Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: instituto embelleze

Faça sua carreira decolar com o curso de cabeleireiro profissional
“Será que a carreira de cabeleireira é para mim?”. Talvez você já tenha feito essa pergunta antes. Por isso, temos dicas para te ajudar a acabar com a dúvida e mergulhar de vez na ideia de ser uma profissional da beleza. Dica 1 – Gostar do que faz Uma dica importante é saber se você tem afinidade com a área. Você é daquelas que acompanha sempre as novidades de corte e coloração nas redes sociais? Então, provavelmente você está com meio caminho andado para o sucesso. Nada melhor do que fazer aquilo que a gente gosta. Dica 2 – Aproveitar oportunidades Sempre analise o mercado de trabalho. No Brasil, nos últimos dez anos, cerca de 125 mil novos cabeleireiros começaram a trabalhar na área. Esta foi a prestação de serviço que mais cresceu neste período. Deixou para trás até mesmo os profissionais de entrega de aplicativos. A verdade é que beleza nunca sai de moda. Dica 3 – Estudar para se destacar O curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embelleze foi pensado para quem precisa se qualificar antes de aproveitar as oportunidades da carreira de beleza. Os alunos saem preparados para executar as mais variadas técnicas. De cortes a colorações, tratamentos capilares, modelagens, alisamentos, relaxamentos e permanentes, por exemplo. Isso tudo em pouco mais de um ano de estudo. As aulas também tratam das principais técnicas de atendimento ao cliente. O profissional aprende conceitos importantes sobre tricologia, biossegurança e visagismo. Só assim para conseguir oferecer um serviço mais completo e sempre aliado às expectativas do cliente. Dica 4 – Prepare-se para qualquer desafio Trabalhar em salões ou realizar o sonho de tocar o próprio negócio pode ser realidade. Empresas de cosméticos também têm contratado profissionais desta área. Isso ampliou muito as possibilidades de atuação. Seja qual for o modelo de negócios que escolherá, o Instituto Embelleze dará todas as condições para você tocar sua carreira. O Curso de Cabeleireiro do Instituto conta também com aulas de empreendedorismo para você sair ainda mais preparada e confiante. Dica 5 – Hora de agir! Inscreva-se no curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embeleze, receba um certificado de formação profissional reconhecido em todo o território nacional e dê o pontapé inicial na sua carreira. Clique aqui e encontre a franquia mais próxima a você.
> Leia mais
Beleza em alta: veja oportunidades para ganhar dinheiro!
As suas contas não estão fechando? Temos uma boa dica: o mercado de beleza está em alta! Os números são impressionantes. Em apenas cinco anos, o setor passou de 72 mil para 480 mil profissionais. Outra boa notícia é que esse ramo de atuação precisa de ainda mais gente! Mas, calma, não basta se jogar com tudo na profissão e achar que dará certo. Para aproveitar a oportunidade de melhorar de vida, o segredo é investir em qualificação profissional. Os primeiros passos Muita gente fica perdida na hora de dar o primeiro passo. “Por onde começo?”, “O que preciso fazer para não perder essa chance?”. Nessa hora, o Instituto Embelleze te ajuda a resolver todos os seus problemas. Nossos cursos foram desenvolvidos para construir a sua carreira como um todo. As aulas vão muito além da parte técnica. Você também aprende dicas importantes de empreendedorismo. Nossa ideia é auxiliar na gestão da sua carreira.  No curso de cabeleireiro profissional e outros do Instituto Embelleze, queremos que você entenda todas as oportunidades. Falamos sobre como prestar um bom serviço e sobre como ter sucesso para crescer na profissão. Sabemos que nesse momento do pontapé inicial é sempre bom ter ajuda de quem entende. Clientes satisfeitos são a garantia de sucesso Temos outra importante dica: se você conseguir agradar o cliente, a sua caminhada para o sucesso estará no rumo certo. Lembre-se sempre: é o cliente que dará o empurrãozinho final na sua carreira! O objetivo é fazer com que ele volte mais vezes e fale de você para amigos e conhecidos. Um bom atendimento é fundamental. Agora, prepare-se para revelar a beleza de seus clientes! Invista em você mesmo e alcance a tão sonhada independência financeira. Resumo das dicas - Aproveite as oportunidades do mercado de beleza - Invista em qualificação profissional - Aprenda a gerenciar sua carreira - Satisfação do cliente em primeiro lugar Quer transformar a sua carreira? Clique aqui e encontre a nossa franquia mais perto de você.  
> Leia mais
Comece sua nova carreira de beleza hoje!
Todo profissional completo, que avança além dos conhecimentos básicos de sua área, vai mais longe. Ele acaba dominando a entrega dos mais importantes serviços do seu segmento e acaba se transformando em autoridade. Na prática, isso significa ser mais reconhecido, requisitado e, claro, remunerado. Um bom exemplo de profissional completo é o Hair Stylist: o nome, do inglês, define o expert que é cabeleireiro, ou seja, sabe cortar, colorir e aplicar químicas no cabelo, mas também é apto para fazer os mais diferentes penteados e trabalhar com cabelo cacheado. Outro exemplo é o Barbeiro Contemporâneo: atua nas funções básicas da barbearia, como corte, barba e cabelo, e ainda faz design de sobrancelhas e massagem. Essas novas carreiras de beleza surgem da necessidade de atender clientes cada vez mais exigentes, sedentos por novidade e ocupados (querem resolver tudo com um só profissional ou num só lugar). Antenado a essa demanda, o Instituto Embelleze já saiu na frente e criou combos de cursos profissionalizantes que certificam profissionais completos e transformam vidas. E não é só isso:  apesar da desaceleração da economia no Brasil, o mercado de produtos e serviços de saúde e bem-estar está cada vez mais promissor. De acordo com o Sebrae, o setor de salões de beleza e clínicas de estética atingiu o número recorde de meio milhão de estabelecimentos e estima-se uma alta de 10% no faturamento até o final de 2019, com cifras ultrapassando R$ 107 bilhões. Segundo um estudo realizado pelo SPC Brasil, em um cenário de crise, o brasileiro opta por cortar atividades de lazer em vez de gastos com sua imagem e bem-estar. Tudo conspira a favor da indústria da beleza, não é mesmo? Conheça agora quais são as carreiras de beleza nas quais você pode se projetar e ter sucesso. Para saber como se matricular, basta clicar aqui em “Garanta sua Vaga”! Vale destacar que em qualquer curso do Instituto Embelleze você encontra: Método de ensino exclusivo Apostilas gratuitas Certificado reconhecido em todo o território nacional Os melhores instrutores do mercado Conteúdos extra ESTILISTA DE NOIVAS A escolha do vestido pode ser a primeira preocupação de uma noiva quando ela decide se casar. Mas, em seguida, vem o penteado e a maquiagem. Afinal, toda noiva quer estar deslumbrante no grande dia. E sem falar que ela também quer estar relaxada, plena... Para atender a todos esses quesitos, o profissional precisa ser especial — o chamado Estilista de Noivas. Ele é capaz de arrumar 100% uma noiva, criando o penteado e a maquiagem (o que inclui o design das sobrancelhas), e ainda proporcionando momentos de bem-estar com massagem relaxante. Esse novo profissional fica com a noiva até a hora que ela sai para a cerimônia. A tendência pela procura por esse expert completo vem da moda das noivas se aprontarem junto com a mãe e as madrinhas em quartos de hotel. É o bom e velho Dia da Noiva versão tempos modernos. Formação necessária para o Estilista de Noivas: cursos de Penteado + Maquiagem + Designer de sobrancelha + Massagem   BARBEIRO CONTEMPORÂNEO O crescimento do mercado de beleza masculina é uma realidade no Brasil. Isso porque os homens estão cada vez mais atentos à aparência. Não à toa, há alguns anos têm surgido inúmeras barbearias para atendê-los. Há os estabelecimentos clássicos ou modernos, com serviços tradicionais ou amplos, oferecendo tratamentos diferenciados e atividades alternativas. A competitividade no mercado é grande, mas as oportunidades também são inúmeras. Uma das maneiras mais eficientes de se destacar é manter o conhecimento atualizado e estudar especializações que aumentem as chances de se diferenciar. Além da capacitação em barbearia, na qual o profissional aprende as técnicas essenciais (cortes masculinos, modelagem de barba, aparo de pelos faciais, técnicas de cor, alisamento, relaxamento e tratamentos), o ideal é que ele amplie sua capacidade de atendimento atuando também em estética masculina. Como se preparar? Fazendo novos cursos, como o de massagem e designer de sobrancelhas. Isso mesmo: quando vão a uma barbearia, os homens também querem contar com serviços que atendam necessidades que vão além de barba e cabelo. Muitos querem aproveitar a ida à barbearia para arrancar um pelo aqui e outro ali que está desalinhando a sobrancelha e ainda eliminar as tensões do dia a dia. A tendência no cuidado com as sobrancelhas tem influência de jogadores de futebol vaidosos, como o português Cristiano Ronaldo, até criticado pela forma exagerada do design. A ala masculina já percebeu que fazer a sobrancelha ajuda a dar a impressão de limpeza e aparência bem cuidada, o que traz benefícios no mundo corporativo. Que tal se preparar para atender à demanda? Formação necessária para o Profissional Barbeiro Contemporâneo – cursos de Barbearia Completa + Designer de sobrancelhas + Massagem   HAIR STYLIST Hoje em dia, não basta dizer que você é um bom cabeleireiro. Tem que ser hair stylist, ou estilista de cabelo. Esse conceito vem lá de fora, do exterior, de grandes profissionais que ficaram famosos por dar consultorias sobre as tendências de moda, estilo e comportamento relacionados ao cabelo e ao penteado. Além de dominar as técnicas de corte, penteado e química para diferentes tipos de cabelo, o hair stylist aplica tudo isso focando as tendências de moda para adequar ao estilo de vida do cliente. Veja bem, não tem nada a ver com visagismo, ok? O visagista pensa nos aspectos que valorizam a personalidade e as características do cliente, mesmo que não estejam de acordo com os padrões de moda ou comportamento atual. O hair stylist, além de cabeleireiro, atua como consultor de cabelo e estilo. Você deve conhecer alguns nomes do mercado brasileiro, chamados para definir a beleza de editoriais de moda e dar consultorias mundo a fora: Marco Antônio de Biaggi, Celso Kamura, Eron Araújo, Marcos Proença, Rodrigo Cintra, Romeu Felipe, Wilson Eliodorio, Didier Sé e Ale de Souza. Vale a pena seguir o perfil deles no Instagram para se inspirar. No curso Profissional Hair Stylist, do Instituto Embelleze, além de aprender as técnicas para conhecer os tipos de formatos de rosto e o corte de cabelo indicado para cada um, métodos de coloração, químicas e tratamentos, você ainda domina como fazer diferentes tipos de penteados para várias ocasiões e estilos e também detém especialização em cachos. A tendência do resgate da beleza natural vem fazendo as cacheadas assumirem os seus fios, o que aumenta a necessidade por profissionais que a ajudem nos cuidados. Formação necessária para o Profissional Hair Stylist – cursos de Cabeleireiro Profissional Academy Hair + Penteado + Cachos    MESTRE EM CACHOS Atualmente, as cacheadas assumidas já ocupam um espaço enorme no mercado, influenciadas pelo resgate da autoestima e do empoderamento feminino e racial. O uso de chapinha semanalmente caiu de 10% para 8,2% entre o segundo trimestre de 2017 e o último de 2018. Nos últimos 12 meses, as vendas de cremes para pentear subiram 4,7%. Enfim, cresceu a demanda pelo cabelo natural, com volume e corte moderno. Mas quem tem cabelo cacheado sabe o quão difícil é deixar os fios definidos, sedosos, bonitos e hidratados. Por isso, contar com a orientação de um profissional mestre em cachos faz toda a diferença. No curso Especialista em Cachos, o aluno aprenda e desenvolva um conhecimento específico sobre a tipologia do fio cacheado, que exige cuidados exclusivos, assim como técnicas de corte, coloração e descoloração diferentes das convencionais. Formação necessária para o Profissional Hair Stylist – cursos de Cabeleireiro Profissional Academy Hair + Especialista em cachos   ESPECIALISTA BEM-ESTAR Pequenos cuidados com o nosso corpo, como fazer uma boa massagem relaxante, modelar as sobrancelhas ou fazer depilação, são capazes de proporcionar sensação de bem-estar imediata. E, às vezes, é tudo o que um cliente precisa para se sentir revigorado e pronto para a batalha do dia a dia. Se você é um profissional capacitado para atender nesse sentido, pode oferecer todos esses serviços num pacote, seja qual for a primeira necessidade do cliente. Já pensou? De acordo com pesquisas, 20% da população mundial faz uso das massagens e terapias holísticas regularmente para ter mais equilíbrio e qualidade de vida. No Brasil, a massagem está ganhando cada vez mais mercado. Até grandes empresas têm contratado massagistas para atender os funcionários com o objetivo de proporcionar a eles bem-estar, o que acaba impactando no aumento da produtividade. A massagem relaxante e antiestresse é uma das mais procuradas para restaurar a harmonia física e mental. Formação necessária para o Especialista Bem-estar – cursos de Massagem + Designer de sobrancelhas + Depilação   MASTER EM CORTES Especialmente no universo feminino, cortar o cabelo tem inúmeros significados: ficar na moda, melhorar a autoestima, eliminar as pontas duplas ou algum estrago, passar por transição capilar, necessidade de transformação... O problema é que, geralmente, quando uma mulher se senta na cadeira do salão, ela não sabe direito o que deseja. Ela parte de uma inspiração em celebridade, depois fala de como é sua rotina no dia a dia, comenta sobre os seus gostos e personalidade...  Seja qual for a questão, o cabeleireiro tem que estar preparado para atender. Quando esse profissional é Master em Cortes, fica fácil argumentar com a cliente e propor um design, já que ele estará preparado para aplicar técnicas de visagismo, de texturização de fios e de cortes em diferentes tipos de cabelo e comprimentos, por exemplo. Formação necessária para o Master em Cortes – cursos de Cabeleireiro Profissional Academy Hair + Design em cortes femininos   ESPECIALISTA EM UNHAS Uma das áreas da beleza que mais tem crescido nos últimos anos é a de manicure. Depois de um longo período dominado pelo esmalte branquinho e o formato quadradinho, as mulheres “descobrem” que o universo das unhas pode ser muito mais colorido e ousado. Os anos 2000 deram início à grande oferta de cores e à nail art e, de lá pra cá, as criações têm se mostrado sem limites. A Internet também colaborou dando voz a influenciadoras no mundo inteiro. Além da infinidade de cores e acabamentos de esmaltes, as possibilidades de formatos de unhas se mostraram variadas. Que o digam as irmãs Kardashian e as cantoras Rihanna e Katy Perry, com suas unhas stiletto, bailarina, amendoada... Graças aos formatos que exigem unhas longas e fortes, outra tendência surgiu — a dos alongamentos, que permitem que qualquer pessoa tenha as garras grandes e afiadas! Mas esse mercado não evoluiu apenas em relação à aparência das unhas. Antes, dominado por profissionais mulheres, agora também tem os homens atendendo em salões ou domicílio: os chamados “manicuros”. Com as crescentes inovações e concorrência, não dá mais para ser manicure tradicional, concorda? É preciso se reinventar a cada dia para acompanhar as mudanças rápidas. Por isso, o Instituto Embelleze oferece uma nova especialidade para o profissional, tornando-o apto nas tradicionais técnicas de embelezamento das mãos e dos pés, assim como em unhas artísticas e alongamento. Formação necessária para o Especialista em Unhas – cursos de Manicure e Pedicure + Unhas artísticas + Alongamento de unhas   ESPECIALISTA EM BELEZA DO OLHAR Nossos cílios e sobrancelhas nunca mais serão os mesmos... Sim, depois da popularização das técnicas de design e preenchimento de sobrancelhas e da extensão e lifting de cílios, todo mundo pode ter o visual com o qual sempre sonhou. Basta dar uma olhada em volta e comprovar no olhar de celebridades e anônimas. De acordo com pesquisas, especialmente as mulheres procuram o cuidado estético não apenas para corrigir imperfeições, mas também para se sentirem mais felizes e de bem consigo mesmas. Essa cliente já sabe que não pode entregar a beleza do olhar para um profissional que apenas “tire a sobrancelha”. Ela procura alguém que associe o visagismo às técnicas disponíveis para design e preenchimento dos fios. Ela também sabe que a máscara de cílios não é a única aliada na hora de alongar e curvar: para um efeito mais duradouro, a extensão e o lifting de cílios são alternativas excelentes.    De acordo com Daniele Carlim, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze Interlagos (SP), a área de trabalho com extensão de cílios, por exemplo, está aquecidíssima! O Brasil só perde para o Japão e os Estados Unidos, que são líderes no segmento. Porém, ela afirma que há uma deficiência muito grande de profissionais qualificados. Isso significa que quem tiver a formação necessária e trabalhar corretamente se destacará nesse mercado. No curso Especialista em Beleza do Olhar, do Instituto Embelleze, o aluno é capacitado para as técnicas de extensão de cílios fio a fio, lifting e coloração de cílios, incluindo todos os assuntos correlatos, como a história dessa prática, anatomia dos olhos, saúde ocular, biossegurança, design, proporções e mapping, aplicação e cuidados pós procedimento. Ainda torna-se apto a dominar as habilidades e os métodos para o design da sobrancelha, por meio de técnicas que envolvem pinças, correção com henna, depilação com linha (egípcia), entre outras muito usadas no mercado. Por meio do estudo de visagismo, o aluno torna-se capaz de reconhecer os diferentes formatos de rosto, olhos, sobrancelhas, analisando todo o conjunto da face, deixando o rosto da cliente mais harmonioso e expressivo.   Formação necessária para o Especialista em Beleza do Olhar – cursos de Designer de Cílios + Designer de Sobrancelhas  
> Leia mais
Mercado de beleza em alta até 2021
Um estudo da Euromonitor, empresa internacional de pesquisa de mercado, estima que até 2021 o número de salões de beleza formais no Brasil cresça 4,5%. Isso basicamente significa que as oportunidades de emprego para cabeleireiros, barbeiros, manicures, depiladoras, maquiadores, entre outros profissionais da área, serão grandes. O mercado de beleza brasileiro, em expansão, está atrás apenas dos Estados Unidos, Japão e China. Está previsto um crescimento para o segmento de estética de 14% até 2020. Outra boa notícia é que qualquer pessoa pode entrar para a área e se desenvolver profissionalmente. Há muitas histórias de sucesso de ex-alunos do Instituto Embelleze, por exemplo, que pouco tempo depois de se formarem nos cursos já estavam atuando na área e até abrindo o próprio negócio! Nos depoimentos, não é incomum perceber que o curso profissionalizante mudou a realidade financeira deles. Mas para entrar no mercado de beleza — e se dar bem — é fundamental se capacitar. Sim, não basta ter talento ou dom para a coisa e sair por aí se aventurando. Vale ressaltar que os clientes estão cada vez mais exigentes e sabem distinguir um profissional formado de um amador. Por que fazer um curso profissionalizante A necessidade de os estabelecimentos de beleza oferecerem cada vez mais serviços (e diferenciados) vem aumentando a procura por especialistas. Além dos experts generalistas, caso do cabeleireiro, do maquiador e da manicure, profissionais especializados em coloração, extensão de cílios e alongamento de unhas, por exemplo, também têm sido muito requisitados. E a vantagem é que tanto mulheres quanto homens podem atuar igualmente no mercado de beleza. “Essa área não é rotulada e ambos os gêneros podem trabalhar em qualquer profissão. Há homens de sucesso atuando como manicures e mulheres como barbeiros”, afirma Douglas Baptista, gerente regional do Instituto Embelleze (Norte, Nordeste e Centro-Oeste). Outro ponto positivo de se formar num curso de beleza é que a pessoa é colocada rapidamente no mercado, tendo em pouco tempo a recuperação do dinheiro investido na capacitação. Mercado de beleza em alta: carreiras promissoras para você! Interessado em se capacitar profissionalmente na área da beleza? O primeiro passo é procurar uma escola reconhecida e, a partir daí, pesquisar o curso pelo qual você tem mais afinidade. O Instituto Embelleze é a maior rede de franquias da América Latina voltada para formação profissional em beleza, prestação de serviços e comercialização de produtos. Presente em 99% dos Estados brasileiros com 350 franquias e 2 franquias no Equador, já formou mais de 2 milhões de profissionais para o mercado de trabalho e, atualmente, possui mais de 157.000 alunos estudando. Para o Instituto Embelleze, a elevação do nível de consciência através da educação e do conhecimento é preocupação constante, considerando a beleza como algo mais profundo do que um conceito estético: beleza é a própria força da vida, fonte de bem-estar, autoestima e felicidade. Veja agora as profissões do mercado de beleza em alta até 2021. DESIGNER DE CÍLIOS A extensão de cílios é uma das técnicas mais procuradas pelas mulheres para ter um olhar poderoso. Ela proporciona alongamento e mais volume aos fios num resultado bem natural. E esse é um dos motivos pela alta procura por esse método, o que torna o segmento forte e lucrativo. De acordo com Daniele Carlim, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze Interlagos (SP), uma designer de cílios com certa habilidade consegue obter, em um mês de trabalho, considerando uma jornada de 8 horas/dia, um faturamento acima de R$ 5 mil. Além de atuar em centros de estética e salões de beleza, o profissional pode ser autônomo, atendendo seus clientes com tratamento individual e diferenciado.  A relevância desse curso está na diferença que o profissional qualificado terá em detrimento de pessoas que se aventuram na profissão. BARBEIRO Essa antiga profissão foi resgatada e atualizada para atender ao gosto do homem moderno, o que deu muito certo! No mercado de beleza é uma das que mais está em alta. A média salarial de um barbeiro está acima de R$ 1500. No curso Barbeiro Academy Hair do Instituto Embelleze, o aluno desenvolve as competências com excelência no atendimento de cortes masculinos, modelagem de barba e aparo de pelos faciais, designer de cortes e barba, aprende as técnicas de cor, tratamentos e as mais variadas técnicas de transformação capilar masculina de alisamento e relaxamento. O barbeiro com formação também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia. ALONGAMENTO DE UNHAS As celebridades com unhas longas e lindas são grandes responsáveis pelo sucesso do alongamento de unhas. O profissional capacitado nessa especialidade pode trabalhar em salões de beleza e esmalterias e também atender em domicílio. Uma aplicação de alongamento custa de R$ 150 a R$ 300, fora a manutenção. O curso de manicure e pedicure do Instituto Embelleze ensina a fazer o alongamento, assim como diversas outras técnicas de embelezamento das unhas das mãos e dos pés. O aluno desenvolve desde uma sólida base teórica, com os estudos de fisiologia e anatomia das mãos e das unhas até técnicas de higienização e esterilização dos instrumentos de trabalho, respeitando as normas da Vigilância Sanitária. Ética profissional e excelência em atendimento ao cliente também fazem parte do conteúdo programático. DESIGNER DE SOBRANCELHAS A sobrancelha é a moldura do rosto e, por isso, sempre foi um ponto importante e de atenção para mulheres e homens. Dependendo do design das sobrancelhas, uma pessoa pode ficar com a expressão jovem ou envelhecida, harmoniosa ou carrancuda... Portanto, o profissional que conhece as habilidades e técnicas para construir um desenho ideal é muito requisitado e bem-sucedido. E não basta entender dos métodos, que envolvem pinças, correções com henna ou depilação com linha, por exemplo. O expert precisa ainda ter noções de visagismo, um estudo que reconhece os diferentes formatos de rosto, olhos, sobrancelhas, analisando todo o conjunto da face, para deixar o visual o mais harmonioso e expressivo possível. Tudo isso é ensinado no curso designer de sobrancelhas do Instituto Embelleze, além de conteúdo sobre ética profissional e higienização dos materiais utilizados. O designer de sobrancelhas é um dos profissionais mais requisitados no mercado. Pode trabalhar em salões de beleza e de estética ou trabalhar em domicílio. A relevância desse curso está na diferença que o profissional qualificado terá em detrimento de pessoas que se aventuram na profissão. MASSAGEM A busca por serviços de massagem não para de crescer em detrimento do estressante mundo moderno. Uma gostosa massagem relaxante, por exemplo, é capaz de aumentar o bem-estar e reequilibrar o indivíduo. Mais: ainda melhora a circulação sanguínea, elimina as toxinas do corpo e a retenção de líquidos e, sobretudo, relaxa a musculatura. Dessa forma, a profissão de massagista tem se destacado. Spas, clínicas de estética, academias, hotéis e clubes são alguns pontos de atuação desse profissional. O preço de uma massagem relaxante, em média, é de R$ 120. O curso de massagem relaxante do Instituto Embelleze é focado na prática. O aluno aprende com profundidade as técnicas e os efeitos da massagem relaxante, bem como conteúdos exclusivos sobre a história da profissão, a conduta que o profissional de massagem deverá ter com potenciais clientes, como divulgar o trabalho e muito mais!    
> Leia mais
Por que fazer o curso de designer de cílios
A partir da fusão de métodos consagrados, o curso Designer de Cílios, do Instituto Embelleze, capacita o aluno para a realização da técnica mais procurada do mercado de extensão de cílios: o clássico fio a fio. E não é só: ainda aprende a dominar a técnica de Lifting e Coloração de Cílios, incluindo todos os assuntos correlatos, como a história dessa prática, a anatomia dos olhos, saúde ocular, biossegurança, design, proporções e mapping e aplicação e cuidados pós-procedimento. Tudo o que é necessário para a formação completa do futuro especialista, tornando-o um profissional competitivo no mundo da beleza. Mercado de designer de cílios em expansão “A área de trabalho com extensão de cílios está aquecidíssima! O Brasil só perde para o Japão e os Estados Unidos, que são líderes no segmento. Porém, há uma deficiência muito grande para profissionais qualificados. Existem muitos curiosos entrando na área, sem o mínimo de conhecimento, e colocando a saúde das clientes em risco. Isso significa que quem tiver a qualificação necessária e trabalhar corretamente se destacará nesse mercado. Acredito que, em pouco tempo o trabalho de um extensionista se equipará ao de manicure, no sentido da necessidade dos salões precisarem de um profissional especializado. Quando bem realizado, esse trabalho fideliza a cliente e gera uma renda bastante considerável. Vale lembrar que o investimento inicial não é muito elevado e o ganho real é alto”, afirma Daniele Carlim, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze Interlagos (SP).A expert dá um exemplo: “Fazendo um investimento inicial para pagar o curso de designer de cílios e alguns materiais, em torno de R$ 3 mil, com 30 atendimentos, cobrando um valor mínimo de R$ 100 (que está bem abaixo do que é praticado no mercado), o aluno já cobre o investimento inicial e, a partir do segundo mês de trabalho, já conseguirá lucrar” .Ainda segundo Daniele Carlim, uma extensionista com certa habilidade consegue obter, em um mês de trabalho, considerando de segunda à sexta-feira e uma jornada de 8 horas por dia, um faturamento de R$ 7.800. “Descontando todos os custos do trabalho, facilmente ela conseguirá uma renda mensal de R$ 4.500.” Daniele diz que a melhor dica que ela pode dar para quem já fez o curso de designer de cílios, é a persistência! O profissional deve treinar diariamente. “Não é um trabalho difícil, só exige um pouco mais de treino. Foco no objetivo e treino!”, ressalta ela.   Áreas de atuação para o designer de cílios O designer de cílios pode trabalhar como autônomo, abrindo o próprio espaço de beleza, ou atuar como especialista em salões de beleza e clínicas de estética, onde terá ao seu dispor toda infraestrutura necessária. Ainda há a possibilidade de trabalhar em domicílio, atendendo clientes com tratamento individual e diferenciado. Algumas dicas para quem quer se profissionalizar e fazer a diferença no mercado de designer de cílios: Não use materiais de procedência duvidosa. Trabalhe com marcas consagradas e apropriadas para o método. Trabalhe sempre com calma, atenção e carinho. Quanto mais dedicado você for, mais satisfeita a sua cliente ficará. Nunca comece a fazer uma extensão de cílios, por exemplo, sem antes ouvir os desejos da sua cliente e avaliar o que mais se adequa aos olhos e ao tipo físico dela. Ser um bom ouvinte é uma regra de ouro para transmitir credibilidade e segurança à cliente. Explicar o procedimento para a cliente antes de começar é fundamental, assim ela vai ficar confortável e se sentir confiante em todas as etapas. Para saber detalhes sobre como é feita a extensão de cílios fio a fio, para quem é indicada e os cuidados, clique aqui.
> Leia mais
Embelleze: 50 anos acreditando no poder de transformação da beleza feminina
Fundada no dia 8 de março de 1969, a Embelleze é fruto do conhecimento de que somente será possível construir um mundo melhor através do olhar feminino. E há 50 anos ela ajuda mulheres a revelar sua beleza e transformar vidas. O idealizador, Itamar Serpa Fernandes, brasileiro, deu seus primeiros passos rumo ao universo da beauté depois de trabalhar numa empresa como químico responsável. Com vontade de fazer a diferença, ele se dedica a estudos e pesquisas e desenvolve uma fórmula revolucionária para alisar o cabelo — o Henê —, um sucesso que deu origem à marca Embelleze e perdura até hoje. Acreditando que por meio do aprendizado e do conhecimento é possível alcançar nossos sonhos, Itamar Serpa também criou o Instituto Embelleze, em 1998, maior escola de beleza da América Latina com mais de 350 franquias por todo o Brasil e mais de 2 milhões de alunos capacitados em diversos ramos da estética: cabelo, maquiagem, design de sobrancelha, depilação, barbearia, manicure e pedicure... Confira na linha do tempo a seguir o que a trajetória brilhante da Embelleze e seus produtos lançados têm a ver com o comportamento feminino das últimas cinco décadas! 1969 – Cabelo liso é desejo The Supremes, com Diana Ross ao centro A saga pelo cabelo liso começa bem antes dos anos 60, mais precisamente em 1930. Porém, as mulheres da época não contavam com produtos químicos para alisar — elas tinham que fazer de forma mecânica, usando um ferro aquecido em fogo. Somente em 1950 surgem as substâncias químicas e o primeiro cosmético comercializado nos Estados Unidos é à base de soda cáustica. A novidade chega ao Brasil só final da década. O boom do alisamento aconteceu mesmo nos anos 60. As responsáveis foram as mulheres com cabelos afro e crespos, imbuídas pelo desejo de entrar no padrão de beleza ideal, ou seja, cabelo liso. As influenciadoras da época eram as integrantes da banda The Supremes, como Diana Ross.  Em 1969, no Brasil, a Embelleze atende ao sonho das mulheres com o lançamento do Henê, um produto que alisa e tinge. 1970 – Black power Zendaya Coleman num revival do black power Tempo da expressão máxima da liberdade, a geração paz e amor não quer se prender a padrões e coloca o cabelo natural, por vezes despenteado, na moda. Um exemplo? A icônica Janes Joplin. A versão mais fashion dessa cabeleira vem com a atriz norte-americana Farrah Fawcett, do seriado As Panteras: longo cortado em camadas. Mas o movimento hippie também põe o black power em cena, como usava o grupo Jackson 5. Para cuidar dos longos cabelos (visual adotado tanto por mulheres quanto por homens, que lutavam por igualdade de direitos), só muito creme hidratante, como o Creme Mocotó, lançado pela Embelleze em 1972. Janis Joplin e Farrah Fawcett     1980 – Cacheado ou relaxado  Madonna No início dos 80 o cabelo com volume e encaracolado ainda ditava moda. A cantora Madonna era a perfeita representante do look, que tinha uma certa conotação de rebeldia. Foi quando voltou com força a onda da permanente para cachear as lisas. Por outro lado, sob a influência do culto ao corpo e da estética perfeita comandada pelas academias de ginástica, começam a aparecer técnicas de alisamento dos fios. Produtos menos agressivos, que propunham um relaxamento de ondas, fazem sucesso absurdo. Em 1984, a Embelleze inova com a marca Hairlife, com itens para alisar ou relaxar.   1990 – Liso, colorido, cheio de estilo Naomi Campbell A era das academias traz para os anos 90 uma busca desenfreada pelo padrão de beleza ideal. As supermodelos da época — Cindy Crawford, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Linda Evangelista e Kate Moss —, todas magras, belas e lisas, despertam nas mulheres o desejo de serem iguais. A febre do cabelo chapado toma conta até das famosas, como a apresentadora Fátima Bernardes e a atriz Malu Mader, que se rendem ao famoso alisamento japonês da época. Sem dúvida, uma legião de mulheres reais as seguiu! Porém, a substância tioglicolato de amônio, usada no processo, era muito agressiva para a saúde dos fios, além de deixar um resultado artificial. Para combater os danos, Embelleze inova e traz para o mercado a linha Novex, com cremes de tratamento à base de frutas. E, em 1992, cria o primeiro alisamento brasileiro à base de guanidina, o Amacihair. Ao contrário do tioglicolato, que desestrutura a fibra capilar podendo tanto alisar quanto enrolar os fios, a guanidina alinha a fibra e reduz o volume, proporcionando apenas o seu relaxamento — com um efeito mais natural. Linda Evangelista A década de 1990 ainda é marcada por mulheres que estão em busca de aceitação e, para isso, escolhem passar por transformações que valorizem a beleza e elevem a autoestima. Para alcançar a perfeição, além de modificar a estrutura do cabelo, as mulheres também passam a mudar a cor dos fios. As tinturas não são mais vistas apenas como artifício para cobrir brancos, mas como acessório de moda. A marca Embelleze, sempre com um olhar feminino, aumenta o seu portfólio de cuidados com o cabelo e lança o segmento de coloração com Natucor e Maxton. No final dos anos 90, Embelleze encoraja a mulher em seu processo de renovação, mostrando que é possível ficar ainda melhor, com participações em quadros de transformação de visual, como no Programa da Xuxa e no inesquecível Dia de Princesa, de Netinho de Paula.     1998 – Pura inspiração Curso de Cabeleireiro do Instituto Embelleze Para a Embelleze, a transformação feminina poderia ir além da renovação da própria beleza. Então, em 1998, a empresa cria um modelo educacional de formação de profissionais capacitados na arte de embelezar: o Instituto Embelleze.  Assim, as mulheres também poderiam provocar um processo de transformação na vida dos outros. O projeto deu tão certo que ao longo de sua existência já formou mais de 2 milhões de alunos, é sucesso de franquias com mais de 350 no Brasil e duas no exterior (Equador e Flórida). A criação do Instituto Embelleze para a época foi de extrema importância, especialmente para as mulheres, pois na década de 90 o mercado de trabalho brasileiro passou por reestruturações para se tornar mais moderno e racional e, com isso, o trabalho assalariado perde espaço para atividades terceirizadas. A mulher se encontra num cenário informal e tem na capacitação profissional uma nova chance de se firmar até como autônoma.   2000 – Volume sob controle Jennifer Aniston apostou na progressiva A essa altura a presença da mulher no mercado de trabalho já está consolidada e por causa do ritmo de vida acelerado, a ala feminina procura produtos cada vez mais eficazes e práticos. A praticidade do cabelo liso, sem volume ou rebeldia, impera e, no início de 2000, as mulheres encontram na escova progressiva a novidade que faltava para ter cabelos lisos e brilhantes por mais tempo (a atriz Jennifer Aniston apostou). No entanto, feita com formol, um ativo que causa diversos danos à saúde, a progressiva começou a dar lugar a alisamentos mais light. Em 2002, Embelleze lança Misuke, uma escova progressiva sem formol. No mesmo ano, também inicia a linha Novex (chocolate) baseada em food therapy, ou seja, trabalha com os benefícios dos alimentos para a beleza, um conceito que ganha força nesse período.     2012 – Cabeleireiros em alta   Entre 2008 e 2011 o mercado de beleza cresce consideravelmente no Brasil. O motivo é a boa onda econômica. Com a economia acelerada aumentam os gastos com cabeleireiro e isso explica o boom no número de salões que foram abertos formalmente ou em domicílio. Para atender aos profissionais exigentes é lançada a marca Embelleze Salon, com produtos profissionais de alto desempenho.     2014 – Resgate da beleza natural Zendaya Coleman  Por volta de 2010 começa um movimento de aceitação da beleza natural, sobretudo das mulheres com cabelo afro, que passam a se unir na decisão de parar de alisar os fios. A redescoberta das madeixas encaracoladas acontece com a transição capilar, um período em que a mulher deixa o cabelo natural crescer da raiz até que atinja um bom comprimento para o big chop —  o grande corte que tira toda a ponta lisa. Para ajudar quem decidiu voltar às origens (nem todas as mulheres aderiram, é verdade), a Embelleze lança uma família de produtos para cacheadas: Novex Meus Cachos. Nas passarelas do mundo da moda, a quebra dos padrões de beleza e aceitação da própria natureza também é valorizada. O marco desse movimento é a modelo canadense Chantelle Brown-Young, mais conhecida como Winnie Harlow, portadora de vitiligo, uma doença cutânea. Descoberta no Instagram em 2014 por uma top model, ela participou do programa America’s Next Top Model e já desfilou para grandes grifes, como Dior. Winnie Harlow e Oprah Winfrey: beleza natural     2019 – Mulheres influenciadoras  Mulheres reais e influenciadoras de beleza: Nanda Chaves, Andressa Ganacin e Ju Romano Em 50 anos de existência, a Embelleze nunca deixou de estudar o mercado para entender o que as mulheres querem e precisam para ficarem mais bonitas e se sentirem mais felizes. A valorização da diversidade da beleza da brasileira por seus produtos é à prova do tempo!
> Leia mais
DEPILAÇÃO PROFISSIONAL
A depilação profissional não para de crescer. De acordo com pesquisas recentes, 93,1% das mulheres brasileiras fazem depilação. Dessas, 46,9% realizam o procedimento todo mês e 43,6% depilam duas ou mais vezes ao mês (*). Como resultado, no Brasil, o serviço de depilação foi um dos que mais cresceu no setor da beleza. Prova disso é a expansão de salões especializados nesse serviço e o aumento da procura por cursos profissionalizantes. O hábito de se depilar é antigo, já existia no Egito, na Grécia Antiga, na cultura dos índios xavantes, entre outros povos. De lá pra cá, muita coisa mudou, mas você precisa saber que a depilação não se resume às técnicas com cera quente ou fria. As mudanças e inovações no setor da estética têm exigido profissionais mais treinados e atualizados. Para se destacar, é preciso estar antenado às tendências. Para Bruna Peresin, do Instituto Embelleze, vale destacar que as profissionais agora trabalham com as técnicas de depilação com linha egípcia e oferecem serviços diferenciados, como: tratamento de foliculite, clareamento de pelos, clareamento de manchas em áreas depiladas, esfoliação, depilação masculina, depilação esportiva, entre outras oportunidades. “É uma das melhores áreas para investir. Para ter um bom faturamento, o profissional de depilação deve garantir a qualidade do serviço oferecido ao cliente, conhecer as técnicas e os produtos disponíveis no mercado, atuar com biossegurança e ética profissional”, diz, lembrando que um curso completo de depilação abrange não apenas a prática, mas também o estudo de fisioanatomia da pele e dos pelos, noções de dermatologia, biossegurança, cosmetologia, etc. O profissional formado em depilação pode atuar em salões de beleza, clínicas de estética, em domicílio ou montar o próprio negócio. *Estudo universitário publicado: “Hábitos e costumes de mulheres universitárias quanto ao uso de roupas íntimas, adornos genitais, depilação e práticas sexuais”.
> Leia mais
Profissão manicure: crescimento do setor oferece mais empregos
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Euromonitor, no Brasil há mais de 1 milhão de salões de beleza, nos quais os atendimentos de manicure só perdem para os de cabelereiro. Uma excelente chance para quem quer se capacitar, seguir a profissão manicure e fazer crescer a renda mensal, não é mesmo? Em média, uma manicure consegue tirar R$ 3 mil por mês — em finais de ano, o valor pode dobrar! Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos (Abipehc), o Brasil já é o segundo país do mundo no mercado de esmaltes. E a expectativa, de acordo com um relatório da Mintel, é que neste ano de 2019 o segmento tenha um crescimento de 5,9%, alcançando R$ 7,68 bilhões em vendas. O cenário positivo é uma ótima oportunidade para quem deseja apostar na profissão de manicure para ingressar — ou voltar — ao mercado de trabalho. Em 15 anos, o Instituto Embelleze, rede de franquias de cursos profissionalizantes na área da beleza, formou quase 200 mil alunos nos cursos de Manicure e Pedicure, Alongamento de Unhas e Unhas Artísticas. “Trata-se de uma carreira que está retornando com força total ao mercado, aumentando cada vez mais a procura por profissionais qualificados”, afirma o gerente de marketing da rede, Eduardo Costa. Para Eduardo, a profissão ganhou espaço e reconhecimento na área da beleza devido à segmentação do setor, que foi promovida pelas esmalterias e serviços de nail care at home (cuidados com as unhas em domicílio). Foi apostando nisso que Raquel Lima, 24 anos, decidiu investir na área. Após ter que largar o emprego de vendedora por não ter com quem deixar o filho pequeno, a jovem decidiu se matricular no curso de Manicure e Pedicure, do Instituto Embelleze, para trabalhar por conta e assim dar mais atenção para sua família. “Eu tinha uma rotina muito cansativa, quase não via meu filho. Apesar de sempre gostar de fazer unhas, nunca havia pensando em trabalhar na área. Minha mãe me incentivou, eu me matriculei no curso e foi uma verdadeira surpresa”, conta a estudante. Em apenas um mês e meio de curso, Raquel já conseguiu abrir uma esmalteria, possui uma funcionária, uma agenda lotada e uma renda surpreendente para quem está começando o próprio negócio. “Em 3 semanas eu já tirei 50% do que que ganhava no antigo emprego. Mas a esmalteria está crescendo muito rápido, então acredito que em menos de um ano minha renda aumentará bastante”, afirma.   De volta ao mercado de trabalho A crise que há tempos se estabeleceu no país resultou no aumento de desempregados e em uma dificuldade enorme dos mesmos para voltar ao mercado de trabalho. Mas se muitas profissões estão fechando portas, a área de beleza tem renovado a esperança de muita gente. Foi assim para Francisca Alves de Assunção, 48 anos, que trabalhou durante anos em uma multinacional francesa e se viu desempregada do dia para noite. Sem conseguir se recolocar e com uma filha de 13 anos para sustentar, Francisca buscou uma oportunidade para garantir renda ao final do mês. Começou com o curso de extensão de cílios, mas ao notar que apenas ele não seria suficiente para se manter financeiramente, se matriculou em mais três: designer de sobrancelha, depilação e manicure e pedicure. Finalizou o primeiro, ainda cursa os demais, no entanto já consegue fazer atendimentos em casa. “Sempre achei a área da beleza extremamente promissora. Quando fiquei desempregada não pensei duas vezes. Hoje eu já faço atendimentos em casa e consigo tirar o dinheiro para bancar as contas e o sustento da minha filha”, afirma. Outro caso é o da assistente de eventos Christiane de Lima, 41 anos, que perdeu o emprego e não conseguiu mais voltar para a área de atuação. Formada no curso de manicure e pedicure há 4 meses, já realiza diversos atendimentos em casa e consegue garantir com a profissão manicure praticamente o mesmo salário de antigamente. “É um negócio bastante recente, mas observando a quantidade de atendimentos que estou realizando acredito que a minha renda deverá ser muito maior este ano. Ultrapassando, até mesmo, o meu antigo salário”, conta. Os homens estão invadindo o setor Dominada pelas mulheres, a profissão manicure tem ganhado cada vez mais adeptos do sexo masculino. Somente no Instituto Embelleze já são mais de 1.100 alunos homens nos cursos que envolvem a estética das unhas, entre ativos e formandos. “É um número tímido, se comparado com a quantidade de mulheres que buscam os cursos, mas é possível observar uma tendência que está crescendo bastante”, conta Eduardo Costa. Eduardo Nicolau, 33 anos, se profissionalizou na área de manicure após a mãe ficar doente e não conseguir mais cuidar das próprias unhas. “Minha mãe sempre foi vaidosa e tinha um cuidado muito grande com as unhas. Quando ela ficou doente e não pôde mais fazê-las sozinha, então decidi me especializar nessa área para ajudá-la”, relata. O auxílio virou profissão e, hoje, além de realizar atendimentos no estilo nail care at home, Eduardo Nicolau ministra aulas do curso de Alongamento de Unhas na unidade do Instituto Embelleze do Ipiranga, localizada em São Paulo. De acordo com o profissional, o manicuro sai em vantagem na hora de conquistar as clientes. “Quando as clientes percebem que será um homem que irá fazer suas unhas, de início rola uma certa estranheza. Mas logo afirmam que os homens fazem melhor e com mais cuidado. Tenho diversas clientes fidelizadas e que estão sempre me indicando para as amigas”, afirma. Eduardo Nicolau conta que a renda de um profissional da área pode variar bastante, de acordo com a região de atendimento. Mas, em média, um profissional especializado em alongamento de unhas, por exemplo, consegue tirar R$ 3 mil por mês. “As pessoas investem em beleza, mesmo em tempos de crise. Tenho alunas que apesar de residirem em comunidades carentes cobram R$ 180 por alongamento e conseguem uma boa renda mensal”, exemplifica. Apostando alto no setor, ele pretende expandir os atendimentos para além dos domicílios e ter o próprio salão de beleza. “Esse mercado é bastante promissor e abre muitas portas para quem deseja investir. Este ano pretendo abrir um salão que tenha um pouco de tudo, desde cabelo até maquiagem. E, no mesmo local, pretendo investir em um espaço somente para as unhas”, finaliza.   Animada para investir na área de beleza? Encontre uma escola do Instituto Embelleze mais perto de você e transforme também a sua vida! 
> Leia mais
TRANSFORME-SE EM DESIGNER DE SOBRANCELHAS
A simetria da sobrancelha só é possível quando o pelo é retirado ou mantido no lugar certo. Às vezes, a única maneira de conseguir um visual bem alinhado é deixando os fios crescerem para depois fazer a limpeza e o desenho corretos. Mas quem quer carregar uma taturana acima dos olhos enquanto espera a transição?Bem, a melhor maneira de conquistar sobrancelhas perfeitas é confiando a beleza a um especialista no assunto. E, depois que a gente encontra o designer de confiança, nunca mais quer viver sem ele! Pensando nisso, reunimos alguns conhecimentos importantes para quem está entrando na carreira de designer de sobrancelha ou deseja aperfeiçoar as técnicas. Afinal, a área está cada dia mais competitiva e um bom designer de sobrancelha pode fazer muito sucesso especialmente entre a mulherada. Anote aí algumas dicas essenciais para aplicar nas sobrancelhas de suas clientes... 3 dicas para se tornar um ótimo designer de sobrancelhas 1. Conheça os cuidados necessários para o design Existem muitas técnicas que podem ser aplicadas para o design, mas, antes de começar o trabalho, é preciso avaliar que desenho fica bem em cada formato de rosto (veja abaixo) e qual é o método mais indicado para o tipo de pele. As opções oferecidas são várias, como a depilação com linha, para quem tem pele sensível, e a pinça, para retirar fios médios e longos e limpar os excessos sem mexer no contorno da sobrancelha. Seja qual for a escolha, aplique-a com a pele e os pelos limpos (com um algodão embebido em espuma ou loção de limpeza) para eliminar resíduos de maquiagem ou de hidratante e, assim, prevenir irritações. A esterilização de todos os materiais que serão utilizados é fundamental, pois estarão em contato direto com a pele do cliente, podendo até mesmo deixar pequenos pontos abertos.  2. Use o visagismo para um desenho perfeito Se a ideia é mudar o formato da sobrancelha para que ela fique em harmonia com o rosto, o visagismo é um recurso que pode ajudar. Além do equilíbrio no visual, ele oferece a possibilidade de se fazer um desenho que combine com a personalidade do cliente. É o método mais certeiro para imprimir o olhar marcante e harmonioso que todo mundo deseja. O visagismo consiste no estudo das proporções do rosto para encontrar o formato de sobrancelha ideal para cada pessoa. Ao contrário de muitas técnicas, o visagismo não está ligado a tendências, mas sim ao alinhamento, equilíbrio e expressividade do rosto. Veja exemplos nos quais o visagismo foi aplicado:  Sobrancelhas levemente arredondadas e curvadas no rosto quadrado    O rosto redondo combina com formas arqueadas, mas sem sair muito do desenho original   Formas retas e traços bem marcados são indicados para o rosto triangular  No rosto oval prefira formas retas com pontas curvadas    3. Prefira manter a tonalidade natural Para garantir que o rosto fique com um aspecto natural, do tipo "nasci assim", não basta apenas adequar o desenho da sobrancelha ao formato do rosto. Manter a cor dos fios em harmonia com o todo também é essencial. Portanto, mesmo que o cliente tenha o cabelo pintado, mantenha as sobrancelhas dele na tonalidade mais natural possível.    Para se tornar um expert em sobrancelhas, conheça nosso curso de Designer de Sobrancelhas ou visite uma unidade Embelleze mais proxima de você.
> Leia mais
O DESAFIO DE FORMAR PROFISSIONAIS DE BELEZA
Quem atua como cabeleireiro, manicure, maquiador ou depilador profissional certamente já esteve em uma sala de aula e contou com a grande ajuda de um professor — para instruir, capacitar, incentivar. O desafio de um professor não é pequeno; afinal, ele é responsável por ajudar a realizar sonhos, a transformar vidas! E você, que é professor, compreende a função social que exerce? A importância do seu trabalho para a vida dos seus alunos? Você vai se identificar com essa mensagem. Vem ver!  Veja como se transformar em um profissional de beleza qualificado em um dos cursos do Instituto Embelleze.
> Leia mais
QUE TAL ABRIR UMA BARBEARIA MODERNA?
As barbearias quase se perderam no tempo... Mas, graças aos olhares atentos de alguns empreendedores, hoje elas ressurgem em grande estilo. Para atender a um público cada vez mais exigente com a própria beleza, elas se recriaram no estilo e no atendimento. Além do tradicional serviço de corte e barba, hoje elas já oferecem hidratação, relaxamento, tintura, manicure, pedicure, massagem e até uma boa cerveja. Sem falar no ambiente, que faz o cliente se sentir numa barbearia top dos anos 1950. Não é para menos todo esse investimento no diferencial. De acordo com uma pesquisa do Google Lab (2018), feita com 700 homens brasileiros entre 15 e 44 anos, eles estão mais vaidosos do que nunca. Dos entrevistados, 93% disseram que cuidar da aparência é importante e, 90%, usam produtos de beleza no dia a dia.  Para uma barbearia moderna dar certo, ela precisa ter um profissional capacitado e preparado para entender o melhor tipo de barba para o tipo físico do cliente, quais são os cortes de cabelo tendência e como sugerir os serviços essenciais para criar fidelização. Além de vaidoso, o homem atual também quer inovar o visual, ditar tendência no universo da moda e se sentir bem, confiante. Passado presente O corte de cabelo clássico ou a barba aparada não são os únicos serviços que sustentam as barbearias modernas. Quem está pensando em investir na carreira de barbeiro profissional ou no negócio, precisa ficar ligado nas tendências e no comportamento do homem dos anos 2000. Lembra do metrossexual do final da década de 90? Era aquele cara que andava com cabelo arrepiado e barba por fazer, parecendo desleixo, mas na verdade era um desarrumado proposital que esbanjava puro charme. Agora, além do metro, existe o homem roots, denominação para o cara "raiz", de visual mais rústico, que gosta de usar barba longa, chamada lenhador. O público das novas barbearias, em sua grande maioria, é jovem e não conheceu como eram as antigas barbearias. Porém, o que justamente cativa essa clientela é se sentir bem tratada, fazendo parte de um ritual diferenciado que, na verdade, veio dos antigos estabelecimentos. Como a clássica toalha quente no rosto, que foi e deve continuar sendo preservada pelas barbearias modernas. Um bom profissional deve ter noção de tudo isso, como combinar o passado e o presente para garantir o sucesso. Enfim, há muito o que aprender e você não deve se descuidar da capacitação. O Instituto Embelleze já formou mais de 1 milhão de alunos e, no curso de barbeiro profissional, ensina não apenas as técnicas da profissão, mas também as informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia. O aluno desenvolve as competências com excelência no atendimento de cortes masculinos, modelagem de barba e aparo de pelos faciais, designer de cortes e barba, aprende os métodos de coloração, tratamentos e as mais variadas técnicas de transformação capilar masculina de alisamento e relaxamento. Visuais que estão fazendo a cabeça deles Só para ter uma ideia do que é moderno hoje para a ala masculina, conheça dois cortes que viraram febre e fazem parte da bagagem do barbeiro que tem um novo olhar para o mercado. Fauxhawk Estilo que simula um moicano, que pode ser tímido ou ousado, e se aplica a diversos tipos de cabelo, lisos, ondulados, crespos ou cacheados. Nesse modelo de corte, a lateral deve ser mais baixa e penteada para trás, mas não é preciso ser raspada. No topo da cabeça, há um volume maior de cabelo com fios levantados e bem fixados ao centro. O corte pode ter uma aparência mais “arrumadinha” ou despojada, de acordo com o estilo de cada cliente. Quiffed Back Modelo mais clássico para quem prefere manter a cabeleira longa. Usado por jovens, em uma versão mais moderna, e também por homens mais maduros. Para compor o corte, é preciso um topete generoso no topo da cabeça e laterais bem aparadas. Normalmente, é modelado para um dos lados ou para cima, com um pouco de brilho para valorizar as madeixas. O que também tem aparecido muito nas cabeças masculinas são as mechas de diferentes tonalidades: loiras, platinadas e até coloridas. Nesse ponto, a principal vantagem da tintura para homens é que fica muito mais fácil inovar nas cores, já que os cabelos costumam ser cortados frequentemente, eliminando, quase que completamente, a cor anterior. Entre as principais tendências para cabelos masculinos estão a mecha invertida, a californiana e a 3D.
> Leia mais
5 dicas de marketing para cabeleireiros
Diante de um mercado de trabalho cada vez mais acirrado, precisamos ter um diferencial e nos comunicar com o cliente. Geralmente, o profissional capacitado e atualizado, que acredita no seu potencial e zela pela qualidade do seu serviço vai tirar de letra as dicas que daremos aqui. E, então, está pronto para começar? 1- Você precisa ter total conhecimento do mercado em que atua Ou seja, antes de mais nada, precisa compreender as necessidades do público, estar atento às tendências, aos estilos, técnicas e novas possibilidades que estão sendo desenvolvidas. Nunca, em hipótese alguma, se acomode no que já aprendeu. Não ouse pensar que o conhecimento que possui é mais do que suficiente. Invista sempre em sua qualificação profissional. 2- Divulgue o seu trabalho sem cessar Não tenha vergonha, aproveite todas as oportunidades para entregar folhetos, colocar faixas com promoções de cortes ou penteados e distribuir seus cartões de visita. Escolha um dia para fazer uma promoção especial e mande convite para seus clientes. As promoções costumam ser muito bem recebidas, desde que os serviços prestados não sejam diminuídos na sua qualidade por conta do preço. Neste momento, você só está interessado em divulgar o seu trabalho com competência e excelência, o resto é consequência. 3- Invista também nas redes sociais e conecte-se com seus clientes por meio de posts Essa divulgação costuma ser muito bem aceita porque hoje em dia as pessoas utilizam muito a internet para se relacionar. Crie um grupo no Facebook, monte um site, promova a sua Fan Page e procure uma forma de ser lembrado mesmo que você não esteja de corpo presente. 4- Faça network Essa dica é muito importante também. Relacionar-se é uma das melhores formas de sermos lembrados. Esteja no maior número de eventos que puder. Com o tempo, você será lembrado e requerido, só precisa de um tempo para tornar a sua marca forte. Mas, não se engane: a sua marca corresponde àquilo que você é e faz. Por isso, seja primoroso e trabalhe com responsabilidade. 5- Conheça o seu público Pare e pense: quando algo ou alguém nos é muito valioso, o que queremos é conhecê-lo cada vez mais e melhor, não é mesmo? Por isso, trabalhar pela satisfação dos clientes é algo que faremos sem medidas. E como isso pode ser feito? Conhecendo seus gostos, necessidades e desejos. A partir daí, você terá todo suporte para trabalhar, saberá que tipo de serviço oferecer, levando em conta o poder aquisitivo desse público e suas condições de vida. Seja sempre amistoso, cuide para que este cliente fique à vontade no seu salão. Posteriormente, ele mesmo fará para você o marketing mais antigo, que é a boa e velha indicação boca a boca. Se ele sair feliz e satisfeito do seu salão, ele certamente voltará, mas não sozinho, trará um acompanhante para usufruir também de seus serviços e bom atendimento. No curso de Gestão de Salões de Beleza você aprenderá sobre marketing e muito mais! 
> Leia mais
COMO AJUDAR SUA CLIENTE A ESCOLHER UM PENTEADO
Quando a trança é a solução Tranças em diferentes versões estão no top trend da moda há várias temporadas e, em 2019, prometem surgir em alta novamente. Se a sua cliente é moderna, não hesite em sugerir uma boxer braid (trança boxeador) para ela expressar atualidade. Mas se ela é romântica, mostre como a trança embutida é capaz de imprimir feminilidade e leveza.   Coque é sempre um clássico Sua cliente é cheia de dúvidas e não consegue decidir nada? Convença-a a fazer um coque! Existem estilos versáteis do penteado, que podem ir do clássico coque baixo ou banana ao descontraído coque desfiado ou “podrinho”. Quando quiser criar uma imagem elegante, sofisticada e forte, opte por coques presos na altura média da cabeça e com acabamento “limpo”. Se a pedida é compor um look mais descolado e moderno, prefira fazer um coque grande e alto, preso no topo da cabeça. O romantismo e a feminilidade são garantidos com coques baixos.   Solto também é chique Um penteado com o cabelo solto pode ser muito glamouroso, sim. Basta trabalhar os fios para ganharem textura. Você pode fazer isso com uma escova lisa ou modelada, usando chapinha ou babyliss e produto de texturização. Se a sua cliente quiser criar uma imagem mais reservada, opte pela escova modelada. O babyliss com cachos definidos cria um visual romântico, mas também pode construir um look selvagem e mais sexy se você desmanchar os cachos com as mãos, aumentando o volume.      Saiba mais no nosso curso de Cabeleireiro Academy Hair ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.    
> Leia mais
Nayara Correia
Quando a gente dá um Google em Nayara Correia, logo aparecem nos resultados de busca imagens do seu lindo rosto e um currículo invejável sobre a maquiadora. Assim... “Nayara Correia tem formação com grandes especialistas da área da beleza, como: Lia Weinz, Rodrigo Costa e Juliana Rakosa na escola Beauty4Share. Foi uma das oito selecionadas para representar a marca O Boticário, em um processo que contou com a participação de 80 maquiadores de todo o país. Há um ano compõe o time O Boticário. A maquiadora já passou por Roraima, São Paulo, Manaus, Curitiba, Belém e Macapá.” Mas para chegar aí, ao topo, a paraense, de 30 anos, literalmente veio de baixo — e ralou muito! “Minha mãe sempre foi de origem humilde. Em casa, nunca tivemos exemplos de pessoas formadas em faculdade. Minha mãe sempre deu muito duro para que eu e meu irmão tivéssemos, pelo menos, uma boa educação básica. Vivíamos em períodos de altos e baixos, até que um pequeno negócio da família não deu certo e uma crise muito forte se instalou em 2008. Eu já era maior de idade nessa época, então arregacei as mangas e fui procurar emprego. Trabalhei em shopping, vendendo camisas na praça da república de Belém..., mas nada deu certo”, conta Nayara. A sorte de Nayara mudou em 2013, quando uma amiga disse a ela que estavam precisando de recepcionista na unidade do Instituto Embelleze Belém. E lá foi ela tentar uma nova colocação. Deu certo, e Nayara foi prontamente admitida! Na mesma semana que ela começou a trabalhar, abriram inscrições para o curso de maquiagem do Instituto Embelleze, uma área que Nayara sempre gostou. E foi aí que, de fato, tudo se transformou. Da recepção para a sala de aula A supervisora de Nayara perguntou se ela gostaria de se inscrever no curso, no entanto, com medo de não permanecer no emprego, ela recusou o convite. Mas sua supervisora insistiu e disse: “80% das pessoas esperam se firmar no emprego para ver se a situação financeira vai melhorar e, daí, sim, pensam em adquirir alguma coisa, pensam em fazer alguma coisa para si próprios. Por que você não aproveita essa oportunidade do novo emprego, fazendo de tudo para se manter nele para pagar o curso?”. Pensando bem no conselho, Nayara resolveu seguir em frente e mentalizou que tudo iria dar certo. Já matriculada no curso e frequentando as aulas, Nayara ficava dia após dia entusiasmada e mais maravilhada com o universo da maquiagem. “Eu amo maquiagem desde criança. Entrei no curso de maneira despretensiosa, mas foi lá que eu vi o leque de possibilidades que eu teria profissionalmente como maquiadora”. Como a própria Nayara diz, ela nunca foi uma aluna destaque da turma; considerava-se mediana, mas sempre praticando e querendo fazer dar certo. De aluna a instrutora Após a conclusão do curso, Nayara foi surpreendida com um convite de peso: ministrar um workshop de maquiagem na unidade Belém. “Eu vi ali que eu tinha oportunidade de aparecer um pouco, de mostrar o que eu tinha aprendido. Então, deixei o medo e a timidez de lado e fui enfrentar a plateia. Nunca imaginei que fosse dar aula na vida!”, vibra Nayara. Ainda trabalhando na recepção do Instituto Embelleze, Nayara se dividia entre o emprego fixo e os convites para dar fazer workshops aqui e ali. Até que não deu mais para conciliar, já que ela estava ministrando mais aulas a cada dia. Por mais que ela amasse trabalhar na recepção e fosse grata àquela vaga que transformou sua vida, Nayara optou por continuar dando aulas para se aprimorar e chegar a ser uma instrutora oficial do curso de maquiagem da unidade. “Não foi uma decisão fácil, porque na recepção eu ganhava mais do que dando workshop. Mas minha mãe e amigos me deram força e incentivo e me ajudaram financeiramente até eu conseguir me estabelecer. Abrir mão da estabilidade e do salário para me tornar instrutora não foi fácil, mas a recompensa em sala de aula é grande. Amo ser uma inspiração para minhas alunas”, diz Nayara. Estrela que brilha Para se aprimorar ainda mais na área de maquiagem, em 2018, Nayara se matriculou em um novo curso, agora de especialização em maquiagem para moda e editorial. Com muito sacrifício financeiro, ela fez o Beauty4Share – Escola de Influenciadoras da Beleza, em São Paulo, com a professora-celebridade Juliana Rakoza. “Ao final do curso, ganhei uma especialização em make para pele madura e uma masterclass. Durante essas novas aulas fui muito observada pela Juliana e ela acabou me indicando para participar de uma seleção para ser embaixadora da marca O Boticário. Minha vida deu um salto novamente! Passei por uma série de testes e, em Curitiba, cidade sede da empresa, fiz entrevista com 10 diretores do grupo. Uma sabatina bem intensa! No processo de seleção, concorri com 80 maquiadores do Brasil. Apenas oito seriam convocados para serem representantes de suas regiões no país. E eu fui escolhida para ser a embaixadora do Boticário em Belém do Pará. Pensa em alguém feliz!”, descreve Nayara.        O futuro já começou Agora, em 2019, Nayara Correia completou 1 ano à frente do Boticário como embaixadora em Belém. “Cresci muito com esse trabalho. Tenho tanto a oferecer para os meus alunos hoje! Já tive a oportunidade de trabalhar em eventos com Anitta, Ivete Sangalo, Gisele Bundchen, Juliana Paes, Camila Coelho, Alice Salazar... Muitos famosos! O maquiador Sadi Consatti, que também é famoso é meu mestre no Boticário, acabou se tornando meu amigo. Olha só o curso de maquiagem que eu fiz no Instituto Embelleze me proporcionou! Viajo o Brasil inteiro para trabalhar e fazer cursos. Cada vez mais evoluindo. Eu não me imagino trabalhando em outra área. Eu me descobri. Para o futuro, quero viajar cada vez mais e trabalhar cada vez mais, continuar estudando sempre. Minha situação financeira hoje é inimaginável. Consegui comprar apartamento e carro trabalhando com o que sou apaixonada. Minha situação financeira me deixa confortável”, revela Nayara. No final das contas, Nayara Correia já está há seis anos no mercado de beleza, ministrando aulas e treinamentos em diversas partes do país. Sua palavra quem quer ter sucesso: “Vai! Se der medo, vai com medo mesmo, pois o medo nos impede de tomar boas decisões. Se eu tivesse deixado esse medo me dominar lá atrás, eu não estaria onde estou hoje. Siga em frente sempre, estude bastante e tenha humildade. Tudo vai dar certo!”.  
> Leia mais
Willy da Silva dos Santos
Ele sempre teve aptidão para trabalhos manuais. Além de usar as habilidades na cozinha, como auxiliar num restaurante da cidade Águas Lindas de Goiás (GO), Willy da Silva dos Santos, 20 anos, também gostava de “brincar” de massagista quando estava entre amigos e a família. O pontapé para que ele transformasse a brincadeira em profissão foi obra do destino... No restaurante, em 2017, de auxiliar de saladeira e de cozinha, Willy foi passado para uma função administrativa, o que fez ele se desencantar pelo emprego em final de 2018. “Meu negócio era a execução dos pratos, mexer com alimentos. Percebendo que eu não ia mais voltar para a parte culinária, resolvi pedir demissão e procurar outra coisa com a qual eu me identificasse”, diz Willy. Foi aí que, em final de 2018, começou a pesquisar cursos que tivessem a ver com ele, enquanto fazia trabalhos temporários em eventos aos fins de semana. Finalmente, em junho de 2019, Willy se matriculou no curso de massagem relaxante do Instituto Embelleze e, o que era uma brincadeira, acabou se tornando sua grande paixão. “Durante o curso, aprendi sobre músculos, pontos de tensão e outras estruturas que são tão importantes quanto o amassamento em si”, entrega Willy. Um novo horizonte O curso de massagem relaxante do Instituto Embelleze é focado na prática. O aluno aprende com profundidade as técnicas e os efeitos da massagem relaxante, bem como conteúdos exclusivos sobre a história da profissão, a conduta que o profissional de massagem deverá ter com potenciais clientes e como divulgar o trabalho. A preparação de Willy foi tão rápida que já na terceira semana de aulas ele começou a atuar como massagista. As amigas e vizinhas iam à casa dele para serem atendidas, agora, com profissionalismo. “Além de dominar as técnicas, aprendi que o massagista também precisa ter uma energia boa para transmitir aos clientes. Isso faz toda a diferença no bem-estar do cliente e na qualidade da massagem”, garante Willy.     Futuro reservado O trabalho com massagem está ajudando muito Willy na parte financeira. Ele se dedica exclusivamente à profissão fazendo atendimento em domicílio. Sua renda mensal é suficiente para ele se manter confortavelmente e ainda pensar em novos cursos. “Minha afinidade com a área da beleza é tão grande que já comecei a fazer um curso de cabeleireiro no Instituto Embelleze. Assim que terminar, quero engatar o curso de gestão em salão de beleza para poder abrir o meu próprio negócio. Pretendo abrir um espaço, futuramente, com um pouco de tudo: massagem, cabelo, unhas...”, afirma Willy. A dica dele para quem quer ter independência financeira é: “Foque aonde você quer chegar e em como você quer que as pessoas te vejam no futuro. Mantenha viva a vontade que você tem de dar certo e você chegará em qualquer lugar!”. Massagem x Massoterapia Há uma certa confusão entre esses dois termos, porém, a diferença é clara. A principal está na formação dos profissionais. O massoterapeuta é habilitado tecnicamente para executar vários tipos de massagem orientais e ocidentais, como quiropraxia, tui-ná, massagem laboral e massagem modeladora. Já o massagista é um profissional que se especializou em uma técnica específica de massagem, como a relaxante. Ele pode dominar ainda técnicas de drenagem linfática.
> Leia mais
Fábio Ferreira
Você já se deparou com alguém que nasceu com a vocação para ser chefe? Ou melhor, ser o patrão de si mesmo? Pois Fábio Ferreira, de 39 anos, é o cara! Na verdade, ele sempre teve o sonho de ser o dono do próprio negócio, então, mesmo trabalhando como empregado, tinha em mente que um dia iria empreender. No quê? Na área de beleza, outra vocação do rapaz. Sonho realizado, hoje ele é dono da Fábio Barber, em Governador Valadares, Minas Gerais. Mas antes de chegar aqui, o empresário atuou durante 9 longos anos em vendas, com carteira assinada, recebendo um bom salário para sustentar a esposa e os três filhos. O emprego estável serviu de alicerce para Fábio se preparar para uma oportunidade, que surgiria em 2017. No início do mesmo ano, ele começou o curso de barbeiro no Instituto Embelleze da cidade mineira e a paixão pelo novo ofício se concretizou em dedicação e vontade de trabalhar. Durante os meses de capacitação, Fábio foi planejando a carreira de barbeiro e como seria o seu estabelecimento. Ele trocou o certo pelo melhor! Ao término do curso, incentivado pela esposa (sua maior admiradora), Fábio tomou a decisão que mudaria seu futuro de vez: pediu demissão do emprego, juntou as economias e montou a sua barbearia. “A motivação da minha mulher foi essencial, porque ela me fez acreditar que era possível: se dá para imaginar, dá para realizar! O resultado positivo não demorou a aparecer. “Com dois meses de barbearia aberta eu já tirava o valor que ganhava com carteira assinada”, diz Fábio. Passados mais de um ano, a boa cartela de clientes está estabelecida e Fábio já tem planos de expandir o negócio. “Estou feliz, tenho minha meta e todo mês consigo superá-la.” O sucesso no empreendimento e a superação como profissional, ajudaram Fábio a também se destacar junto à equipe do Instituto Embelleze Governador Valadares. Tanto, que ele acabou sendo convidado a integrar o corpo de educadores como um instrutor da área de barbearia. “Minha dica para quem tem o sonho de parar tudo o que está fazendo atualmente para começar uma profissão na área de beleza é: invista em você. Mais: prepare-se em uma escola que te dê bagagem para empreender. Mantenha-se atualizado.  Planeje suas finanças e foque no seu objetivo. Sabendo onde quer chegar, não haverá como errar o caminho.”        
> Leia mais
GILVAN APARECIDO MARIANO FILHO
Gilvan tem apenas 21 anos, mas muita história pra contar. Nascido em Passos, Minas Gerais, sempre foi um menino ativo, que sonhava em ser jogador de futebol, como muitos outros garotos de sua idade. Incentivado pelo pai, Gilvan seguiu em frente com o seu desejo e largou tudo para trás, inclusive os estudos, para correr atrás desse ideal de futuro. Foi para a cidade de Rio Claro (SP) e depois Goiânia (GO), morar em alojamento, para jogar futebol e, quem sabe, ter a sorte de se destacar. Ele e a equipe levavam tão a sério o trabalho que tinham até um combinado: ao vencerem três jogos consecutivos, eles comemorariam com uma mudança no cabelo! Bingo, chegou o grande dia, porém ninguém tinha coragem de cumprir o trato. “Um dos meninos tinha uma máquina de corte e, sem pestanejar, eu disse que poderia fazer a transformação. Sem titubear, passei a máquina no cabelo e tosei um só lado da cabeça...”, descreve Gilvan. Ali, sem saber, Gilvan teve o primeiro contato com a profissão de barbeiro, o que seria sua real vocação. Fim de um sonho Brincadeiras de menino à parte, Gilvan começou a ver quão dura era a trajetória para se tornar um jogador profissional. Demandava dinheiro para patrocínio, investimento na carreira, e isso acabou virando um pesadelo, já que a sua família não tinha condições financeiras para tanto. Desiludido, Gilvan volta para casa e para os estudos. Aos 17 anos, triste, passa a trabalhar na pastelaria da mãe, enquanto conclui o Ensino Médio. Como sempre foi focado em futebol, Gilvan se vê sem perspectiva de futuro, sem se imaginar em outra profissão. “Achei que a minha vida tinha acabado ali, foi horrível”, diz ele. Sempre apoiado pela família, no entanto, seu pai sugeriu que ele se matriculasse num curso de cabeleireiro, usando a experiência que teve com a máquina de corte como justificativa para a ideia. Sério? Sim, o pai de Gilvan falava muito sério! Mas o jovem teve dúvida e demorou para procurar uma escola até que um dia lhe indicaram o curso do Instituto Embelleze. Vida nova “Como eu demorei muito para ir em frente, meu pai estava desacreditado de mim. Mas mesmo sem botar muita fé, ele pagou minha matrícula e comecei a fazer o curso de barbeiro no Instituto Embelleze em setembro de 2016”, conta Gilvan. Assim que entrou no dia a dia do processo de capacitação, Gilvan já ficou encantado com a profissão de barbeiro. Ele confessa que, a princípio, não era o melhor aluno da classe, mas era muito dedicado e esforçado. Seu instrutor, Luiz Miguel, tinha uma barbearia na cidade e Gilvan sempre ia até lá ficar observando como ele cortava cabelo e barba, como lidava com os clientes... Seu objetivo era ser um excelente barbeiro. Gilvan expressava para Luiz Miguel a vontade de trabalhar com ele, mas o instrutor não o levava muito a sério. Uma vez, durante o curso, aconteceu algo que virou o jogo positivamente para o lado do Gilvan. Ele e um aluno fizeram o mesmo corte de cabelo, porém, somente o colega recebeu elogios de Luiz Miguel. “Nesse dia fui pra casa pensativo, tentando entender o que o amigo tinha feito melhor que eu para receber os parabéns. Eu revi as técnicas, estudei muito e, na semana seguinte, fiz um corte de cabelo que foi elogiado. O meu instrutor até me usou como exemplo para a classe por ser um aluno dedicado, interessado, que estudava muito. E eu expliquei perante a todos o ocorrido e como eu havia me superado naquele corte. Por causa da minha atitude o meu instrutor me disse assim: ‘Gilvan, passa lá minha barbearia e pega o seu uniforme, você vai trabalhar comigo como estagiário!’. Aquilo foi maravilhoso”, comenta Gilvan. A dedicação superou o talento Já dá para imaginar a força com que Gilvan agarrou essa oportunidade na barbearia! “Com esse episódio descobri que, às vezes, a força de vontade e a dedicação de um aluno pode superar o talento. E foi o que aconteceu comigo”, garante o rapaz. Em fevereiro de 2017 Gilvan se formou como barbeiro profissional e, a partir daí, sua carreira deslanchou: começou a trabalhar num esquema de parceria em uma barbearia famosa em Passos e, desde o mês de agosto de 2018, atua como instrutor do curso de barbearia do Instituto Embelleze. O desejo de crescer e ser um dos melhores barbeiros do mercado levou Gilvan a se inscrever no World Barber Championship, um campeonato mundial de barbeiro do qual participam dez países, entre eles o Brasil, e que seleciona o número 1 do mundo. “Eu via a propaganda desse concurso na TV e meus olhos brilhavam, até que pedi ajuda ao franqueado do Instituto Embelleze Passos, Anderson Francisco, com a inscrição e fui em frente”, lembra Gilvan. Top 5 No dia de se apresentar no concurso, Gilvan usou o seu lado observador e começou a analisar os concorrentes. “Fiquei esperto avaliando como eles explicavam o trabalho, como se comportavam, o que faziam. Então, na hora de eu me apresentar, eu tentei superá-los. Peguei meu modelo, coloquei luvas na hora de manusear a navalha (fui o único com esse diferencial), expliquei os procedimentos que apliquei utilizando termos técnicos e dei meu show! Na hora, aproveitei muito da minha experiência como educador e fui bem didático”, conta Gilvan. Apesar de não ter sido o primeiro colocado — teve a felicidade de terminar em 5º lugar —, Gilvan se sentiu no pódio. “No final do concurso um dos jurados veio falar comigo, dizer que eu estava no caminho certo e que eu tinha futuro”, comemora. “Sei que sou um cara novo, mas eu uso esse fato como combustível para mostrar que eu domino o assunto. Faço isso especialmente em sala de aula para pegar a confiança dos alunos. Quando conto a minha história para o pessoal, sei que surpreendo e inspiro muita gente”, declara Gilvan. Voltar a sonhar Embora Gilvan esteja feliz com a parceria na barbearia onde trabalha, ele pretende ter o negócio próprio no futuro. No momento, quer continuar tendo a liberdade de atuar como barbeiro e educador e ainda pretende fazer mais cursos e viajar para aumentar a bagagem profissional. “A profissão de barbeiro mudou completamente a minha condição financeira. Antes, eu ganhava um salário mínimo — e olhe lá! Hoje, eu faço o meu salário, sou comissionado e ganho à medida da clientela que atendo. Então, eu sei que todo mês recebo uma certa quantidade de dinheiro, que pode dobrar ou triplicar conforme o número de horas trabalhadas. No Instituto Embelleze também tenho um salário como educador.” Para Gilvan, um dos maiores valores conquistados com a profissão de barbeiro foi resgatar a vontade de sonhar. “A barbearia me fez acreditar na possibilidade de sonhar de novo. Sou muito grato por ter essa profissão, sou muito feliz mesmo e não me vejo fazendo mais nada além disso!”, finaliza Gilvan.   DE GILVAN PARA VOCÊ Dicas do expert para iniciar na profissão de barbeiro e ser bem-sucedido: Não procure a barbearia porque está na moda ou somente por dinheiro. Identificar-se com a profissão ou ter amor por ela é fundamental, porque assim ela será capaz de transformar a sua vida. Não seja só mais um, crie um diferencial. E não é apenas um diferencial no seu estabelecimento, mas também no seu atendimento, no cuidado que você tem com o seu cliente. É claro que ter um lugar bonito, com cadeiras confortáveis, com atrativos além do corte de cabelo, agrega valor, porém proponha mais que um serviço para o seu cliente, dê a ele uma experiência. Sinta emoção com o seu trabalho e demonstre que você se importa com a sua clientela — o retorno financeiro e o sucesso são consequência.  
> Leia mais
THIAGO WILLER QUINTÃO PINTO
Aos 31 anos de idade, Thiago é dono de uma barbearia na cidade Santa Bárbara do Leste, em Minas Gerais, e instrutor do curso Barbeiro Profissional no Instituto Embelleze Caratinga. Ele leva uma vida feliz, porque faz o que gosta, e está tranquilo financeiramente. Mas tudo ainda pode melhorar mais e crescer, multiplicar, segundo ele. Como assim? A história de Thiago começa em Belo Horizonte, onde nasceu. Aos 6 anos, se mudou com a família para Santa Bárbara do Leste e, tempos depois, acabou voltando para BH. Lá, comandou uma confecção de roupas que abriu junto com a mãe, mas o negócio fechou e todos retornaram para Santa Bárbara novamente. No pequeno município mineiro, Thiago conseguiu um emprego de gerente de agropecuária e trabalhou lidando com produtos agrícolas durante 4 anos. Um dia, caminhando na hora do almoço no centro da cidade, Thiago recebeu um panfleto de divulgação dos cursos ministrados no Instituto Embelleze e logo se interessou pelo Barbeiro Academy Hair. Chegou a ligar para o telefone de contato para se informar e saber mais sobre as aulas, mas só se decidiu por investir dois anos depois... Por que a demora? “Fiquei ‘namorando o curso’, porque tinha receio de partir para uma nova área. Sempre gostei de arte, beleza, moda e estética e acho que o barbeiro, ou o cabeleireiro, são profissionais que expressam a arte. Quando você muda o cabelo ou o visual de uma pessoa, você está expondo a sua arte e isso me encanta”, diz Thiago. A partir desse desejo, ele finalmente iniciou o curso do Instituto Embelleze Caratinga em janeiro de 2017.   Foto: Renato Alcântara   De aluno a barbeiro profissional a jato Sua dedicação extrema com os estudos (devorava as apostilas do curso e ainda praticava corte de cabelo em casa), levou o rapaz a ter um ótimo desempenho e a ficar um passo a frente dos outros alunos. Com tanta garra e disposição, após quatro meses de curso, Thiago se sentiu motivado a abrir a própria barbearia. “No curso, a gente vê a possibilidade de ser um colaborador, de abrir o próprio negócio, de ser um educador... Tem várias opções de segmento dentro da área. Basta você ter determinação para alcançar o que quiser. Aliás, essa é a minha dica para quem está começando: ter determinação!”, comenta Thiago. A barbearia Senhor Quintão tem dois anos de mercado e Thiago conta com a ajuda do irmão no negócio. “Ele está fazendo o curso de barbeiro profissional no Instituto Embelleze para se habilitar e eu dou aulas para ele!” Isso mesmo, a capacitação de Thiago somada à prática acabou levando-o a ser instrutor do curso de barbeiro na unidade de Caratinga: “dou aulas para duas turmas”. Retorno recompensador Além da condição financeira de Thiago ter melhorado com a nova profissão, o sentimento de realização também aumentou. Embora ele já tenha alcançado tanta coisa em tão pouco tempo, pretende fazer novos cursos, participar de workshops, enfim, aprimorar os seus conhecimentos para ajudar outras pessoas a virarem o jogo e terem uma carreira mais feliz. “Em relação ao futuro, eu só penso em crescer cada dia mais na profissão e ser uma pessoa que possa passar conhecimento, ajudando outras pessoas a se capacitarem. Tenho um sentimento de querer mudar as pessoas através da beleza. Pretendo ainda crescer dentro do Instituto Embelleze. Tenho muito contato com gente que quer melhorar de vida, que quer buscar uma nova perspectiva e os vários cursos do Instituto proporcionam isso”, revela Thiago. Mas Thiago pretende fazer tudo isso sem deixar os seus clientes de lado: “Quero continuar atendendo a todos em minha barbearia, porque amo o que faço”.   Foto: Renato Alcântara 4 dicas de mestre Para quem quer ser um barbeiro profissional de sucesso, como Thiago, preste atenção nas dicas do próprio especialista: Nunca desista de um sonho, de uma ideia. Se você está querendo entrar na área da beleza, entre de corpo e alma, para fazer a diferença, para você poder fazer parte da vida de pessoas. A partir do momento que você abre um negócio, você passa a fazer parte da vida de muita gente e tem influência direta na autoestima, na felicidade delas. A troca de energia com o cliente passa a fazer parte da nossa vida e a boa relação traz sucesso. Quando uma pessoa permite que você corte o cabelo dela, ela está te dando intimidade e isso tem um valor enorme, é precioso e pode resultar em fidelização. Exponha o seu trabalho. Cada vez que eu posto nas redes sociais um novo corte que eu fiz num cliente e recebo um monte de elogios, o sentimento de gratidão é enorme. Sem falar que é bom para a nossa projeção profissional.
> Leia mais
Suelen Cardoso dos Santos
As dificuldades podem nos trazer aprendizados. Essa é uma das maiores lições que Suelen, mãe da Myrella, de 5 anos, aprendeu recentemente e que já mudou a vida dela – para melhor! Desde que se casou, há 10 anos, ela vivia uma rotina igual a de muitas brasileiras: cuidava da casa, da família e dependia do marido como único provedor. No entanto, o esposo não tinha emprego fixo, fazia “bicos” e, com o nascimento da filha, Suelen se viu diante de uma realidade difícil. Foi aí que seu espírito de mulher guerreira começou a aflorar e os primeiros sinais de empoderamento feminino surgiram... Em 2014, ela abriu na varanda de casa uma míni lanchonete para ajudar no orçamento. O estabelecimento durou alguns anos, mas os obstáculos se tornaram maiores e ela foi obrigada a fechar o pequeno negócio. Mas como os empecilhos fazem parte do trajeto para conquistar sonhos, Suelen não se deixou abater. Nesse meio tempo, teve outra ideia: fazer escova nos cabelos das vizinhas e conhecidas para aumentar a renda. “Sempre gostei de beleza, especialmente de cuidados com cabelo, então exercia essa função com muito prazer. Na verdade, eu sempre quis ser cabeleireira profissional, mas nunca achei que fosse ter condições de chegar lá”, lembra Suelen.   Atitude transformadora Em 2018, os bons ventos começaram a soprar para a família de Suelen e seu esposo, finalmente, conseguiu um emprego e salário fixo. Admirador da garra da mulher, o marido de Suelen quis retribuir a parceria e o carinho dela oferecendo o custeio de um curso de cabeleireiro profissional. Porém, Suelen não tinha ideia de como poderia se capacitar e achava a realidade distante. Ela procurou alguns cursos no Rio de Janeiro, onde mora, mas nada a interessava ou chamava a sua atenção. “Até que um dia, passando pelo calçadão de Duque de Caxias, ouvi um rapaz falando sobre os cursos do Instituto Embelleze. Na hora me interessei em saber mais e resolvi ir até a escola conhecer o método de perto. Com muita dificuldade e dinheiro contado, fiz a matrícula, comprei o material e iniciei as aulas. Durante o curso, minha mente começou a mudar e fui vendo o quanto eu era capaz de aprender! Essa sensação, somada ao apoio da minha família, fez eu me sentir uma supermulher, com autoestima elevada. Dou o máximo de mim em sala de aula e no estudo das apostilas para aprender e reter o conhecimento”, conta Suelen. Embora ainda falte alguns meses para ela concluir o curso de cabeleireiro profissional no Instituto Embelleze, Suelen já tem uma carteira de clientes que atende em domicílio e vem ganhando dinheiro para sustento próprio. Hoje, paga sozinha o curso (o marido só banca os custeios da casa) e ainda consegue poupar!   Exemplo de empoderamento feminino e empreendedorismo Cada módulo do curso concluído é uma etapa de sucesso para Suelen. “No início desse processo de capacitação eu tinha alguns pensamentos pequenos, achava que ia me formar para trabalhar para os outros. Mas conforme vou avançando e aprendendo mais do que os procedimentos técnicos e estéticos, vejo que não preciso trabalhar para ninguém além de mim, consigo enxergar que sou capaz de ser dona do meu próprio salão”, afirma a jovem. “Minha vida é corrida, como de toda mulher e mãe, pois cuido da casa, levo minha filha à escola, estudo... Mas o que me alegra é que, hoje, com os recursos financeiros que tenho, já estou empreendendo e terminando a construção do meu salão de beleza. Sim, na varanda de casa, onde tudo começou! Me sinto muito feliz em ter a oportunidade de dar à minha filha tudo o que eu não tive e mostrar para ela que nós, mulheres, podemos nos capacitar, ser bem-sucedidas e não precisar depender de ninguém. Quero dar à minha filha o exemplo de que toda mulher é capaz de ter uma profissão, de ser independente, empreendedora e feliz”, finaliza Suelen.   Gostou do exemplo da Suelen? Então compartilhe com outras mulheres como elas podem alcançar o empoderamento feminino! Para se tornar uma empreendedora de sucesso, conheça as 5 atitudes da mulher empreendedora.  
> Leia mais
Onete Gomes do Nascimento
“Eu trabalhava numa empresa havia 10 anos. Tinha uma situação estável, salário em dia, uma vida razoavelmente tranquila. Vaidosa que sou, andava sempre arrumada e tinha um cuidado especial com o meu cabelo. A vontade de conhecer mais sobre o assunto me levou a me matricular num curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Brasília, cidade onde moro. Eu tinha 36 anos e estava indo bem, no entanto, eu não conseguia muito conciliar a rotina de trabalho, casa e curso, daí resolvi trancar as aulas e fazer uma pausa para me organizar.” Mudança de planos “O problema é que três anos depois aconteceu um corte enorme de funcionários na empresa onde eu trabalhava e, infelizmente, eu estava na lista de demissões. Confesso que fiquei desesperada, pois eu era mãe solteira e tinha duas filhas para sustentar. Foi um período muito difícil, eu procurava emprego todos os dias e não encontrava nada, nenhuma vaga. Diante desse cenário, resolvi retomar o curso de cabeleireiro, porque percebi que ali eu talvez tivesse uma chance de construir uma nova carreira  e ter trabalho. A coordenadora e professora da unidade, Rayane Rodrigues, me deu a maior força e me incentivou bastante quando eu pensei em desistir.” Garra e determinação “Assim que me formei como cabeleireira profissional estava cheia de esperança. A Rayane foi muito parceira e logo me encorajou a abrir meu próprio salão de beleza. Fui em frente e, juntamente com uma sócia (outra ex-aluna), coloque de pé o sonho do negócio próprio. Trabalhamos durante dois anos em sociedade, mas não deu certo e acabamos fechando o empreendimento. Fiquei um ano em casa e aproveitei para me reciclar e fazer novos cursos no Instituto Embelleze: designer de sobrancelhas, manicure e depilação. Depois dessa fase, consegui um emprego num salão e adquiri mais experiência.” Vida nova “Há dois anos, mais segura e com uma boa bagagem profissional, abri outro salão de beleza — agora sozinha. E os negócios estão indo de vento em popa! Estou até concluindo dois novos cursos no Instituto Embelleze: o de maquiagem e penteado. Hoje, os 43 anos, sustento minha família, com cinco pessoas, por meio do meu trabalho. Felicidade é pouco!”
> Leia mais
Jonathan Politori
"Eu atuava numa empresa de segurança do trabalho, de segunda a sexta, oito horas por dia, e não era feliz". Essa declaração de Jonathan, da cidade de Americana (SP), é a mesma de muitos brasileiros que, para se sustentar, acabam aceitando, muitas vezes, trabalhar até em uma área sem afinidade. Mas a acomodação e o conformismo nunca fizeram parte da personalidade do jovem, que ia para o batente sempre pensando em encontrar uma outra oportunidade. "Eu desejava ter uma profissão e um emprego que me fizessem feliz." E foi aí, na busca pelo sonho, que Jonathan, aos 19 anos, decidiu ingressar no Curso de Barbeiro do Instituto Embelleze. Durante o curso, ele não faltava a nenhuma aula e recebia elogios dos professores pelo bom desempenho — e isso o motivava ainda mais a seguir em frente. "Nunca imaginei que ia ser barbeiro. Depois de concluir o curso e começar a trabalhar numa barbearia, percebi que eu gostava mesmo é de fazer barba, cabelo e bigode", diz Jonathan.  Jonathan Politori colocando o seu talento em prática Recompensa pela dedicação Jonathan trabalhou durante 3 anos nesta barbearia, o que foi essencial para ele aperfeiçoar todo o conteúdo aprendido. Esse trabalho não deu a Jonathan apenas o prazer de atuar numa profissão de que ele gosta. A empreitada também aumentou a sua renda mensal, ou como ele mesmo diz: "triplicou o salário". Com isso, ele conseguiu comprar um carro e um apartamento. O começo é difícil, segundo Jonathan, como para tudo na vida. Mas com a experiência adquirida diariamente você engrena na área. "Eu trabalho bastante, atendo muitos clientes por dia, mas no final do mês é recompensador." Sucesso e prosperidade Com o tempo, a paixão pela nova profissão só aumentou e Jonathan resolveu sair do primeiro emprego como barbeiro para dar um salto mais alto e definitivo em sua carreira: montar a própria barbearia! “Iniciei o negócio juntamente com minha mãe e meu padrasto. Mas depois de um ano propus comprar a parte deles para dar a minha identidade ao lugar. Hoje, eu e um sócio, que também é barbeiro, estamos tocando sozinhos a Jac’s Barber Shop”, conta o rapaz que é casado e tem um filhinho de 4 meses. Segundo ele, a Jac’s foi inspirada nas barbearias do passado. As referências de estilo que ele curte são a Schorem, na Holanda, e Fígaros, em Portugal. “Quero que a minha barbearia promova uma experiência única aos clientes, como se eles tivessem viajado no tempo e parado numa barbearia dos anos 70”. Além do atendimento de qualidade e cheio de mimos para a clientela, Jonathan acha que a decoração do ambiente também influencia muito para a fidelização, por isso está investindo pesado nisso. Barbearia Schorem, na Holanda Planos para o futuro Embora Jonathan ainda tenha que percorrer um caminho para solidificar o seu negócio, ele já pensa nos próximos passos, como por exemplo criar uma marca própria de produtos para barba e cabelo. "O meu conselho para quem quer ter uma profissão e se dar bem é não deixar de acreditar na sua capacidade. Diga para você mesmo: eu quero, eu vou correr atrás, eu vou conseguir. Posso dizer que, hoje, eu sou um cara vencedor!" Inspire-se na história de sucesso de Jonathan, que ganhou independência e hoje trabalha com o que realmente gosta. Procure um dos cursos do Instituto Embelleze e transforme o seu sonho em realidade! Escolha entre diversas opções, todas com apostilas gratuitas e os melhores instrutores do mercado, e não adie mais a transformação da sua vida. Matricule-se já!
> Leia mais
Renata Costa
O contato de Renata com o mundo da moda e da beleza foi na infância, aos 7 anos de idade. Ainda pequeneninha ela já ajudava sua mãe a confeccionar roupas e, daí em diante, a área se tornou uma paixão. "Por estar inserida nesse meio, sempre fui ligada a maquiagem e cabelo, gostava de conhecer as tendências e tinha jeito para mexer com isso. Tanto que era eu quem arrumava o cabelo das minhas irmãs e primas quando elas precisavam. Eu não tinha medo!", diz Renata. O momento mais marcante para ela foi quando transformou o cabelo de uma amiga da escola, na adolescência. "Me lembro como se fosse hoje, minha amiga saindo do banheiro chorando de alegria, chorando porque estava se sentindo bonita". Aos 24 anos, Renata entrou na Faculdade de Design e se formou em moda. Ela finalmente havia concretizado a paixão da infância. No entanto, não demorou muito para a sua vida ganhar um novo rumo. Uma prima dela, também vidrada em beleza, resolveu fazer a inscrição das duas no curso de Cabeleireira Profissional do Instituto Embelleze. "Eu não sabia o que ia encontrar pela frente nesse curso, não imaginava como eu ia me sair. Mas já no primeiro dia de aula me apaixonei!", declara Renata. O começo foi na garagem "O conhecimento que eu adquiri no curso do Instituto Embelleze foi sensacional. Eu tive bons instrutores e uma turma maravilhosa. Eu era apaixonada pela turma, fiz grandes amizades e minha professora acabou se tornando minha amiga pessoa!", lembra Renata. Após o curso, o auge da amizade foi quando a professora marcou um horário para cortar o cabelo com ela. "Desde então, quem cuida do cabelo da minha amiga-professora sou eu!" Quando Renata começou a trabalhar com cabelo e make ela atendia em domicílio. No entanto, ao ver o crescimento dela na carreira, a mãe propôs que ela montasse um salão na garagem de casa. "Fiz uma obra, adequei o espaço e passei a atender no salão. O lugar é pequeno e pretendo ampliá-lo para trabalhar junto com meu irmão, que também atua na mesma área", afirma Renata.    Retorno gratificante Além do retorno financeiro — Renata já tem projeto de comprar um apartamento com a renda do salão —, a resposta de cada cliente é muito gratificante. "Não tem preço ver a gratidão da cliente por você ter transformado ou valorizado a beleza dela. O profissional se torna uma pessoa importante para o cliente, porque ajuda a elevar a sua autoestima", declara a cabeleireira. O conselho de Renata para quem pretende seguir os mesmos passos é um só: "Não tenha medo, basta você se especializar e se empenhar para ser um bom profissional e o Instituto Embelleze te dá isso, ele capacita", garante. O trabalho da expert influencia a vida do outro e ajuda a recuperar o amor próprio, o amor pela própria beleza. "O Instituto Embelleze transformou a minha vida!"   Quer ter o mesmo sucesso de Renata? Matricule-se em um dos cursos profissionalizantes do Instituto Embelleze e tenha uma carreira brilhante, com trabalho em horário flexível, escolhendo como quer se dedicar para ser mais produtivo.
> Leia mais
Tendências de maquiagem primavera 2019
1 - As nuances do vinho/ violeta já são clássicas O lilás, o vinho, o violeta e o rosa já se tornaram clássicos. Eles não são mais “cores” que significam ousadia, sobretudo, traduzem um visual superfeminino e podem deixar a maquiagem um arraso, especialmente se os tons forem combinados entre si fazendo um degradê. Show! 2 - Sombras coloridas agora! As paletas desta primavera estão explodindo de cores vivas, sem restrições. Vale até a versão neon! Verde, azul, violeta, amarelo, vermelho, laranja, rosa... Escolha a sua nuance e arrase com sua maquiagem primavera 2019. 3 - Esfumar é preciso A técnica de deixar a cor mais fluida é um excelente recurso para você, que faz a linha discreta mas se identifica com a trend, se lançar nas maquiagens coloridas. Começando assim, com o efeito esfumado, não fica tão chocante o uso de tons vibrantes, sem contar que traz um ar sofisticado ao make. 4 - Combine o colorido com o neutro Outra maneira de facilitar o uso de cores fortes, para quem não está acostumado, é combiná-las com nuances neutras como o marrom e o dourado. Você pode misturar um verde esmeralda bem vivo com dourado, um laranja com dourado ou um laranja com marrom: essas combinações são sucesso. É só ir fazendo as simulações no dorso da mão e testando nos olhos que, aos poucos, você vai ser a diva colors. 5 - Sobrancelha é fundamental Todo mundo sabe que ela é a moldura do rosto e, bem desenhada, faz toda a diferença para o resultado do make. O ideal é ir adquirindo prática para desenhar direitinho o arco. Se você não tem muita habilidade, treine cada dia um pouquinho. Assim, à medida que dominar a técnica, vai ficando mais fácil e, por consequência, mais rápido.  6 - Abuse do delineador O traço está super em alta. E se for colorido, então, arrasa na maquiagem primavera 2019! Pode usar sem medo de ser feliz! O traço preto também traz um contraste lindo com as sombras coloridas e é super versátil, combina com tudo. 7 - Aposte no look monocromático Você pode eleger uma cor queridinha ou que combine com o look da balada e fazer o make com uma cor só. Por exemplo, aplique duas sombras de cor azul, uma mais clara em todo o côncavo e outra mais escura para esfumar o canto externo dos olhos. Pronto. Se quiser chegar chegando pode ainda aplicar um delineador gatinho da mesma cor. Diva blue! Use sem medo de arriscar. Para valorizar o tom azul e criar um contraste, aplique máscara preta nos cílios. A mesma ideia fica demais com o verde. O look monocromático é tendência total na maquiagem primavera 2019!  
> Leia mais
Você precisa de um lifting de cílios?
Um relatório de tendências divulgado recentemente pelo Pinterest — rede social que reúne milhões de ideias de beleza, moda, decoração, gastronomia... — mostrou que as soluções para manter os cílios com uma bela curvatura, por meio da técnica de lifting de cílios, tiveram um aumento de 52% no número de buscas. Sem dúvida, é mesmo o melhor método para conquistar cílios curvados. Para quem não conhece o método ou o confunde com extensão de cílios (técnica que consiste em colar tufos ou fios sintéticos nos cílios naturais, dando a ilusão de mais volume e alongamento), o lifting de cílios, também conhecido como permanente de cílios, é um procedimento que cria um efeito de curvatura da raiz até a ponta do fio. A ideia é dar a sensação de aumentar o cumprimento e, por consequência, o volume, sem danificar a base natural. “A partir da aplicação de uma formulação própria, o profissional levanta, organiza, separa e cria uma curvatura acentuada e perfeita nos cílios naturais”, explica Silésia Caetano, responsável técnica da franquia do Instituto Embelleze de Governador Valadares (MG). “O resultado dura até 60 dias e, nesse período, não precisa recorrer ao uso do curvex, pois os cílios permanecerão com a curvatura desejada, evidente. Funciona como a técnica do permanente – que se faz nos cabelos – só que é nos cílios”, completa a expert. Criado na Inglaterra, o método é perfeito para quem tem cílios retos e quer produzir uma curvatura natural, superfeminina, mas para isso é necessário que os fios tenham um tamanho razoável, isto é, não sejam tão minúsculos. Caso contrário, não é possível fazer o lifting de cílios, pois não há simplesmente como curvá-los. “O tamanho dos fios interfere no efeito. Quanto mais longos, mais visível fica o alinhamento e a curvatura. E o toque final é dado pela coloração dos cílios, feita no mesmo procedimento em minutos, com o intuito de destacar ainda mais esse olhar com o efeito máscara de cílios”, descreve Silésia, do Instituto Embelleze.  O procedimento leva de 40 minutos a 1 hora para ser feito e não exige manutenção. O efeito cílios de boneca dura, aproximadamente, 60 dias. É o tempo da troca natural dos cílios, ou seja, do ciclo de perda e nascimento de novos pelos. Cautela com o risco de alergia Mesmo não havendo contato dos produtos de lifting de cílios com os olhos e a pele, e sendo específicos para a área dos olhos – o que traz segurança ao procedimento –, o profissional em designer de cílios faz um teste de contato e uma ficha de anamnese para saber sobre a possibilidade de alergias e patologias do cliente. Silésia conta que é aconselhável que as pessoas que têm tendência à dermatite de contato ou sensibilidade a algum componente que será utilizado durante a técnica, que se tratem antes ou, dependendo da situação, evitem o procedimento. “Por isso, é de suma importância escolher um profissional qualificado, habilitado, com conhecimento técnico para a realização da sessão”, enfatiza ela. Lifting de cílios passo a passo Assista ao vídeo no final deste post e veja como é simples e segura a técnica de lifting de cílios. Realizado pela instrutora do curso Designer de Cílios, Andreia Eliane Silva Barbosa, da unidade Governador Valadares (MG), ele mostra todos os passos, do início ao fim... 1 Antes de qualquer coisa, a profissional higieniza os fios com um produto específico para remover a oleosidade e as impurezas. 2 Com um gel pad, os cílios inferiores são isolados. 3 O molde de silicone que servirá de guia para fazer a curvatura é apoiado nas pálpebras, contornando os cílios. 4 Em seguida, é aplicada a formulação que promove e mantém a curvatura por tanto tempo. 5 Depois, os fios são tingidos com uma coloração própria para intensificar o efeito de máscara preta e deixar o efeito de cílios de boneca.   Cuidados pós-procedimento Apesar de o lifting de cílios ser simples, alguns cuidados são recomendados para garantir o efeito de curvatura por mais tempo (sem imprevistos) e evitar surpresas como alergias e dermatites. Confira como agir depois do procedimento: Fique durante 24 horas sem molhar os olhos e evite vapor e umidade.  Ao aplicar máscara para cílios, dê preferência à versão à base de água (atenção, você deve evitar a máscara à prova d’água!), e só o faça depois do quarto dias após o procedimento.  Use sempre demaquilante sem óleo ou água micelar para higienizar os olhos e dispense o curvex nos cílios.  Evite dormir com o rosto no travesseiro para não amassar os cílios.  Fuja da água quente do chuveiro, da água de piscina e mar, pois prejudicam a duração do lifting de cílios. Ao higienizar os olhos, evite atrito como passar algodão ou toalha com muita força.  
> Leia mais
6 truques para apostar nas sobrancelhas naturais
Modelos e celebridades estão apostando no novo visual. Prova disso é que no último São Paulo Fashion Week, em abril deste ano, as sobrancelhas naturais, com um estilo mais livre, marcaram presença nas passarelas – nos desfiles da A. Niemeyer, Lenny Niemeyer, Osklen e Beira. Assim como na edição anterior do evento (outubro de 2018), em que o desenho menos perfeitinho também roubou a cena em alguns desfiles. De onde vem a febre das sobrancelhas naturais Acredite, o estilo que está derrubando padrões hoje em dia já foi moda nos anos 1980, quando a atriz Malu Mader ostentou “as sobrancelhas naturais”, como it girl da época, com seus personagens marcantes e polêmicos e uma beleza igualmente natural, sem filtro. “A tendência voltou com tudo em 2019, ano-ícone do estilo, em que o mundo inteiro só fala no valor e empoderamento da liberdade da mulher”, esclarece Gisele Nunes, instrutora dos cursos de Designer de Sobrancelhas e Depilação do Instituto Embelleze Centro, de São José dos Campos (SP). De fato, se analisarmos por esse prisma, uma coisa tem relação direta com a outra. É mesmo libertador poder ser o que quiser, soltar as amarras de padrões e dar voz ao instinto e à espontaneidade, sem se submeter a imposições sociais que ditam “isso é bonito, aquilo é feio”. Por mais diferente que o conceito “sobrancelhas naturais” possa parecer para algumas pessoas, os experts de moda e beleza garantem: essa febre vem para combinar com outras tendências minimalistas que estão bombando, como o make-no-make, o no filter, o “bonito é ser você” e todos os outros que seguem essa linha, cuja bandeira é não se submeter aos padrões. Veja agora como criar (e manter!) esse efeito natural com muito estilo. 1º Truque – Deixe os fios crescerem Bem diferente dos arcos perfeitos, preenchidos e superdesenhados, a ideia da sobrancelha messy é simples: desalinhar o visual. De acordo com Gisele Nunes, do Instituto Embelleze, para deixar o look rústico, o primeiro passo é manter a pinça bem guardada por alguns meses, para que o visual fique o mais bagunçadinho possível. “Só assim a sobrancelha vai retomando seu formato original”, explica ela, destacando que essa é a dica mais básica para quem vai encarar a empreitada das fluffy brows. Em alguns casos, no entanto, nós sabemos que na prática é impossível aposentar a pinça de uma vez e existe a necessidade de se fazer a sobrancelha, ainda que discretamente. “A dica aqui é tirar apenas os excessos, tomando sempre o cuidado de não desenhar demais o look para manter as sobrancelhas mais volumosas e naturais, o que define o estilo messy”, ensina Gisele. 2º Truque - Não basta abandonar a pinça  Mesmo o estilo despojado e imperfeito requer certa produção para arrasar! Não é só deixar as sobrancelhas naturais, literalmente, com um ar selvagem e pelos longos. Na-na-ni-na-não! Alguns truques, que podem ser feitos com maquiagem ou não, trazem ainda mais poder ao olhar e uma personalidade ímpar ao resultado do make. Tudo para deixar o arco mais cheinho e “natural”. Na verdade, tem um jeito certo de pentear, de alinhar os fios de maneira que fiquem no lugar, em alguns casos pode até ser necessário dar um pique de leve com a tesourinha para eliminar algum pelo fujão. Enfim, tem uns segredinhos para manter o estilo messy, ou seja, sobrancelhas naturais arrepiadinhas e com volume. Esse é o charme. 3º Truque – Acerte o design dos arcos Deixe o desenho mais grosso, com alguns milímetros a mais de pelos em todas as direções (região entre os olhos e as áreas em cima e embaixo do arco). Cuide para o excesso de pelos ficar especialmente em cima: são eles que vão produzir o estilo messy. Depois, basta ir acompanhando e alinhando os fios sempre que necessário, mas sem exageros. 4º Truque – Lance mão da tesoura O mesmo vale para o momento de usar a tesourinha. Você até pode aparar os fios rebeldes das sobrancelhas naturais (os mais longos e desalinhados), porém bem menos do que se você não estivesse se jogando no “projeto messy”, de modo que o volume na parte superior seja mantido – afinal, é essa a ideia. 5º Truque – Faça um make apropriado Enquanto o resultado não fica naturalmente como você quer, vale usar um lápis ou uma sombra próprios para sobrancelha para preencher falhas e aparentar mais volume. Mas atenção, não exagere e jamais use um lápis para olhos, que tem o tom mais forte e deixará o truque em evidência. “Em seguida, use uma máscara para sobrancelhas (ou mesmo para cílios) incolor, penteando os pelos para cima. Um truque para mantê-los assim o dia todo é espirrar um pingo de spray fixador ou pomada de cabelo numa escovinha e passá-la no arco da sobrancelha, penteando em direção à testa”, entrega Gisele. É tiro e queda! Atenção meninas ousadas, uma dica esperta para quem quer logo causar com o visual bagunçadinho: use máscara de sobrancelhas com cor. Ela é multifuncional: enquanto facilita o pentear, ainda fixa os fios para cima, dando a impressão de mais volume de pelos. 6º Truque – Use iluminador Não é porque a trend é o mais clássico estilo “me deixa” que você vai abandonar o iluminador de sobrancelhas. Pelo contrário, o recurso continua imbatível ainda que seja para produzir um look mais natural. Como fazer? É só aplicar um pouquinho de produto abaixo do arco, no canto externo – esse pontinho de luz é essencial para levantar o olhar e deixar a maquiagem mais feminina. Detalhe que faz toda a diferença. Pode se jogar, o glow nunca sai de moda! A atriz Cara Delevingne sempre foi adepta da messy brow  Produtos e técnicas BFF para as sobrancelhas naturais De uns tempos pra cá, o mercado de maquiagem evoluiu bastante, tanto no sentido de variedade/novidade, com itens inusitados, nunca antes imaginados; quanto em tecnologia, entregando qualidade e resultados primorosos nos benefícios prometidos. E uma das áreas que mais ganha com esse up do setor são as sobrancelhas naturais. O business da beleza parece ter descoberto um nicho, com produtos dedicados ao styling dos arcos. E, nós consumidores, só temos que comemorar porque tem para todos os gostos e estilos. O arsenal é enorme: gel de volume, máscara de sobrancelhas, canetas de preenchimento, escovas, ativos de crescimento, sombras para camuflar falhas entre muitos outros produtos. Além desses paleativos, há séruns e tratamentos que fortalecem, dão volume e criam densidade tornando as sobrancelhas literalmente naturais. Impossível falar de sobrancelhas messy sem mencionar a importância da técnica de microblading que a cada dia ganha mais adeptas. Trata-se de um procedimento de maquiagem semi-permanente feito com o tebori, uma espécie de caneta que por meio de microcortes deposita o pigmento na pele, reproduzindo a aparência dos pelos da cliente, tanto em espessura quanto em tamanho. Outra alternativa é a micropigmentação que funciona mais ou menos da mesma forma, o que muda é que em vez do tebori é usado um dermógrafo, aparelho elétrico também semelhante a uma caneta, que provoca microlesões na pele para depositar o pigmento. O expert Biel Portella, do Rio de Janeiro, recentemente premiado em Paris como micropigmentador, é enfático ao falar sobre o quanto esses métodos podem ajudar no resultado de uma sobrancelha com mais densidade. “Para quem não possui uma quantidade suficiente de pelos, a micropigmentação é uma ótima alternativa que, se bem-feita, produz um efeito extremamente natural. A técnica fio a fio é a mais indicada”, destaca o designer.   A atriz Kiernan Shipka também ostenta sobrancelhas naturais Dicas valiosas para ter sobrancelhas naturais Biel Portella lista abaixo alguns cuidados que se deve ter para manter um design perfeito e natural quando o objetivo é obter uma sobrancelha bagunçadinha com estilo. Confira: Segure o impulso de pegar a pinça. O ideal é procurar um bom profissional, de confiança, ainda que seja para definir o desenho inicial ou, melhor dizendo, o design original dos fios. Em hipótese alguma utilize lápis de olho ou de escrever (6B) para fazer preenchimento. O uso desses produtos pode ocasionar queda dos fios que, em muitos casos, é irreversível. Para disfarçar as falhas das sobrancelhas naturais não use uma tonalidade mais escura que a original para fazer o preenchimento, o aspecto fica pesado e feio. O ideal é manter o tom do arco inteiro bem uniforme. Nunca deixe o início da sobrancelha (as extremidades internas) com aquele desenho marcado, quadradão – dá uma péssima impressão e denuncia na hora o recurso fake. Caso não tenha tempo ou dinheiro para fazer o design com um profissional, como um Especialista em Beleza do Olhar, mantenha a área penteada com uma máscara incolor, o truque superfunciona, fica bem legal e trás uma boa definição.
> Leia mais
Corte curto para lisos e cacheados
Quando uma mulher decide ir ao cabeleireiro para fazer uma mudança radical, a responsabilidade do profissional é imensa. Afinal, ela está entregando a “vida” dela nas mãos dele e, se arrepender depois, significa esperar muitos meses até os fios crescerem — e você não quer pagar o preço, né? Influenciadoras não faltam na mídia para estimular lisas ou cacheadas a passar a tesoura no cabelo! As atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme, Bruna Marquezine, Agatha Moreira, Mariana Rios, Leandra Leal e Regiane Alves se encheram de coragem, tosaram as madeixas e causaram o maior frisson. Deborah Secco ainda foi mais longe: além de encurtar, platinou os fios — uma supertendência em coloração nesta temporada. O sucesso do curtinho não é de hoje... O pixie, ou o bom e velho Joãozinho, já fez uma revolução nos anos 1950 quando as eternas divas Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor aderiram ao visual, quebrando paradigmas. Depois disso, o corte teve seus altos e baixos durante as décadas, mas chegou aos 1990 com força. “Na época, Winona Ryder, Gwyneth Paltrow e Halle Berry estavam no auge de suas carreiras e investiram no pixie cut trazendo a ele um ar mais moderno, com muita textura e desfiado”, lembra Rafaella Coffoni, analista de produtos do Instituto Embelleze (SP). Atualmente, o corte curto pixie volta com tudo e promete ser a tendência das próximas estações. O short bob, ou o Chanel batidinho, é uma releitura do long bob, que esteve em alta nas temporadas passadas: mais curto, na altura do queixo, assimétrico e cheio de atitude. Nos anos 1950 e 1960, Marilyn Monroe e Jackie Kennedy já usavam o short bob, mas com menos textura, camadas e desfiados. A finalização do corte no estilo messy hair (aquele cabelo bagunçadinho de propósito sabe?!) traz um ar despojado ao visual que tem tudo a ver com o momento em que vivemos de empoderamento feminino. Pixie cut para todas Existem muitas variações do corte curto pixie cut: com franja longa ou curta, desfiado, texturizado, com a lateral raspada... bem curtinho, como o boyish, ou um pouco mais longo, cobrindo as orelhas. As possibilidades são muitas! O pixie cut é um corte que pode ser feito em mulheres de todas as faixas etárias e em qualquer tipo de cabelo: liso, ondulado, cacheado ou crespo. Nos cacheados e crespos, é importante usar, no dia a dia, produtos que tratem e modelem os fios, como os ativadores de cachos. Vale lembrar que o pixie cut vem sendo muito adotado por mulheres crespas que estão em transição capilar. “No momento do big chop, ou seja, do ato de cortar toda a parte do cabelo com química (de alisamento, progressiva, relaxamento), elas investem no cabelo curto cheio de estilo”, diz Rafaella. Assim, ficam com o visual bonito até que os fios voltem a crescer de forma natural e saudável.     Short bob para todas Assim como o pixie, o short bob fica bem em mulheres jovens e maduras e em todos os tipos de cabelo. Mas, aqui, também é essencial apostar nos finalizadores e ativadores de cachos na hora de pentear os crespos e encaracolados. A característica do short bob são as pontas desconectadas, o que traz bastante textura ao look. Cabelos muito volumosos se beneficiam do corte curto short bob, pois o corte em camadas ajuda a controlar os fios.     Aprenda as técnicas dos cortes Interessado em saber mais detalhes desses dois cortes e dominar as técnicas para oferecer às suas clientes? Na grade de aulas do curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende o pixie cut e o short bob, além de muitos outros cortes. Técnicas avançadas de finalização e texturização de cortes e penteados são ensinados no curso de especialização de design em cortes femininos do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
TENDÊNCIAS DE BELEZA PARA NOIVAS 2019
Menos é mais até no dia do casamento! Com a ideia de valorizar o natural, a pele da noiva deve ter cobertura leve e iluminada, deixando o make mais carregado nos olhos. No cabelo, coques (especialmente o chignon), tranças e soltos texturizados estão entre os destaques da moda. A instrutora Bel Marçal, do Instituto Embelleze Campo Grande (RJ), explica que a maquiagem de contorno, que já fez tanto sucesso, é muito mais suave em 2019, elaborada com menos produtos. O iluminador e o blush estão em alta: tudo para garantir um rosto fresco e viçoso. Nos olhos, a tendência de beleza para noivas são as cores opacas, mas quem gosta de brilho não vai ficar de fora! O efeito glossy, obtido com sombras cremosas, o cintilante ou o pigmento brilhante também valem, especialmente para casamentos à noite. “Em relação à cor, os tons rosados, como Living Coral, da Pantone, são o hit. Ficam lindos tanto no visual romântico quanto no moderno ou clássico e pode ser usado nos olhos e nos lábios”, afirma Bel. Ainda nos olhos, o côncavo esfumado, o delineador (gatinho ou não) e os cílios postiços são recursos nos quais você pode usar e abusar, pois ajudam a dar profundidade ao olhar para que a noiva não pareça muito apagada. Fora o resultado incrível que o olhar poderoso garante nas fotos! Assim como na maquiagem, o cabelo da noiva também deve imprimir leveza e naturalidade ao visual. Preso ou solto, a ordem é deixar o penteado com bastante textura, pois isso ajuda na aparência natural. Por exemplo: se o cabelo é crespo, valorize os cachos em vez de alisá-los. Dessa forma, o penteado pode ser solto ou semi-preso, definido com babyliss para eliminar o frizz, e enfeitado com um belo arranjo. Se o desejo é fazer uma trança, uma sugestão é prendê-la em camadas para um caimento charmoso. Ondas marcadas também estão em alta e podem deixar o solto sofisticado. Confira no final deste post o vídeo que a instrutora Bel Marçal preparou especialmente para falar sobre as tendências de beleza para noivas 2019! Agora, inspire-se em looks que confirmam algumas trends... TENDÊNCIAS DE BELEZA PARA NOIVAS DE DIFERENTES ESTILOS Simplicidade máxima Reprodução/ Pinterest Menos é mais até no dia do casamento! As bases de alta cobertura e os pós faciais devem ser leves para trazer leveza e naturalidade à cútis. Pele iluminada e com tons sutis é a ordem. Para conseguir o efeito, invista em bases suaves e iluminador, aplicado nas têmporas e sobre o nariz. O cabelo acompanha a proposta da maquiagem, com fios mais soltos. O volume no topo e o movimento de ondas que lembra o beach hair são apostas certeiras. Flores são perfeitas para arrematar o look.   Toda moderna Reprodução/ Pinterest Para as noivas que querem fugir do tradicional, a tendência é um visual mais urbano e descolado. A pele aparece mais iluminada, com blush marcado em tons terrosos ou coral. Nos olhos, um bom delineado preto e várias camadas de rímel; nos lábios, um batom mate nude ou cor de rosa fecham o visual. O cabelo é outra tendência à parte. Os presos e meio-presos, mais altos, dão uma pitada de modernidade ao penteado clássico. Já os coques mais baixos e desfiados deixam o visual mais despojado, sem perder a beleza dos cabelos mais tradicionais.   Clássico revisitado Reprodução/ Pinterest Não abre mão do tradicional? Ok, mas adicionar detalhes atuais pode fazer toda a diferença no resultado. Nos olhos, use as clássicas sombras nude combinadas com tons alaranjados para esquentar a maquiagem sem pesar no look. Como são curingas, podem compor produções mais casuais, em parceria a batons nude e pele natural, ou mais ousados, adicionando cor aos lábios e dando um brilho dourado à pele. As madeixas podem ser soltas ou presas, acompanhadas de acessórios. O cabelo pode ficar mais desconstruído, como uma releitura de um coque clássico. Para deixá-lo mais romântico, basta usar um arranjo de flores, como miniorquídeas.  
> Leia mais
Transforme o make do dia em look noite
Sombras com cores quentes e batom vermelho estão entre as principais tendências de maquiagem desta temporada. Os olhos serão bem marcados e podem ser esfumados em tons de rosa, amarelo, laranja, marrom, vermelho e vinho — metalizados ou matte. Os lábios vão ganhar destaque com o vermelho aberto e glamouroso, especialmente para a noite. Durante o dia, uma cor leve de hidratante basta. Para aprender a usar combinações que dão certo, a youtuber Caroline Navarrete (@carolinenavarrete/ @carolnavarretemakeup) dá uma aula no passo a passo e no vídeo tutorial a seguir. Confira com ela como é fácil transformar uma maquiagem feita para o dia para compor um look noturno lindo. PASSO A PASSO MAKE DIA 1 Com a pele já preparada (base, corretivo, pó, blush), inicie a aplicação de sombra nos olhos. Aplique uma tonalidade amarelo mostarda, que está muito em alta, no côncavo para dar profundidade.     2 Usando um pincel limpo, esfume bem a sombra para a cor ficar discreta.     3 Alongue e dê volume aos cílios com uma máscara preta. Faça movimento de ziguezague com o pincel, da raiz até as pontas dos fios.     4 Ilumine o canto interno do olho com uma sombra perolada.     5 Nos lábios, em vez de batom, use um hidratante labial com cor (amora ou cereja).     PASSO A PASSO MAKE NOITE 1 Agora, para ganhar um olhar noturno, apenas acrescente à pálpebra uma sobra marrom-escuro. Aplique no canto externo do olho e depois esfume bem para eliminar a marcação da sombra.     2 Deposite uma sombra vermelha no meio da pálpebra, tomando cuidado para não cobrir o ponto de luz que já foi feito anteriormente no make para o dia. Com um pincel limpo, esfume-a para que se unifique com a marrom. Em seguida, espalhe na pálpebra inferior, rente à raiz dos cílios, a sombra na cor amarelo mostarda. Ainda na parte inferior, aplique a sombra marrom-escuro somente no canto externo. Dê mais uma demão de máscara de cílios para valorizar o olhar.     3 Finalize a maquiagem com batom vermelho, que está super na moda.   Gostou da sugestão da Carol Navarrete? Aprenda a se maquiar como uma profissional no curso de maquiagem do Instituto Embelleze. A profissão está mega valorizada no mercado de trabalho: você pode atuar em salão de beleza, em atendimento em domicílio, em publicidade e até televisão. Ah, aliás, depois, você também pode se especializar em maquiagem artística para trabalhar com caracterização — não é o máximo! O Instituto Embelleze já disponibiliza o curso dessa profissão que está bombando!    
> Leia mais
Barba e cabelo estilo Lumberjack
Nada como uma crise para mudar comportamentos, abrir os horizontes e fugir do óbvio. Foi isso o que aconteceu nos Estados Unidos, em 2008, quando surgiu o estilo Lumberjack: camisa xadrez, jeans destroyed, botas robustas, cabelos compridos e barba cheia — visual curinga dos homens na ocasião. A fonte principal desse comportamento, que acabou virando tendência e ganhou o mundo anos depois, foi o enorme colapso financeiro — o segundo maior da América, depois da Grande Depressão, em 1929. Os homens se viram com a grana curta e passaram a investir em roupas de alta qualidade que durassem muito – a ideia era ter poucas peças, mas itens essenciais. E, ao que parece, deixaram cabelo e barba crescer, para evitar idas frequentes à barbearia, outra forma de economizar. Resumindo: o estilo agora está super em alta na beleza do homem contemporâneo e virou trend total. Frequentemente confundido com os hipsters americanos (que se caracterizam pela forma alternativa de se vestir e consumir basicamente o que é produzido na localidade onde moram), o estilo Lumberjack também vem com essa pegada original, de raiz, mas, na verdade, os homens prezam pela elegância com praticidade, tanto no figurino quanto no visual de cabelo e barba. A coisa funciona mais ou menos assim: no guarda-roupa, poucas e boas peças; no look, cabelos mais compridos com um bom corte e barba longa, cheia e alinhada. É a tradução do minimalismo: pouco, mas o melhor. “Em 2009, a indústria americana começou a corresponder a essa exigência dos homens, das roupas de excelente qualidade. No entanto, foi apenas em 2014 que a moda e o estilo Lumberjack realmente decolaram”, lembra César Thiago Pacanhela, instrutor do curso de barbearia do Instituto Embelleze de Pirassununga (SP). Confira outros detalhes da tendência no vídeo que está no fim deste post! O estilo exige cuidado e manutenção De 2014 pra cá a tendência Lumberjack só aumentou e ganhou cada vez mais adeptos. No Brasil, o visual lenhador é o que mais representa a versão latina do “look rústico”, com sutis diferenças. O estilo naturalista da América conserva um pouco mais de harmonia entre o cabelo comprido e a barba cheia, sem ser tão livre de padrão como o lenhador. “Os cabelos são compridos, mas não necessariamente alinhados. Geralmente, é o contrário, um pouco bagunçados – nesse aspecto lembra o tipo lenhador. Para a barba, a regra é ser cheia, porém ligeiramente alinhada. O cabelo e a barba estilo Lumberjack necessitam de cuidado com produtos específicos para o dia a dia, pois como os fios são mais longos, devem ser hidratados. O ideal é hidratar semanalmente e aparar os pelos com mais frequência”, ressalta César Thiago. Técnicas de corte e aparo Se você quer oferecer esse serviço na sua barbearia ou salão de beleza, vá em frente sem medo, pois não é difícil. Tecnicamente falando, conquistar o estilo Lumberjack é mais fácil do que parece. Primeiro, o cabelo não deve estar tão curto, é preciso ter o mínimo de comprimento para ser trabalhado. “O corte é simples, feito somente com a tesoura e pente livre, para dar o ar despojado, e nunca com marcação em linha reta”, pontua César Thiago, do Instituto Embelleze. “Já a barba, contudo, requer um cuidado especial, pois é longa, tem as laterais mais definidas e alinhadas. Basta ficar atento nesse detalhe”, complementa o especialista. 
> Leia mais
Tutorial de maquiagem primavera 2019 dia e noite
Foi dada a largada para a estação mais feminina do ano: a primavera. As flores enchem a vida de cor e, na maquiagem, não é diferente. Tonalidades fortes, delineados vibrantes, esfumados coloridos, batons vivos..., vale tudo para celebrar a magia dos dias frescos e ensolarados. Seguindo essa tendência, a youtuber Suzy Bezerra (@suzybezerraoficial) criou uma maquiagem primavera 2019 dois-em-um: para o dia, um look básico e fresh e, depois, acrescentando poucos detalhes, transformou-o em um make noite intenso e vibrante. Você tem medo de maquiagem colorida? Tudo bem, a gente sabe que não é lá muito fácil fazer uma boa combinação de tons, sem falar que o resultado é sempre mais ousado. Mas, acredite, com as tendências de moda democratizando o uso das cores já há alguns anos, tem ficado cada vez mais simples acertar. A democracia da beleza também tem tornado a diversidade mais aceita, o que facilita. Depois, com um pouco de técnica e bom gosto, não há look que pareça exagerado — é só uma questão de equilíbrio. Além disso, o efeito esfumado é um grande aliado para aderir a essa tendência (que vem com tudo nesta primavera e vai permanecer no verão), uma vez que ele torna as cores mais suaves. Vem, se joga, e inspire-se aqui a compor um look lindo para a temporada. Leve, é perfeito para você, que é maquiador profissional, sugerir para suas clientes. Passo a passo maquiagem primavera 2019 Se joga nessa super trend da maquiagem colorida, porque é possível adaptá-la ao gosto pessoal e estilo. A youtuber Suzy Bezerra ensina todos os detalhes, a seguir para fazer um make color cheio de personalidade (veja também o vídeo tutorial no final do post). Básico para o dia... 1 Lave o rosto com o seu sabonete facial de costume; e para complementar a limpeza da pele, passe um algodão umedecido com água micelar. Aplique um hidratante, de preferência uma versão com proteção solar, para deixar o rosto hidratado e protegido de dia. Para fechar os poros, aplique um primer em toda a face, o que assegura também que a maquiagem dure mais tempo intacta. Hidrate os lábios com protetor labial, balm ou manteiga de karité.  2 Faça o preenchimento das sobrancelhas utilizando uma sombra própria e pincel chanfrado. Para um acabamento mais natural, desenhe fio a fio e seja criteriosa nas extremidades para evitar riscos de contornos artificiais. 3 Finalize o desenho da sobrancelha contornando a parte inferior do arco com uma base num tom mais claro que o da sua pele, aplicada com pincel língua de gato. Espalhe o produto também na pálpebra móvel para aumentar a fixação da sombra. Com uma esponjinha, esfume bastante o produto para garantir um efeito natural. 4 Aplique uma sombra em pó em tom rosé, esfumando bem, para fazer a cor de fundo da pálpebra, ultrapassando a linha do côncavo. Aplique sombra amarela em pó apenas na região do côncavo, de maneira que a sombra rosé fique aparente. Faça movimentos de vaivém para esfumar, assim a transição entre o amarelo e o rosé não fica tão marcada e o look parece mais profissional. 5 Com um delineador rosa, ou utilizando um batom cremoso e um pincel chanfrado, faça um traço mais grosso do tipo pin up rente aos cílios, deixando um efeito gatinho no canto externo dos olhos. Aplique máscara preta nos cílios superiores e inferiores. 6 Para seguir a linha colors da maquiagem primavera 2019, passe um lápis de olho lilás na linha d'água inferior. Utilize o mesmo lápis para dar um toque de cor à pálpebra inferior: faça um traço e depois esfume. “Esse esfumadinho nos cílios inferiores é tendência total da maquiagem primavera 2019”, afirma Suzy Bezerra. 7 Como esse make é para o dia, aplique um protetor solar com cor, uma base com FPS ou um BB cream, também com filtro solar. 8 Com uma esponjinha, aplique um pó translúcido para matificar a pele. Espalhe-o usando um pincel grande, redondo e fofo. 9 Para fazer os detalhes de contorno, com um pincel firme e de cerdas curtas, aplique um pó compacto dois tons mais escuro que o da sua pele nas laterais do nariz e nas laterais da bochecha (na área funda). Passe o restante de produto que sobrou no pincel rente ao couro cabeludo, em todo o contorno da testa. 10 Na região das olheiras, passe um pó compacto dois tons mais claro que o da sua pele para iluminar a área e rebater o ar de cansaço. Aplique o restinho de produto que ficou no pincel no ossinho do nariz (região central) para potencializar o truque de contorno; no centro do queixo e na testa para garantir um efeito iluminado. 11 Aplique blush alaranjado na região do ossinho das maçãs. Em seguida, utilize um pincel bem fofo para limpar o make e “varrer” o excesso de pó, puxando em direção ao pescoço e espalhando bem. Para finalizar, passe um batom nude rosado, cor que está super em alta.     Especial para a noite... 1 Faça um traço de delineador preto acima da linha rosa que já existe, criando assim um duplo delineado. Aplique cílios postiços nos fios superiores, para dar um ar de balada. 2 Esfume a pálpebra inferior com uma sombra preta em pó e aplique lápis preto na linha d’água para marcar ainda mais os olhos.Passe um batom vermelho puxado para o marrom. 3 Intensifique o look glam aplicando iluminador no topo das maçãs do rosto, na base das sobrancelhas, no centro e na ponta do nariz.        
> Leia mais
CICATRIZAÇÃO CAPILAR: ANTÍDOTO CONTRA CABELOS DANIFICADOS
Na prática, cabelo danificado significa: quebradiço, poroso, ressecado, com frizz, pontas duplas, aspecto palha e sem brilho. Pura falta de saúde e vitalidade dos fios. De acordo com Elaine Cristina Carneiro, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze Cidade Dutra, de São Paulo (SP), são vários os fatores que deixam o cabelo danificado e com a fibra rompida. “Geralmente, os hábitos do nosso dia a dia acabam detonando os fios, como usar secador e prancha em alta temperatura sem proteção térmica, fazer químicas (descoloração, progressiva, alisamento, permanente, coloração) sem fortalecer as fibras capilares antes, tomar sol e banho de piscina com frequência... Tudo isso leva à perda de hidratação, queratina (proteínas), vitaminas e aminoácidos, tornando o cabelo poroso, elástico ou quebradiço”, esclarece a profissional. Embora a solução mais rápida para eliminar o estrago seja cortar, você não precisa ser radical. Basta fazer uma cicatrização capilar, o tratamento do momento em muitos salões de beleza. O que é a cicatrização capilar Uma vez rompida a fibra do cabelo, que leva à fragilidade extrema, é preciso um tratamento efetivo para que os danos não se tornem ainda piores. E, claro, reverter o quadro e reconquistar fios alinhados, mais macios, hidratados, saudáveis e com a cutícula fechada. Nesse caso, o ideal é fazer a cicatrização dessa fibra destruída. Antes, porém, precisamos entender o mecanismo de resistência dos fios. O cabelo é composto de 80 a 90% de queratina (proteína) e esta queratina se desgasta naturalmente com a ação do tempo (vento, sol), do sal, do cloro ou no simples ato de pentear as mechas, no atrito com o travesseiro e também com o uso de produtos químicos, deixando assim os cabelos danificados quebradiços, porosos e opacos. “A cicatrização nada mais é que a reposição dessa queratina com uma combinação de hidratação e nutrição power, que recupera e mantém o cabelo saudável”, explica Elaine Cristina. Como é feita a cicatrização capilar O tratamento é relativamente simples. O segredo está na combinação dos ativos utilizados nos produtos aplicados no salão de cabeleireiro pelo profissional. Primeiro, é aplicado um xampu à base de ceramidas, D-pantenol e aloe vera. Em seguida, usa-se máscaras que contêm lipídios e proteínas, como, complexo de aminoácidos, proteínas do trigo, ácido  hilauriônico e arginina. Por fim, o cabeleireiro aplica reconstrutores, finalizadores e protetores térmicos. O período de manutenção vai depender da condição dos fios, do nível de dano. Mas geralmente, a manutenção pode ser feita a cada 30 ou 60 dias. Enquanto isso não acontece, é importante fazer uma hidratação e nutrição semanal em casa mesmo, com xampu e condicionador adequados (com os ativos utilizados no salão), para manter os benefícios da cicatrização capilar. Interessada em saber mais sobre cuidados com os cabelos e todos os tratamentos profissionais para a beleza dos fios? Inscreva-se no curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze. O curso capacita o estudante para a realização das mais variadas técnicas de atendimento em cortes, coloração, tratamentos capilares, modelagem, e transformação capilar: alisamento, relaxamento e encacheamento. Além disso, aperfeiçoa os conceitos de excelência no atendimento ao cliente, bem como instrui sobre fatores comportamentais que assumem uma condição de extrema relevância neste nicho de mercado. O futuro profissional ainda aprende conceitos sobre tricologia, biossegurança, visagismo. Não é o máximo? Espalhe a notícia para os amigos e deixe aqui os seus comentários!
> Leia mais
Vantagens da cutilagem russa para clientes e manicures
As mulheres russas são conhecidas no mundo inteiro por dois motivos: a beleza física e as unhas saudáveis. Tanto que grandes marcas de cosméticos de tratamento de unhas e cutículas são, originalmente, vindos da Rússia. E sabe qual é um dos segredos das russas nesse quesito? O modo de retirar a cutícula! Em vez de usar alicate, como nós, elas usam tesourinha. Neste post, vamos falar sobre essa técnica que, aliás, está bombando nos últimos meses por aqui e ainda pouca gente conhece. É a cutilagem russa ou manicure russa. No procedimento, o bom e velho alicate de cutícula é substituído por uma tesourinha própria para a região e uma lixa elétrica cilíndrica, que lembra uma broca. “Em vez de simplesmente empurrar ou mesmo cortar a cutícula com o alicate — o que normalmente favorece exageros por ser uma ferramenta muito cortante, estimula o crescimento contínuo da película e pode levar à retirada acidental de ‘bifes’ —, na cutilagem russa o profissional elimina delicadamente e com cautela o contorno da unha com a tesoura e a lixa”, explica Vanessa Castro, instrutora do curso de manicure do Instituto Embelleze unidade Santo Amaro, São Paulo (SP). Some a esses benefícios o fato de não ter mais aquelas “peles levantadinhas” crescendo em volta da unha, já que a cutícula não será removida, apenas aparada. A cliente fica feliz...   A manicure russa pode ser feita nas unhas das mãos e dos pés, e praticamente não há contraindicação. “Mas pode-se dizer que nos casos de cutículas muito finas e de diabéticos, a técnica é altamente indicada, por permitir ao profissional mais controle e delicadeza”, destaca Vanessa Castro. A técnica parece mesmo ser tudo de bom: além de reduzir a praticamente zero o risco de cortes, a manutenção é quinzenal, diferentemente do procedimento feito com alicate, que geralmente requer idas semanais ao salão. Isso, porque, como só é retirado o excesso de pele com a tesourinha, sem arrancar a cutícula, não há um crescimento acelerado e regular, dessa pele. Resultado: com o tempo, a cutícula que vai cobrindo a unha deixa de ser um fator antiestético. No final das contas, o procedimento quinzenal não chega a representar uma contenção de custo, já que o valor da cutilagem russa é dobro da manicure tradicional — o que fica elas por elas. Por outro lado, tem o ganho de tempo, já que as visitas ao salão são quinzenais. Se durante a quinzena a cliente reclamar do desbotamento do esmalte (já que vai levar mais tempo para ela voltar para o salão), sugira que ela aplique um top coat antes de terminar a quinzena, para dar um up na cor e no brilho das unhas. Ah, e repita para ela a velha e boa dica (superútil) de usar luvas durante os afazeres domésticos para preservar ainda mais o esmalte. Uma dica: ressalte os benefícios da cutilagem russa listados aí acima para as suas clientes apostarem na novidade! Ok, a gente sabe que não é nada fácil mudar a tradição do alicate, tão forte para as brasileiras. Mas o protocolo russo tem todo potencial para fazer a cabeça das mulheres e cair no encanto. Num primeiro momento, é comum que algumas clientes nem queiram conhecer a cutilagem russa por “ter ouvido falar” que se trata de um procedimento caro. Então, é aqui que entra a habilidade do profissional de explicar tudo direitinho, com detalhes.   O profissional em manicure sai ganhando... Investir na cutilagem russa é um diferencial para a carreira de manicure. Isso mesmo. É preciso acompanhar as novidades e tendências para ser visto de forma diferente e até se tornar uma referência no domínio de técnicas moderninhas entre as clientes. A cutilagem russa é uma excelente oportunidade para dar um up no seu menu de serviços. Apesar de ser um procedimento que já existe, a febre é agora! Conclusão: vai ganhar quem oferecer o serviço do momento. Sem contar que o espaço de beleza que sai na frente com novidades desse tipo ocupa outro patamar no mercado, muito acima de quem continua oferecendo o básico. Há mais chances de fidelizar clientes com serviços exclusivos ou diferenciados. E, claro, o profissional também se torna especial, tendo uma formação acima da média, especialmente nesse caso que envolve saúde por se tratar de cuidado com as cutículas. O profissional inspira confiança, credibilidade. Cutilagem russa passo a passo   Entenda, a seguir, como é feita cada etapa da técnica que é sucesso e, depois, é só se lançar para experimentar! 1 O esmalte (ou resíduos) é retirado com removedor sem acetona. Depois, as unhas são molhadas suavemente com água. Após enxugadas, recebem um hidratante. Quanto mais grossa e grande a cutícula, mais tempo é necessário para o produto agir e amolecer a estrutura. Já as cutículas mais finas nem precisam tanto desse recurso do creme, é opcional. 2 Em vez de utilizar a espátula para empurrar a cutícula, na cutilagem é usada a broca, que nada mais é do que uma lixa cilíndrica elétrica. Esse é o grande lance da manicure russa. A função dessa ferramenta é levantar a película, facilitando a etapa seguinte (corte com a tesourinha), e polir a unha, removendo as peles que ficam aderidas à superfície. 3 Com a cutícula suspensa e descolada fica muito mais fácil removê-la com a tesourinha, que tem uma curvatura na ponta que acompanha a anatomia dessa estrutura de pele. Lembrando que, no caso de cutículas muito finas ou discretas, nem é necessário remoção com a tesourinha, basta o polimento com a broca. 4 A partir daqui a esmaltação é feita normalmente, conforme o método de cada profissional.     Gostou? Deixe o seu comentário e compartilhe o post com a sua rede de amigos!  
> Leia mais
Banho de gel nas unhas: solução antiquebra em 30 minutos
Ter unhas fracas é um problema que pode afetar todos nós em algum momento da vida. Os motivos são diversos, vão desde a exposição a situações que causam fragilidade até alguma disfunção mais séria, que requer tratamento médico. Algumas doenças dermatológicas, como micoses e fungos, assim como distúrbios hormonais, podem levar à quebra e, algumas vezes, à queda das unhas. No dia a dia, o contato constante com a química dos produtos de limpeza e atritos podem desgastar sua estrutura. Uma dieta fraca em nutrientes, higiene inadequada e uso de removedores de esmalte com acetona são outras causas para o enfraquecimento das unhas. O antídoto? Além de mudanças de hábitos, aproveitar algumas técnicas de manicure que podem ajudar no processo de recuperação e fortalecimento, como o banho de gel nas unhas, por exemplo. Afinal, que mulher não sonha com unhas compridas, durinhas e saudáveis? Para garantir o crescimento natural delas é só investir no banho de gel – também chamado blindagem de unhas ou banho de verniz. “Trata-se de uma película que favorece o crescimento das unhas, já que protege contra lascas e quebras. Além disso, o esmalte dura mais, em torno de 20 dias”, garante a instrutora do curso de manicure Maria Aparecida Fátima Pereira da Silva, do Instituto Embelleze Taubaté (SP). A expert diz ainda que o procedimento também pode ser feito nas unhas dos pés, sem restrições. Não confunda banho de gel com alongamento em gel  Febre nos salões, o banho de gel é uma cobertura, em gel ou acrílico (sem o uso de nenhum tipo de cola para fixar na superfície), que protege as unhas naturais criando uma barreira contra os agentes agressores e favorecendo seu crescimento e resistência. O passo a passo do banho de gel nas unhas é muito parecido com o que as manicures seguem quando aumentam o tamanho das unhas usando a técnica do alongamento em gel. Contudo, o primeiro não modifica o tamanho das unhas, apenas produz uma camada de produtos na superfície, que não altera em nada a aparência, somente aumenta sua resistência. No alongamento, o comprimento das unhas é aumentado, podendo em alguns casos até alterar o seu formato. Ficou animada para conhecer como é aplicada essa camada protetora que deixa a unha mais resistente e favorece seu crescimento saudável? Nós explicamos tudinho pra você agora! Banho de gel passo a passo   O procedimento é simples e, o melhor, rápido! No entanto, precisa ser feito por um profissional capacitado. Caso contrário, a chance de ganhar um resultado indesejado é grande. A seguir, a instrutora Maria Aparecida explica todos os detalhes sobre o banho de gel. Confira e tire as suas dúvidas. 1 Antes de qualquer coisa é feita uma assepsia nas mãos e/ou nos pés com álcool 70%. 2 Com uma lixa (do tipo banana, elétrica ou bloco, que são menos abrasivas) é removida toda a oleosidade (lubrificação natural) da superfície das unhas. Além de limpar, essa remoção deixa a área lisa e na condição ideal para a total fixação dos produtos de blindagem de unhas. 3 A primeira etapa do procedimento, pós-higienização, é passar uma camada de primer ácido (ele tem melhor fixação que o primer em gel). O produto tem a função de proteger as unhas do banho de gel que virá em seguida. Atenção: é importantíssimo não deixar a substância entrar em contato com as cutículas da cliente, se for necessário, utilize palito de madeira para remover os excessos. 4 Na sequência, a manicure aplica uma boa quantidade de gel (clear) sobre as unhas com pincel apropriado e usa a cabine de luz led para secagem por 1 minuto. 5 Após o Gel, as unhas são novamente lixadas, com suavidade, apenas para remover algum excesso. O ideal é utilizar a lixa bloco e cuidar para que o gel, aplicado anteriormente, não seja removido. 6 Por último, a superfície da unha recebe uma camada de top coat, cuja função é blindar as unhas, garantir brilho intenso e prolongar a durabilidade do banho de gel. O top coat, além de ser útil no processo de secagem, ajuda a eliminar imperfeições. 7 As unhas são levadas à cabine de led por dois minutos para uma secagem eficaz. 8 No final, aplica-se o esmalte na cor desejada. Aqui não há nenhuma ressalva quanto à textura, efeito ou consistência do esmalte. Atenção: durante o período em que estiver com a blindagem de unhas, você pode usar algodão com removedor (sem acetona) para retirar o esmalte normalmente e reaplicar outra cor, sem que isso seja um problema para a duração do banho de gel. Cuidados pós-blindagem de unhas Estes pequenos detalhes ajudam, e muito, a prolongar a vida útil do banho de gel nas unhas, garantindo um efeito bonito e íntegro por mais tempo. Não ter contato com água por pelos menos 11 horas após o procedimento. Não abrir latas, apertar botões ou digitar. Não levar as unhas à boca, para evitar o descolamento do produto. Não fazer uso de acetona. Mas o removedor de esmaltes, sem esse ativo, está liberado. No dia a dia, utilize luvas de borracha para realizar os afazeres domésticos, garantindo assim uma durabilidade mais longa do efeito de blindagem de unhas. Manutenção e duração do banho de gel nas unhas De acordo com Maria Aparecida, do Instituto Embelleze, o procedimento completo no salão demora cerca de 20 a 40 minutos. Já para fazer a manutenção, o tempo necessário é bem menor, apenas o suficiente para repor as camadas de gel e top coat. “Inclusive, esse procedimento deve ser feito a cada 15 ou 20 dias, dependendo do desgaste cotidiano sofrido pelas unhas. Com a manutenção feita de maneira correta e os cuidados para prolongar o tempo de ação, o banho de gel pode durar até 60 dias”, diz a especialista. Lembrando que é muito importante fazer a manutenção porque a unha vai crescendo e a área “nova” que aparece rente à cutícula também precisa receber o banho de gel para que esse detalhe não fique aparente. Quem quiser dar um tempo para deixar as unhas respirarem, o mais indicado é ir ao salão e retirar o banho de gel com um profissional. Dessa forma, fica garantido evitar traumas e manter a unha comprida e fortalecida. Afinal, esse era o objetivo inicial, não é mesmo? Não faça o banho de gel nas unhas se... Você é alérgico a odores fortes, tem rinite ou sinusite. “Grávidas e pessoas com doenças dermatológicas nas unhas também devem evitar o procedimento ou consultar um médico antes de fazer o banho de gel”, avisa Maria Aparecida, do Instituto Embelleze Taubaté.  
> Leia mais
Beleza masculina: cuidados para todas as idades
Os homens estão cada vez mais preocupados com a aparência. E isso se confirma em números: segundo o instituto internacional de pesquisas Euromonitor, o mercado de beleza masculina cresceu70% nos últimos cinco anos. O Brasil já representa 13% das vendas mundiais, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que detêm 18% de participação. A expectativa para os próximos cinco anos é de que o Brasil alcance mais de 20% de participação no mercado global, com vendas de U$ 8,1 bilhões em 2022 – uma média de crescimento anual 11,2%, mais do que o dobro da elevação prevista para o mercado mundial: 4,7% ao ano, atingindo US$ 56,2 bilhões em 2022. Interessado em entrar para o time dos homens vaidosos? A seguir, algumas dicas de beleza masculina por idades (corte, penteado, coloração e tratamentos). Inspire-se! Beleza masculina de 20 a 35 anos Nessa fase, o homem é jovem, tem uma pele boa e firme e, geralmente, ainda exibe bastante cabelo. Sendo assim, pode ousar mais, arriscar uma tonalidade diferente nos fios, fazer mechas, luzes e até um platinado. Inclusive, os tons bem claros estão super em alta hoje. A beleza masculina é bastante favorecida nessa etapa e dá para se jogar nos cortes mais modernos para conquistar um visual descolado.   CORTE “O estilo que está bombando no momento é o corte skin fade (inspirado no corte dos soldados americanos, raspado nas laterais com bastante cabelo no topo) com penteado pompadour”, garante o instrutor do curso de barbeiro Lucas Fernandes, do Instituto Embelleze São José dos Campos unidade Satélite (SP). O corte fade é essencialmente degradê, a partir da máquina zero, deixando o couro cabeludo aparente. No topo da cabeça o comprimento e o formato dos fios ficam a critério de cada cliente, podendo ser mais curto ou mais longo. Como não é fácil deixar o fade nivelado e bem-feito, é importante que você faça o corte com um barbeiro ou cabeleireiro de confiança, que seja habilidoso para mandar bem. Aliás, para realizar o corte, além da máquina é necessário utilizar vários pentes de corte e tesoura, para que a transição do fade com o topo fique impecável. O efeito degradê pode ter diversas variações. Os mais pedidos são: low (baixo), mid (médio), high (alto) e o taper fade (sutil e gradual sem marcações ou porções totalmente raspadas).   O penteado pompadour, que dá o toque final na beleza masculina do corte fade, é inspirado em Elvis Presley, com aquela pegada de fios compridos na frente escovados para trás de maneira que seja criado uma onda ou topete, dependendo da quantidade e do comprimento dos fios de cada um. Nas laterais, os fios que foram cortados com tesoura, isto é, os mais longos também são penteados para trás. Atenção homens que não têm necessariamente o corte fade, mas o cabelo tem certo volume e tamanho, basta fazer o topete para aderir o modelo. BARBA Nos jovens, praticamente qualquer estilo de barba cai bem e valoriza a beleza masculina. A escolha é uma questão de preferência, dos hábitos e nível de praticidade no dia a dia. A queridinha dos barbudos modernos é a geométrica com degradê. O desenho bem traçado traz um ar sóbrio, por outro lado o degradê traz descontração. A barba cheia ou estilo lenhador é outro sucesso que nunca sai de moda: pode ser alinhada ou meio sem forma, com bigode ou não, vale tudo. A barba por fazer é puro charme e não tem mais conotação de desleixo. Você pode apostar para transmitir uma postura mais descolada. Beleza masculina de 35 a 45 anos É nessa fase que alguns homens começam a perceber certa queda ou o afinamento dos fios. Os motivos são naturais da idade: estresse, consumo de determinados medicamentos, disfunções hormonais, além da genética e dietas restritivas que também influenciam e tendem a acelerar o processo de calvície, sobretudo para quem tem tendência. Quando o assunto é coloração, fica liberado recuperar o tom original dos fios para quem não quiser ter o choque dos cabelos grisalhos muito cedo. O ideal é fazer e manter a cor no salão ou barbearia e, para não ter erro, mostrar uma foto sua não muito antiga, de pouco tempo atrás, para que o cabeleireiro ou barbeiro possa seguir uma linha bem fiel de recuperação do tom original dos cabelos, de forma bem natural. Outra opção é arriscar uma nova cor, seja por desejo ou por necessidade de cobrir os brancos. Nesse caso, aposte nos tons de mel ou cobre, os tons favoritos deste ano, podendo cobrir todo o cabelo ou simplesmente fazer luzes. CORTE “Para essa faixa etária, o mais indicado são os cortes sociais, podendo haver variações de altura como estilos curtos nas laterais e a parte superior mais acentuada. O corte graduado também está entre os mais modernos para essa idade”, afirma o instrutor Gustavo Guedes, do Instituto Embelleze São José dos Campos unidade Satélite (SP), que garante que os cortes mais curtos são sempre uma boa aposta porque não deixam a falta de volume tão evidente.  Também é nessa época que alguns homens começam a ficar grisalhos e surge a necessidade de buscar novos cortes que se adaptam melhor à nova cor dos fios. Seguindo a linha de disfarce dos fios brancos, da calvície e do afinamento dos cabelos, um corte, superprático e clássico, como variação do estilo social, é o Ivy League ou Princeton, que bombou no começo do século nas universidades americanas e até hoje é desejado pelos homens. Afinal, é praticamente um símbolo da beleza masculina. As laterais curtas, o topo mais baixo e a frente do cabelo um pouco mais alongada (na altura dos olhos), podendo ou não formar um topete, caiu nas graças dos brasileiros. É usar e arrasar, pois ele nunca sai de moda. Só tem uma ressalva, apesar de ser uma tendência para os mais novos, por conta dos jogadores de futebol que aderiram em massa, fica proibido lançar mão de riscas e divisões marcadas de forma exagerada com a navalha e também topetes muito longos e cheios. Nessa fase, com certeza menos é mais! BARBA A barba rente, feita com o número da máquina acima de quatro, é a campeã para essa faixa etária, já que ela acompanha super bem o corte social. Inclusive, quanto mais curtas as laterais do cabelo, mais natural fica o look. São os truques da beleza masculina. Beleza masculina de 45 a 55 anos Os homens já estão mais estáveis na profissão e não precisam mais justificar suas escolhas, então, acredite, a palavra de ordem é liberdade, só que com um toque contemporâneo. “É uma faixa de idade em que muitos homens buscam um corte de cabelo mais moderno, com um estilo que foge do social básico, tipo graduações nas laterais. Esse é o visual perfeito para eles”, garante Lucas. O que não significa que as laterais curtíssimas e o topo mais longo, podendo ou não ser estilizado com um topete, não fique um show. A questão é que aqueles que têm tendência à calvície veem o problema de perto nessa época, muitas vezes com as entradas na testa, assim como o afinamento e o surgimento dos fios brancos. Um dos maiores dramas para a beleza masculina. Por causa disso, nesses casos, o desafio para o cabeleireiro ou barbeiro é fazer um corte que evidencie o que resta de cinza (ou seja, os menos brancos) e evite que o couro cabeludo fique exposto. Quanto à cor, não hesite em ostentar os fios brancos, eles estão com tudo no pódio da beleza masculina! No entanto, a gente sabe que para alguns é um aspecto que, de fato, incomoda, nesse caso, a melhor coisa a fazer é pedir uma orientação para o barbeiro ou cabeleireiro. CORTE Os cortes de comprimento médio também caem bem para quem ainda tem certa quantidade de fios. São os chamados side part, bem curtos na nuca, nem tanto nas laterais, e mais longos no topo, penteados para o lado, cujo representante clássico é o ex-jogador de futebol inglês, David Beckham. Um ícone de beleza masculina. Esse estilo não depende de volume para ficar bom, e super funciona para problemas de afinamento e queda expressiva, pois tem um caimento que, de qualquer jeito, fica natural e elegante. Um plus: pode ser penteado com pomada ou pasta modeladora em ocasiões especiais. Por fim, o cabelo médio (base mais curta e fios mais compridos em cima) é também uma excelente pedida para os homens maduros porque são naturalmente elegantes, sem precisar de muita técnica. Penteados para trás (com uma pomada flexível), fazendo o estilo slick back, disfarçam bem pouco volume e calvície moderada e fica um charme. BARBA A barba para os homens maduros é bem democrática, com destaque para o cavanhaque, no estilo clássico, com bigode alinhado com pelos no queixo, que fica um show e ainda dá um toque de virilidade à beleza masculina. A barba por fazer, com os pelos bem curtos; e a desalinhada, despojada, em que os fios crescem livres sem serem aparados, traz um visual mais jovem e ainda disfarça falhas nos pelos. A barba cheia, que é o aposto da “por fazer”, também funciona para os mais velhos, com pelos longos que dão maior volume ao desenho. Outro estilo que podemos incluir aqui é o Van Dyke, uma variação do cavanhaque, com bigodes cheios, longos e de pontas curvadas, com os pelos do queixo bem longos também. Beleza masculina para todas as idades Alguns cuidados independem da idade e devem estar na cartilha da beleza masculina em todos os períodos da vida. Saiba quais são... É sempre bom lembrar que não existe idade certa para os cuidados essenciais com os cabelos. Usar um xampu específico para o tipo, assim como um condicionador e uma máscara são hábitos que todos os homens que quiserem ter um cabelo bonito e saudável precisam ter. Os produtos devem ser, de preferência, da mesma linha e marca para aumentar o poder de ação dos ativos da fórmula.  Em qualquer fase da vida também é indicado a depilação de nariz, orelhas e sobrancelhas, quando o excesso de pelos nessas regiões incomoda. Com uma restrição para o nariz: é recomendado apenas aparar os fios e não retirá-los completamente, pois eles têm papel importantíssimo no processo de filtro respiratório. O cuidado com as unhas é essencial para homens de qualquer idade, sem receio de ir à manicure para manter a higiene e o corte saudável, para evitar encravamento. Barbas cheias e com mais volume tendem a acarretar um probleminha: pelos encravados. O tratamento indicado, nesses casos, é a depilação a laser. Vale consultar um dermatologista para conhecer os detalhes do procedimento. Cabelos grisalhos amarelam com facilidade e tendem a ser muito porosos e ressecados por conta da falta de melanina. Resultado: fios fragilizados e mais propensos à quebra. Uma boa dica para lidar com essa condição é o uso de ceras e pomadas no dia a dia, e de máscaras hidratantes no banho para manter os fios saudáveis. Quem tem cabelos médios ou longos deve evitar fazer fricção intensa com a toalha após o banho e escovar os fios com força, assim como usar penteados muito apertados. O benefício desses hábitos para a beleza masculina é não fazer muita tração no bulbo e favorecer a queda. Uma boa maneira de você acertar num corte e ficar satisfeito é mostrar algumas fotos do resultado que deseja para o cabeleireiro ou barbeiro. O profissional certamente irá te dizer se é possível ou se o seu tipo de cabelo e caimento são incompatíveis com o estilo, evitando frustrações.
> Leia mais
Cortes de cabelo com franja: qual é o seu?
Isabelle Drummond, Debora Nascimento e Letícia Colin são as atrizes que acabaram de dar uma repaginada na aparência aderindo ao corte de cabelo com franja. Mas tem uma lista enorme de outras tantas celebridades nacionais e internacionais que também já apostaram no estilo. Em 2019, as franjas curtinhas ou alongadas, retas ou desfiadas, cortininha ou arredondada são as mais pedidas. Para investir na trend sem erro, o ideal é associar o corte da franja com o do comprimento do cabelo para formar um conjunto harmônico. A expert Francine Carvalho, instrutora do curso Cabeleireiro Profissional, do Instituto Embelleze de Taubaté (SP), indica quais cortes de cabelo com franja estão em alta e combinam com os diferentes tipos de rosto e de fio. As dicas são ótimas para quem é profissional e quer seguir a carreira Master em Cortes, que associa as especialidades cabeleireiro e design em cortes femininos. Dê uma olhada também no vídeo que a Francine fez demonstrando um corte de cabelo com franja antes e depois — está logo no final deste post.   FRANJA CURTA   Atualmente chamada de baby bang, a franja curtinha é perfeita para mulheres ousadas e de rostos com traços delicados, não importa o formato. Ela pode ser cortada bem reta e certinha no meio da testa, como a da atriz Letícia Colin, ou ter as pontas desfiadas com navalha, criando um ar moderno e urbano. No cabelo crespo ou ondulado, a franja com cachos forma uma moldura mais desconectada e também pode ser usada lateralmente. Corte que combina com a franja curta:  O longo com base reta é uma opção, assim como o Chanel médio ou curto, também chamado de short bob. Outro corte que combina muito com a ousadia da franja curtinha é o joãozinho ou pixie. Dicas para pentear: No liso - Faça uma escova em todo o cabelo. Despenteie as pontas e aplique spray fixador. No cacheado - A franja pode ser definida com pomada para modelar, espalhada com leves toques das pontas dos dedos.   FRANJA ALONGADA Para quem gosta de um look irreverente, este é o ideal. Longa, a franja é desfiada com tesoura desde o início da testa até a altura da orelha. Deve ser mantida na lateral se o seu rosto é do tipo coração ou triângulo invertido: ela desvia o olhar para o queixo. No rosto muito comprido ou redondo, esse tipo de franja acentua os formatos, por isso deve ser evitado. Donas de traços delicados podem usar a franja longa dividida ao meio, como a atriz Dakota Johnson. Esta franja no cabelo cacheado é perfeita, pois ajuda a modelar o corte. Corte que combina com a franja alongada: Corte com volume nas laterais e franja cobrindo a testa, na altura da sobrancelha (ou um franjão), é a melhor pedida. No cabelo cacheado, diminua o volume do topo e abuse do volume próximo ao queixo. O comprimento long bob, Chanel desconectado e o corte repicado em camadas longas, a partir da franja, são boas pedidas. Dicas para pentear:  No liso – Aplique um creme de modelagem nos cabelos úmidos, faça uma escova e passe chapinha apenas nas pontas para marcar bem o repicado. No cacheado – Borrife spray definidor de cachos em todo o cabelo e amasse a frente com a ponta dos dedos.   FRANJA ARREDONDADA Ela vai contornando o rosto até chagar às laterais. A parte do meio fica na altura das sobrancelhas e os lados alongam até as orelhas. É o estilo perfeito para mulheres com rosto quadrado ou oval. Em faces redondas a tendência é o corte arredondar ainda mais, portanto, evite. Fica bem em fios lisos ou ondulados, porém grossos e bem pesados. Corte que combina com a franja arredondada: Cabelo longo ou médio com base reta sempre fica bem com esta franja. Por causa das laterais compridas ela cai muito bem no penteado preso. Se o seu cabelo é cacheado, aposte no corte arredondado com volume nas laterais. Dicas para pentear:  No liso – Faça escova arredondando todo o cabelo e a franja. Capriche nos lados. No cacheado – Aplique definidor de cachos e modele a frente e as laterais com babyliss para marcar bem o formato redondo do corte.   FRANJA RETA É o tipo que cobre as sobrancelhas e combina com os cabelos que têm a base reta. Deve ser sempre cortada milimetricamente na altura das sobrancelhas e depois toda desfiada nas pontas com navalha. No cabelo cacheado as pontas desconectadas devem ficar mais em evidência, ok? O ideal é que o cabelo seja encorpado. Cai como luva no rosto redondo. Corte que combina com a franja reta: Cortes na altura do ombro ou abaixo dele são os mais indicados, pois a franja reta combina com um visual mais pesado. No cabelo ondulado a franja reta pode ser menos espessa. No curto, o volume das mechas deve se concentrar no topo e não nas laterais. Dicas para pentear:  No liso – Desarrume toda a franja, levantando a raiz. Em seguida, faça movimentos como se estivesse dando beliscões pra deixar alguns fios soltos e despenteados. Para terminar, aplique spray fixador. No cacheado –  Deixe a franja cacheada, definida com pomada ou babyliss ou faça uma escova nela para compor um visual divertido com o restante do cabelo cacheado.    
> Leia mais
Não erre na maquiagem para pele negra
As mulheres negras estão mais empoderadas do que nunca e ganhando cada vez mais espaço na TV, nas mídias sociais e no nosso cotidiano, em diversas frentes. A atriz Sheron Menezes, que interpreta a personagem Gisele na novela Bom Sucesso, da TV Globo, as cantoras Iza, Ludmila e Gabi Amarantos, a apresentadora Karol Conka e a jornalista Maju Coutinho, são verdadeiros ícones dessa beleza forte que faz e acontece em diversos segmentos da sociedade. Nesse contexto de sucesso estrondoso ou simplesmente no nosso dia a dia, temos que considerar um fator essencial que ajuda (e muito!) a manter essa visibilidade e reconhecimento da beleza negra: uma bela maquiagem, que também pode ser um ponto a favor para uma entrevista de emprego, um encontro com o crush ou mesmo na hora da balada com as amigas. Tudo pede um make bem-feito, ainda que simples! Pode ser só uma pele uniforme e cílios alongados; ou a pele impecável com um batom lindo. Seja como for, o preparo da cútis é fundamental em qualquer estilo de maquiagem. Outra ideia para arrasar é unir pele, olhos e lábios divos na mesma maquiagem. Para nos ensinar e nos inspirar, a lindíssima youtuber Marisa Lopes (@blogmarisalopes) mostra como fazer uma maquiagem para pele negra com um resultado extremamente natural e bonito, sem parecer artificial. E, atenção, meninas: nada de truques para clarear a cútis – a questão aqui é justamente valorizar a cor natural da pele negra que, além de linda, representa uma parte expressiva da população feminina brasileira. Como escolher a base certa da maquiagem para pele negra Assim como para as mulheres de pele clara, o conflito de acertar o tom da base ronda também as negras na hora de comprar o produto certo. Isso acontece porque o resultado precisa ser muito natural, esse é o dilema, portanto a cor correta é aquela que mais se assemelha ao tom original da cútis, simples assim. *Para acertar na escolha da base para a maquiagem da pele negra, esqueça o dorso da mão, a parte interna do antebraço e todas as regiões amplamente sugeridas por aí. Faça o teste aplicando um pouquinho do produto no maxilar, assim você já analisa como ficará o tom da base onde ela será aplicada efetivamente, isto é, no rosto. “Teste sempre dois tons, um ao lado do outro, dessa forma é possível ver com clareza que uma das cores é mais indicada, por ser mais natural”, explica Marisa Lopes. *A youtuber é categórica quando o assunto é cor de fundo. “Base com tom rosado é melhor evitar nas peles negras, pois a tendência é deixar a cútis com uma cor acinzentada, o que não é legal para o resultado do make”, avisa ela. *Outro ponto importante: como a pele negra tem uma tendência a ter manchas com tons diferentes, por conta de mais ou menos concentração de melanina em determinadas áreas, o ideal é o uso de uma base de média a alta cobertura, de maneira que ela fique com uma cor homogênea. As versões de leve cobertura, geralmente não uniformizam o tom da cútis como deveriam, deixando alguns sinais em evidência na maquiagem para pele negra. Passo a passo da maquiagem para pele negra Com a pele uniforme e iluminada e um contorno impecável, basta aplicar um lip balm nos lábios, com uma cor levinha (ou nem tanto, depende da preferência de cada uma) e uma máscara poderosa para cílios. Pronto: cútis corrigida, rosto iluminado e com ar de saúde. “Esse é um look incrível para qualquer ocasião. Pode usar sem medo de errar”, sugere a youtuber Marisa Lopes, que a seguir ensina passo a passo todos os detalhes desta maquiagem para pele negra (veja o tutorial no final do post). Vamos lá!   Sobre a pele limpa, aplique um hidrantante. Agora passe um primer na zona T (testa, nariz e queixo) e espalhe indo do centro para fora do rosto, com um pincel duo fiber.   Com um pincel próprio, aplique uma base de média a alta cobertura em todo o rosto.    O corretivo pode ser aplicado também entre as sobrancelhas, em cima do “coração” do lábio superior e no queixo. Em seguida, espalhe com uma esponjinha para deixar o efeito bem fluido. Para fazer o contorno facial, aplique o pó mais escuro ona região que “circunda” as maçãs. Aplique com um pincel fofo com a ponta reta e espalhe com uma esponjinha. O que restar de produto, aplique no contorno da testa, indo de uma têmpora à outra, na região rente ao cabelo.   O pó matificante que sobrar na esponjinha, passe no ossinho do nariz, partindo da área entre as sobrancelhas. Selar a maquiagem faz com que ela dura em boas condições por mais tempo. Para evidenciar ainda mais o contorno, com um pincel de blush, aplique o mesmo pó mais escuro que a pele na área que circunda as maçãs do rosto e no contorno da testa.. Aplique o blush na região mais alta das maçãs – dê um sorrisinho e passe na área volumosa, tomando o cuidado de dar uma suave misturada com o produto aplicado para fazer o contorno. Para finalizar, passe camadas generosas de máscara preta nos cílios. Nos lábios, use um batom líquido claro com um fundo roxinho, se o make for para o dia. Caso seja para noite, ouse mais com os tons vermelhos e suas nuances ou um belíssimo batom marrom, bem harmônico com a tonalidade da pele.   10 dicas para arrasar no visual No caso da Marisa, ela usa um tom de base mais escuro, porque o seu rosto é mais claro do que o corpo, assim ela evita que haja uma diferença de tonalidades, especialmente em relação ao pescoço e colo, para não correr o risco de ficar deselegante. Para selar a pele é preciso testar alguns tons e tipos de pó. Marisa diz que, dependendo do pó translúcido, pode acontecer de deixar a cútis levemente esbranquiçada, o que na maquiagem para pele negra resulta em um efeito artificial, puxado para o acinzentado. Marisa utiliza um pó que tende para o amarelo, conhecido como pó banana. “Acho que supercombina com o tom da minha pele, mas cada uma tem que testar o que fica melhor para si”, aconselha ela. Não é legal passar o pó banana no rosto todo, pois pode ficar muito claro. Para selar o rosto prefiro um pó da cor da minha pele, assim não tem erro de refletir no flash ou de deixar o visual mais claro. É importante que a base seja aplicada antes do corretivo. “Ela retira toda a luz e o contorno naturais da pele e o corretivo traz isso de volta”, destaca Marisa. Contorno para a pele negra é muito difícil de ser encontrado, principalmente em pó que é o mais sutil e elegante. “Mas quem não conseguir encontrar, pode se jogar nos cremosos que tem boas opções no mercado”, frisa a youtuber. Marisa, particularmente, prefere uma pele matificada. Mas para quem curte um efeito glow, ela sugere deixar o pó de lado e usar uma base mais hidratante — quando for finalizar, espalhe uma bruma fixadora com brilho suave. “Produz um efeito lindo na pele”, garante a expert. Na maquiagem para pele negra, o blush ideal deve ter dois tons: um malva (que pode até puxar para o roxo) e um “larajinha”. O primeiro é mais indicado para makes elaborados, perfeitos para a noite. Já o blush laranja é ideal para dar aquele toque de saúde durante o dia. Os tons mais indicados de iluminador para a maquiagem da pele negra são o dourado e o bronze. Tudo o que sair dessas nuances pode não ter o efeito glow desejado. O batom ideal para as negras é o vermelho bem fechado e escuro, como o vinho, o roxo ou o marrom, que deixa um efeito nude chiquérrimo nos lábios. Nesta maquiagem para pele negra, Marisa optou por não maquiar o côncavo dos olhos, mas ela garante que qualquer cor de sombra combina com a pele negra: para o dia a dia, tons de laranja, amarelo ou um marrom clarinho caem bem. Já para a noite, ela sugere roxo, preto um marrom-escuro – tons que deixam os olhos mais marcados. “Um rosa também fica lindo”, afirma.   Animada para se transformar numa maquiadora de sucesso e arrasar com as amigas? Faça o curso de maquiagem profissional do Instituto Embelleze: é rápido, reconhecido internacionalmente e já capacitou mais de 2 milhões de alunos.
> Leia mais
Os melhores truques de maquiagem para disfarçar imperfeições
Toda mulher, ao se maquiar, quer se sentir mais bonita e jovem, além de exibir um rosto iluminado, com um tom de pele uniforme. E, claro, também quer disfarçar os pontos que desvalorizam a beleza, como olheiras escuras, testa grande, nariz largo, papada... Quando não trabalhados, ou da forma errada, podem colocar o visual a perder, por mais incrível que esteja o make. Para conseguir um efeito impecável, basta lançar mão de truques de maquiagem poderosos. A seguir, confira as dicas para disfarçar imperfeições. Problema  - Olheiras escuras De acordo com Stefany Barros Ribeiro, instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas (GO), geralmente a região das olheiras tem, por natureza, três pigmentações: fundo de cor arroxeada/azulada, avermelhada ou amarronzada, dependendo do tom de pele de cada pessoa. Stefany conta que, nesse caso, o truque de maquiagem deve seguir os princípios da colorimetria. Para isso, basta usar o círculo cromático, ou seja, as cores complementares que estão opostas na circunferência cromática universal – elas conseguem se anular quando colocadas juntas. Solução – “Para disfarçar o tom arroxeado da pálpebra inferior, a cor ideal do corretivo é o amarelo; e se a olheira tiver uma tonalidade azulada, o produto ideal para corrigir deve ser laranja, puxando para o coral”, explica a professora. “Para as peles morenas, o corretivo mais indicado é o laranja ou o salmão”, ensina Stefany. Na prática: o certo é usar o corretivo antes da base para já neutralizar o tom da cútis. Depois, aplique a base e, na sequência, siga o processo normal de preparação da pele. Anote outros truques preciosos... Finalize com um corretivo natural. Mesmo tendo disfarçado a cor da olheira com o corretivo colorido, passe a base, finalize a correção da pele aplicando um pingo de corretivo da cor exata da sua pele e espalhe dando leves batidinhas com o dedo. Mas não arraste o produto, deposite-o dando as batidinhas para garantir um efeito mais natural e duradouro, em direção à raiz dos cílios e ao ossinho das maçãs do rosto. Prefira a versão líquida dos corretivos. Os cremosos e em bastão geralmente têm uma consistência mais grossa que tende a deixar as linhas de expressão ainda mais evidentes, tendo efeito contrário, já que a ideia é disfarçar os sinais. Super truque de maquiagem, não é mesmo? Para saber a quantidade certa de produto. Aplique o corretivo aos poucos e vá observando o resultado da camuflagem, se a região continuar destoando do tom do rosto, siga em frente e adicione mais um pouquinho, sempre com cuidado para não extrapolar na quantidade. No caso de notar a região muito marcada, vá com calma e se for preciso retire levemente um pouco do produto, pois isso indica que a cobertura está exagerada. Pó translúcido para finalizar. Dê uma selada na cobertura com pó translúcido solto sem cor, aplicado com um pincel pequeno e fofo (depois de tocar o pó com o pincel, retire o excesso de produto na palma dão mão antes de levá-lo ao rosto para evitar exageros, aplique na região das olheiras e maçãs do rosto). Esse truque de maquiagem além de deixar o resultado mais natural garante um efeito duradouro, sem precisar de retoques.   Problema - Papada O volume embaixo do queixo pode ser hereditário ou consequência de ganho de peso. Seja qual for a origem, sim, é possível tornar essa região menos visível só com truques de maquiagem. Solução – “O disfarce mais indicado é um contorno com pó ou base com dois tons mais escuros que a cor da pele. Utilizando um pincel próprio para esses produtos, realce a linha da mandíbula fazendo um contorno de orelha a orelha, caprichando embaixo do queixo”, ensina Stefany. O truque de maquiagem disfarça bem o volume excessivo da região. Ah, não se esqueça de finalizar esse efeito com um pó compacto ou translúcido (conforme sua preferência) da cor da sua pele para dar o acabamento natural.   Problema  - Manchas Elas podem ser crônicas, como o melasma (escuras e geralmente na testa, nas bochechas e no buço); tipo rosácea, uma disfunção de melanina que deixa a tez com um tom rosado; ou temporárias, como espinhas, cravos e cicatrizes recentes de acne. Solução – O truque de maquiagem para a camuflagem das manchas segue o mesmo princípio do disfarce das olheiras: neutralizá-las com o corretivo certo. Sendo assim, o primeiro passo é identificar o tipo de mancha. Manchas avermelhadas (rosácea, espinhas) - Podem ser escondidas com um corretivo verde. Manchas arroxeadas (hematomas ou vasinhos aparentes) - São amenizadas com corretivo amarelo. Manchas marrom (melasma) - A cor-chave do corretivo para disfarçar é o amarelo. Manchas amareladas (origem diversa) – Neutralize com corretivo lilás. Manchas acinzentadas (processos cicatrizantes) – Podem ser camufladas com corretivo na cor salmão, que funciona divinamente nas peles claras. Nas peles mais morenas e negras, o mesmo problema pode ser disfarçado com um corretivo salmão intenso, puxando para o laranja.   Pele uniforme e luminosa Depois de aplicar o corretivo ideal, use uma base no rosto inteiro. Em seguida, por cima de cada mancha camuflada, coloque um pingo de corretivo da cor exata da pele (com a ponta do dedo, em leves batidinhas). Isso vai uniformizar ainda mais o tom da cútis. Para dar o acabamento, sele todas essas camadas de base e corretivo com um pó translúcido solto, transparente, que precisa ser espalhado suavemente com um pincel bem fofo. O top maquiador Marcos Costa (SP) tem um truque de maquiagem superútil para evitar o excesso de produtos corretivos de pele. “Se alguém elogiar sua base, corra e lave o rosto! O que tem de aparecer é o resultado sutil da maquiagem bem-feita e não o produto”, enfatiza o expert.   Problema - Rugas Esse é o terror de nove entre dez mulheres. As rugas pesam o semblante e são (sim!) sinônimo de uma aparência envelhecida. Mas como para tudo tem um jeito, a dica de ouro aqui é evitar o exagero de make e optar por texturas leves; caso contrário, base e corretivo ficarão acumulados nos vincos realçando ainda mais o problema. Socorro, nem pensar! Solução – “Evite alguns tipos de produtos, como bases muito secas e de alta cobertura. Cosméticos mais emolientes, que trazem sensação de hidratação e com cobertura (textura fluida), são os mais indicados. Um leve efeito cintilante também ajuda a disfarçar os sinais pela ilusão de ótica que promove”, pontua Stefany, do Instituto Embelleze. “Para selar a pele, escolha um pó solto (jamais um pó compacto), pois ele é fino e favorece um acabamento mais leve”, ensina Stefany, que também enfatiza a importância da hidratação da pele, tanto no dia a dia quanto um pouquinho antes de começar o make. “Quem tem mais linhas de expressão, geralmente possui a pele seca e sem viço e mantê-la hidratada pode amenizar essa característica”, justifica a expert.    Problema - Rosto largo, bochechas grandes, testa grande ou nariz “batatinha”. Todas essas regiões têm uma característica em comum: formação óssea proeminente. De acordo com a instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas, o truque de maquiagem para disfarçá-las e tornar o rosto mais harmônico é trabalhar o contorno dessas áreas com pó compacto ou base com dois tons mais escuros que a cor natural da pele. Solução – “Geralmente o rosto largo tem a mesma proporção entre as laterais da testa e a mandíbula, nesse caso aplicamos o contorno nessas extremidades para disfarçar o desenho largo e quadrado. Para amenizar o volume das bochechas, o contorno deve ser aplicado na cavidade baixa das maçãs em direção à linha da boca, o que dá profundidade à região e, assim, disfarça o problema”, entrega Stefany. Já a testa grande é facilmente suavizada com este truque de maquiagem: faça o contorno mais escuro nas têmporas e laterais da testa em direção ao cabelo – tudo muito sutil. O “nariz batatinha” pode parecer mais arrebitado e fino, aplicando o pó escuro nas laterais, com um pincel de sombra, indo desde o canto interno da sobrancelha até a base da narina. Para afinar o nariz inteiro, é só passar o pó escuro também na pontinha do nariz e esfumar bem. Feito isso, aplique um iluminador na linha central (ossinho) do nariz, mais ou menos do meio até a ponta. Agora que você já virou uma expert nesses truques de maquiagem, que tal aprimorar a sua habilidade num curso de maquiagem profissional? Você pode usar os seus conhecimentos em você mesma, nas amigas, como empreendedora e dona do próprio negócio de maquiagem! Informe-se sobre a capacitação em uma das unidades do Instituto Embelleze, que tem várias histórias de sucesso — uma delas pode ser a sua!
> Leia mais
Guia de cores de cabelo 2019
Embora a coloração do cabelo da atriz Juliana Paes esteja fazendo o maior sucesso, os castanhos não reinam absolutos nesta estação. Também são destaque as cores de cabelo loiro, vermelho e preto. Outra novidade são as luzes marcadas em tons que contrastam aos de base para iluminar o visual. Há opções para quem prefere nuances naturais, exóticas, suaves ou intensas. Animada para mudar o visual? Então preste atenção neste conselho: quem vai fazer uma mudança radical ou quer dar um efeito especial aos fios nunca deve arriscar a tingir o cabelo em casa. Procure um profissional qualificado para avaliar as condições das suas madeixas e determinar a melhor técnica para realizar a transformação sem danos, ok? Só para ter uma ideia dos perigos, se a estrutura capilar estiver muito danificada ou porosa, a nova coloração pode ficar manchada, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento do que outras. É importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Conheça a seguir as cores de cabelo que vão atualizar a sua aparência e tudo o que é necessário levar em conta na hora de sugerir uma transformação para a sua cliente, se você é cabeleireiro profissional. Loiros em alta Clarear o cabelo é ainda mais arriscado sem a supervisão de um cabeleireiro — os castanhos, por exemplo, podem ficar alaranjados! Outro cuidado para quem pretende ficar loira é fazer retoques mensais para deixar o loiro luminoso. Além disso, usar no dia a dia um xampu antioxidante para o tom não ficar esverdeado ou amarelo. Uma vez por semana aplique uma máscara hidratante para evitar a secura. Escolha agora um loiro para chamar de seu... Manteiga ou neutro Nem platinado, nem escuro quente: o loiro do inverno que já conquistou famosas, como Sophie Turner, Jennifer Lawrence, Hailey Baldwin, Elsa Hosk e Khloe Kardashian, está próximo do bege, areia, nude e perolado. “É o meio do caminho entre o loiro platinado e o loiro escuro. Para alcançar o perfil neutro, é feita uma combinação de nuances quentes e frias. A fusão resulta em um visual sofisticado, com muita luminosidade”, explica Jackson Nunes, hairstylist do In Beauty Luxury, em Campinas (SP). Além de dar um aspecto moderno e delicado, as cores de cabelo neutras valorizam todos os tipos de pele e não exigem muita manutenção, uma vez que as técnicas de coloração visam deixar um efeito de clareamento natural dos cabelos.   Fotos: Reprodução   Platinado Os fios claríssimos, quase brancos, com fundo acinzentado (também chamados de loiro frio ou gelo), são tendência. A opção é perfeita para quem já tem o cabelo descolorido. Para o resultado ficar bonito, o ideal é manter a raiz escura e criar uma transição bem esfumada. Essa técnica também ajuda a diminuir a necessidade de retoques. Depois da coloração é fundamental aplicar xampu roxo, que possui concentração de pigmento violeta: ele neutraliza reflexos indesejados e mantém o platinado radiante.  Fotos: Reprodução/Pinterest e Shutterstock   Loiro mel Quem já é loira ou tem fios castanho-médio pode conquistar facilmente o loiro mel da temporada. No caso de fios mais escuros, é necessário descolorir e depois tonalizar para atingir o resultado, o que acaba danificando muito o cabelo. A tonalidade mais quente pode ser aplicada por igual em toda a cabeça ou aparecer em mechas sutis, com a raiz esfumada. Assim não dá para perceber onde o clareamento começa.  Foto: Shutterstock   CASTANHOS CHIQUES O castanho e suas variantes caem bem em todos os tons de pele, das branquinhas às morenas, e combinam tanto com o inverno quanto com o verão. Nesta estação eles estão mais badalados do que nunca, graças à tendência dos tons terrosos. Pintar as madeixas de castanho não tem segredo, mas caso você se sinta segura para dar um passo além da coloração uniforme, pode testar a técnica da marmorização. Ela ilumina as mechas que emolduram o rosto e outras, no meio do cabelo, quebram o visual chapado. Confira os castanhos que são trend entre as cores de cabelo da moda — um deles está no vídeo de antes e depois, no final deste post, realizado pelo professor Mychael Alcântara, do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP). A transformação foi inspirada no castanho desejo da atriz Juliana Paes na novela A Dona do Pedaço.  Castanho terroso Os tons do deserto são a opção perfeita para deixar o cabelo loiro-escuro mais quente e glamouroso. A ideia é usar alguns marrons para ressaltar vários pontos de luz em toda a cabeça. E foi o que o cabeleireiro Felipe Freitas, do FIL Hair & Experience, fez na atriz Juliana Paes, a Maria da Paz de A Dona do Pedaço. Ele aplicou as tonalidades terrosas com a técnica balayage, que cria mechas finas por quase todo o cabelo. Foto: Divulgação   Caramelo Essa versão iluminada da cor pode tingir luzes no cabelo castanho-claro, médio ou escuro, porque não cria um contraste muito marcante. É perfeita para ressaltar a cor de base.  Foto: Reprodução/Pinterest   Chocolate Quer continuar morena? O chocolate é a sugestão ideal para quem deseja sair do preto, mas sem cair no loiro. Para a cor de cabelo ficar glamourosa, intercale mechas marrons de tonalidades mais claras com escuras.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Cold brew coffee A inspiração para essa nuance é uma bebida de mesmo nome, um café gelado com aparência semelhante ao refrigerante de cola. A coloração é um castanho com um pouco de vermelho e mogno. O cold brew dá um efeito iluminado lindo e sofisticado ao cabelo escuro.   Fotos: Reprodução/Pinterest   PRETO MARCANTE A tonalidade mais escura da cartela de cores de cabelo volta à cena depois de décadas. Como se fixa bem em fios claros, como castanhos e loiros, o preto tem alto poder de cobertura. No entanto, se você tem luzes ou mechas, o recomendado é descolorir antes para que o preto fique uniforme. Veja qual é o matiz de preto que está em alta... Preto azulado Essa tonalidade clássica volta à cena depois de décadas! Ela tem reflexos acinzentados e, por isso, ganha o aspecto azul, principalmente sob o sol. O cinza acaba deixando a cor fria e mais intensa que o preto natural, o que também evita que os fios desbotem para o vermelho. A numeração 1 depois do ponto indica que o reflexo é acinzentado, ok?   Foto: Reprodução/Pinterest   RUIVOS E VERMELHOS Os pigmentos avermelhados são partículas grandes que têm dificuldade de se instalar dentro do fio. Eles acabam se fixando superficialmente e se desprendem com mais facilidade. Por isso, cabelo vermelho se torna gradativamente loiro-dourado ou alaranjado com as lavagens. Anote os cuidados: não lave os fios mais do que três vezes por semana, use xampu neutro, não esfregue o cabelo molhado com intensidade na toalha e invista em produtos especiais para ruivos e vermelhos, que realçam mais a cor. Fique por dentro das principais tendências de cores de cabelo!  Blorange ou ruivo pessego Ousado, o tom alaranjado com nuances de rosa e dourado já fez a cabeça de muitas mulheres. É uma cor de cabelo fantasia, perfeita para quem busca uma transformação radical. Para conquistá-la, o primeiro passo é descolorir os fios.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Ruivo acobreado Para alcançar o tom, esqueça as nuances de vermelho e laranja. O pulo do gato é manter o seu fundo de cabelo natural e matizá-lo com reflexos acobreados. A técnica pega melhor em quem é loira ou tem cabelos castanhos-claros.     Foto: Reprodução/Pinterest   Vermelho carmesim Forte, brilhante e profundo, esse vermelho não é nada discreto. Cabelos do castanho ao preto necessitam de descoloração seguida de tonalização. Diminuir a frequência das lavagens é essencial para segurar o tom.   Foto: Shutterstock   Técnicas para aplicar as cores de cabelo da moda Os métodos de aplicação das tinturas vão se aperfeiçoando e mudando conforme as tendências em alta. Conheça o que vem por aí... Luzes marcadas O que antes era tido como artificial agora é moda. As luzes bem marcadas, especialmente na parte da frente do cabelo, ajudam a iluminar o visual. Esfumado degradê A técnica é indicada para quem quer clarear o cabelo sem radicalismo, já que a raiz fica mais próxima da cor natural e vai clareando gradativamente pelo comprimento até as pontas. A combinação de luz e sombra realça o movimento do cabelo e tem a vantagem de exigir menos retoques. Ombré hair Perfeita para ser feita na coloração loiro mel da moda, o ombré ilumina apenas as pontas dos fios. Haircontour É um método inspirado na famosa maquiagem de contorno e funciona como uma moldura, feita de acordo com o formato de rosto de cada mulher. Alguns pontos da cabeça são iluminados (com técnicas de clareamento à mão livre — hands free) e outros são sombreados (com tinturas ou tonalizantes escuros). Se você quer disfarçar a testa grande, evite descolorir os fios da raiz próximos à área. Quer valorizar o bocão? Faça um degradê de luzes a partir das têmporas.        
> Leia mais
Como tratar a caspa
Barba, cabelo, bigode e sobrancelha. É muita tentação para os floquinhos brancos... Brincadeira à parte, o que torna mesmo os homens mais suscetíveis à caspa não é a quantidade de pelos. Na verdade, as causas são desconhecidas, mas dermatologistas e terapeutas capilares, por suas experiências clínicas, já conseguem tirar como base alguns fatores que indicam o aparecimento da dermatite seborreica, nome clínico da caspa. Os motivos são diversos: sabe-se que alterações hormonais, estresse, água muito quente, clima seco, frio e mudanças bruscas de temperatura agravam o quadro. E, para piorar, outros dois fatores bombásticos: o primeiro é fisiológico — os homens tendem a ter a pele e o couro cabeludo mais oleosos e os fungos da caspa fazem a festa, pois se alimentam dessa oleosidade —; e o segundo fator é social, a maioria dos homens negligenciam a ida ao dermatologista, assim o caso se intensifica e fica cada vez mais difícil saber como tratar a caspa (ou preveni-la). Os ombros não mentem Depois da calvície, a principal reclamação dos homens é a caspa. Você que é profissional já deve ter percebido na bancada da barbearia. Não é para menos, os floquinhos brancos atingem 40% da população mundial, sobretudo o sexo masculino. Geralmente, os sintomas — entre eles vermelhidão, irritação do couro cabeludo e, por fim, descamação da pele que é o que caracteriza a caspa — vêm acompanhados de coceira e bastante incômodo, além do aspecto visual dos pontinhos claros nos cabelos e pelos do rosto e também nas roupas – fato bastante desagradável. Detalhe: as consequências não param por aqui, quando não tratado adequadamente, o quadro pode evoluir e levar à queda capilar – é isso que os clientes precisam entender para terem uma noção plena dos riscos que correm e assumirem a responsabilidade de tratar a caspa no seu cotidiano. Portanto, barbeiro profissional, recomende ao seu cliente que não subestime o problema achando que é algo do dia a dia — quanto antes for tratado, melhor. É nessa tecla que o profissional precisa bater. Por isso, ao menor sinal dos sintomas, oriente a clientela para que lance mão de alguns cuidados adequados que inibem a proliferação do fungo, e já enfatize o quanto é importante fazer deles bons hábitos. A seguir, listamos algumas dicas preciosas que fazem grande diferença no controle da dermatite seborreica. Se for o caso, aproveite o inverno, época de maior incidência do problema, e faça panfletos com as orientações sobre como tratar a caspa e deixe no balcão do caixa da barbearia. Ou, então, envie as recomendações por whatsapp ou e-mail. Pode ter certeza de que a sua clientela vai curtir e se sentir valorizada. Confira! COMO TRATAR A CASPA Fique longe de água quente Lave o cabelo com água morna ou fria, pois a temperatura alta estimula a produção de oleosidade e favorece a formação de caspa. Vale fazer um esforcinho nesse sentido, porque a água quente contribui demais para o surgimento dos pontinhos brancos. A lavagem perfeita Além da temperatura da água, que precisa estar morna ou fria (ah, assim como a quente, a água gelada também é proibida!), a maneira de lavar o cabelo faz toda diferença para quem está em pleno processo de como tratar a caspa. Alguns cuidados preservam a região irritada de um desgaste maior. *“O cabelo deve ser lavado suavemente, obedecendo a direção do crescimento natural dos fios, nunca ao contrário. É bom evitar movimentos circulares e com muita pressão também. Na barbearia, por exemplo, quem se responsabiliza por essa etapa, não pode ter unhas grandes e deve sempre utilizar a polpa da ponta dos dedos”, aconselha o tricologista Luciano Barsanti, presidente da Sociedade Brasileira de Tricologia. Todos nós sabemos que o ritual de lavar o cabelo na barbearia hoje em dia, assim como todo o período de permanência do cliente nesse espaço, é um momento de relaxar, mas que requer técnica. “Quem não gosta de uma bela drenagem ou massagem capilar? Porém, todo cuidado é pouco. O excesso de estímulo na região do couro cabeludo – e em outras áreas afetadas, como a barba, por exemplo, – pode aumentar a produção de sebo e agravar o problema, além de atrapalhar o ‘projeto como tratar a caspa’. Em fios muito oleosos é melhor que o profissional evite massagens”, aconselha a terapeuta capilar com MBA em cosmetologia Sheila Bellotti, do Rio de Janeiro. Para finalizar, uma dica básica, mas fundamental: é importante utilizar um xampu de acordo com o tipo de fio e condições do cabelo, como os tingidos, cacheados, muito oleosos, secos demais... Nunca durma com os fios úmidos Isso é expressamente proibido! A umidade e o “ambiente” abafado do travesseiro são as condições ideais para a proliferação de fungos e bactérias. Se for inevitável lavar o cabelo à noite, seque-o completamente antes de se deitar, com o jato do secador morno ou frio, nunca quente (o princípio é o mesmo da água, para não estimular a formação de sebo). De olho no xampu adequado Esse é um fator que exige atenção redobrada e tem relação direta com a intensidade e o estágio do problema. Um homem que ainda não está com os sintomas, mas tem propensão à dermatite seborreica, sobretudo com a chegada do inverno, deve usar um xampu neutro ou natural à base de camomila, babosa, mirra ou eucalipto, ingredientes refrescantes e calmantes. No caso da descamação já estar instalada, é indicado o uso dos xampus anticaspa, que contêm peritionato de zinco, o ciclopirox olamina ou cetoconazol na formulação. Agora, uma superdica para aqueles homens que têm costume de usar xampus adstringentes ou anti-resíduos a fim de controlar a oleosidade natural: eles ressecam muito a pele e o couro cabeludo, provocando o efeito rebote, isto é, favorecem a descamação e, ainda por cima, estimulam mais a produção de sebo. Uma alternativa, para aliviar os fios sobrecarregados de oleosidade, é utilizar os xampus adstringentes mais suaves, aqueles indicados para cabelo oleoso. Boné: use com moderação Você é daqueles que não dispensa um boné? E quando não dá para ir com ele, providencia logo um chapéu ou boina? Então, está mais do que na hora de se desvencilhar desse hábito. Parece bobagem, mas esses acessórios são mais prejudiciais do que parece. Eles abafam os fios e, dessa forma, deixam o couro cabeludo com oleosidade e suor, sem poder respirar, ou seja, o ambiente é perfeito para a proliferação da caspa. O ideal é usar a peça em dias alternados ou a cada dois dias e caprichar na higiene nos dias em que optar pelo uso, deixando o cabelo secar completamente, claro. Nada de receitas caseiras Sugestões que envolvem a aplicação de produtos, como vinagre, limão, gotinhas disso ou daquilo, não têm nenhuma comprovação de benefício. Outra coisa que é melhor não fazer: usar produtos abrasivos para higienizar, porque irritam ainda mais o couro cabeludo. Nenhum ingrediente da geladeira, fruteira ou dispensa pode solucionar o problema. Todos podem, sim, implicar em algum risco. Não exagere nos condicionadores e finalizadores Está comprovado que o condicionador é indispensável na rotina dos homens. Isso mesmo, o produto não é um item opcional, ele deve fazer parte da rotina dos meninos, pois além de ajudar a selar as cutículas dos fios (abertas pelos ativos do xampu) é um cosmético que auxilia na hidratação. Reduzir o uso de cremes, finalizadores em gel e pomadas também ajuda, uma vez que esses produtos contribuem para o aumento da oleosidade do couro cabeludo. Alimentação sob controle Já que uma das causas da caspa é a oleosidade da pele, é natural que os alimentos ricos em gordura sejam evitados nos períodos de crise para não piorar o quadro. Vá com calma no happy hour Tá começando a parecer tortura, mas é verdade. Tomar aqueles drinks com a galera no final do expediente pode ser outro fator estimulante das glândulas sebáceas, o álcool ajuda a produzir mais sebo.   CASPA NA SOBRANCELHA? Acredite, não é raro que os floquinhos apareçam nessa região. A maneira mais fácil de identificar se é mesmo caspa é observar manchas rosa ou vermelha com escamas na pele, que tendem a ser oleosas em vez de suaves e brancas. Nesse caso, para saber como tratar a caspa, o ideal é orientar agir exatamente como se fosse com o couro cabeludo – limpar suavemente a área afetada com um pingo de xampu anticaspa. Isso mesmo! O produto tem ativos próprios para combater o fungo da dermatite seborreica e contém ingredientes que acalmam a inflamação. Depois, para evitar qualquer acúmulo, é indicado aplicar um hidratante não oleoso sobre as manchas secas ou escamosas.No mais, siga os mesmos princípios de quem tem pele com acne (e não deve espremer espinhas): Manter os dedos longe das sobrancelhas. Tentar remover os flocos de uma área já inflamada só vai piorar a situação. A ordem é evitar substâncias como o ácido glicólico, peróxido de benzoíla, medicamentos para acne ou cremes antienvelhecimento, que causam ainda mais irritação. De um modo geral, é a mesma conduta de como tratar a caspa do couro cabeludo, com pouquíssimas particularidades.   BARBEIRO, TENHA UM PAPO RETO COM O SEU CLIENTE Apesar da caspa ser um problema aparente, sobre o qual tanto o profissional quanto o cliente sabem que existe, é importante falar a respeito. Portanto, barbeiros e auxiliares, a primeira providência a tomar é trocar uma ideia com o cliente assim que se deparar com o menor sinal de algum sintoma: oleosidade excessiva, coceira, vermelhidão, descamação e, óbvio, os próprios floquinhos brancos. Isso para que ele, antes de qualquer coisa, possa saber como tratar a caspa e, em segundo lugar, não pense que está tudo sob controle. Como é um assunto delicado e, de certa forma, constrangedor, é preciso cautela e franqueza para lidar com o tema no dia a dia da barbearia, sem que isso se torne um drama. “Basta ter jeito e educação, mas jamais permanecer calado diante de um fato desses, pois o problema pode se agravar”, ressalta Luciano Barsanti. E, como a maioria dos distúrbios dermatológicos, as chances de controle são bem maiores quando o tratamento é feito na fase inicial. Além dessa saia justa, existem outras que rondam o tema como, por exemplo, a responsabilidade de resolver o problema. Por isso, é bom deixar claro se o cliente insistir num tratamento mais profundo na barbearia (por falta de tempo ou de dinheiro para ir a um especialista): o profissional de estética não tem obrigação e nem conhecimento para resolver esse tipo de disfunção. O que os profissionais da barbearia podem fazer é alertar o cliente diante de qualquer alteração, como oleosidade e queda excessivas, descamações, entre outras. Cabe a eles sim, orientar o homem a procurar uma ajuda específica de um médico ou terapeuta. Inclusive, essa atitude consciente agrega valor ao serviço oferecido pela barbearia, que será vista como uma empresa séria e comprometida com a saúde dos clientes que vão poder saber como tratar a caspa.   Gostou das dicas? Você pode aprender muito mais nos cursos do Instituto Embelleze. Além do curso Barbeiro Academy Hair, o Instituto oferece cursos profissionalizantes de designer de cílios e de sobrancelhas, cabeleireiro, manicure e pedicure, depilação, maquiagem, massagem relaxante, biossegurança e gestão em salão de beleza e especialista em cachos. Todos com certificado para você seguir uma carreira autônoma e conquistar o sonho de ser dono de um negócio próprio!  
> Leia mais
Tutorial de maquiagem de casamento
Você foi convidada para um casamento ou é até a madrinha e tem dúvidas sobre o make... Juntamente com o penteado, a maquiagem de casamento é um dos pontos mais importantes da produção, pois além de ter que combinar com o seu estilo, deve valorizar a sua beleza, sem deixá-la com aparência artificial. Há dois cuidados essenciais na hora de se maquiar: preparar bem a pele e acertar na escolha das cores. Carregar demais a maquiagem é um perigo que você deve fugir: menos é mais, sempre! Não exagere nunca. Lembre-se: se focar o make nos olhos, neutralize a boca e vice-versa. Deixe o brilho e as tonalidades intensas para a noite e aposte em nuances suaves para o dia. Combine tudo com o seu tom de pele e não queira chamar mais atenção que a noiva! Quem tem pele negra ou morena não deve tentar clareá-la com base ou pó. Valorize a sua beleza escolhendo produtos que iluminam o seu rosto. No passo a passo a seguir (veja o tutorial no final do post), a youtuber Letícia Ruiz mostra em detalhes como fazer uma maquiagem linda, que destaca o olhar, e que combina com qualquer visual. Se a festa for diurna, evite aplicar cílios postiços, ok? Vamos lá! Passo a passo maquiagem de casamento 1- Prepare a pele com base no seu tom. Agora faça um make de contorno com uma base dois tons mais clara, aplicando-a nos seguintes pontos: entre as sobrancelhas, nas olheiras, na parte superior do nariz, logo acima do V dos lábios, no queixo e nas laterais em direção aos maxilares. Deposite essa base com um pincel kabuki, dando leves batidinhas. Sele a base espalhando em todo o rosto um pó facial translúcido, o que vai ajudar na durabilidade da maquiagem. Com um pó marrom escuro (pode ser um blush), marque a região logo abaixo do osso das maçãs do rosto. Esse truque é ótimo para afinar a face. Passe o pó escuro também nos maxilares, no topo da testa próximo à raiz dos fios e nas laterais do nariz. 2 - Hora do blush. Dê um leve sorriso para definir a parte alta das maçãs do rosto e aplique o produto nessa área em direção às têmporas. 3 - Com um pincel de esfumar, espalhe na parte alta das maçãs um pouco de iluminador. Aproveite e dê um toque também no centro da parte superior dos lábios e na ponta do nariz. 4 - Acerte as sobrancelhas ou corrija falhas com uma sombra específica.  5 - Com um pincel língua de gato, aplique corretivo sobre as pálpebras e no contorno das sobrancelhas. Isso ajuda na fixação da sombra e também ressalta a sobrancelha.     6 - Com pó solto, sele as pálpebras.   7 - Com um pincel de esfumar, aplique um blush ou uma sombra laranja nos cantos externos dos olhos, subindo em direção ao côncavo.   8 - Com um pincel chato, de cerdas curtas, aplique o mesmo laranja nas pálpebras inferiores, rente aos cílios.   9 - Usando uma sombra rosa de tonalidade quente, reforce a marcação dos cantos externos dos olhos e ligeiramente o côncavo, fazendo um degradê entre o laranja de base e o rosa. Isso dá um ar mais profissional ao make.   10 - Nos cantos internos dos olhos até o centro das pálpebras, deposite uma sombra pigmento perolada. Além de iluminar o olhar, ajuda a esconder qualquer imperfeição. Faça uma linha fina, bem rente à linha dos cílios, com delineador em gel ou caneta. O traço começa mais fino e termina um pouquinho mais grosso.   11 - Dê volume aos cílios com máscara preta e, se desejar, alonge e aumente ainda mais os fios colando cílios postiços.   12 - Para fixar a maquiagem, aplique um spray fixador apropriado em todo o rosto. Finalize o make com um batom marrom terroso.
> Leia mais
COQUE ALTO: COMO FAZER O PENTEADO BÁSICO E PARA FESTA
O coque alto, ou top knot, como é chamado lá fora, foi o escolhido pela atriz Zendaya para glamourizar no Oscar 2019. Ela optou por uma versão bem minimalista, ou seja, com o cabelo bem puxado para cima e num torcido simples. Mas não foi só ela que exibiu o penteado na festa: a atriz Laura Harrier também surgiu com o coque no topo, porém num look mais romântico, com divisão central e fios soltos nas laterais do rosto; e Lady Gaga apostou no top knot vintage, com referência no coque-banana. Mais recentemente, a marca Chanel fez do coque alto o penteado único das modelos que desfilaram na semana de moda-inverno de Paris. Totalmente inspirados nos anos 60, as torções não tinham acabamento impecável para parecer bem fashionistas. Seja qual for a aparência dos coques — bem enroladinhos ou “desabados” —, uma coisa é igual para todos: cabelo puxado para cima, bem no centro do topo da cabeça. A vantagem do penteado, é que ele pode ser feito em qualquer tipo e textura de cabelo, não tem restrição de idade e vai do básico ou despojado ao sofisticado num piscar de olhos. No dia a dia, é uma ótima opção para variar com o rabo de cavalo. Coque alto básico O look do dia pode ser despojado e ter até um aspecto bagunçadinho. 1.    Com uma escova, puxe todo o cabelo para cima e prenda a mecha com um elástico fino (pode ser do tipo silicone). 2.    Se o seu cabelo é crespo ou cacheado, simplesmente enrole a mecha do rabo em volta do elástico e prenda com grampos escondidos. Não se preocupe em deixar um acabamento perfeito do torcido. 3.    Se o seu cabelo é liso ou fino, dê uma encorpada nos fios do rabo, desfiando-os com pente-fino ou aplicando um spray de xampu a seco ou um beach wave. Em seguida, passe a escova superficialmente no cabelo e enrole-o fazendo o coque. 4.    Jogue um pouco de spray fixador na frente e nas laterais do penteado e passe as costas do pente-fino sobre os fios para eliminar frizz e dar um acabamento melhor. 5.    O seu coque básico pode ser bem apertadinho ou com a raiz mais frouxa, você decide. Também pode ser enrolado com todos os fios no lugar, parecer “podrinho” ou ser inspirado no coque nó. Inspire-se nestas propostas...     Coque alto para festa Para uma ocasião que exige glamour, como casamento e formatura, prefira um visual bem polido e charmoso. 1.    Antes de prender o cabelo no alto, aplique um pouco de mousse para ajudar a dar volume e textura aos fios e controlar o frizz. 2.    Penteie o cabelo para cima, com uma escova, puxando bem os fios. Prenda a mecha com elástico fino de silicone. Se você quiser uma aparência mais suave e delicada, antes de fazer o rabo alto, separa duas mechas laterais para deixá-las soltas contornando o rosto. 3.    Na hora de prender o rabo num coque, as opções para festa são várias. Você pode enrolar o cabelo bem rente ao elástico, sem deixar nada frouxo, formando um rolinho pontudo e alto. Pode fazer um rolo mais achatado, tipo donut. Há ainda a opção de dividir a mecha do rabo e criar rolos largos. Ou enrolar a ponta do rabo para dentro, apoiar o coque sobre o elástico e embutir tudo com grampos. 4.    Finalize borrifando spray fixador em todo o penteado. Inspire-se nestas propostas...     
> Leia mais
COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE
Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe! Comece com a limpeza da pele Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros. Aplique creme de barbear “Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok? Escolha navalha ou lâmina Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la. Faça o corte perfeito Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento. Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário. Use pós-barba Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações.      BARBEAR DA PELE SENSÍVEL Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.   Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.  
> Leia mais
Cabelo longo masculino: como usar
Está precisando renovar o corte? Que tal dar só uma bela repicada nas mechas e deixar os fios crescerem? A tendência masculina para outono-inverno aponta cabelo comprido para os homens! Nas semanas de moda internacionais, o destaque ficou para a cabeleira ao vento, compondo um visual bem despojado e despretensioso (veja algumas inspirações na galeria).   Diferentemente do que se viu nas ruas até agora — o longo preso por coque samurai ou trança — o cabelo masculino surge solto, com textura natural saudável. Isso quer dizer que os fios, mesmo estilizados com produtos, precisam parecer leves. Além disso, o longo da vez não é simplesmente crescido, ele tem corte para exibir o efeito da moda e pode ter franja. Siga as dicas para aderir ao look ou indicar para os seus clientes. Longo, bonito e saudável Antes de entrarmos no visual da moda em si, vamos falar de saúde. Afinal, o cabelo não cresce, ou não cresce bonito, se alguns cuidados não forem seguidos. “O uso constante de gel, pomadas e outros fixadores, influenciam diretamente na saúde dos fios e do couro cabeludo. Se não forem higienizados corretamente, podem acumular resíduos e provocar inflamação e descamação na pele e ressecamento e pontas duplas na fibra. Para o crescimento saudável é preciso fazer, a cada três meses, um detox capilar, que é uma limpeza profunda em toda a cabeça. Também é recomendado hidratações frequentes”, diz Diogo Rogério de Oliveira, orientador técnico pedagógico do Instituto Embelleze Grajaú e Cupecê (SP).  O ideal é se submeter a esses tratamentos com um profissional, no entanto, também dá para se virar em casa com xampu antirresíduos e cremes hidratantes. O corte comprido da moda O que se viu nas passarelas foi o cabelo crescido. Os modelos dos desfiles tinham fios longos que beiravam, no mínimo, o início ou o final da nuca, nada menor que isso. Como se fosse um cabelo que não é cortado há quatro meses. O especialista Diogo Rogério indica que uma boa pedida para fios de qualquer tipo (liso a encaracolado), que estão em processo de crescimento, é o corte de mecha móvel, em que se trabalha as pontas fazendo o uso de angulações. “Isso traz uma modelagem leve entre as camadas e movimento.” Já quando os fios estão grandes, o corte repicado em camadas desde o comprimento é ideal. Nessa técnica, se as camadas do topo da cabeça são cortadas mais curtas, o cabelo ganha volume; ao contrário, mais longas, evitam que os fios armem. O desfiado e com franjão também é uma opção e combina com todos os tipos de cabelo.   Sugestões de penteado Por mais que a tendência seja o cabelo com aspecto natural “nasci assim”, é com produtos de texturização que muitas vezes se consegue esse efeito. Porque daí o natural aparece sem frizz e com as camadas bem definidas. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz. Confira como estilizar seus penteados... *Pomada ou cera – Coloque um pouquinho na palma da mão, friccione até sentir aquecer e espalhe superficialmente nos fios secos, começando a modelar da parte de trás da cabeça para a frente. Deslize as mãos puxando os fios para baixo e valorizando o corte. Geralmente a pomada e a cera têm acabamento matte. Mantêm as mechas modeladas, porém maleáveis. Esses produtos são perfeitos para deixar o cabelo despojado, como pede a moda. Dão volume aos lisos e ondulados e definição aos cacheados e crespos. *Ativador de cacho – Basta aplicar no cabelo úmido e massagear cacho por cacho, apertando-os com as mãos, das pontas em direção à raiz. O resultado são mechas definidas, sem frizz e brilhantes. *Gel – Bom para os lisos repicados, o gel passado na cabeleira molhada garante que ela seque exatamente da forma que foi penteada, sem eriçar. Sendo assim, depois de colocar o cosmético na palma da mão e espalhar em todo o comprimento, deslize os dedos da raiz em direção às pontas para um visual liso e com pontas definidas. Se quiser ondular, passe um pente de dentes largos ou dê uma leve bagunçada jogando a cabeça para trás e para os lados. *Mousse – Recomendada para homens de cabelo fino e com pouco volume que querem ganhar o visual bagunçado. No cabelo úmido, distribua a mousse uniformemente em todo o comprimento, depois modele as mechas com a ajuda do secador.
> Leia mais
GLITTER E MECHAS COLORIDAS NO PENTEADO DE CARNAVAL
Para curtir linda a festa mais popular – e esperada do país – vale usar a imaginação e todos os recursos disponíveis na produção, tanto de maquiagem quanto de cabelo. No penteado de Carnaval, tiaras, faixas, laços, tintas coloridas e muito, mas muito glitter, são bem-vindos. Porém, se os produtos químicos não forem aplicados e retirados de maneira correta, aliados à exposição solar e à transpiração, podem deixar as suas madeixas danificadas ao fim do feriado. Quer desfilar despreocupada? Basta seguir as dicas de antes e depois da expert Mônica Arthur, instrutora do Curso de Cabeleireiro do Instituto Embelleze, na unidade do Rio de Janeiro.  Joga glitter! Item unânime quando a ordem é brilhar, o glitter é fundamental em qualquer fantasia de Carnaval. Mas a ideia não é pegar o glitter escolar e jogar no cabelo, hein? Você tem que usar o produto específico para maquiagem (de pele), assim não corre o risco de provocar irritações no couro cabeludo. “A melhor indicação é o glitter biodegradável. Além de não agredir a pele, beneficia o meio ambiente. Em vez de ser composta de plástico, que polui os oceanos e afeta a fauna marinha, essa opção é à base de ingredientes orgânicos”, diz Mônica. Na hora de aplicar Mônica ensina: “Tenha paciência, esfregar o glitter no cabelo não é a solução! Além de danificar a fibra capilar, a fricção pode fazer com que a purpurina impregne nos fios, o que dificulta muito a remoção”.   Depois da festa A retirada do glitter é simples e acontece em dois passos: Usando pedaços de fita adesiva, remova primeiro o excesso do brilho. Basta grudar e desgrudar a fita em toda a superfície, pressionando-a levemente, quantas vezes forem necessárias até limpar ao máximo. Em seguida, lave o cabelo com um bom xampu anti-resíduos e aplique condicionador em comprimento e pontas.   Chuva de cor Os sprays tonalizantes para cabelo também são uma grande aposta para compor penteados-fantasia. A maior vantagem desse tipo de produto é conquistar fios coloridos que voltam ao aspecto original com facilidade, sem a necessidade de nenhum descolorante. “O produto, formulado com pó colorido e gel fixador, pode parecer prejudicial por proporcionar uma textura seca, com fios de aparência enrijecida. No entanto, aplicado corretamente, não apresenta perigo”, explica a instrutora do Instituto Embelleze. Na hora de aplicar Basta modelar o penteado como desejar e, em seguida, borrifar o spray sobre os fios. Uma sugestão é dividir o cabelo em mechas e, em cada uma, jogar uma cor diferente. Aplique o produto a uma distância de 10 cm e espalhe-o uniformemente na mecha. Depois, você ainda pode arrematar dando acabamento à parte frontal com uma tiara brilhante, com pedras ou miçangas. A durabilidade da cor está vinculada à primeira lavagem do cabelo após o uso, ok? Depois da festa Retire o tonalizante com o seu xampu habitual ou com um xampu neutro, sem sal. Bastam uma ou duas lavagens. Na sequência, use o condicionador em comprimento e pontas.  “Por se tratar de um produto extremamente seco, a única ordem é não adiar a retirada do spray tonalizante. Deixá-lo no cabelo por muito tempo pode causar o ressecamento dos fios”, aconselha Mônica. O Carnaval acabou, e agora? Desfilar no bloquinho, durante todo o Carnaval, sob o sol e a ação do suor, com fios enfeitados por glitter e tonalizante, pode provocar uma onda de estragos, mesmo tomando todos os cuidados com o uso dos produtos. Para não ficar com um cabelo detonado pós-feriadão, Mônica recomenda submeter os fios a uma hidratação power, que combate o ressecamento e o aspecto fragilizado. Para uma hidratação completa e eficiente, o ideal é lavar o cabelo com um xampu anti-resíduos e, depois, espalhar um creme hidratante mecha por mecha (sem tocar a raiz), com massagem suave. Deixe agir por, aproximadamente, 10 minutos e enxágue bem.  Pronto, saúde do cabelo garantida para o penteado de Carnaval do próximo ano!   Para ficar por dentro de muitas outras dicas sobre cabelo e se tornar um profissional, faça o curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze, a maior rede de franquias da América Latina voltada para a formação profissional em beleza. Presente em todo o território nacional, a marca possui aproximadamente 350 unidades no Brasil. Procure a unidade mais próxima de você e fique expert!  
> Leia mais
MAQUIAGEM DE CARNAVAL PASSO A PASSO
Valorizar os olhos com uma maquiagem artística é uma ótima dica para causar impacto e mostrar que você entrou no clima do Carnaval. Não precisa nem caprichar muito na fantasia! A pedido do blog Espaço da Belle, a youtuber e maquiadora profissional Jessica Make @jessicamakems preparou um vídeo mostrando, passo a passo, a se colorir. Melhor: sem ganhar olheiras ou olhos borrados e mantendo a produção intacta até o final da festa. A sugestão de Jessica é perfeita para complementar o visual sereia, fada ou princesa. Confira o vídeo lá no final do post! 1-Comece limpando a pele com água micelar para tirar todas as impurezas do rosto. 2-Passe um hidrante facial com fator de proteção solar, especialmente se for brincar no Carnaval de rua durante o dia. 3-Agora vamos ao make: comece dando formato às sobrancelhas usando uma lapiseira delineadora ou uma sombra própria para preencher falhas e definir o design. 4-Depois, aplique um corretivo em pasta em toda a pálpebra com um pincel. Ele vai servir de base para fixar melhor a sombra e deixá-la mais pigmentada, com a cor mais viva. 5-Utilize o mesmo corretivo para contornar a pele ao redor da parte superior das sobrancelhas. Isso vai ajudar a destacar o formato e definir o desenho. 6-Espalhe o corretivo aplicado nessas áreas com o dedo para o produto não ficar acumulado. 7-Hora de usar a sombra. O primeiro tom é verde-água. Com um pincel apropriado, deposite o produto na parte interna da pálpebra móvel, dando leves batidinhas com o pincel. Em seguida, aplique a segunda tonalidade de sombra, um azul-marinho. Ela deve ser depositada com o pincel na parte restante da pálpebra móvel. 8-Com um pincel menor e macio e uma sombra azul mais clara, esfume as sombras verde e marinho, fazendo movimentos circulares. Isso vai fazer com que o esfumado fique bonito, sem perder a pigmentação das cores. 9-Aplique uma sombra bege-clara na linha logo abaixo da sobrancelha para iluminar. 10-Dê volume aos cílios com uma máscara preta e, em seguida, cole cílios postiços. 11-Passe lápis preto na linha d’água e esfume um pouquinho com um pincel. 12-Usando a sombra verde-água novamente, pinte o canto interno do olho, em cima e embaixo. 13-Dê um efeito especial ao olhar, espalhando sombra glitter rente aos cílios inferiores. 14-Só agora uniformize o rosto. Aplique um primer colorido ou incolor para fechar os poros e manter o make intacto por horas. Depois espalhe base com textura leve, como a líquida, para deixar o rosto confortável para o Carnaval. 15-Deposite corretivo líquido nas olheiras, se necessário, e também sobre o nariz e na ponta do queixo para iluminar. Espalhe com uma esponja macia dando leves batidinhas. 16- Aplique máscara nos cílios superiores para dar acabamento aos postiços e também nos inferiores. 17-Com um pincel grande, sele a base com pó solto. 18-Usando um pó bronzer marque o contorno do rosto: aplique-o nas laterais da face. 19-Passe um blush coral nas maçãs do rosto para dar uma corzinha e, em seguida, aplique um iluminador na parte alta das maçãs. 20-Agora borrife um spray fixador de maquiagem para manter tudo no lugar e pigmentar ainda mais o iluminador. 21-Passe um pouco de iluminador na testa e fixe strass autocolantes na pele compondo o desenho que desejar. Se quiser colocar mais adesivos em outras partes do rosto, basta repetir o processo do iluminador. 22-Nos lábios, aplique um batom nude com um pouco de glitter por cima. Aproveite o glitter e coloque-o também nas têmporas e nos espaços entre os adesivos de strass. 23-Termine o make destacando os cantos internos dos olhos com a sombra glitter. #Depois de se maquiar, dê um novo visual também ao cabelo para cair na folia. Dá para criar penteados fáceis com glitter e spray colorido! Fim de festa Mesmo que você chegue “morta” de cansada depois da folia, não durma maquiada. Os efeitos nocivos são muitos, como o surgimento de irritações, espinhas e cravos, além do envelhecimento precoce. Dicas para retirar tudo do rosto e deixar a pele limpinha: Antes de ir direto para o chuveiro, retire o excesso de glitter ou pigmento brilhante do rosto com uma fita adesiva. Isso mesmo, usando pequenas tiras, aplique-a sobre o brilho e puxe suavemente. Agora é a vez dos cílios postiços: puxe-os delicadamente para não comprometer os fios naturais e provocar a queda. Com um demaquilante próprio para olhos (possui ingredientes oleosos para não machucar a pele e facilitar a remoção do make sem provocar queda dos cílios), remova os resíduos de glitter, cola de cílios e sombras. Embeba o produto em um disco de algodão. No rosto, elimine base, corretivo, pó, blush e iluminador com demaquilante facial bifásico (mix de água e óleo), em espuma ou tipo loção de limpeza. Esses produtos podem ser substituídos por lenços demaquilantes umedecidos. Depois de higienizar bem a pele e certificar-se de que não há mais nenhum resquício de maquiagem, tonifique e hidrate a pele.
> Leia mais
CORTES DE CABELO MASCULINO PARA CRESPOS, ONDULADOS E LISOS
Desde que a indústria da moda e da beleza olhou para a ala masculina de modo especial, as novidades nunca mais pararam de surgir. Das passarelas fashion saem roupas cheias de bossa e cortes e penteados repletos de charme e estilo. Nada mais é apenas o tradicional para os homens. Tanto que até a clássica profissão de barbeiro não é mais a mesma. Há algum tempo as barbearias têm investido alto em informação e capacitação para trabalhar com técnicas modernas e diferenciadas e, assim, atender aos desejos do público masculino. No quesito cabelo, as tendências estão cada vez mais ousadas. A influência americana e europeia trouxe formas e texturas que, definitivamente, subiram à cabeça deles. “Para este ano, não tenho dúvida de que, dentre os cortes de cabelo masculino da moda, o graduado e suas variações vai ser o grande hit. Conhecido popularmente como degradê (em inglês, fade), o corte se concentra na parte de baixo da cabeça, a partir das orelhas — laterais, trás e nuca. O topo pode ser elaborado a gosto do cliente”, diz Jimmy Medeiros, instrutor do curso de Barbearia do Instituto Embeleze de Taguatinga, Brasília. De acordo com o expert, o estilo que combina base graduada e corte livre na parte superior é chamado de corte híbrido e é exatamente essa proposta que vai pegar. Quer saber o que vem por aí e como fazer a melhor escolha para cada tipo de cabelo? Leia a seguir!    Graduado médio com nudred: ideal para cabelo afro Foto: Reprodução/Instagram Corte Também chamado de mid fade e taper fade, o graduado médio é feito à máquina nas laterais. A gradação (ou esfumado) fica restrita à base da cabeça e os pentes utilizados na máquina de corte são 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um). “Para o graduado médio a linha inicial é feita com o 0 (zero) e deverá subir, aproximadamente, dois dedos da nuca e também nas laterais, tendo a altura das orelhas ou das sobrancelhas como referência de limite. Já na parte superior da cabeça, o comprimento dos fios deve ter, no mínimo, dois centímetros de altura”, explica Jimmy. Penteado A onda agora é pentear os fios longos do topo da cabeça com a esponja nudred. Esse produto é próprio para cabelo crespo ou afro, curtos, e específico para fazer cachos. Parece uma esponja de lavar louça, porém é bem grossa e um dos lados é todo perfurado para modelar os cachos. Na hora de produzir o penteado, aplique um pouco de pomada de modelagem no cabelo e passe o lado com furos da esponja sobre os fios em movimentos circulares, no sentido horário. Passe quantas vezes forem necessárias até formar os cachinhos. Finalize com uma névoa de spray fixador.   Graduado navalhado com mechas quiff: para cabelo ondulado a cacheado Foto: Reprodução/Instagram Corte O corte de cabelo masculino também conhecido como high fade nasceu nos anos 1950. Ele tem a parte superior elaborada com mechas quiff, que em inglês significa topete. Ou seja, o corte não passa de um degradê longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. “Nessa gradação, cria-se inicialmente uma linha com o pente 0 (zero) da máquina e, toda a região abaixo desta linha, é cortada com a navalhete. Depois, deve ser utilizado o pente 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um) para fazer a gradação. Já os fios do topo são cortados com tesoura para formar as mechas quiff. Resultado: laterais e o quadrante de trás do cabelo curtos — com tamanho aproximado de 6 cm ou 3 dedos – e o quadrante do meio e da frente do cabelo maiores para que o volume seja valorizado”, diz Jimmy. Penteado A finalização deste corte deve ser feita com secador e escova. Escove de trás para frente até os fios ficarem lisos. Depois, aplique um pouquinho de pomada fixadora de efeito seco nas mãos e penteie as mechas para trás, marcando as camadas do corte. Use spray fixador, se necessário. O visual fica cuidadosamente bagunçado e com uma leve ondulação.     Social curto com topete: indicado para os lisos Foto: Reprodução/Instagram Corte A gradação também pode ser feita no social curto e é perfeita para aquele cliente que foge do pente zero (0) da máquina. “Os pentes utilizados são 1 (um), 1 e ½ (um e meio) e 2 (dois). A nuca e as laterais são trabalhadas primeiro com pente 1. As laterais ficam com altura de 3 a 6 cm (ou dois a três dedos) para poderem ser integradas à parte superior com a gradação, que utiliza pente 1 e ½ (um e meio).  O topo da cabeça é cortado em degradê com tesoura, devendo ficar com 10 cm de comprimento para a criação do topete. Penteado Aplique gel de fixação média a forte em todo o cabelo do topo e, com um pente jacaré (de dentes largos), elabore um topete.   Você também pode aprender a cortar cabelo masculino e se tornar um expert. Informe-se numa unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você! 
> Leia mais
CORTES DE VERÃO 2019: PARA CURTOS, MÉDIOS E LONGOS
Cortar o cabelo não é uma decisão simples para quem tem apego ao comprimento ou ainda não conhece um bom profissional. Afinal, não é só criar coragem para ir em frente, é preciso também levar em conta se o corte escolhido combina com o seu dia a dia, com o formato do rosto e até com sua personalidade para não se decepcionar depois. Mas a verdade é que repaginar os fios é sempre bom para variar e dar um up na autoestima. As celebridades vivem fazendo isso! Se você é adepta do “cabelo cresce” ou é cabeleireiro e quer levar novidade para o seu salão, confira as tendências em corte (para curtos, médios e longos) reveladas por Ivanete Coelho, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Petrolina, Pernambuco.   CURTOS Short bob  Esse é o modelo curto do long bob e fica bem em todo tipo de cabelo – do liso ao crespo. O comprimento é na altura do queixo ou um pouquinho mais abaixo, com pontas arredondadas contornando as maçãs do rosto. O volume é concentrado junto à raiz e a nuca é mais batida. No cabelo crespo ou cacheado deve-se fazer um leve desfiado para “encaixar” os caracóis no corte. “A combinação imbatível para esse estilo é a franja alongada lateralmente com ponta repicada ou desfiada suavemente. Na hora de pentear, aposte no efeito messy (bagunçado), super em alta, feito com pomada finalizadora. Babyliss de aro grosso também fica lindo. Pixie cut  É a versão atualizada do tradicional corte “Joãozinho”, que está na moda já há algumas temporadas. Em 2019 o pixie cut vem mais desconectado. Para ter um bom caimento, ele precisa ser bem desfiado. O cabelo naturalmente volumoso deve ser mais desfiado que o cabelo fino, ok? Para manter o corte sempre bonito, é preciso retocá-lo com frequência e investir em produtos de finalização para marcar as mechas e adicionar textura.   MÉDIOS Repicado        A ordem é imprimir mais identidade aos fios médios, portanto, além de repicá-los em camadas (mais atrás do que na frente e a partir das orelhas) e definir o comprimento no ombro, faça uma franja. Ela pode ser longa ou curta, mas sempre desfiada. A franja longa é alinhada na altura dos olhos ou das maçãs do rosto. Usada para o lado, ela se mistura com o restante dos fios, dando movimento ao corte. Outra franja alongada é a tipo cortina, desfiada nas pontas e usada dividida ao meio. A franja curta da moda é a baby bang — de comprimento no meio da testa ou logo acima das sobrancelhas —, um estilo bem ousado. Como pentear o repicado médio? Simples, só com secador para definir o repicado. Sleek bob Esse corte de comprimento médio não tem camadas repicadas. É reto e proporciona um look uniforme. Para ganhar personalidade pode ser assimétrico, com a parte de trás um pouco mais curta e a frente alongada. A ideia é exibir um visual liso, então adote um produto leave-in que elimina o frizz antes de fazer escova.    LONGOS Camadas O longo moderno é cortado em camadas, tudo para dar leveza, movimento e volume natural à cabeleira. E o comprimento máximo bonito é na linha do busto. As camadas repicadas dão aos fios uma desconstrução toda especial e podem vir desde a altura dos olhos.   O penteado que realça as camadas é feito com babyliss ou escova modelada. Blunt cut Para as mulheres que amam madeixas bem longas, o corte reto voltou a fazer sucesso e é tendência. Chamado blunt cut, possui base e fios retos, sem nenhuma mecha ou ponta repicada. Como a aparência tem de ser reta, é importante estar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios em dia. A finalização do penteado pode ser feita com chapinha, deixando as pontas retas, ou babyliss e spray de ondas para o cabelo ficar com aspecto messy (bagunçado).   No curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende muito mais do que cortar cabelo. Domina também técnicas de coloração, modelagem, transformação capilar, alisamento, relaxamento, encacheamento e muito mais. Se a sua ideia é abrir o próprio salão de beleza, fique tranquilo, o curso também instrui sobre o mercado, atendimento ao cliente e biossegurança.
> Leia mais
ESMALTE NEON: APRENDA A USAR SEM ERRO
Foi lá nos anos 1980 que as cores neon ou fluorescentes estiveram no auge em roupas, acessórios e na maquiagem. Tempos depois, foram ofuscadas pelo minimalismo da moda e só voltaram à cena nos anos 2000 (mas sem muita adesão). Agora, em 2019, elas ressurgem com força total, já que pintaram nas passarelas em muitas grifes durante as semanas de moda nacional e internacional.  Estilistas famosos, como Marc Jacobs, Carolina Herrera, Wagner Kallieno e André Sampaio, não pouparam na cartela de cores iluminada e elegeram principalmente o laranja, o amarelo, o verde e o rosa fluorescentes para tingir suas peças da coleção de verão. Neon nas roupas, no make e... nas unhas! Nas passarelas, o visual dos anos 80 predominou em roupas e na maquiagem – um exagero fantástico, que resultou eletrizantes blocos de cor. Modelos cruzaram o palco com as pálpebras em uma única cor neon ou com até duas nuances combinadas. Uma dica para quem quer se inspirar, mas tem medo de arriscar e ficar neon demais: experimente só um delineado gatinho fluorescente e bastante máscara para cílios preta. O seu olhar vai parecer mais discreto, sem passar despercebido. Nas ruas, as famosas não poupam a tendência e já desfilam o colorido neon e muita ousadia por aí. As irmãs Kim e Khloé Kardashian e Kilye Jenner são as maiores entusiastas do hit fluo – sinal de que a moda vai pegar! Veja só as roupas e as unhas vibrantes delas! Fotos: Reprodução/Instagram Amarelo é o hit O destaque para o amarelo tem a ver com o sol que irradia intensamente nesta estação do ano. Mas rosa, verde e laranja também estão em alta – na moda e na manicure.  Tanto para o dia, quanto para a noite. O que determina a ocasião é a forma como você compõe o look: com itens básicos ou mais glamourosos. O look total fluo ou monocromático é uma das formas de usar a tendência sem errar. Ou seja, ao escolher uma roupa amarela, por exemplo, invista no esmalte também amarelo neon. Um bom exemplo é a modelo americana Bella Hadid, que usou a combinação lindamente no desfile da Dior. Foto: Reprodução/Instagram A ideia neon ainda é muito over para você? Então dê um toque somente nas unhas — tá aí uma boa recomendação que você, manicure profissional, pode fazer para aquela sua cliente basiquinha. A instrutora de unhas artísticas Kelly Neves, do Instituto Embelleze-Belém do Pará, afirma que muitas clientes dela ainda ficam inseguras quanto aos tons fluorescentes. “Para elas, indico apostar em nail art neon ou escolher apenas uma unha para aplicar essa cor (nesse caso, as outras unhas devem ficar num tom neutro).” Na ponta dos dedos A responsável pela manicure de Bella Hadid é a nail artist internacional Nelly Ferreira, que dá uma dica para usar o amarelo ou outro tom neon sem estranhar o resultado final: “encontre a matiz que melhor se adapta ao seu tom de pele”. Peles claras ficam bem com nuances abertas e iluminadas, como amarelo canário. Peles escuras combinam com tons mostarda flúor. Outro segredo é escolher o comprimento e o formato de unha certos para chamar mais ou menos a atenção. Para Kelly, os estilos bailarina, stiletto e amendoado deixam as unhas mais em evidência. Unha curta e arredondada ou levemente quadrada é discreta. Unha longa na forma amendoada, bailarina ou stiletto é mais chamativa. Khloé Kardashian, por exemplo, não abre mão da unha longa e perfeita. Atualmente ela exibe o formato squareletto, que é uma versão do stiletto com ponta quadrada (square). Manicure profissional Existem algumas dicas para quem está a fim de adotar o neon ou sugerir para a cliente. A instrutora Kelly Neves conta os segredos... Uma maneira de fazer o esmalte durar na unha é polir a sua superfície com lixa própria antes de passar a base. Ah, e prefira uma base fosca. Antes de aplicar o esmalte fluorescente, espalhe uma camada de esmalte branco opaco. Isso ajuda a tornar a cor ainda mais vibrante e iluminada e com um resultado igual ao tom que aparece no vidrinho. O esmalte neon perde o brilho muito fácil, então use um top coat ou verniz de qualidade, que ajuda a manter o brilho intacto. Na dúvida sobre pintar ou não as unhas de neon, comece aos poucos. Esmalte só os pés, que podem ficar escondidos quando você quiser dar um tempo no fluorescente, ou use o neon apenas na ponta das unhas da mão, no estilo francesinha. Mas daí, opte por deixar o comprimento com base transparente e ponha cor somente nas pontinhas mesmo. Não esmalte a mão de amarelo e o pé de rosa, por exemplo. O neon já é chamativo, então deixe tudo numa cor só. Na vida real, nail art ou adesivos combinados a esmalte neon não rolam. O visual fica carnavalesco demais. Embora a esmaltação neon seja ousada, ela é usável e tem tudo a ver com o verão, que propicia uma moda mais colorida, estampada e cheia de vida. Portanto, se quiser arriscar, o momento é agora! Quer aprender mais? Conheça o curso de manicure e pedicure profissional do Instituto Embelleze.
> Leia mais
MAKE PARA DISFARÇAR POROS DILATADOS E NÃO DERRETER NO CALOR
Basta as temperaturas elevarem para a gente sentir na pele algumas mudanças... A transpiração aumenta, assim como a oleosidade, o que faz ter que ficar secando a superfície a toda hora. E isso pode acontecer em qualquer tipo de pele. Além do incômodo, é possível notar que os poros do rosto ficam maiores, verdadeiros buraquinhos aparentes. Por que eles dilatam? Bem, por essas pequenas aberturas (existem aproximadamente 300 mil só no rosto!) normalmente saem os pelos, o suor e a gordura fabricados pela derme. A maior quantidade de poros está concentrada na zona T — testa, nariz e queixo — e, portanto, está explicado porque essas áreas sempre brilham mais. O clima quente acelera a produção das glândulas sudoríparas ou de suor e das glândulas sebáceas ou de gordura, fazendo com que a pele pareça sempre molhada e oleosa (pegajosa). Como essa questão é natural, a solução é driblar o problema com limpeza e hidratação do rosto usando produtos seborreguladores e que diminuem a dilatação dos poros. Outra saída para disfarçar poros dilatados é apostar na camuflagem com maquiagem, que salva o visual perfeitamente! Foto: Shutterstock PHOTOSHOP NOS POROS Quem tem dilatação severa dos poros deve procurar um dermatologista de confiança para realizar tratamentos de combate, como o uso de lasers e ácidos. No entanto, uma maquiagem aplicada do jeito certo e com os produtos adequados consegue até disfarçar poros dilatados mais visíveis. 1- Comece com uma boa limpeza e hidratação O correto é limpar o rosto de manhã e à noite com uma loção ou espuma de limpeza seguida de um tonificante sem álcool para retirar o excesso de sebo que entope os poros. “O tonificante ajuda a equilibrar o ph da pele e reduzir o tamanho dos poros”, diz Mayara Costa, instrutora de maquiagem, designer de sobrancelhas e designer de cílios do Instituto Embelleze Águas Lindas, em Goiás. Depois, é necessário hidratar o rosto com um produto livre de óleo — de preferência, específico para peles mistas a oleosas. O hidratante equilibra a produção das glândulas sebáceas e devolve água à derme, evitando o efeito rebote. Uma dica é aplicar, uma vez por semana, uma máscara facial à base de argila, que ajuda a “secar” a pele. No mercado, existe uma série de cosméticos feitos especialmente para quem tem poros dilatados: vale a pena fazer uma pesquisa e adotar uma linha no dia a dia. 2- Invista no primer Esse produto pré-maquiagem é a melhor invenção dos últimos tempos para embelezar a pele e fazer o make durar mais. O primer é formulado com substâncias que provocam um efeito óptico, o chamado blur, que disfarça qualquer imperfeição. Exemplos? Reduz vermelhidão; elimina o excesso de brilho, sobretudo na zona T; preenche linhas de expressão e rugas suaves; e, claro, camufla os poros e os torna menos visíveis, porém sem obstrui-los. O objetivo do primer é preparar a pele para a aplicação da maquiagem. Ele suaviza a cútis e cria uma camada protetora, deixando a superfície fininha e aveludada, o que ajuda o make a durar mais. Pode ser aplicado com as mãos. Já são vendidas versões em bastão e coloridas, além do tradicional primer transparente tipo sérum. O ideal é investir no primer incolor, ainda mais se você é maquiador profissional, pois ele se adapta a qualquer pele. 3- Use base leve Pode parecer que a recomendação de usar base no verão vai deixar a pele ainda mais oleosa e, consequentemente, os poros abertos. Mas, por cima do primer, ela é uma aliada da aparência perfeita e natural. O que você precisa ter em mente é o tipo de produto que deve aplicar: Para uma cobertura leve, escolha uma base composta por água (e não óleo), na forma líquida. Base em pó nem pensar, ok?, porque deixa um visual irregular quando a pele começa a transpirar. Vá também de base de longa duração e efeito matificante ou matte, que ajuda a deixar o rosto mais sequinho por horas e horas. Ao aplicar a base, utilize uma esponja e não a mão, pois ela pode aumentar a temperatura da pele do rosto e provocar oleosidade. A esponja é ótima para depositar o cosmético sem criar marcações e disfarçar os poros — o resultado é mais natural. Foto: Shutterstock 4- Aplique pó para controlar o brilho É ele que vai maximizar a duração da sua maquiagem, além de controlar o brilho, principalmente na testa, no nariz e no queixo. Como o pó não deve alterar a cor da base, escolha um que pareça transparente ou num tom parecido com o da base. O pó solto é a melhor versão, porque tem partículas leves que não pesam no rosto. Conheça os dois tipos mais indicados: Pó translúcido – Branco ou em tons de pele, é usado para fixar o make e controlar o brilho sem conferir cor. Pó mineral – Indicado para peles sensíveis, é elaborado com partículas minerais e ingredientes suaves. Também aumenta a fixação da maquiagem e combate a oleosidade. Como aplicar? Com um pincel específico para pó. Ele tem o formato de cúpula, o que garante que o pigmento seja espalhado de maneira homogênea no rosto inteiro, ao redor do nariz e sob os olhos. O acessório deve ser de pelos naturais, macio ao toque. Uma dica: ao longo do dia, se a oleosidade ou a transpiração derem as caras, lance mão de um pó compacto (com ingredientes secativos e matificantes) para pequenos retoques. Nesse caso, aplique com uma esponja somente na zona T com leves batidinhas e suave pressão. 5- Finalize com blush sem ressaltar os poros Para uma maquiagem completa da pele, é preciso finalizar a base e o pó com um blush e, se desejar, até com um iluminador. Porém, apenas um erro pode destacar os buraquinhos do rosto em vez de camuflá-los. O que fazer? Passe o blush ou o iluminador — em pó — fora da área com poros dilatados. Isso significa que... O blush deve ser espalhado somente na parte inferior das maçãs do rosto, porém não muito embaixo. O visual fica sofisticado. O iluminador tem que ser aplicado apenas na lateral do rosto na altura das têmporas. Esfume uma camada na região com a ajuda de um pincel.  Uma dica para o blush: com os dedos, localize a maçã do rosto e sinta sua parte inferior — é aí que o produto deve ser aplicado.   Foto: Shutterstock   MAQUIAGEM DURADOURA É O QUE VOCÊ QUER? Para que o make em geral não derreta e você fique despreocupada em relação à aparência, é importante se valer dos produtos certos. Além dos já citados neste post para disfarçar os poros, tenha também no nécessaire: Máscara de cílios à prova d’água – Como tem um pigmento resistente à água, difícil de se desfazer, deve ser usada somente no verão e nas ocasiões às quais você não quer o olhar borrado de jeito nenhum! Atenção redobrada na hora de remover: use um demaquilante para a área dos olhos com ingredientes oleosos, que facilita a remoção e não provoca queda dos cílios. Batom de longa duração – Para cumprir a função de se fixar melhor nos lábios e permanecer por mais tempo, esse tipo de batom é produzido com uma maior quantidade de cera e pouquíssimo óleo. O que pode incomodar é a sensação de ressecamento que o produto provoca na pele, mas em compensação é eficiente.   Fixador de maquiagem – Excelente para deixar o make intacto por mais de 12 horas, dependendo da marca do produto. A versão em spray é a mais fácil de aplicar: basta agitar a embalagem e borrifar o fixador a 20 centímetros de distância do rosto, na posição vertical, com os olhos e a boca fechados e evitando inspirar.   Quer saber mais sobre maquiagem e, quem sabe, transformar-se num expert no assunto? Procure uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você e informe-se sobre o curso de maquiagem profissional.     
> Leia mais
APRENDA A FAZER DEPILAÇÃO COM LINHA
Há quem diga que muita coisa no universo da beleza é feita só por vaidade, e outras por pura necessidade. Na verdade, no âmbito profissional, a gente entende que tudo o que faz o cliente feliz e melhora a sensação de bem-estar é necessário. No entanto, depilação é, sem dúvida, um caso de necessidade, principalmente para as mulheres. Já entre os homens, tem sido cada vez mais apreciada como forma de higiene, facilidade para praticar esportes e também para melhorar a estética. Mas, como tudo na vida, podemos pegar diferentes caminhos para chegar ao mesmo resultado. A técnica mais conhecida na depilação é a cera quente, por ser a mais antiga e utilizada até hoje. Porém, existem muitas outras formas de depilar, como a depilação com cera fria, a laser, fotodepilação e a depilação com linha (também conhecida como depilação com fio, threading, depilação egípcia ou iraquiana).  Vantagem da depilação com linha Com essa técnica, aplicada com linha de algodão, seda ou poliéster par não machucar ou irritar a pele, é possível remover os pelos desde a raiz, pois eles são retirados um a um e demoram mais para crescer. É também um dos métodos de depilação mais natural, com menor índice de alergias e vermelhidão. Além disso, é rápido, de baixo custo e ideal para a remoção da penugem fininha do rosto. Como fazer depilação com linha Use uma linha branca para facilitar a visualização dos pelos removidos. Limpe bem a região que será depilada e polvilhe com talco. Isso ajuda a diminuir a oleosidade e torna os pelos mais visíveis. Você vai precisar de 40 a 50 cm de linha. Em seguida, é preciso unir as duas pontas por dois ou três nós para não soltar. Na sequência, faça um triângulo com a linha, posicionando três dedos de cada lado. Agora, torça a linha formando um oito (cruze de cinco a 10 vezes) e coloque a parte da linha torcida sobre a pele. Abrindo e fechando, deslize rapidamente no sentido contrário ao nascimento do pelo. Prontinho! Após a retirada dos pelos, utilize um hidratante para deixar a pele mais macia e hidratada.   Achou difícil? No curso de Depilação Profissional do Instituto Embelleze você aprende o método passo a passo e muito mais para ser uma expert.  
> Leia mais
CABELO LISO: 10 DICAS DE BELEZA
O liso é mais bonito quando não mostra quebra no comprimento nem ressecamento nas pontas. Para isso, não dá para dispensar tratamento especial no dia a dia. Se você se preocupa com a aparência e força dos seus fios — ou com os da sua cliente —, siga estes 10 cuidados para cabelo liso: O cabelo liso tende a ressecar. Mantê-lo hidratado, duas vezes ao mês, é essencial para deixar os fios mais fortes e com aspecto natural. Os finos quebram mais facilmente, podendo se romper até mesmo ao ser amarrado com muita força. O ideal é prendê-los um pouco frouxos ou usar acessórios que não pressionem muito. Pentear o cabelo molhado é um grande erro! Ele sempre quebrará mais quando estiver úmido. O uso do secador ou chapinha em excesso pode agredir demais o cabelo fino. Por isso, é recomendado aplicar um protetor térmico antes e manter o secador em temperatura baixa e não muito próximo do couro cabeludo, entre 10 e 15 cm de distância. Produtos com queratina ajudam a fortalecer os fios, tornando-os mais fortes e resistentes. Porém, tudo em excesso faz mal. E o uso exagerado pode causar o efeito rebote, ou seja, endurecer demais o cabelo. Use com moderação! Aparar as pontas regularmente irá ajudar a evitar a formação de pontas duplas, mais propícias a aparecer no cabelo fino. Usar condicionador desde a raiz não é uma boa ideia, pois, apesar do cabelo liso e fino ser mais seco, a oleosidade natural, produzida pelas glândulas sebáceas, desliza melhor entre os fios, já que são retos.Então não há necessidade de besuntar a raiz. Aplique o condicionador somente em comprimento e pontas para o visual não ficar pesado. Dormir de cabelo molhado é um pecado mortal! Além dos fios ficarem desalinhados e sem forma ao amanhecer, essa prática enfraquece a raiz e favorece a quebra do cabelo. Químicas no liso e fino são permitidas, porém é preciso ter atenção para evitar a quebra, o ressecamento ou outro problema. Por exemplo, nunca combine tintura e alisamento no mesmo dia, pois os finos não aguentam passar pelos dois procedimentos. Evite o excesso de lavagens. Embora o cabelo liso e fino tende a ser mais oleoso, lavar todo dia danifica a textura delicada desse tipo de fio.    Saiba como cuidar desse tipo de cabelo no curso de Cabeleireiro Profissional ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
CACHOS NATURAIS
Imagine um cabelo com cachos abertos e soltinhos e um incrível aspecto saudável. Sim, é possível conquistar esse resultado com o Relaxamento Natural Salon Embelleze —procedimento perfeito para você, cabeleireiro, indicar para a sua cliente cacheada. Entenda como funciona a seguir. Relaxamento Natural Antes de partir para o tratamento, analise as condições dos seus fios, pois alguns protocolos precisam ser seguidos. Veja como estão: Couro Cabeludo Textura dos fios Elasticidade dos fios Porosidade dos fios Densidade do cabelo Depois de averiguar todos os elementos e ter certeza de que o cabelo está apto a receber o tratamento, vamos à ação: Faça o teste de mecha para verificar a resistência dos fios. Nesse caso, o teste deve durar de 5 minutos a, no máximo, 35 minutos para não prejudicar o cabelo. Não esqueça de proteger ao redor do rosto, nuca, orelha e couro cabeludo. O cabelo precisa ser dividido em partes para a aplicação da Massa Capilar Relaxante Salon Embelleze e um ativador com a ajuda de um pincel. É importante que a mistura seja aplicada iniciando da nuca e a 1 cm da raiz.Depois, é hora de abrir os cachos dividindo as mechas e levando o produto até o comprimento com um pente de dentes largos.Antes de enxaguar, também recomenda-se passar condicionador nas pontas e depois retirar todo o produto. Você também pode garantir a saúde dos fios aplicando um Reconstrutor ou Queratina Líquida da Salon Embelleze.Certifique-se de que não haja nenhum vestígio de resíduos aplicando um shampoo indicador da linha. Quando a espuma estiver sem cor, aguarde 3 minutos e enxágue. Hidrate o cabelo com a Máscara de Tratamento Salon Embelleze e utilize uma touca térmica para potencializar o resultado, por cerca de 15 minutos. Realize um último enxágue e termine com a aplicação de um finalizador da linha para estilizar os cachos, sempre com movimentos de baixo para cima para ativar os cachos. Dica importante: Para diminuir o volume próximo à raiz, enluve os fios com as costas de um pente. Em outras palavras, faça uma massagem constante de cima para abaixo no sentido das fibras capilares. Isso ajuda o produto a penetrar melhor e selar as fibras do cabelo.Depois de tudo isso, é só relaxar! Os fios vão ficar ainda mais soltos e com movimento natural. Quer aprender mais sobre cabelos cacheados e ficar fera nos cachos? Então, acesse o site e confira como se matricular no curso Especialista em Cachos ou vá até a unidade do Instituto Embelleze mais próxima.
> Leia mais
CUIDADOS PRÉ E PÓS-DEPILAÇÃO
Embora a depilação seja uma prática adotada por muitas mulheres em todas as estações, é quando o sol esquenta que ela é mais lembrada e procurada. Detalhe: por homens também! Eles estão depilando várias áreas do corpo, como tórax, barba, barriga, pernas... O fato é que tem muita gente querendo ficar linda e preparada para curtir o verão. E o problema pode ser justamente esse: há quem procura a depilação profissional somente nesse período e, pela falta de costume, acaba prejudicando a pele. Para não correr o risco, preste atenção nestes cuidados pré e pós depilação. Pré-depilação Antes de tudo, é preciso escolher a técnica que irá utilizar. Pensando na depilação mais comum, com cera quente ou fria, o ideal é não hidratar a pele antes. O uso de óleo ou hidratante pode dificultar a retirada dos pelos por amolecê-los demais. Verifique sempre se o profissional está utilizando produtos descartáveis para a aplicação da cera, como luvas, pinças e a própria cera. Se a pele estiver machucada, com rachaduras, manchas ou assaduras, evite a depilação. A cera pode aumentar os ferimentos e os riscos de inflamação. Pelos descoloridos são mais frágeis e estão propensos a quebrar durante a retirada.Se a pele estiver sendo tratada com ácido, é preciso suspender o uso por, no mínimo, sete dias antes da remoção dos pelos. Pós-depilação Assim como o período pré depilação, não é recomendado utilizar óleos ou hidratantes após o procedimento. Nesse momento, os poros ainda estão abertos e os produtos aplicados na pele podem causar irritação ou até mesmo inflamação. Se a área depilada for a axila, evite o uso de desodorante com álcool para não irritar a pele.Caso haja exposição ao sol, é necessário a aplicação de protetor solar para evitar queimaduras e manchas na pele, que pode estar lesionada. Porém, o indicado é que a pele depilada só seja exposta ao sol após 48h. Evite o uso de roupas apertadas ou tecidos pesados, como jeans, após a depilação. Quanto mais leve e confortável for a roupa, mais rápido os poros irão se fechar e evita-se que a pele fique irritada, manchada ou que crie fungos. Para afastar o tão conhecido problema da foliculite, indicamos o uso de esfoliantes quando os pelos começarem a crescer, evitando que eles encravem.É claro que pele sensível requer mais cuidados especiais e precisa ser analisada por um profissional antes da depilação. O importante é que tudo seja feito com cuidado, higiene e segurança para garantir uma pele lisinha, saudável e prontinha para arrasar no verão.Conheça também a depilação com linha! Quer aprender mais dicas como essas? É só dar uma olhadinha no curso de Depilação Profissional do Instituto Embelleze
> Leia mais
QUAL É O SEU FORMATO DE UNHA PREFERIDO?
Lembra quando só existiam dois formatos de unhas em toda a face da terra? Ou eram quadradas ou redondas, e ponto. Felizmente, um dia, algum gênio resolveu olhar fora da caixinha e testar outros formatos. E foi aí que veio a grande surpresa! O mundo percebeu que novas formas poderiam fazer muito sucesso nas mãos da mulherada. Daí pra frente, a coisa toda mudou e os mais diferentes tipos de unhas surgem todos os anos nas passarelas surpreendendo os apaixonados por moda e beleza. As tendências também ajudam a compor o estilo de muitas celebridades, que assumem personalidades marcantes. Além dos modelos tradicionais que nunca deixam de fazer sucesso, como as unhas quadradas, arredondadas, ovais e quadradas arredondadas, separamos três dos modelos mais usados no momento para inspirar você a deixar a sua cliente na moda.  Stiletto Foto: Reprodução/Pinterest Inspirada nas garras de animais, as unhas pontiagudas são a mistura do formato oval e triangular, demonstrando poder e ousadia. É também um dos estilos queridinhos pelas famosas brasileiras e internacionais, por trazerem um ar mais moderno e irreverente. Para esculpir essas belezinhas longas e fininhas é muito fácil: Apare os cantos das unhas em diagonal com um alicate para corte. Depois, lixe as laterais com uma lixa áspera para definir o formato. A ponta precisa ficar pontiaguda e fina, com cuidado para não deixá-la frágil.  Bailarina Foto: Reprodução/Pinterest O nome já indica que essa unha é bem delicada, diferente do formato stiletto. O formato é inspirado nas sapatilhas de balé, por isso é comprido e finaliza com uma ponta quadrada. O formato moderninho também já caiu no gosto das famosas: as maiores representantes do estilo são as irmãs Kardashian, que variam os tons de esmalte entre fortes e suaves. Para fazê-las, também é muito simples: Comece lixando as laterais das unhas até que fiquem em formato V. Molde as pontas com uma lixa áspera para dar o efeito quadrado. Para fortalecer, tanto nesse formato como no Stilletto, use uma base fortalecedora.   Amendoada Foto: Reprodução/Pinterest Com formato de amêndoas, elas são um pouco mais curtas e menos pontiagudas do que a stilleto. No entanto, são diferentes no tamanho e na forma, já que uma é mais triangular e a outra um pouco oval. Esse estilo retrô é ideal para quem não quer uma mudança muito radical, mas deseja sair do comum. Olha só como se faz: Para ajudar a lixar na direção certa, use um lápis delineador para pontilhar o centro das unhas, da cutícula até a ponta. Com uma lixa áspera, lixe as laterais em direção ao centro da unha. Arredonde a ponta deixando o formato entre o arredondado e triangular.   Dicas de formato & esmaltação  Ilustração: Shutterstock Agora que você já aprendeu como fazer os principais formatos do momento, já pode aplicar as técnicas em suas clientes.Veja também quais são os cuidados essenciais para ter unhas bonitas e fortes e como manter as unhas bonitas a semana toda. Lembrando que, para ter um resultado incrível, a ajuda de um profissional é essencial. E tudo fica ainda melhor com as técnicas ensinadas no Curso de Manicure e Pedicure Profissional do Instituto Embelleze.  
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados