pode se especializar em maquiagem artística para trabalhar com caracterização — não é o máximo! O Instituto Embelleze já disponibiliza o curso dessa profissão que está bombando!    
> Leia mais
COQUE ALTO: COMO FAZER O PENTEADO BÁSICO E PARA FESTA
O coque alto, ou top knot, como é chamado lá fora, foi o escolhido pela atriz Zendaya para glamourizar no Oscar 2019. Ela optou por uma versão bem minimalista, ou seja, com o cabelo bem puxado para cima e num torcido simples. Mas não foi só ela que exibiu o penteado na festa: a atriz Laura Harrier também surgiu com o coque no topo, porém num look mais romântico, com divisão central e fios soltos nas laterais do rosto; e Lady Gaga apostou no top knot vintage, com referência no coque-banana. Mais recentemente, a marca Chanel fez do coque alto o penteado único das modelos que desfilaram na semana de moda-inverno de Paris. Totalmente inspirados nos anos 60, as torções não tinham acabamento impecável para parecer bem fashionistas. Seja qual for a aparência dos coques — bem enroladinhos ou “desabados” —, uma coisa é igual para todos: cabelo puxado para cima, bem no centro do topo da cabeça. A vantagem do penteado, é que ele pode ser feito em qualquer tipo e textura de cabelo, não tem restrição de idade e vai do básico ou despojado ao sofisticado num piscar de olhos. No dia a dia, é uma ótima opção para variar com o rabo de cavalo. Coque alto básico O look do dia pode ser despojado e ter até um aspecto bagunçadinho. 1.    Com uma escova, puxe todo o cabelo para cima e prenda a mecha com um elástico fino (pode ser do tipo silicone). 2.    Se o seu cabelo é crespo ou cacheado, simplesmente enrole a mecha do rabo em volta do elástico e prenda com grampos escondidos. Não se preocupe em deixar um acabamento perfeito do torcido. 3.    Se o seu cabelo é liso ou fino, dê uma encorpada nos fios do rabo, desfiando-os com pente-fino ou aplicando um spray de xampu a seco ou um beach wave. Em seguida, passe a escova superficialmente no cabelo e enrole-o fazendo o coque. 4.    Jogue um pouco de spray fixador na frente e nas laterais do penteado e passe as costas do pente-fino sobre os fios para eliminar frizz e dar um acabamento melhor. 5.    O seu coque básico pode ser bem apertadinho ou com a raiz mais frouxa, você decide. Também pode ser enrolado com todos os fios no lugar, parecer “podrinho” ou ser inspirado no coque nó. Inspire-se nestas propostas...     Coque alto para festa Para uma ocasião que exige glamour, como casamento e formatura, prefira um visual bem polido e charmoso. 1.    Antes de prender o cabelo no alto, aplique um pouco de mousse para ajudar a dar volume e textura aos fios e controlar o frizz. 2.    Penteie o cabelo para cima, com uma escova, puxando bem os fios. Prenda a mecha com elástico fino de silicone. Se você quiser uma aparência mais suave e delicada, antes de fazer o rabo alto, separa duas mechas laterais para deixá-las soltas contornando o rosto. 3.    Na hora de prender o rabo num coque, as opções para festa são várias. Você pode enrolar o cabelo bem rente ao elástico, sem deixar nada frouxo, formando um rolinho pontudo e alto. Pode fazer um rolo mais achatado, tipo donut. Há ainda a opção de dividir a mecha do rabo e criar rolos largos. Ou enrolar a ponta do rabo para dentro, apoiar o coque sobre o elástico e embutir tudo com grampos. 4.    Finalize borrifando spray fixador em todo o penteado. Inspire-se nestas propostas...     
> Leia mais
COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE
Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe! Comece com a limpeza da pele Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros. Aplique creme de barbear “Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok? Escolha navalha ou lâmina Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la. Faça o corte perfeito Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento. Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário. Use pós-barba Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações.      BARBEAR DA PELE SENSÍVEL Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.   Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.  
> Leia mais
Cabelo longo masculino: como usar
Está precisando renovar o corte? Que tal dar só uma bela repicada nas mechas e deixar os fios crescerem? A tendência masculina para outono-inverno aponta cabelo comprido para os homens! Nas semanas de moda internacionais, o destaque ficou para a cabeleira ao vento, compondo um visual bem despojado e despretensioso (veja algumas inspirações na galeria).   Diferentemente do que se viu nas ruas até agora — o longo preso por coque samurai ou trança — o cabelo masculino surge solto, com textura natural saudável. Isso quer dizer que os fios, mesmo estilizados com produtos, precisam parecer leves. Além disso, o longo da vez não é simplesmente crescido, ele tem corte para exibir o efeito da moda e pode ter franja. Siga as dicas para aderir ao look ou indicar para os seus clientes. Longo, bonito e saudável Antes de entrarmos no visual da moda em si, vamos falar de saúde. Afinal, o cabelo não cresce, ou não cresce bonito, se alguns cuidados não forem seguidos. “O uso constante de gel, pomadas e outros fixadores, influenciam diretamente na saúde dos fios e do couro cabeludo. Se não forem higienizados corretamente, podem acumular resíduos e provocar inflamação e descamação na pele e ressecamento e pontas duplas na fibra. Para o crescimento saudável é preciso fazer, a cada três meses, um detox capilar, que é uma limpeza profunda em toda a cabeça. Também é recomendado hidratações frequentes”, diz Diogo Rogério de Oliveira, orientador técnico pedagógico do Instituto Embelleze Grajaú e Cupecê (SP).  O ideal é se submeter a esses tratamentos com um profissional, no entanto, também dá para se virar em casa com xampu antirresíduos e cremes hidratantes. O corte comprido da moda O que se viu nas passarelas foi o cabelo crescido. Os modelos dos desfiles tinham fios longos que beiravam, no mínimo, o início ou o final da nuca, nada menor que isso. Como se fosse um cabelo que não é cortado há quatro meses. O especialista Diogo Rogério indica que uma boa pedida para fios de qualquer tipo (liso a encaracolado), que estão em processo de crescimento, é o corte de mecha móvel, em que se trabalha as pontas fazendo o uso de angulações. “Isso traz uma modelagem leve entre as camadas e movimento.” Já quando os fios estão grandes, o corte repicado em camadas desde o comprimento é ideal. Nessa técnica, se as camadas do topo da cabeça são cortadas mais curtas, o cabelo ganha volume; ao contrário, mais longas, evitam que os fios armem. O desfiado e com franjão também é uma opção e combina com todos os tipos de cabelo.   Sugestões de penteado Por mais que a tendência seja o cabelo com aspecto natural “nasci assim”, é com produtos de texturização que muitas vezes se consegue esse efeito. Porque daí o natural aparece sem frizz e com as camadas bem definidas. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz. Confira como estilizar seus penteados... *Pomada ou cera – Coloque um pouquinho na palma da mão, friccione até sentir aquecer e espalhe superficialmente nos fios secos, começando a modelar da parte de trás da cabeça para a frente. Deslize as mãos puxando os fios para baixo e valorizando o corte. Geralmente a pomada e a cera têm acabamento matte. Mantêm as mechas modeladas, porém maleáveis. Esses produtos são perfeitos para deixar o cabelo despojado, como pede a moda. Dão volume aos lisos e ondulados e definição aos cacheados e crespos. *Ativador de cacho – Basta aplicar no cabelo úmido e massagear cacho por cacho, apertando-os com as mãos, das pontas em direção à raiz. O resultado são mechas definidas, sem frizz e brilhantes. *Gel – Bom para os lisos repicados, o gel passado na cabeleira molhada garante que ela seque exatamente da forma que foi penteada, sem eriçar. Sendo assim, depois de colocar o cosmético na palma da mão e espalhar em todo o comprimento, deslize os dedos da raiz em direção às pontas para um visual liso e com pontas definidas. Se quiser ondular, passe um pente de dentes largos ou dê uma leve bagunçada jogando a cabeça para trás e para os lados. *Mousse – Recomendada para homens de cabelo fino e com pouco volume que querem ganhar o visual bagunçado. No cabelo úmido, distribua a mousse uniformemente em todo o comprimento, depois modele as mechas com a ajuda do secador.
> Leia mais
GLITTER E MECHAS COLORIDAS NO PENTEADO DE CARNAVAL
Para curtir linda a festa mais popular – e esperada do país – vale usar a imaginação e todos os recursos disponíveis na produção, tanto de maquiagem quanto de cabelo. No penteado de Carnaval, tiaras, faixas, laços, tintas coloridas e muito, mas muito glitter, são bem-vindos. Porém, se os produtos químicos não forem aplicados e retirados de maneira correta, aliados à exposição solar e à transpiração, podem deixar as suas madeixas danificadas ao fim do feriado. Quer desfilar despreocupada? Basta seguir as dicas de antes e depois da expert Mônica Arthur, instrutora do Curso de Cabeleireiro do Instituto Embelleze, na unidade do Rio de Janeiro.  Joga glitter! Item unânime quando a ordem é brilhar, o glitter é fundamental em qualquer fantasia de Carnaval. Mas a ideia não é pegar o glitter escolar e jogar no cabelo, hein? Você tem que usar o produto específico para maquiagem (de pele), assim não corre o risco de provocar irritações no couro cabeludo. “A melhor indicação é o glitter biodegradável. Além de não agredir a pele, beneficia o meio ambiente. Em vez de ser composta de plástico, que polui os oceanos e afeta a fauna marinha, essa opção é à base de ingredientes orgânicos”, diz Mônica. Na hora de aplicar Mônica ensina: “Tenha paciência, esfregar o glitter no cabelo não é a solução! Além de danificar a fibra capilar, a fricção pode fazer com que a purpurina impregne nos fios, o que dificulta muito a remoção”.   Depois da festa A retirada do glitter é simples e acontece em dois passos: Usando pedaços de fita adesiva, remova primeiro o excesso do brilho. Basta grudar e desgrudar a fita em toda a superfície, pressionando-a levemente, quantas vezes forem necessárias até limpar ao máximo. Em seguida, lave o cabelo com um bom xampu anti-resíduos e aplique condicionador em comprimento e pontas.   Chuva de cor Os sprays tonalizantes para cabelo também são uma grande aposta para compor penteados-fantasia. A maior vantagem desse tipo de produto é conquistar fios coloridos que voltam ao aspecto original com facilidade, sem a necessidade de nenhum descolorante. “O produto, formulado com pó colorido e gel fixador, pode parecer prejudicial por proporcionar uma textura seca, com fios de aparência enrijecida. No entanto, aplicado corretamente, não apresenta perigo”, explica a instrutora do Instituto Embelleze. Na hora de aplicar Basta modelar o penteado como desejar e, em seguida, borrifar o spray sobre os fios. Uma sugestão é dividir o cabelo em mechas e, em cada uma, jogar uma cor diferente. Aplique o produto a uma distância de 10 cm e espalhe-o uniformemente na mecha. Depois, você ainda pode arrematar dando acabamento à parte frontal com uma tiara brilhante, com pedras ou miçangas. A durabilidade da cor está vinculada à primeira lavagem do cabelo após o uso, ok? Depois da festa Retire o tonalizante com o seu xampu habitual ou com um xampu neutro, sem sal. Bastam uma ou duas lavagens. Na sequência, use o condicionador em comprimento e pontas.  “Por se tratar de um produto extremamente seco, a única ordem é não adiar a retirada do spray tonalizante. Deixá-lo no cabelo por muito tempo pode causar o ressecamento dos fios”, aconselha Mônica. O Carnaval acabou, e agora? Desfilar no bloquinho, durante todo o Carnaval, sob o sol e a ação do suor, com fios enfeitados por glitter e tonalizante, pode provocar uma onda de estragos, mesmo tomando todos os cuidados com o uso dos produtos. Para não ficar com um cabelo detonado pós-feriadão, Mônica recomenda submeter os fios a uma hidratação power, que combate o ressecamento e o aspecto fragilizado. Para uma hidratação completa e eficiente, o ideal é lavar o cabelo com um xampu anti-resíduos e, depois, espalhar um creme hidratante mecha por mecha (sem tocar a raiz), com massagem suave. Deixe agir por, aproximadamente, 10 minutos e enxágue bem.  Pronto, saúde do cabelo garantida para o penteado de Carnaval do próximo ano!   Para ficar por dentro de muitas outras dicas sobre cabelo e se tornar um profissional, faça o curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze, a maior rede de franquias da América Latina voltada para a formação profissional em beleza. Presente em todo o território nacional, a marca possui aproximadamente 350 unidades no Brasil. Procure a unidade mais próxima de você e fique expert!  
> Leia mais
MAQUIAGEM DE CARNAVAL PASSO A PASSO
Valorizar os olhos com uma maquiagem artística é uma ótima dica para causar impacto e mostrar que você entrou no clima do Carnaval. Não precisa nem caprichar muito na fantasia! A pedido do blog Espaço da Belle, a youtuber e maquiadora profissional Jessica Make @jessicamakems preparou um vídeo mostrando, passo a passo, a se colorir. Melhor: sem ganhar olheiras ou olhos borrados e mantendo a produção intacta até o final da festa. A sugestão de Jessica é perfeita para complementar o visual sereia, fada ou princesa. Confira o vídeo lá no final do post! 1-Comece limpando a pele com água micelar para tirar todas as impurezas do rosto. 2-Passe um hidrante facial com fator de proteção solar, especialmente se for brincar no Carnaval de rua durante o dia. 3-Agora vamos ao make: comece dando formato às sobrancelhas usando uma lapiseira delineadora ou uma sombra própria para preencher falhas e definir o design. 4-Depois, aplique um corretivo em pasta em toda a pálpebra com um pincel. Ele vai servir de base para fixar melhor a sombra e deixá-la mais pigmentada, com a cor mais viva. 5-Utilize o mesmo corretivo para contornar a pele ao redor da parte superior das sobrancelhas. Isso vai ajudar a destacar o formato e definir o desenho. 6-Espalhe o corretivo aplicado nessas áreas com o dedo para o produto não ficar acumulado. 7-Hora de usar a sombra. O primeiro tom é verde-água. Com um pincel apropriado, deposite o produto na parte interna da pálpebra móvel, dando leves batidinhas com o pincel. Em seguida, aplique a segunda tonalidade de sombra, um azul-marinho. Ela deve ser depositada com o pincel na parte restante da pálpebra móvel. 8-Com um pincel menor e macio e uma sombra azul mais clara, esfume as sombras verde e marinho, fazendo movimentos circulares. Isso vai fazer com que o esfumado fique bonito, sem perder a pigmentação das cores. 9-Aplique uma sombra bege-clara na linha logo abaixo da sobrancelha para iluminar. 10-Dê volume aos cílios com uma máscara preta e, em seguida, cole cílios postiços. 11-Passe lápis preto na linha d’água e esfume um pouquinho com um pincel. 12-Usando a sombra verde-água novamente, pinte o canto interno do olho, em cima e embaixo. 13-Dê um efeito especial ao olhar, espalhando sombra glitter rente aos cílios inferiores. 14-Só agora uniformize o rosto. Aplique um primer colorido ou incolor para fechar os poros e manter o make intacto por horas. Depois espalhe base com textura leve, como a líquida, para deixar o rosto confortável para o Carnaval. 15-Deposite corretivo líquido nas olheiras, se necessário, e também sobre o nariz e na ponta do queixo para iluminar. Espalhe com uma esponja macia dando leves batidinhas. 16- Aplique máscara nos cílios superiores para dar acabamento aos postiços e também nos inferiores. 17-Com um pincel grande, sele a base com pó solto. 18-Usando um pó bronzer marque o contorno do rosto: aplique-o nas laterais da face. 19-Passe um blush coral nas maçãs do rosto para dar uma corzinha e, em seguida, aplique um iluminador na parte alta das maçãs. 20-Agora borrife um spray fixador de maquiagem para manter tudo no lugar e pigmentar ainda mais o iluminador. 21-Passe um pouco de iluminador na testa e fixe strass autocolantes na pele compondo o desenho que desejar. Se quiser colocar mais adesivos em outras partes do rosto, basta repetir o processo do iluminador. 22-Nos lábios, aplique um batom nude com um pouco de glitter por cima. Aproveite o glitter e coloque-o também nas têmporas e nos espaços entre os adesivos de strass. 23-Termine o make destacando os cantos internos dos olhos com a sombra glitter. #Depois de se maquiar, dê um novo visual também ao cabelo para cair na folia. Dá para criar penteados fáceis com glitter e spray colorido! Fim de festa Mesmo que você chegue “morta” de cansada depois da folia, não durma maquiada. Os efeitos nocivos são muitos, como o surgimento de irritações, espinhas e cravos, além do envelhecimento precoce. Dicas para retirar tudo do rosto e deixar a pele limpinha: Antes de ir direto para o chuveiro, retire o excesso de glitter ou pigmento brilhante do rosto com uma fita adesiva. Isso mesmo, usando pequenas tiras, aplique-a sobre o brilho e puxe suavemente. Agora é a vez dos cílios postiços: puxe-os delicadamente para não comprometer os fios naturais e provocar a queda. Com um demaquilante próprio para olhos (possui ingredientes oleosos para não machucar a pele e facilitar a remoção do make sem provocar queda dos cílios), remova os resíduos de glitter, cola de cílios e sombras. Embeba o produto em um disco de algodão. No rosto, elimine base, corretivo, pó, blush e iluminador com demaquilante facial bifásico (mix de água e óleo), em espuma ou tipo loção de limpeza. Esses produtos podem ser substituídos por lenços demaquilantes umedecidos. Depois de higienizar bem a pele e certificar-se de que não há mais nenhum resquício de maquiagem, tonifique e hidrate a pele.
> Leia mais
CORTES DE CABELO MASCULINO PARA CRESPOS, ONDULADOS E LISOS
Desde que a indústria da moda e da beleza olhou para a ala masculina de modo especial, as novidades nunca mais pararam de surgir. Das passarelas fashion saem roupas cheias de bossa e cortes e penteados repletos de charme e estilo. Nada mais é apenas o tradicional para os homens. Tanto que até a clássica profissão de barbeiro não é mais a mesma. Há algum tempo as barbearias têm investido alto em informação e capacitação para trabalhar com técnicas modernas e diferenciadas e, assim, atender aos desejos do público masculino. No quesito cabelo, as tendências estão cada vez mais ousadas. A influência americana e europeia trouxe formas e texturas que, definitivamente, subiram à cabeça deles. “Para este ano, não tenho dúvida de que, dentre os cortes da moda, o graduado e suas variações vai ser o grande hit. Conhecido popularmente como degradê (em inglês, fade), o corte se concentra na parte de baixo da cabeça, a partir das orelhas — laterais, trás e nuca. O topo pode ser elaborado a gosto do cliente”, diz Jimmy Medeiros, instrutor do curso de Barbearia do Instituto Embeleze de Taguatinga, Brasília. De acordo com o expert, o estilo que combina base graduada e corte livre na parte superior é chamado de corte híbrido e é exatamente essa proposta que vai pegar. Quer saber o que vem por aí e como fazer a melhor escolha para cada tipo de cabelo? Leia a seguir!    Graduado médio com nudred: ideal para cabelo afro Foto: Reprodução/Instagram Corte Também chamado de mid fade e taper fade, o graduado médio é feito à máquina nas laterais. A gradação (ou esfumado) fica restrita à base da cabeça e os pentes utilizados na máquina de corte são 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um). “Para o graduado médio a linha inicial é feita com o 0 (zero) e deverá subir, aproximadamente, dois dedos da nuca e também nas laterais, tendo a altura das orelhas ou das sobrancelhas como referência de limite. Já na parte superior da cabeça, o comprimento dos fios deve ter, no mínimo, dois centímetros de altura”, explica Jimmy. Penteado A onda agora é pentear os fios longos do topo da cabeça com a esponja nudred. Esse produto é próprio para cabelo crespo ou afro, curtos, e específico para fazer cachos. Parece uma esponja de lavar louça, porém é bem grossa e um dos lados é todo perfurado para modelar os cachos. Na hora de produzir o penteado, aplique um pouco de pomada de modelagem no cabelo e passe o lado com furos da esponja sobre os fios em movimentos circulares, no sentido horário. Passe quantas vezes forem necessárias até formar os cachinhos. Finalize com uma névoa de spray fixador.   Graduado navalhado com mechas quiff: para cabelo ondulado a cacheado Foto: Reprodução/Instagram Corte Também conhecido como high fade, o hairstyle nascido nos anos 1950 tem a parte superior elaborada com mechas quiff, que em inglês significa topete. Ou seja, o corte não passa de um degradê longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. “Nessa gradação, cria-se inicialmente uma linha com o pente 0 (zero) da máquina e, toda a região abaixo desta linha, é cortada com a navalhete. Depois, deve ser utilizado o pente 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um) para fazer a gradação. Já os fios do topo são cortados com tesoura para formar as mechas quiff. Resultado: laterais e o quadrante de trás do cabelo curtos — com tamanho aproximado de 6 cm ou 3 dedos – e o quadrante do meio e da frente do cabelo maiores para que o volume seja valorizado”, diz Jimmy. Penteado A finalização deste corte deve ser feita com secador e escova. Escove de trás para frente até os fios ficarem lisos. Depois, aplique um pouquinho de pomada fixadora de efeito seco nas mãos e penteie as mechas para trás, marcando as camadas do corte. Use spray fixador, se necessário. O visual fica cuidadosamente bagunçado e com uma leve ondulação.     Social curto com topete: indicado para os lisos Foto: Reprodução/Instagram Corte A gradação também pode ser feita no social curto e é perfeita para aquele cliente que foge do pente zero (0) da máquina. “Os pentes utilizados são 1 (um), 1 e ½ (um e meio) e 2 (dois). A nuca e as laterais são trabalhadas primeiro com pente 1. As laterais ficam com altura de 3 a 6 cm (ou dois a três dedos) para poderem ser integradas à parte superior com a gradação, que utiliza pente 1 e ½ (um e meio).  O topo da cabeça é cortado em degradê com tesoura, devendo ficar com 10 cm de comprimento para a criação do topete. Penteado Aplique gel de fixação média a forte em todo o cabelo do topo e, com um pente jacaré (de dentes largos), elabore um topete.   Você também pode aprender a cortar cabelo masculino e se tornar um expert. Informe-se numa unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você! 
> Leia mais
CORTES DE VERÃO 2019: PARA CURTOS, MÉDIOS E LONGOS
Cortar o cabelo não é uma decisão simples para quem tem apego ao comprimento ou ainda não conhece um bom profissional. Afinal, não é só criar coragem para ir em frente, é preciso também levar em conta se o corte escolhido combina com o seu dia a dia, com o formato do rosto e até com sua personalidade para não se decepcionar depois. Mas a verdade é que repaginar os fios é sempre bom para variar e dar um up na autoestima. As celebridades vivem fazendo isso! Se você é adepta do “cabelo cresce” ou é cabeleireiro e quer levar novidade para o seu salão, confira as tendências em corte (para curtos, médios e longos) reveladas por Ivanete Coelho, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Petrolina, Pernambuco.   CURTOS Short bob  Esse é o modelo curto do long bob e fica bem em todo tipo de cabelo – do liso ao crespo. O comprimento é na altura do queixo ou um pouquinho mais abaixo, com pontas arredondadas contornando as maçãs do rosto. O volume é concentrado junto à raiz e a nuca é mais batida. No cabelo crespo ou cacheado deve-se fazer um leve desfiado para “encaixar” os caracóis no corte. “A combinação imbatível para esse estilo é a franja alongada lateralmente com ponta repicada ou desfiada suavemente. Na hora de pentear, aposte no efeito messy (bagunçado), super em alta, feito com pomada finalizadora. Babyliss de aro grosso também fica lindo. Pixie cut  É a versão atualizada do tradicional corte “Joãozinho”, que está na moda já há algumas temporadas. Em 2019 o pixie cut vem mais desconectado. Para ter um bom caimento, ele precisa ser bem desfiado. O cabelo naturalmente volumoso deve ser mais desfiado que o cabelo fino, ok? Para manter o corte sempre bonito, é preciso retocá-lo com frequência e investir em produtos de finalização para marcar as mechas e adicionar textura.   MÉDIOS Repicado        A ordem é imprimir mais identidade aos fios médios, portanto, além de repicá-los em camadas (mais atrás do que na frente e a partir das orelhas) e definir o comprimento no ombro, faça uma franja. Ela pode ser longa ou curta, mas sempre desfiada. A franja longa é alinhada na altura dos olhos ou das maçãs do rosto. Usada para o lado, ela se mistura com o restante dos fios, dando movimento ao corte. Outra franja alongada é a tipo cortina, desfiada nas pontas e usada dividida ao meio. A franja curta da moda é a baby bang — de comprimento no meio da testa ou logo acima das sobrancelhas —, um estilo bem ousado. Como pentear o repicado médio? Simples, só com secador para definir o repicado. Sleek bob Esse corte de comprimento médio não tem camadas repicadas. É reto e proporciona um look uniforme. Para ganhar personalidade pode ser assimétrico, com a parte de trás um pouco mais curta e a frente alongada. A ideia é exibir um visual liso, então adote um produto leave-in que elimina o frizz antes de fazer escova.    LONGOS Camadas O longo moderno é cortado em camadas, tudo para dar leveza, movimento e volume natural à cabeleira. E o comprimento máximo bonito é na linha do busto. As camadas repicadas dão aos fios uma desconstrução toda especial e podem vir desde a altura dos olhos.   O penteado que realça as camadas é feito com babyliss ou escova modelada. Blunt cut Para as mulheres que amam madeixas bem longas, o corte reto voltou a fazer sucesso e é tendência. Chamado blunt cut, possui base e fios retos, sem nenhuma mecha ou ponta repicada. Como a aparência tem de ser reta, é importante estar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios em dia. A finalização do penteado pode ser feita com chapinha, deixando as pontas retas, ou babyliss e spray de ondas para o cabelo ficar com aspecto messy (bagunçado).   No curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende muito mais do que cortar cabelo. Domina também técnicas de coloração, modelagem, transformação capilar, alisamento, relaxamento, encacheamento e muito mais. Se a sua ideia é abrir o próprio salão de beleza, fique tranquilo, o curso também instrui sobre o mercado, atendimento ao cliente e biossegurança.
> Leia mais
ESMALTE NEON: APRENDA A USAR SEM ERRO
Foi lá nos anos 1980 que as cores neon ou fluorescentes estiveram no auge em roupas, acessórios e na maquiagem. Tempos depois, foram ofuscadas pelo minimalismo da moda e só voltaram à cena nos anos 2000 (mas sem muita adesão). Agora, em 2019, elas ressurgem com força total, já que pintaram nas passarelas em muitas grifes durante as semanas de moda nacional e internacional.  Estilistas famosos, como Marc Jacobs, Carolina Herrera, Wagner Kallieno e André Sampaio, não pouparam na cartela de cores iluminada e elegeram principalmente o laranja, o amarelo, o verde e o rosa fluorescentes para tingir suas peças da coleção de verão. Neon nas roupas, no make e... nas unhas! Nas passarelas, o visual dos anos 80 predominou em roupas e na maquiagem – um exagero fantástico, que resultou eletrizantes blocos de cor. Modelos cruzaram o palco com as pálpebras em uma única cor neon ou com até duas nuances combinadas. Uma dica para quem quer se inspirar, mas tem medo de arriscar e ficar neon demais: experimente só um delineado gatinho fluorescente e bastante máscara para cílios preta. O seu olhar vai parecer mais discreto, sem passar despercebido. Nas ruas, as famosas não poupam a tendência e já desfilam o colorido neon e muita ousadia por aí. As irmãs Kim e Khloé Kardashian e Kilye Jenner são as maiores entusiastas do hit fluo – sinal de que a moda vai pegar! Veja só as roupas e as unhas vibrantes delas! Fotos: Reprodução/Instagram Amarelo é o hit O destaque para o amarelo tem a ver com o sol que irradia intensamente nesta estação do ano. Mas rosa, verde e laranja também estão em alta – na moda e na manicure.  Tanto para o dia, quanto para a noite. O que determina a ocasião é a forma como você compõe o look: com itens básicos ou mais glamourosos. O look total fluo ou monocromático é uma das formas de usar a tendência sem errar. Ou seja, ao escolher uma roupa amarela, por exemplo, invista no esmalte também amarelo neon. Um bom exemplo é a modelo americana Bella Hadid, que usou a combinação lindamente no desfile da Dior. Foto: Reprodução/Instagram A ideia neon ainda é muito over para você? Então dê um toque somente nas unhas — tá aí uma boa recomendação que você, manicure profissional, pode fazer para aquela sua cliente basiquinha. A instrutora de unhas artísticas Kelly Neves, do Instituto Embelleze-Belém do Pará, afirma que muitas clientes dela ainda ficam inseguras quanto aos tons fluorescentes. “Para elas, indico apostar em nail art neon ou escolher apenas uma unha para aplicar essa cor (nesse caso, as outras unhas devem ficar num tom neutro).” Na ponta dos dedos A responsável pela manicure de Bella Hadid é a nail artist internacional Nelly Ferreira, que dá uma dica para usar o amarelo ou outro tom neon sem estranhar o resultado final: “encontre a matiz que melhor se adapta ao seu tom de pele”. Peles claras ficam bem com nuances abertas e iluminadas, como amarelo canário. Peles escuras combinam com tons mostarda flúor. Outro segredo é escolher o comprimento e o formato de unha certos para chamar mais ou menos a atenção. Para Kelly, os estilos bailarina, stiletto e amendoado deixam as unhas mais em evidência. Unha curta e arredondada ou levemente quadrada é discreta. Unha longa na forma amendoada, bailarina ou stiletto é mais chamativa. Khloé Kardashian, por exemplo, não abre mão da unha longa e perfeita. Atualmente ela exibe o formato squareletto, que é uma versão do stiletto com ponta quadrada (square). Manicure profissional Existem algumas dicas para quem está a fim de adotar o neon ou sugerir para a cliente. A instrutora Kelly Neves conta os segredos... Uma maneira de fazer o esmalte durar na unha é polir a sua superfície com lixa própria antes de passar a base. Ah, e prefira uma base fosca. Antes de aplicar o esmalte fluorescente, espalhe uma camada de esmalte branco opaco. Isso ajuda a tornar a cor ainda mais vibrante e iluminada e com um resultado igual ao tom que aparece no vidrinho. O esmalte neon perde o brilho muito fácil, então use um top coat ou verniz de qualidade, que ajuda a manter o brilho intacto. Na dúvida sobre pintar ou não as unhas de neon, comece aos poucos. Esmalte só os pés, que podem ficar escondidos quando você quiser dar um tempo no fluorescente, ou use o neon apenas na ponta das unhas da mão, no estilo francesinha. Mas daí, opte por deixar o comprimento com base transparente e ponha cor somente nas pontinhas mesmo. Não esmalte a mão de amarelo e o pé de rosa, por exemplo. O neon já é chamativo, então deixe tudo numa cor só. Na vida real, nail art ou adesivos combinados a esmalte neon não rolam. O visual fica carnavalesco demais. Embora a esmaltação neon seja ousada, ela é usável e tem tudo a ver com o verão, que propicia uma moda mais colorida, estampada e cheia de vida. Portanto, se quiser arriscar, o momento é agora! Quer aprender mais? Conheça o curso de manicure e pedicure profissional do Instituto Embelleze.
> Leia mais
MAKE QUE DISFARÇA POROS DILATADOS E NÃO DERRETE COM O CALOR
Basta as temperaturas elevarem para a gente sentir na pele algumas mudanças... A transpiração aumenta, assim como a oleosidade, o que faz ter que ficar secando a superfície a toda hora. E isso pode acontecer em qualquer tipo de pele. Além do incômodo, é possível notar que os poros do rosto ficam maiores, verdadeiros buraquinhos aparentes. Por que eles dilatam? Bem, por essas pequenas aberturas (existem aproximadamente 300 mil só no rosto!) normalmente saem os pelos, o suor e a gordura fabricados pela derme. A maior quantidade de poros está concentrada na zona T — testa, nariz e queixo — e, portanto, está explicado porque essas áreas sempre brilham mais. O clima quente acelera a produção das glândulas sudoríparas ou de suor e das glândulas sebáceas ou de gordura, fazendo com que a pele pareça sempre molhada e oleosa (pegajosa). Como essa questão é natural, a solução é driblar o problema com limpeza e hidratação do rosto usando produtos seborreguladores e que diminuem a dilatação dos poros. Outra saída é apostar na camuflagem com maquiagem, que salva o visual perfeitamente! Foto: Shutterstock PHOTOSHOP NOS POROS Quem tem dilatação severa dos poros deve procurar um dermatologista de confiança para realizar tratamentos de combate, como o uso de lasers e ácidos. No entanto, uma maquiagem aplicada do jeito certo e com os produtos adequados consegue camuflar até os buraquinhos mais visíveis. 1- Comece com uma boa limpeza e hidratação O correto é limpar o rosto de manhã e à noite com uma loção ou espuma de limpeza seguida de um tonificante sem álcool para retirar o excesso de sebo que entope os poros. “O tonificante ajuda a equilibrar o ph da pele e reduzir o tamanho dos poros”, diz Mayara Costa, instrutora de maquiagem, designer de sobrancelhas e designer de cílios do Instituto Embelleze Águas Lindas, em Goiás. Depois, é necessário hidratar o rosto com um produto livre de óleo — de preferência, específico para peles mistas a oleosas. O hidratante equilibra a produção das glândulas sebáceas e devolve água à derme, evitando o efeito rebote. Uma dica é aplicar, uma vez por semana, uma máscara facial à base de argila, que ajuda a “secar” a pele. No mercado, existe uma série de cosméticos feitos especialmente para quem tem poros dilatados: vale a pena fazer uma pesquisa e adotar uma linha no dia a dia. 2- Invista no primer Esse produto pré-maquiagem é a melhor invenção dos últimos tempos para embelezar a pele e fazer o make durar mais. O primer é formulado com substâncias que provocam um efeito óptico, o chamado blur, que disfarça qualquer imperfeição. Exemplos? Reduz vermelhidão; elimina o excesso de brilho, sobretudo na zona T; preenche linhas de expressão e rugas suaves; e, claro, camufla os poros e os torna menos visíveis, porém sem obstrui-los. O objetivo do primer é preparar a pele para a aplicação da maquiagem. Ele suaviza a cútis e cria uma camada protetora, deixando a superfície fininha e aveludada, o que ajuda o make a durar mais. Pode ser aplicado com as mãos. Já são vendidas versões em bastão e coloridas, além do tradicional primer transparente tipo sérum. O ideal é investir no primer incolor, ainda mais se você é maquiador profissional, pois ele se adapta a qualquer pele. 3- Use base leve Pode parecer que a recomendação de usar base no verão vai deixar a pele ainda mais oleosa e, consequentemente, os poros abertos. Mas, por cima do primer, ela é uma aliada da aparência perfeita e natural. O que você precisa ter em mente é o tipo de produto que deve aplicar: Para uma cobertura leve, escolha uma base composta por água (e não óleo), na forma líquida. Base em pó nem pensar, ok?, porque deixa um visual irregular quando a pele começa a transpirar. Vá também de base de longa duração e efeito matificante ou matte, que ajuda a deixar o rosto mais sequinho por horas e horas. Ao aplicar a base, utilize uma esponja e não a mão, pois ela pode aumentar a temperatura da pele do rosto e provocar oleosidade. A esponja é ótima para depositar o cosmético sem criar marcações e disfarçar os poros — o resultado é mais natural. Foto: Shutterstock 4- Aplique pó para controlar o brilho É ele que vai maximizar a duração da sua maquiagem, além de controlar o brilho, principalmente na testa, no nariz e no queixo. Como o pó não deve alterar a cor da base, escolha um que pareça transparente ou num tom parecido com o da base. O pó solto é a melhor versão, porque tem partículas leves que não pesam no rosto. Conheça os dois tipos mais indicados: Pó translúcido – Branco ou em tons de pele, é usado para fixar o make e controlar o brilho sem conferir cor. Pó mineral – Indicado para peles sensíveis, é elaborado com partículas minerais e ingredientes suaves. Também aumenta a fixação da maquiagem e combate a oleosidade. Como aplicar? Com um pincel específico para pó. Ele tem o formato de cúpula, o que garante que o pigmento seja espalhado de maneira homogênea no rosto inteiro, ao redor do nariz e sob os olhos. O acessório deve ser de pelos naturais, macio ao toque. Uma dica: ao longo do dia, se a oleosidade ou a transpiração derem as caras, lance mão de um pó compacto (com ingredientes secativos e matificantes) para pequenos retoques. Nesse caso, aplique com uma esponja somente na zona T com leves batidinhas e suave pressão. 5- Finalize com blush sem ressaltar os poros Para uma maquiagem completa da pele, é preciso finalizar a base e o pó com um blush e, se desejar, até com um iluminador. Porém, apenas um erro pode destacar os buraquinhos do rosto em vez de camuflá-los. O que fazer? Passe o blush ou o iluminador — em pó — fora da área com poros dilatados. Isso significa que... O blush deve ser espalhado somente na parte inferior das maçãs do rosto, porém não muito embaixo. O visual fica sofisticado. O iluminador tem que ser aplicado apenas na lateral do rosto na altura das têmporas. Esfume uma camada na região com a ajuda de um pincel.  Uma dica para o blush: com os dedos, localize a maçã do rosto e sinta sua parte inferior — é aí que o produto deve ser aplicado.   Foto: Shutterstock   MAQUIAGEM DURADOURA É O QUE VOCÊ QUER? Para que o make em geral não derreta e você fique despreocupada em relação à aparência, é importante se valer dos produtos certos. Além dos já citados neste post para disfarçar os poros, tenha também no nécessaire: Máscara de cílios à prova d’água – Como tem um pigmento resistente à água, difícil de se desfazer, deve ser usada somente no verão e nas ocasiões às quais você não quer o olhar borrado de jeito nenhum! Atenção redobrada na hora de remover: use um demaquilante para a área dos olhos com ingredientes oleosos, que facilita a remoção e não provoca queda dos cílios. Batom de longa duração – Para cumprir a função de se fixar melhor nos lábios e permanecer por mais tempo, esse tipo de batom é produzido com uma maior quantidade de cera e pouquíssimo óleo. O que pode incomodar é a sensação de ressecamento que o produto provoca na pele, mas em compensação é eficiente.   Fixador de maquiagem – Excelente para deixar o make intacto por mais de 12 horas, dependendo da marca do produto. A versão em spray é a mais fácil de aplicar: basta agitar a embalagem e borrifar o fixador a 20 centímetros de distância do rosto, na posição vertical, com os olhos e a boca fechados e evitando inspirar.   Quer saber mais sobre maquiagem e, quem sabe, transformar-se num expert no assunto? Procure uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você e informe-se sobre o curso de maquiagem profissional.     
> Leia mais
APRENDA A FAZER DEPILAÇÃO COM LINHA
Há quem diga que muita coisa no universo da beleza é feita só por vaidade, e outras por pura necessidade. Na verdade, no âmbito profissional, a gente entende que tudo o que faz o cliente feliz e melhora a sensação de bem-estar é necessário. No entanto, depilação é, sem dúvida, um caso de necessidade, principalmente para as mulheres. Já entre os homens, tem sido cada vez mais apreciada como forma de higiene, facilidade para praticar esportes e também para melhorar a estética. Mas, como tudo na vida, podemos pegar diferentes caminhos para chegar ao mesmo resultado. A técnica mais conhecida na depilação é a cera quente, por ser a mais antiga e utilizada até hoje. Porém, existem muitas outras formas de depilar, como a depilação com cera fria, a laser, fotodepilação e a depilação com linha (também conhecida como depilação com fio, threading, depilação egípcia ou iraquiana).  Vantagem da depilação com linha Com essa técnica, aplicada com linha de algodão, seda ou poliéster par não machucar ou irritar a pele, é possível remover os pelos desde a raiz, pois eles são retirados um a um e demoram mais para crescer. É também um dos métodos de depilação mais natural, com menor índice de alergias e vermelhidão. Além disso, é rápido, de baixo custo e ideal para a remoção da penugem fininha do rosto. Como fazer depilação com linha Use uma linha branca para facilitar a visualização dos pelos removidos. Limpe bem a região que será depilada e polvilhe com talco. Isso ajuda a diminuir a oleosidade e torna os pelos mais visíveis. Você vai precisar de 40 a 50 cm de linha. Em seguida, é preciso unir as duas pontas por dois ou três nós para não soltar. Na sequência, faça um triângulo com a linha, posicionando três dedos de cada lado. Agora, torça a linha formando um oito (cruze de cinco a 10 vezes) e coloque a parte da linha torcida sobre a pele. Abrindo e fechando, deslize rapidamente no sentido contrário ao nascimento do pelo. Prontinho! Após a retirada dos pelos, utilize um hidratante para deixar a pele mais macia e hidratada.   Achou difícil? No curso de Depilação Profissional do Instituto Embelleze você aprende o método passo a passo e muito mais para ser uma expert.  
> Leia mais
CABELO LISO: 10 DICAS DE BELEZA
O liso é mais bonito quando não mostra quebra no comprimento nem ressecamento nas pontas. Para isso, não dá para dispensar tratamento especial no dia a dia. Se você se preocupa com a aparência e força dos seus fios — ou com os da sua cliente —, siga estes 10 cuidados para cabelo liso: O cabelo liso tende a ressecar. Mantê-lo hidratado, duas vezes ao mês, é essencial para deixar os fios mais fortes e com aspecto natural. Os finos quebram mais facilmente, podendo se romper até mesmo ao ser amarrado com muita força. O ideal é prendê-los um pouco frouxos ou usar acessórios que não pressionem muito. Pentear o cabelo molhado é um grande erro! Ele sempre quebrará mais quando estiver úmido. O uso do secador ou chapinha em excesso pode agredir demais o cabelo fino. Por isso, é recomendado aplicar um protetor térmico antes e manter o secador em temperatura baixa e não muito próximo do couro cabeludo, entre 10 e 15 cm de distância. Produtos com queratina ajudam a fortalecer os fios, tornando-os mais fortes e resistentes. Porém, tudo em excesso faz mal. E o uso exagerado pode causar o efeito rebote, ou seja, endurecer demais o cabelo. Use com moderação! Aparar as pontas regularmente irá ajudar a evitar a formação de pontas duplas, mais propícias a aparecer no cabelo fino. Usar condicionador desde a raiz não é uma boa ideia, pois, apesar do cabelo liso e fino ser mais seco, a oleosidade natural, produzida pelas glândulas sebáceas, desliza melhor entre os fios, já que são retos.Então não há necessidade de besuntar a raiz. Aplique o condicionador somente em comprimento e pontas para o visual não ficar pesado. Dormir de cabelo molhado é um pecado mortal! Além dos fios ficarem desalinhados e sem forma ao amanhecer, essa prática enfraquece a raiz e favorece a quebra do cabelo. Químicas no liso e fino são permitidas, porém é preciso ter atenção para evitar a quebra, o ressecamento ou outro problema. Por exemplo, nunca combine tintura e alisamento no mesmo dia, pois os finos não aguentam passar pelos dois procedimentos. Evite o excesso de lavagens. Embora o cabelo liso e fino tende a ser mais oleoso, lavar todo dia danifica a textura delicada desse tipo de fio.    Saiba como cuidar desse tipo de cabelo no curso de Cabeleireiro Profissional ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
CACHOS NATURAIS
Imagine um cabelo com cachos abertos e soltinhos e um incrível aspecto saudável. Sim, é possível conquistar esse resultado com o Relaxamento Natural Salon Embelleze —procedimento perfeito para você, cabeleireiro, indicar para a sua cliente cacheada. Entenda como funciona a seguir. Relaxamento Natural Antes de partir para o tratamento, analise as condições dos seus fios, pois alguns protocolos precisam ser seguidos. Veja como estão: Couro Cabeludo Textura dos fios Elasticidade dos fios Porosidade dos fios Densidade do cabelo Depois de averiguar todos os elementos e ter certeza de que o cabelo está apto a receber o tratamento, vamos à ação: Faça o teste de mecha para verificar a resistência dos fios. Nesse caso, o teste deve durar de 5 minutos a, no máximo, 35 minutos para não prejudicar o cabelo. Não esqueça de proteger ao redor do rosto, nuca, orelha e couro cabeludo. O cabelo precisa ser dividido em partes para a aplicação da Massa Capilar Relaxante Salon Embelleze e um ativador com a ajuda de um pincel. É importante que a mistura seja aplicada iniciando da nuca e a 1 cm da raiz.Depois, é hora de abrir os cachos dividindo as mechas e levando o produto até o comprimento com um pente de dentes largos.Antes de enxaguar, também recomenda-se passar condicionador nas pontas e depois retirar todo o produto. Você também pode garantir a saúde dos fios aplicando um Reconstrutor ou Queratina Líquida da Salon Embelleze.Certifique-se de que não haja nenhum vestígio de resíduos aplicando um shampoo indicador da linha. Quando a espuma estiver sem cor, aguarde 3 minutos e enxágue. Hidrate o cabelo com a Máscara de Tratamento Salon Embelleze e utilize uma touca térmica para potencializar o resultado, por cerca de 15 minutos. Realize um último enxágue e termine com a aplicação de um finalizador da linha para estilizar os cachos, sempre com movimentos de baixo para cima para ativar os cachos. Dica importante: Para diminuir o volume próximo à raiz, enluve os fios com as costas de um pente. Em outras palavras, faça uma massagem constante de cima para abaixo no sentido das fibras capilares. Isso ajuda o produto a penetrar melhor e selar as fibras do cabelo.Depois de tudo isso, é só relaxar! Os fios vão ficar ainda mais soltos e com movimento natural. Quer aprender mais sobre cabelos cacheados e ficar fera nos cachos? Então, acesse o site e confira como se matricular no curso Especialista em Cachos ou vá até a unidade do Instituto Embelleze mais próxima.
> Leia mais
CUIDADOS PRÉ E PÓS-DEPILAÇÃO
Embora a depilação seja uma prática adotada por muitas mulheres em todas as estações, é quando o sol esquenta que ela é mais lembrada e procurada. Detalhe: por homens também! Eles estão depilando várias áreas do corpo, como tórax, barba, barriga, pernas... O fato é que tem muita gente querendo ficar linda e preparada para curtir o verão. E o problema pode ser justamente esse: há quem procura a depilação profissional somente nesse período e, pela falta de costume, acaba prejudicando a pele. Para não correr o risco, preste atenção nestes cuidados pré e pós depilação. Pré-depilação Antes de tudo, é preciso escolher a técnica que irá utilizar. Pensando na depilação mais comum, com cera quente ou fria, o ideal é não hidratar a pele antes. O uso de óleo ou hidratante pode dificultar a retirada dos pelos por amolecê-los demais. Verifique sempre se o profissional está utilizando produtos descartáveis para a aplicação da cera, como luvas, pinças e a própria cera. Se a pele estiver machucada, com rachaduras, manchas ou assaduras, evite a depilação. A cera pode aumentar os ferimentos e os riscos de inflamação. Pelos descoloridos são mais frágeis e estão propensos a quebrar durante a retirada.Se a pele estiver sendo tratada com ácido, é preciso suspender o uso por, no mínimo, sete dias antes da remoção dos pelos. Pós-depilação Assim como o período pré depilação, não é recomendado utilizar óleos ou hidratantes após o procedimento. Nesse momento, os poros ainda estão abertos e os produtos aplicados na pele podem causar irritação ou até mesmo inflamação. Se a área depilada for a axila, evite o uso de desodorante com álcool para não irritar a pele.Caso haja exposição ao sol, é necessário a aplicação de protetor solar para evitar queimaduras e manchas na pele, que pode estar lesionada. Porém, o indicado é que a pele depilada só seja exposta ao sol após 48h. Evite o uso de roupas apertadas ou tecidos pesados, como jeans, após a depilação. Quanto mais leve e confortável for a roupa, mais rápido os poros irão se fechar e evita-se que a pele fique irritada, manchada ou que crie fungos. Para afastar o tão conhecido problema da foliculite, indicamos o uso de esfoliantes quando os pelos começarem a crescer, evitando que eles encravem.É claro que pele sensível requer mais cuidados especiais e precisa ser analisada por um profissional antes da depilação. O importante é que tudo seja feito com cuidado, higiene e segurança para garantir uma pele lisinha, saudável e prontinha para arrasar no verão.Conheça também a depilação com linha! Quer aprender mais dicas como essas? É só dar uma olhadinha no curso de Depilação Profissional do Instituto Embelleze
> Leia mais
QUAL É O SEU FORMATO DE UNHA PREFERIDO?
Lembra quando só existiam dois formatos de unhas em toda a face da terra? Ou eram quadradas ou redondas, e ponto. Felizmente, um dia, algum gênio resolveu olhar fora da caixinha e testar outros formatos. E foi aí que veio a grande surpresa! O mundo percebeu que novas formas poderiam fazer muito sucesso nas mãos da mulherada. Daí pra frente, a coisa toda mudou e os mais diferentes tipos de unhas surgem todos os anos nas passarelas surpreendendo os apaixonados por moda e beleza. As tendências também ajudam a compor o estilo de muitas celebridades, que assumem personalidades marcantes. Além dos modelos tradicionais que nunca deixam de fazer sucesso, como as unhas quadradas, arredondadas, ovais e quadradas arredondadas, separamos três dos modelos mais usados no momento para inspirar você a deixar a sua cliente na moda.  Stiletto Foto: Reprodução/Pinterest Inspirada nas garras de animais, as unhas pontiagudas são a mistura do formato oval e triangular, demonstrando poder e ousadia. É também um dos estilos queridinhos pelas famosas brasileiras e internacionais, por trazerem um ar mais moderno e irreverente. Para esculpir essas belezinhas longas e fininhas é muito fácil: Apare os cantos das unhas em diagonal com um alicate para corte. Depois, lixe as laterais com uma lixa áspera para definir o formato. A ponta precisa ficar pontiaguda e fina, com cuidado para não deixá-la frágil.  Bailarina Foto: Reprodução/Pinterest O nome já indica que essa unha é bem delicada, diferente do formato stiletto. O formato é inspirado nas sapatilhas de balé, por isso é comprido e finaliza com uma ponta quadrada. O formato moderninho também já caiu no gosto das famosas: as maiores representantes do estilo são as irmãs Kardashian, que variam os tons de esmalte entre fortes e suaves. Para fazê-las, também é muito simples: Comece lixando as laterais das unhas até que fiquem em formato V. Molde as pontas com uma lixa áspera para dar o efeito quadrado. Para fortalecer, tanto nesse formato como no Stilletto, use uma base fortalecedora.   Amendoada Foto: Reprodução/Pinterest Com formato de amêndoas, elas são um pouco mais curtas e menos pontiagudas do que a stilleto. No entanto, são diferentes no tamanho e na forma, já que uma é mais triangular e a outra um pouco oval. Esse estilo retrô é ideal para quem não quer uma mudança muito radical, mas deseja sair do comum. Olha só como se faz: Para ajudar a lixar na direção certa, use um lápis delineador para pontilhar o centro das unhas, da cutícula até a ponta. Com uma lixa áspera, lixe as laterais em direção ao centro da unha. Arredonde a ponta deixando o formato entre o arredondado e triangular.   Dicas de formato & esmaltação  Ilustração: Shutterstock Agora que você já aprendeu como fazer os principais formatos do momento, já pode aplicar as técnicas em suas clientes.Veja também quais são os cuidados essenciais para ter unhas bonitas e fortes e como manter as unhas bonitas a semana toda. Lembrando que, para ter um resultado incrível, a ajuda de um profissional é essencial. E tudo fica ainda melhor com as técnicas ensinadas no Curso de Manicure e Pedicure Profissional do Instituto Embelleze.  
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados