Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: cabelo

5 razões para ampliar os serviços da sua barbearia
Nos últimos 5 anos o setor de beleza masculina dobrou aqui no Brasil e teve um crescimento de 7,1% ao ano até agora. De acordo com a Euromonitor Internacional (empresa de pesquisa que monitora o setor de beleza em 80 países), o mercado brasileiro tende a desenvolver ainda mais, alcançando mais de 20% de participação no mercado global, com uma evolução anual de 11,2% até 2022. Com o investimento do mercado de moda masculina cada vez mais intenso, os homens vêm aprendendo a cuidar do visual e passaram a ser exigentes em relação à roupa que vestem, ao corte de cabelo que usam, à aparência da pele e até das unhas. Não à toa, surgiram as barbearias modernas, templos específicos para eles não precisarem mais dividir espaço com as mulheres nos salões de beleza tradicionais. Esses redutos têm uma decoração especial, com cadeiras, bancadas e espelhos rústicos contemporâneos. Além do básico corte de cabelo e da barba, eles oferecem massagem, tratamento de pele e de cabelo, manicure e pedicure, produtos importados e mimos, como serviços de bar, jogos (videogames e/ou sinuca) e televisão com transmissão de esportes. Tudo para que eles se sentam à vontade e entre amigos. Alto, médio ou pequeno padrão? Seja qual for a região onde está a sua barbearia, há sempre um público que procura um diferencial. Pode ser no layout do estabelecimento, no conhecimento dos profissionais, nos serviços extras para cuidar da beleza. Para ter sucesso, você precisa adequar o seu espaço aos seus clientes. Fazer uma pesquisa de mercado para saber o que eles procuram é o primeiro passo para ter lucratividade. Responder algumas perguntas pode levar você ao cliente perfeito. Por exemplo: qual a faixa etária das pessoas que procuram o meu salão, como elas se comportam, quais são seus gostos e preferências, quais os hábitos de consumo desse público, e os desejos e as necessidades, quanto se dispõem a investir em serviços de beleza? A partir daí, monte um “cardápio” que atenda ao padrão da sua clientela. Diferenciais possíveis Os homens geralmente não sabem quais produtos combinam melhor com o seu cabelo ou a sua pele e também não têm noção de como inovar na aparência. Cabe ao cabeleireiro mostrar o leque de opções a eles, desenvolvendo assim a confiança do cliente. Para isso, é preciso estar conectado às tendências e procurar sempre educação e treinamento. Além de estudar as técnicas, atualize-se participando de eventos na área e acompanhando os desfiles das semanas de moda nacionais e internacionais. Tudo isso ajuda acrescenta qualidade ao seu trabalho. Dentre os serviços que a sua barbearia pode oferecer estão: Cabelo Lavagem, corte e finalização Corte à máquina e com tesoura Coloração Relaxamento   Barba Barba completa Barba desenhada Toalha quente   Rosto Esfoliação Hidratação Máscara Limpeza de pele Design de sobrancelhas   Corpo Manicure e pedicure Massagem corporal Depilação   Visagismo Para indicar uma mudança no visual que se harmonize com o biótipo e o estilo de vida do cliente   Entretenimento Bar, com serviço de bebidas e petiscos Videogame ou sinuca Televisão Wi-fi      5 razões para ampliar os serviços da sua barbearia 1. Fidelizar clientes – Quanto mais você oferecer e entender as necessidades do seu cliente, mais o seu estabelecimento será procurado. 2. Tornar-se uma referência – Quando o profissional mostra que conhece tendências e domina técnicas, mais é recomendado pelos próprios clientes. É a propaganda boca-a-boca. 3. Aumentar o rendimento – A variedade de serviços estimula o cliente a fazer mais que barba e cabelo a cada visita. 4. Driblar a concorrência – Ao oferecer serviços diferenciados, a sua barbearia se torna mais conhecida e procurada. 5. Transformar a sua barbearia num ponto de encontro – Um lugar com atrativos acaba se tornando um espaço para relaxar e encontrar amigos, o que aumenta a frequência no seu estabelecimento.  
> Leia mais
Corte curto para lisos e cacheados
Quando uma mulher decide ir ao cabeleireiro para fazer uma mudança radical, a responsabilidade do profissional é imensa. Afinal, ela está entregando a “vida” dela nas mãos dele e, se arrepender depois, significa esperar muitos meses até os fios crescerem — e você não quer pagar o preço, né? Influenciadoras não faltam na mídia para estimular lisas ou cacheadas a passar a tesoura no cabelo! As atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme, Bruna Marquezine, Agatha Moreira, Mariana Rios, Leandra Leal e Regiane Alves se encheram de coragem, tosaram as madeixas e causaram o maior frisson. Deborah Secco ainda foi mais longe: além de encurtar, platinou os fios — uma supertendência em coloração nesta temporada. O sucesso do curtinho não é de hoje... O pixie, ou o bom e velho Joãozinho, já fez uma revolução nos anos 1950 quando as eternas divas Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor aderiram ao visual, quebrando paradigmas. Depois disso, o corte teve seus altos e baixos durante as décadas, mas chegou aos 1990 com força. “Na época, Winona Ryder, Gwyneth Paltrow e Halle Berry estavam no auge de suas carreiras e investiram no pixie cut trazendo a ele um ar mais moderno, com muita textura e desfiado”, lembra Rafaella Coffoni, analista de produtos do Instituto Embelleze (SP). Atualmente, o corte curto pixie volta com tudo e promete ser a tendência das próximas estações. O short bob, ou o Chanel batidinho, é uma releitura do long bob, que esteve em alta nas temporadas passadas: mais curto, na altura do queixo, assimétrico e cheio de atitude. Nos anos 1950 e 1960, Marilyn Monroe e Jackie Kennedy já usavam o short bob, mas com menos textura, camadas e desfiados. A finalização do corte no estilo messy hair (aquele cabelo bagunçadinho de propósito sabe?!) traz um ar despojado ao visual que tem tudo a ver com o momento em que vivemos de empoderamento feminino. Pixie cut para todas Existem muitas variações do corte curto pixie cut: com franja longa ou curta, desfiado, texturizado, com a lateral raspada... bem curtinho, como o boyish, ou um pouco mais longo, cobrindo as orelhas. As possibilidades são muitas! O pixie cut é um corte que pode ser feito em mulheres de todas as faixas etárias e em qualquer tipo de cabelo: liso, ondulado, cacheado ou crespo. Nos cacheados e crespos, é importante usar, no dia a dia, produtos que tratem e modelem os fios, como os ativadores de cachos. Vale lembrar que o pixie cut vem sendo muito adotado por mulheres crespas que estão em transição capilar. “No momento do big chop, ou seja, do ato de cortar toda a parte do cabelo com química (de alisamento, progressiva, relaxamento), elas investem no cabelo curto cheio de estilo”, diz Rafaella. Assim, ficam com o visual bonito até que os fios voltem a crescer de forma natural e saudável.     Short bob para todas Assim como o pixie, o short bob fica bem em mulheres jovens e maduras e em todos os tipos de cabelo. Mas, aqui, também é essencial apostar nos finalizadores e ativadores de cachos na hora de pentear os crespos e encaracolados. A característica do short bob são as pontas desconectadas, o que traz bastante textura ao look. Cabelos muito volumosos se beneficiam do corte curto short bob, pois o corte em camadas ajuda a controlar os fios.     Aprenda as técnicas dos cortes Interessado em saber mais detalhes desses dois cortes e dominar as técnicas para oferecer às suas clientes? Na grade de aulas do curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende o pixie cut e o short bob, além de muitos outros cortes. Técnicas avançadas de finalização e texturização de cortes e penteados são ensinados no curso de especialização de design em cortes femininos do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
Loiro ou castanho?
Escurecer o cabelo é sempre mais simples do que clarear — afinal, as bases marrons tendem a cobrir bem os tons da cartela de loiros. No entanto, para o resultado ficar perfeito e os fios, a salvo de danos, os dois processos exigem tempo e uma análise minuciosa do estado da fibra capilar. Se a estrutura estiver muito danificada ou porosa, é importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Cabelos porosos podem ficar manchados, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento da coloração do que outras. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Os processos químicos desequilibram o pH e a estrutura interna dos fios. Os produtos pós-coloração contêm agentes umectantes, que devolvem a água perdida, evitam que a tinta se solte e prolongam a cor. Entenda a seguir qual é o caminho ideal para ficar loira ou morena — e feliz! DE LOIRO PARA CASTANHO A atriz Paolla Oliveira deu adeus ao loiro e entrou na tendência chocolate amargo para viver a personagem Virgínia na próxima novela das nove A Dona do Pedaço (Globo), Os responsáveis pela transformação foram os cabeleireiros Getúlio Cruz, do salão C.Kamura Rio, e Marcos Padilha, do Lab. Duda Molinos.Veja neste vídeo como ela anunciou aos fãs a sua morenice...     Como tingir A cor chocolate amargo fica bem em peles claras, morenas e negras. Mas só um cabeleireiro profissional pode indicar a necessidade de uma mistura com outro tom ou uma técnica de iluminação (como a ombré) ou uma mudança na nuance de base para você conquistar a tonalidade da moda — ou a que mais vai valorizar a sua beleza. Os fios pretos naturais têm uma pigmentação muito intensa, mas o chocolate amargo consegue dar uma boa cobertura, porque pega bem e também faz uma transformação mais sutil no visual. Se o cabelo tem tintura preta, daí é preciso passar antes por uma decapagem. Porém, atenção: somente um profissional pode fazer o processo de forma segura para a saúde dos seus fios! Cabelos claros, com menos pigmentos fixados na fibra capilar, podem ficar manchados por causa das falhas na fixação da cor nas mechas. Para não correr esse risco, o ideal é ir do claro ao escuro aos poucos, adotando um ou dois tons mais escuros que a nuance de base por vez. Uma solução para escurecer os fios de uma só vez, é a pré-pigmentação. Primeiro o cabelo recebe um pigmento fixador e depois é tingido com a tonalidade de castanho escuro. Como manter a cor Agentes agressores, como sol, secador, água quente e chapinha, avermelham e levar embora a cor do cabelo. Proteja os fios tingidos usando produtos com filtro solar na fórmula e que contenham ingredientes que seguram o tom. Os xampus antioxidantes são ótimos para devolver o brilho perdido. Soluções para desbotamento Quando o castanho estiver desbotando pela ação dos agentes externos, revive a cor com um tonalizante do mesmo tom da coloração permanente. O produto vai adiar o retoque por mais uns 15 dias. O reflexo ficou alaranjado ou avermelhado? Para evitar, na próxima coloração, inclua tons frios, como cinzas ou mate. Se o chocolate amargo deixar o seu visual meio apagado, use nas lavagens xampus e cremes que restauram o brilho. Um truque instantâneo é borrifar spray de brilho nos fios secos sempre que sentir a cor muito densa. Destaque o cabelo castanho Para isso, tire proveito da maquiagem... Os tons terrosos, do blush à sombra, são neutros e básicos para o dia a dia. Não tem como errar! Brinque também com as cores marrom, rosa e azul. O batom acobreado, vinho ou vermelho são ótimas opções.   DE CASTANHO PARA LOIRO O hairstylist Wilson Eliodorio, especialista em fios crespos e cacheados, é o mago do cabelo afro da atriz Lucy Ramos há um tempão. E ela entregou a ele a missão de radicalizar a cor de seus fios, mudando do castanho acobreado para o loiro mel. Tudo para entrar de corpo e alma no papel de Silvia, também da novela A Dona do Pedaço. Como adora cuidar do próprio cabelo e sabe bem do que os crespos precisam, Lucy explica que ainda faltam algumas etapas de coloração para que o loiro fique mais claro e atinja o tom ideal. Ela já declarou à imprensa: “Os fios crespos são muito sensíveis. Não dá para fazer tudo de uma vez, porque ou você chega na cor de uma vez e fica sem cabelo, ou demora um pouco mais e fica com o cabelo”. Vamos guardar a dica, né? Veja neste vídeo como Lucy ficou lindamente loira...     Como tingir Mais do que para qualquer outra coloração, a loira exige fios saudáveis e bem tratados. Nunca faça relaxamento, escova progressiva ou alisamento antes de um processo de clareamento. Tanto peles claras quanto escuras ficam bem de loiro. De modo geral, loiro acinzentado, bege, camomila e claríssimo cai como luva na pele branca; dourado, loiro-escuro e reflexos acobreados para morenas; e dourado e acobreado vão bem em negras. Se o seu cabelo é virgem o processo de clareamento é mais fácil. Há a possibilidade de fazer uma descoloração gradual com tinta permanente loiro. A descoloração (mix de pó descolorante com água oxigenada ou amônia) é indicada para fios que estão com pigmentos castanhos: é um clareamento power feito para que a tintura loiro “pegue” no cabelo. Já quem tingiu o cabelo de preto precisará passar por uma decapagem, um método que retira a tintura antes de uma nova cor clara ser aplicada em vez de apenas clarear os fios. Ao remover a coloração antiga, a decapagem abre espaço no córtex capilar para que o fio possa receber a tonalidade mais clara. Tudo isso realizado sob os cuidados de um profissional habilitado, como os capacitados pelo Instituto Embelleze, não há perigo. Mas se você cair em mãos erradas... pode ficar com as madeixas manchadas, fracas e quebradiças, sem falar que o enfraquecimento pode provocar a queda. Como manter a cor O sol não modifica tanto o aspecto da tintura clara quanto o das mais escuras. Mas, em compensação, o clareamento do cabelo sempre está associado ao processo de oxidação, um dos mais danosos para os fios. Se o cabelo não for bem tratado, ele perde força, elasticidade e maciez e resseca. Portanto, o ideal é usar e abusar de produtos com ingredientes altamente hidratantes e que evitam que o loiro desbote ou fique amarelado. Soluções para desbotamento Por mais que a raiz escura não seja mais um sinal de desleixo no cabelo loiro e, sim, um toque de modernidade, as loiras não gostam. Então, o jeito é retocar a raiz a cada 15 dias. O mais importante é que se utilizem os mesmos produtos e nuances para um resultado uniforme de cor. Em relação a comprimento e pontas, melhor só esticar a tinta quando os fios estiverem opacos ou amarelados, o que se faz, em média, a cada três meses. Caso contrário, as pontas ficam fragilizadas e podem se romper. Se os fios ficarem verdes, pelo uso de piscina, e faltar algum tempo para retocar, use um tonalizante da cor mais próxima à sua. Para prevenir o efeito esverdeado, antes de nadar, aplique um creme protetor com silicone nos fios. Destaque o cabelo loiro Para isso, tire proveito da maquiagem... Abuse do rímel e contorne os olhos com lápis preto esfumado. Esse truque ajuda a aumentar o contraste com o loiro, principalmente se os olhos forem castanhos. Para colorir e ressaltar os olhos, invista nos tons de sombra marrom, bege, rosa, verde, cinza e prata. Gloss ou batom rosa-pálido resolvem a boca com classe no dia a dia. Pó com efeito bronzeador deixa o rosto em sintonia com o brilho do cabelo. Pode usar, especialmente à noite.   Outras famosas que também radicalizaram o visual       As atrizes Giovanna Lancellotti e Monica Iozzi transformaram as longas madeixas castanhas em loiro claríssimo!
> Leia mais
Guia de cores de cabelo 2019
Embora a coloração do cabelo da atriz Juliana Paes esteja fazendo o maior sucesso, os castanhos não reinam absolutos nesta estação. Também são destaque as cores de cabelo loiro, vermelho e preto. Outra novidade são as luzes marcadas em tons que contrastam aos de base para iluminar o visual. Há opções para quem prefere nuances naturais, exóticas, suaves ou intensas. Animada para mudar o visual? Então preste atenção neste conselho: quem vai fazer uma mudança radical ou quer dar um efeito especial aos fios nunca deve arriscar a tingir o cabelo em casa. Procure um profissional qualificado para avaliar as condições das suas madeixas e determinar a melhor técnica para realizar a transformação sem danos, ok? Só para ter uma ideia dos perigos, se a estrutura capilar estiver muito danificada ou porosa, a nova coloração pode ficar manchada, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento do que outras. É importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Conheça a seguir as cores de cabelo que vão atualizar a sua aparência e tudo o que é necessário levar em conta na hora de sugerir uma transformação para a sua cliente, se você é cabeleireiro profissional. Loiros em alta Clarear o cabelo é ainda mais arriscado sem a supervisão de um cabeleireiro — os castanhos, por exemplo, podem ficar alaranjados! Outro cuidado para quem pretende ficar loira é fazer retoques mensais para deixar o loiro luminoso. Além disso, usar no dia a dia um xampu antioxidante para o tom não ficar esverdeado ou amarelo. Uma vez por semana aplique uma máscara hidratante para evitar a secura. Escolha agora um loiro para chamar de seu... Manteiga ou neutro Nem platinado, nem escuro quente: o loiro do inverno que já conquistou famosas, como Sophie Turner, Jennifer Lawrence, Hailey Baldwin, Elsa Hosk e Khloe Kardashian, está próximo do bege, areia, nude e perolado. “É o meio do caminho entre o loiro platinado e o loiro escuro. Para alcançar o perfil neutro, é feita uma combinação de nuances quentes e frias. A fusão resulta em um visual sofisticado, com muita luminosidade”, explica Jackson Nunes, hairstylist do In Beauty Luxury, em Campinas (SP). Além de dar um aspecto moderno e delicado, as cores de cabelo neutras valorizam todos os tipos de pele e não exigem muita manutenção, uma vez que as técnicas de coloração visam deixar um efeito de clareamento natural dos cabelos.   Fotos: Reprodução   Platinado Os fios claríssimos, quase brancos, com fundo acinzentado (também chamados de loiro frio ou gelo), são tendência. A opção é perfeita para quem já tem o cabelo descolorido. Para o resultado ficar bonito, o ideal é manter a raiz escura e criar uma transição bem esfumada. Essa técnica também ajuda a diminuir a necessidade de retoques. Depois da coloração é fundamental aplicar xampu roxo, que possui concentração de pigmento violeta: ele neutraliza reflexos indesejados e mantém o platinado radiante.  Fotos: Reprodução/Pinterest e Shutterstock   Loiro mel Quem já é loira ou tem fios castanho-médio pode conquistar facilmente o loiro mel da temporada. No caso de fios mais escuros, é necessário descolorir e depois tonalizar para atingir o resultado, o que acaba danificando muito o cabelo. A tonalidade mais quente pode ser aplicada por igual em toda a cabeça ou aparecer em mechas sutis, com a raiz esfumada. Assim não dá para perceber onde o clareamento começa.  Foto: Shutterstock   CASTANHOS CHIQUES O castanho e suas variantes caem bem em todos os tons de pele, das branquinhas às morenas, e combinam tanto com o inverno quanto com o verão. Nesta estação eles estão mais badalados do que nunca, graças à tendência dos tons terrosos. Pintar as madeixas de castanho não tem segredo, mas caso você se sinta segura para dar um passo além da coloração uniforme, pode testar a técnica da marmorização. Ela ilumina as mechas que emolduram o rosto e outras, no meio do cabelo, quebram o visual chapado. Confira os castanhos que são trend entre as cores de cabelo da moda — um deles está no vídeo de antes e depois, no final deste post, realizado pelo professor Mychael Alcântara, do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP). A transformação foi inspirada no castanho desejo da atriz Juliana Paes na novela A Dona do Pedaço.  Castanho terroso Os tons do deserto são a opção perfeita para deixar o cabelo loiro-escuro mais quente e glamouroso. A ideia é usar alguns marrons para ressaltar vários pontos de luz em toda a cabeça. E foi o que o cabeleireiro Felipe Freitas, do FIL Hair & Experience, fez na atriz Juliana Paes, a Maria da Paz de A Dona do Pedaço. Ele aplicou as tonalidades terrosas com a técnica balayage, que cria mechas finas por quase todo o cabelo. Foto: Divulgação   Caramelo Essa versão iluminada da cor pode tingir luzes no cabelo castanho-claro, médio ou escuro, porque não cria um contraste muito marcante. É perfeita para ressaltar a cor de base.  Foto: Reprodução/Pinterest   Chocolate Quer continuar morena? O chocolate é a sugestão ideal para quem deseja sair do preto, mas sem cair no loiro. Para a cor de cabelo ficar glamourosa, intercale mechas marrons de tonalidades mais claras com escuras.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Cold brew coffee A inspiração para essa nuance é uma bebida de mesmo nome, um café gelado com aparência semelhante ao refrigerante de cola. A coloração é um castanho com um pouco de vermelho e mogno. O cold brew dá um efeito iluminado lindo e sofisticado ao cabelo escuro.   Fotos: Reprodução/Pinterest   PRETO MARCANTE A tonalidade mais escura da cartela de cores de cabelo volta à cena depois de décadas. Como se fixa bem em fios claros, como castanhos e loiros, o preto tem alto poder de cobertura. No entanto, se você tem luzes ou mechas, o recomendado é descolorir antes para que o preto fique uniforme. Veja qual é o matiz de preto que está em alta... Preto azulado Essa tonalidade clássica volta à cena depois de décadas! Ela tem reflexos acinzentados e, por isso, ganha o aspecto azul, principalmente sob o sol. O cinza acaba deixando a cor fria e mais intensa que o preto natural, o que também evita que os fios desbotem para o vermelho. A numeração 1 depois do ponto indica que o reflexo é acinzentado, ok?   Foto: Reprodução/Pinterest   RUIVOS E VERMELHOS Os pigmentos avermelhados são partículas grandes que têm dificuldade de se instalar dentro do fio. Eles acabam se fixando superficialmente e se desprendem com mais facilidade. Por isso, cabelo vermelho se torna gradativamente loiro-dourado ou alaranjado com as lavagens. Anote os cuidados: não lave os fios mais do que três vezes por semana, use xampu neutro, não esfregue o cabelo molhado com intensidade na toalha e invista em produtos especiais para ruivos e vermelhos, que realçam mais a cor. Fique por dentro das principais tendências de cores de cabelo!  Blorange ou ruivo pessego Ousado, o tom alaranjado com nuances de rosa e dourado já fez a cabeça de muitas mulheres. É uma cor de cabelo fantasia, perfeita para quem busca uma transformação radical. Para conquistá-la, o primeiro passo é descolorir os fios.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Ruivo acobreado Para alcançar o tom, esqueça as nuances de vermelho e laranja. O pulo do gato é manter o seu fundo de cabelo natural e matizá-lo com reflexos acobreados. A técnica pega melhor em quem é loira ou tem cabelos castanhos-claros.     Foto: Reprodução/Pinterest   Vermelho carmesim Forte, brilhante e profundo, esse vermelho não é nada discreto. Cabelos do castanho ao preto necessitam de descoloração seguida de tonalização. Diminuir a frequência das lavagens é essencial para segurar o tom.   Foto: Shutterstock   Técnicas para aplicar as cores de cabelo da moda Os métodos de aplicação das tinturas vão se aperfeiçoando e mudando conforme as tendências em alta. Conheça o que vem por aí... Luzes marcadas O que antes era tido como artificial agora é moda. As luzes bem marcadas, especialmente na parte da frente do cabelo, ajudam a iluminar o visual. Esfumado degradê A técnica é indicada para quem quer clarear o cabelo sem radicalismo, já que a raiz fica mais próxima da cor natural e vai clareando gradativamente pelo comprimento até as pontas. A combinação de luz e sombra realça o movimento do cabelo e tem a vantagem de exigir menos retoques. Ombré hair Perfeita para ser feita na coloração loiro mel da moda, o ombré ilumina apenas as pontas dos fios. Haircontour É um método inspirado na famosa maquiagem de contorno e funciona como uma moldura, feita de acordo com o formato de rosto de cada mulher. Alguns pontos da cabeça são iluminados (com técnicas de clareamento à mão livre — hands free) e outros são sombreados (com tinturas ou tonalizantes escuros). Se você quer disfarçar a testa grande, evite descolorir os fios da raiz próximos à área. Quer valorizar o bocão? Faça um degradê de luzes a partir das têmporas.        
> Leia mais
20 looks masculinos para casamento
É verdade que o universo casamento prioriza a noiva. É uma infinidade opções de vestidos, arranjos, véus, joias, calçados e referências para cabelo e maquiagem. Mas graças à expansão do mercado de beleza masculina, o cenário está mudando... Segundo dados da Euromonitor International, o crescimento do setor nos últimos 5 anos cresceu 30%. Só as vendas de cosméticos para homens cresceram 70% no Brasil, o que coloca o país em segunda posição no ranking de vendas mundiais — ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A tendência grooming, um termo em inglês para cuidados pessoais, tem sido usada para definir o comportamento masculino nesses últimos anos: o chamado men’s grooming. O ponto central na preocupação com a aparência deles é a moda da barba, que trouxe mais estilo e personalidade para muitos. Até as novelas já incorporaram a barba para dar mais atitude a alguns personagens (já viu os atores Rodrigo Simas, Renato Góes e Carmo Della Vecchia em Órfãos da Terra, da Globo?). E é justamente o uso da barba pelo homem moderno também o responsável pelo resgate das barbearias antigas, que tomaram conta do mercado. Além dos serviços tradicionais, como corte de cabelo e barbear, elas oferecem cuidados para pele, sobrancelhas, unhas, corpo e a venda de cosméticos, em ambientes inovadores, dedicados especialmente para o público masculino. Essa oferta de novos tratamentos garante que mesmo quem não tem barba ou bigode seja um cliente em potencial. As barbearias antenadas já estão divulgando, inclusive, o Dia do Noivo, para sugerir modelos de barba, bigode e cabelo mais harmoniosos para o grande evento. Precisando de inspiração para recomendar o melhor para o seu cliente ou para você mesmo? Veja a seguir 20 looks masculinos para casamento! Dia do noivo Antes de fazer qualquer mudança no visual, cuide para não desrespeitar o seu estilo e gosto pessoal. A pior coisa é ficar incomodado com a aparência num dia tão importante. Não existem regras sobre como o homem deve usar o comprimento da barba em relação ao cabelo. Tudo vai depender do estilo que ele quer fazer: rebelde, clássico, moderno, roqueiro, grunge, tipo lenhador... Seja qual for o look escolhido, todos os fios precisam estar aparados, com o corte renovado, e hidratados para refletir maciez e brilho. Siga as dicas e confira também na galeria looks masculinos para casamento.   Finalização polida e alinhada Se a ideia é exibir um visual certinho, o corte de cabelo repicado com fios curtos é o mais indicado. Para ganhar charme, trabalhe nuca e laterais bem curtinhas e corte um degradê no topo para criar um leve topete. O graduado navalhado com mechas quiff também é uma alternativa, especialmente para cabelo ondulado a cacheado. O corte degradê é longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. Para um alinhamento perfeito dos fios, penteie com pomada ou spray fixador. Um rosto lisinho, completamente barbeado, ou com a barba rala, por fazer, é o mais indicado para o look polido.     Estilo bagunçadinho Os cabelos repicados médios, com ou em franja, ganham movimento e uma aparência despojada penteados com mousse. Coloque o produto na palma das mãos e espalhe nos fios ainda úmidos, passando os dedos pelas mechas para trás. O look fica bem natural e combina com barba crescida e até um cavanhaque, com fios mais concentrados na região do queixo e maxilar. O cavanhaque pode ter vários formatos e comprimentos, podendo ir do clássico, com linhas mais quadradas, ao mais “grunge”, com fios mais longos.     Look selvagem Quem prefere o visual mais naturalista, no estilo lenhador, não pode abrir mão do cabelo cortado com volume e da barba longa. O corte das madeixas pode ser com o volume mais concentrado no topo ou por igual na cabeça toda. A barba comprida exige hidratação semanal e aparo com mais frequência. Se o seu look é selvagem, mas nem tanto, aposte na barba mediana, com fios entre 3 e 6 centímetros de comprimento.   Visual fashionista O cabelo longo, na altura do ombro ou abaixo, é perfeito para homens jovens e modernos. Os fios podem ser retos, repicados em camadas ou desfiados com franjão. A vantagem do longo é ter mais opção na hora de pentear: dá para deixar solto, fazer coque ou trança e prender rabo de cavalo. O que garante a beleza do cabelo são os produtos de finalização, que acrescentam textura aos fios, definem camadas e eliminam o frizz. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz.   Interessado em proporcionar serviços mais profissionais para os seus clientes ou atualizar a sua barbearia? Invista no curso de barbeiro profissional do Instituto Embelleze. Nele, você desenvolve as competências com excelência no atendimento de cortes masculinos, modelagem de barba e aparo de pelos faciais, designer de cortes e barba, aprende as técnicas de cor, tratamentos e as mais variadas técnicas de transformação capilar masculina de alisamento e relaxamento. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.    
> Leia mais
Cabelo longo masculino: como usar
Está precisando renovar o corte? Que tal dar só uma bela repicada nas mechas e deixar os fios crescerem? A tendência masculina para outono-inverno aponta cabelo comprido para os homens! Nas semanas de moda internacionais, o destaque ficou para a cabeleira ao vento, compondo um visual bem despojado e despretensioso (veja algumas inspirações na galeria).   Diferentemente do que se viu nas ruas até agora — o longo preso por coque samurai ou trança — o cabelo masculino surge solto, com textura natural saudável. Isso quer dizer que os fios, mesmo estilizados com produtos, precisam parecer leves. Além disso, o longo da vez não é simplesmente crescido, ele tem corte para exibir o efeito da moda e pode ter franja. Siga as dicas para aderir ao look ou indicar para os seus clientes. Longo, bonito e saudável Antes de entrarmos no visual da moda em si, vamos falar de saúde. Afinal, o cabelo não cresce, ou não cresce bonito, se alguns cuidados não forem seguidos. “O uso constante de gel, pomadas e outros fixadores, influenciam diretamente na saúde dos fios e do couro cabeludo. Se não forem higienizados corretamente, podem acumular resíduos e provocar inflamação e descamação na pele e ressecamento e pontas duplas na fibra. Para o crescimento saudável é preciso fazer, a cada três meses, um detox capilar, que é uma limpeza profunda em toda a cabeça. Também é recomendado hidratações frequentes”, diz Diogo Rogério de Oliveira, orientador técnico pedagógico do Instituto Embelleze Grajaú e Cupecê (SP).  O ideal é se submeter a esses tratamentos com um profissional, no entanto, também dá para se virar em casa com xampu antirresíduos e cremes hidratantes. O corte comprido da moda O que se viu nas passarelas foi o cabelo crescido. Os modelos dos desfiles tinham fios longos que beiravam, no mínimo, o início ou o final da nuca, nada menor que isso. Como se fosse um cabelo que não é cortado há quatro meses. O especialista Diogo Rogério indica que uma boa pedida para fios de qualquer tipo (liso a encaracolado), que estão em processo de crescimento, é o corte de mecha móvel, em que se trabalha as pontas fazendo o uso de angulações. “Isso traz uma modelagem leve entre as camadas e movimento.” Já quando os fios estão grandes, o corte repicado em camadas desde o comprimento é ideal. Nessa técnica, se as camadas do topo da cabeça são cortadas mais curtas, o cabelo ganha volume; ao contrário, mais longas, evitam que os fios armem. O desfiado e com franjão também é uma opção e combina com todos os tipos de cabelo.   Sugestões de penteado Por mais que a tendência seja o cabelo com aspecto natural “nasci assim”, é com produtos de texturização que muitas vezes se consegue esse efeito. Porque daí o natural aparece sem frizz e com as camadas bem definidas. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz. Confira como estilizar seus penteados... *Pomada ou cera – Coloque um pouquinho na palma da mão, friccione até sentir aquecer e espalhe superficialmente nos fios secos, começando a modelar da parte de trás da cabeça para a frente. Deslize as mãos puxando os fios para baixo e valorizando o corte. Geralmente a pomada e a cera têm acabamento matte. Mantêm as mechas modeladas, porém maleáveis. Esses produtos são perfeitos para deixar o cabelo despojado, como pede a moda. Dão volume aos lisos e ondulados e definição aos cacheados e crespos. *Ativador de cacho – Basta aplicar no cabelo úmido e massagear cacho por cacho, apertando-os com as mãos, das pontas em direção à raiz. O resultado são mechas definidas, sem frizz e brilhantes. *Gel – Bom para os lisos repicados, o gel passado na cabeleira molhada garante que ela seque exatamente da forma que foi penteada, sem eriçar. Sendo assim, depois de colocar o cosmético na palma da mão e espalhar em todo o comprimento, deslize os dedos da raiz em direção às pontas para um visual liso e com pontas definidas. Se quiser ondular, passe um pente de dentes largos ou dê uma leve bagunçada jogando a cabeça para trás e para os lados. *Mousse – Recomendada para homens de cabelo fino e com pouco volume que querem ganhar o visual bagunçado. No cabelo úmido, distribua a mousse uniformemente em todo o comprimento, depois modele as mechas com a ajuda do secador.
> Leia mais
Recupere o cabelo dos danos do verão em 30 dias!
O fio de cabelo é composto por cutículas, que são formadas por placas de queratina (um tipo de proteína) sobrepostas como escamas de peixe. Com movimento próprio, elas abrem e fecham. Se você não protegeu o cabelo devidamente sob o sol, deixou a porta aberta para que os raios ultravioleta, mais os resíduos de sal, cloro e areia se acumulassem no interior da haste, permitindo que essas placas se desestruturassem. O resultado você vê agora, no espelho... fios fracos e quebradiços, opacos, arrepiados, ressecados, manchados, com pontas duplas e toque áspero. Credo! Mas também não é para se desesperar ou perder a cabeça, porque, segundo os especialistas, é possível sim recuperar a vida e a maciez das madeixas rapidamente, em mais ou menos um mês. Identifique o problema do seu cabelo ou dos fios da sua cliente e vá à luta! O loiro ganhou reflexos esverdeados e o castanho está avermelhado? O cloro e o sulfato de sódio da água da piscina reagem com o tom amarelo dos fios, tornando-os verdes. Nos castanhos, o resultado são nuances avermelhadas ou pontas mais claras. A primeira providência é fazer uma limpeza profunda com um xampu antirredíduos para eliminar resquícios dos agentes químicos. Depois, aplique um tonalizante sem amônia para uniformizar a cor e um bom hidratante ou máscara reconstrutora. Isso vai disfarçar o problema por algumas semanas, mas depois é necessário recorrer à ajuda de um profissional para corrigir o tom definitivamente. “No dia a dia, procure usar xampu e condicionador com proteínas do trigo, que auxiliam na manutenção da cor”, indica Dione Antunes, coordenadora técnica da Embelleze Salon. A cor desbotou? Os raios solares penetram na fibra capilar e degradam o pimento que lhe dá cor, não importa se o cabelo é natural ou tingido. Algumas vezes o reflexo provocado pelo sol é até bem-vindo — nas loiras naturais sobressaem as mechas douradas. Mas há casos em que os efeitos acabam sendo contrários. As mechas vermelhas, por exemplo, podem ficar alaranjadas e as castanhas e as loiras tingidas tornam-se sem vida. Daí é hora de garantir a saúde dos fios novamente com alguns cuidados especiais. Anote: primeiro reavive a cor com um xampu tonalizante (num tom próximo ao do seu fio), que também restaura o brilho e reforça os reflexos. Depois, para não correr o risco de ficar desbotado outra vez, proteja o cabelo com leave-in formulado com filtro solar. O problema são fios super-ressecados? Todos os agentes típicos do verão roubam a umidade natural do cabelo. É o caso do sol, do mar da piscina, do vento e até do atrito do fio com a areia. A aparência é de mechas opacas e ressecadas. Com o calor a gente tende a lavar mais o cabelo e isso também retira a oleosidade natural. Resultado: o couro cabeludo tem dificuldade de produzir a gordura que o cabelo precisa e pode, inclusive, provocar descamação. “O uso de xampu com ingredientes hidratantes, como o óleo de Argan ou o de coco e a lanolina, ajuda a reverter o quadro”, diz Dione. Para acelerar o processo de recuperação, a expert recomenda substituir o condicionador após a lavagem por uma máscara de hidratação composta por ácido hialurônico, um excelente repositor de umidade e formador de película protetora, ou óleos vegetais de abacate, coco ou oliva. “Uma possibilidade é aplicar o condicionador após a máscara para conferir ainda mais emoliência aos fios”, garante Dione. Uma a duas vezes por semana, aposte numa máscara reconstrutora. Só para você entender a importância, os hidratantes reagrupam as cutículas e aumentam o brilho e a maciez, quanto os reconstrutores repõem as proteínas (queratina e aminoácidos) perdidos.   O fio liso insiste em ficar fora do lugar? Uma das causas do liso ficar arrepiado e rebelde durante o verão é a umidade do ar. Ela aumenta a eletricidade, além disso, o sal da água do mar e o cloro da piscina retiram a oleosidade natural, deixando os fios desidratados e mais ásperos. A saída é fazer hidratação uma vez por semana e, no dia a dia, usar produtos que diminuem a eletricidade estática. Xampu e condicionador à base de ceramidas ou queratina são capazes de nutrir o cabelo e dar um bom efeito. Outro cuidado é investir, diariamente, em um leave-in e usar máscara de hidratação profunda semanalmente. O crespo está arrepiado? O formato espiralado do fio cacheado dificulta a chegada da oleosidade natural — que sai do couro cabeludo — até as pontas. Por isso, de forma geral, os crespos são mais ressecados. Os agentes externos, como a escovação, a umidade do ar mais intensa, o sol, o cloro da piscina, a água do mar e o atrito do cabelo com o vento vão piorando ainda mais a situação, pois torna o fio poroso e, consequentemente, volumoso. Lavar os fios com xampu formulado com queratina, pantenol ou aloe vera é fundamental para ajudar na hidratação. Use também leave-in e reparador de pontas para dar um pouco mais de peso ao cabelo e evitar o frizz. Acabou o brilho? O fio só vai conseguir refletir a luz se a superfície estiver uniforme, retinha, com as cutículas (escamas que protegem a fibra capilar) fechadas. Mais: também não pode ter proteína faltando. Para que isso aconteça, você tem que fazer hidratação semanalmente. “Um tratamento selante, que alinhe as cutículas, também é indicado. Pode ser feita uma cauterização ou carga de queratina”, diz Dione. Quando quiser resultados imediatos, lance mão dos sprays e séruns de brilho — eles têm efeito temporário (lavou, saiu), mas são perfeitos para dar uma iluminada no visual e garantir a impressão de cabelo bem cuidado. Estão aparecendo pontas duplas? Nesse caso, infelizmente, não há conserto. A única solução é passar a tesoura! Mas dá para disfarçar o problema enquanto você não corta: “cole” as pontinhas bifurcadas (úmidas ou secas) aplicando cosmético à base de silicone na formulação — de quebra, eles aumentam o brilho e a maciez.   Cabelos na UTI Quando os fios estão ultradetonados a melhor coisa a fazer é um tratamento de choque no salão para regenerá-los. Ele hidrata, nutri e reconstrói a fibra capilar de forma eficiente e duradoura. São usadas máscaras de hidratação profunda com ingredientes nobres e em alta concentração. Os efeitos já são sentidos logo após a primeira aplicação! Conheça as etapas pelas quais os seus fios devem passar para se regenerarem integralmente:
> Leia mais
CORTES DE CABELO MASCULINO PARA CRESPOS, ONDULADOS E LISOS
Desde que a indústria da moda e da beleza olhou para a ala masculina de modo especial, as novidades nunca mais pararam de surgir. Das passarelas fashion saem roupas cheias de bossa e cortes e penteados repletos de charme e estilo. Nada mais é apenas o tradicional para os homens. Tanto que até a clássica profissão de barbeiro não é mais a mesma. Há algum tempo as barbearias têm investido alto em informação e capacitação para trabalhar com técnicas modernas e diferenciadas e, assim, atender aos desejos do público masculino. No quesito cabelo, as tendências estão cada vez mais ousadas. A influência americana e europeia trouxe formas e texturas que, definitivamente, subiram à cabeça deles. “Para este ano, não tenho dúvida de que, dentre os cortes da moda, o graduado e suas variações vai ser o grande hit. Conhecido popularmente como degradê (em inglês, fade), o corte se concentra na parte de baixo da cabeça, a partir das orelhas — laterais, trás e nuca. O topo pode ser elaborado a gosto do cliente”, diz Jimmy Medeiros, instrutor do curso de Barbearia do Instituto Embeleze de Taguatinga, Brasília. De acordo com o expert, o estilo que combina base graduada e corte livre na parte superior é chamado de corte híbrido e é exatamente essa proposta que vai pegar. Quer saber o que vem por aí e como fazer a melhor escolha para cada tipo de cabelo? Leia a seguir!    Graduado médio com nudred: ideal para cabelo afro Foto: Reprodução/Instagram Corte Também chamado de mid fade e taper fade, o graduado médio é feito à máquina nas laterais. A gradação (ou esfumado) fica restrita à base da cabeça e os pentes utilizados na máquina de corte são 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um). “Para o graduado médio a linha inicial é feita com o 0 (zero) e deverá subir, aproximadamente, dois dedos da nuca e também nas laterais, tendo a altura das orelhas ou das sobrancelhas como referência de limite. Já na parte superior da cabeça, o comprimento dos fios deve ter, no mínimo, dois centímetros de altura”, explica Jimmy. Penteado A onda agora é pentear os fios longos do topo da cabeça com a esponja nudred. Esse produto é próprio para cabelo crespo ou afro, curtos, e específico para fazer cachos. Parece uma esponja de lavar louça, porém é bem grossa e um dos lados é todo perfurado para modelar os cachos. Na hora de produzir o penteado, aplique um pouco de pomada de modelagem no cabelo e passe o lado com furos da esponja sobre os fios em movimentos circulares, no sentido horário. Passe quantas vezes forem necessárias até formar os cachinhos. Finalize com uma névoa de spray fixador.   Graduado navalhado com mechas quiff: para cabelo ondulado a cacheado Foto: Reprodução/Instagram Corte Também conhecido como high fade, o hairstyle nascido nos anos 1950 tem a parte superior elaborada com mechas quiff, que em inglês significa topete. Ou seja, o corte não passa de um degradê longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. “Nessa gradação, cria-se inicialmente uma linha com o pente 0 (zero) da máquina e, toda a região abaixo desta linha, é cortada com a navalhete. Depois, deve ser utilizado o pente 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um) para fazer a gradação. Já os fios do topo são cortados com tesoura para formar as mechas quiff. Resultado: laterais e o quadrante de trás do cabelo curtos — com tamanho aproximado de 6 cm ou 3 dedos – e o quadrante do meio e da frente do cabelo maiores para que o volume seja valorizado”, diz Jimmy. Penteado A finalização deste corte deve ser feita com secador e escova. Escove de trás para frente até os fios ficarem lisos. Depois, aplique um pouquinho de pomada fixadora de efeito seco nas mãos e penteie as mechas para trás, marcando as camadas do corte. Use spray fixador, se necessário. O visual fica cuidadosamente bagunçado e com uma leve ondulação.     Social curto com topete: indicado para os lisos Foto: Reprodução/Instagram Corte A gradação também pode ser feita no social curto e é perfeita para aquele cliente que foge do pente zero (0) da máquina. “Os pentes utilizados são 1 (um), 1 e ½ (um e meio) e 2 (dois). A nuca e as laterais são trabalhadas primeiro com pente 1. As laterais ficam com altura de 3 a 6 cm (ou dois a três dedos) para poderem ser integradas à parte superior com a gradação, que utiliza pente 1 e ½ (um e meio).  O topo da cabeça é cortado em degradê com tesoura, devendo ficar com 10 cm de comprimento para a criação do topete. Penteado Aplique gel de fixação média a forte em todo o cabelo do topo e, com um pente jacaré (de dentes largos), elabore um topete.   Você também pode aprender a cortar cabelo masculino e se tornar um expert. Informe-se numa unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você! 
> Leia mais
CORTES DE VERÃO 2019: PARA CURTOS, MÉDIOS E LONGOS
Cortar o cabelo não é uma decisão simples para quem tem apego ao comprimento ou ainda não conhece um bom profissional. Afinal, não é só criar coragem para ir em frente, é preciso também levar em conta se o corte escolhido combina com o seu dia a dia, com o formato do rosto e até com sua personalidade para não se decepcionar depois. Mas a verdade é que repaginar os fios é sempre bom para variar e dar um up na autoestima. As celebridades vivem fazendo isso! Se você é adepta do “cabelo cresce” ou é cabeleireiro e quer levar novidade para o seu salão, confira as tendências em corte (para curtos, médios e longos) reveladas por Ivanete Coelho, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Petrolina, Pernambuco.   CURTOS Short bob  Esse é o modelo curto do long bob e fica bem em todo tipo de cabelo – do liso ao crespo. O comprimento é na altura do queixo ou um pouquinho mais abaixo, com pontas arredondadas contornando as maçãs do rosto. O volume é concentrado junto à raiz e a nuca é mais batida. No cabelo crespo ou cacheado deve-se fazer um leve desfiado para “encaixar” os caracóis no corte. “A combinação imbatível para esse estilo é a franja alongada lateralmente com ponta repicada ou desfiada suavemente. Na hora de pentear, aposte no efeito messy (bagunçado), super em alta, feito com pomada finalizadora. Babyliss de aro grosso também fica lindo. Pixie cut  É a versão atualizada do tradicional corte “Joãozinho”, que está na moda já há algumas temporadas. Em 2019 o pixie cut vem mais desconectado. Para ter um bom caimento, ele precisa ser bem desfiado. O cabelo naturalmente volumoso deve ser mais desfiado que o cabelo fino, ok? Para manter o corte sempre bonito, é preciso retocá-lo com frequência e investir em produtos de finalização para marcar as mechas e adicionar textura.   MÉDIOS Repicado        A ordem é imprimir mais identidade aos fios médios, portanto, além de repicá-los em camadas (mais atrás do que na frente e a partir das orelhas) e definir o comprimento no ombro, faça uma franja. Ela pode ser longa ou curta, mas sempre desfiada. A franja longa é alinhada na altura dos olhos ou das maçãs do rosto. Usada para o lado, ela se mistura com o restante dos fios, dando movimento ao corte. Outra franja alongada é a tipo cortina, desfiada nas pontas e usada dividida ao meio. A franja curta da moda é a baby bang — de comprimento no meio da testa ou logo acima das sobrancelhas —, um estilo bem ousado. Como pentear o repicado médio? Simples, só com secador para definir o repicado. Sleek bob Esse corte de comprimento médio não tem camadas repicadas. É reto e proporciona um look uniforme. Para ganhar personalidade pode ser assimétrico, com a parte de trás um pouco mais curta e a frente alongada. A ideia é exibir um visual liso, então adote um produto leave-in que elimina o frizz antes de fazer escova.    LONGOS Camadas O longo moderno é cortado em camadas, tudo para dar leveza, movimento e volume natural à cabeleira. E o comprimento máximo bonito é na linha do busto. As camadas repicadas dão aos fios uma desconstrução toda especial e podem vir desde a altura dos olhos.   O penteado que realça as camadas é feito com babyliss ou escova modelada. Blunt cut Para as mulheres que amam madeixas bem longas, o corte reto voltou a fazer sucesso e é tendência. Chamado blunt cut, possui base e fios retos, sem nenhuma mecha ou ponta repicada. Como a aparência tem de ser reta, é importante estar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios em dia. A finalização do penteado pode ser feita com chapinha, deixando as pontas retas, ou babyliss e spray de ondas para o cabelo ficar com aspecto messy (bagunçado).   No curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende muito mais do que cortar cabelo. Domina também técnicas de coloração, modelagem, transformação capilar, alisamento, relaxamento, encacheamento e muito mais. Se a sua ideia é abrir o próprio salão de beleza, fique tranquilo, o curso também instrui sobre o mercado, atendimento ao cliente e biossegurança.
> Leia mais
9 CUIDADOS PARA CABELO CACHEADO
Muita gente prefere se desfazer dos cachos por achar que são difíceis de cuidar ou por acreditar que os cabelos lisos são muito mais práticos. Verdade ou não, o fato é que é possível alcançar resultados maravilhosos com um cabelo cacheado. Mas, claro, que cada mulher pode ser o que quiser. Se sua cliente acha que o rosto dela fica melhor com um cabelo liso, vá em frente! Recomende tratamentos seguros e eficazes para garantir um liso perfeito, mas sempre pensando em formas de deixar os cabelos mais resistentes e hidratados. Agora, se sua cliente é fã de cachos, veja como ajudá-la a assumi-los sem drama! Como cuidar do cabelo cacheado em 9 passos Os cabelos cacheados costumam ter fios mais secos, por isso é muito importante fazer hidratação pelo menos 1 vez ao mês. Esse tipo de cabelo não deve ser penteado todos os dias, pois os fios podem ser mais frágeis e o volume irá aumentar. A lavagem diária não é recomendada por contribuir para o enfraquecimento dos fios e prejudicar o couro cabelo, que demora cerca de 24h para secar. Por isso, o ideal é dar um respiro entre as lavagens e deixar que oleosidade natural do cabelo, fonte de hidratação para os fios, se espalhe entre eles. A água muito quente também pode ser uma péssima aliada para a textura dos fios. Os cremes ou óleos para facilitar na hora de pentear precisam ser escolhidos com cuidado, avaliando o produto recomendado para cada tipo de cabelo e evitando o uso em excesso para garantir o movimento natural. Pentear os cabelos secos, nem pensar! O ideal é penteá-los apenas quando estiverem úmidos, evitando a quebra. Quando embaraçados, comece penteando os fios das pontas até a raiz. As pontas dos cabelos cacheados precisam ser aparadas periodicamente para evitar o ressecamento. Evite escovas! Os pentes de dentes largos fazem um trabalho muito melhor sem danificar os fios. Quando necessário secar os cabelos, utilize um difusor em temperatura morna e velocidade média. Assim, você obtém o tempo necessário para modelar os fios e reduzir o efeito frizz, distribuindo o calor de forma uniforme. Saiba muito mais no curso de Especialista em Cachos, do Instituto Embelleze, ou visite uma unidade mais próxima!
> Leia mais
CABELO LISO: 10 DICAS DE BELEZA
O liso é mais bonito quando não mostra quebra no comprimento nem ressecamento nas pontas. Para isso, não dá para dispensar tratamento especial no dia a dia. Se você se preocupa com a aparência e força dos seus fios — ou com os da sua cliente —, siga estes 10 cuidados para cabelo liso: O cabelo liso tende a ressecar. Mantê-lo hidratado, duas vezes ao mês, é essencial para deixar os fios mais fortes e com aspecto natural. Os finos quebram mais facilmente, podendo se romper até mesmo ao ser amarrado com muita força. O ideal é prendê-los um pouco frouxos ou usar acessórios que não pressionem muito. Pentear o cabelo molhado é um grande erro! Ele sempre quebrará mais quando estiver úmido. O uso do secador ou chapinha em excesso pode agredir demais o cabelo fino. Por isso, é recomendado aplicar um protetor térmico antes e manter o secador em temperatura baixa e não muito próximo do couro cabeludo, entre 10 e 15 cm de distância. Produtos com queratina ajudam a fortalecer os fios, tornando-os mais fortes e resistentes. Porém, tudo em excesso faz mal. E o uso exagerado pode causar o efeito rebote, ou seja, endurecer demais o cabelo. Use com moderação! Aparar as pontas regularmente irá ajudar a evitar a formação de pontas duplas, mais propícias a aparecer no cabelo fino. Usar condicionador desde a raiz não é uma boa ideia, pois, apesar do cabelo liso e fino ser mais seco, a oleosidade natural, produzida pelas glândulas sebáceas, desliza melhor entre os fios, já que são retos.Então não há necessidade de besuntar a raiz. Aplique o condicionador somente em comprimento e pontas para o visual não ficar pesado. Dormir de cabelo molhado é um pecado mortal! Além dos fios ficarem desalinhados e sem forma ao amanhecer, essa prática enfraquece a raiz e favorece a quebra do cabelo. Químicas no liso e fino são permitidas, porém é preciso ter atenção para evitar a quebra, o ressecamento ou outro problema. Por exemplo, nunca combine tintura e alisamento no mesmo dia, pois os finos não aguentam passar pelos dois procedimentos. Evite o excesso de lavagens. Embora o cabelo liso e fino tende a ser mais oleoso, lavar todo dia danifica a textura delicada desse tipo de fio.    Saiba como cuidar desse tipo de cabelo no curso de Cabeleireiro Profissional ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
CACHOS NATURAIS
Imagine um cabelo com cachos abertos e soltinhos e um incrível aspecto saudável. Sim, é possível conquistar esse resultado com o Relaxamento Natural Salon Embelleze —procedimento perfeito para você, cabeleireiro, indicar para a sua cliente cacheada. Entenda como funciona a seguir. Relaxamento Natural Antes de partir para o tratamento, analise as condições dos seus fios, pois alguns protocolos precisam ser seguidos. Veja como estão: Couro Cabeludo Textura dos fios Elasticidade dos fios Porosidade dos fios Densidade do cabelo Depois de averiguar todos os elementos e ter certeza de que o cabelo está apto a receber o tratamento, vamos à ação: Faça o teste de mecha para verificar a resistência dos fios. Nesse caso, o teste deve durar de 5 minutos a, no máximo, 35 minutos para não prejudicar o cabelo. Não esqueça de proteger ao redor do rosto, nuca, orelha e couro cabeludo. O cabelo precisa ser dividido em partes para a aplicação da Massa Capilar Relaxante Salon Embelleze e um ativador com a ajuda de um pincel. É importante que a mistura seja aplicada iniciando da nuca e a 1 cm da raiz.Depois, é hora de abrir os cachos dividindo as mechas e levando o produto até o comprimento com um pente de dentes largos.Antes de enxaguar, também recomenda-se passar condicionador nas pontas e depois retirar todo o produto. Você também pode garantir a saúde dos fios aplicando um Reconstrutor ou Queratina Líquida da Salon Embelleze.Certifique-se de que não haja nenhum vestígio de resíduos aplicando um shampoo indicador da linha. Quando a espuma estiver sem cor, aguarde 3 minutos e enxágue. Hidrate o cabelo com a Máscara de Tratamento Salon Embelleze e utilize uma touca térmica para potencializar o resultado, por cerca de 15 minutos. Realize um último enxágue e termine com a aplicação de um finalizador da linha para estilizar os cachos, sempre com movimentos de baixo para cima para ativar os cachos. Dica importante: Para diminuir o volume próximo à raiz, enluve os fios com as costas de um pente. Em outras palavras, faça uma massagem constante de cima para abaixo no sentido das fibras capilares. Isso ajuda o produto a penetrar melhor e selar as fibras do cabelo.Depois de tudo isso, é só relaxar! Os fios vão ficar ainda mais soltos e com movimento natural. Quer aprender mais sobre cabelos cacheados e ficar fera nos cachos? Então, acesse o site e confira como se matricular no curso Especialista em Cachos ou vá até a unidade do Instituto Embelleze mais próxima.
> Leia mais
QUER CACHEAR SEU CABELO LISO?
Não estamos falando de babyliss, mas sim de escova modelada com bucles, que garante cachos soltinhos com ar natural no cabelo liso a ondulado. Confira o passo a passo: Aplique um leave-in com proteção térmica no cabelo lavado. Em seguida, divida o cabelo. A parte frontal é dividida em três. A parte posterior é sempre direcionada na diagonal para trás. O topo do cabelo é separado, para dar volume e valorizar as ondas. Cada mecha deve ter no máximo dois dedos de largura na vertical e quatro dedos na diagonal. A mecha ficará no formato de um retângulo, só que em vez de ser na horizontal será na diagonal.                       Escove o cabelo com a escova em diagonal, deslizando-a da raíz às pontas, sem deixar a mecha se soltar das cerdas. Sempre que terminar de secar cada mecha, enrole-a com os dedos indicadores e prenda o rolinho com grampos. Esse rolinho é chamado bucle. Depois que terminar de escovar e enrolar todo o cabelo, espere os fios esfriarem  — de 5 a 10 minutos.                 Desmanche os bucles da nuca em direção à frente, ajeite o cabelo com as mãos e alinhe os fios do topo com pomada ou um reparador de pontas.                           Aprenda mais técnicas de penteado, além de corte, coloração, tratamentos capilares, alisamento, relaxamento e encacheamento no curso de Cabeleireiro Profissional do Instituto Embelleze. O curso ainda ensina conceitos sobre tricologia, biossegurança e visagismo.
> Leia mais
SELAGEM TÉRMICA CAPILAR: A TÉCNICA QUE RECONSTRÓI OS FIOS
Sabe quando você sente que seu cabelo precisa de cuidados, mas acha que dá pra esperar um pouco mais? Na verdade, não dá mesmo! Aguardar para correr atrás de um cuidado pode ser tarde demais e, depois, o tratamento pode ser dobrado! Quando você nota que o cabelo está sem brilho, sem vida e tomou uma forma diferente da que costumava ter, essa é a hora certa de buscar um tratamento que recupere a saúde dos fios e os fortaleça. E é nesse ponto que se encaixa a Selagem Térmica Capilar UBK Salon Embelleze, uma técnica que ajuda na reconstrução de cabelos quebradiços, porosos, secos ou danificados (ou até tudo junto). Ao contrário do que muita gente pensa, selagem não é alisamento ou progressiva, é um tratamento de alta performance de alinhamento térmico dos fios fragilizados e com alto frizz. Como o próprio nome diz, o método é usado para selar os fios, tornando a estrutura mais resistente.Os cabelos danificados por processos químicos são os principais alvos da selagem, pois ela reconstrói os fios deixando-os mais saudáveis e nutridos. É claro que esse procedimento requer o auxílio de um profissional experiente e qualificado para que tudo saia perfeito, principalmente na hora de avaliar o estado do cabelo e fazer o teste de mecha antes de realizar o procedimento. Como funciona a Selagem Térmica Capilar UBK Salon Embelleze O primeiro passo é borrifar o Primer Capilar em todo o cabelo e aguardar a ação por 10 minutos antes de enxaguar.Em seguida, é feita a lavagem dos fios com o Misuke Pré-shampoo, da Salon Embelleze, repetindo a operação. Antes da aplicação do produto é preciso retirar cerca de 80% da umidade dos fios. Na sequência, é só dividir o cabelo em algumas partes para facilitar a aplicação.O produto Selagem Térmica Capilar UBK deve ser aplicado mecha a mecha alinhando os fios com um pente fino, iniciando sempre pela nuca. O tempo de repouso indicado é de 35 minutos. Após a ação, é recomendado pentear todo o cabelo com um pente fino para facilitar a absorção. Após enxaguar, retire levemente o excesso do produto e também remova bem a água com uma toalha. Espalhe o leave-in Blindagem Nano Reconstrutora por todo o cabelo e, em seguida, seque e escove os fios.O último passo é pranchar o cabelo em mechas bem finas de 10 a 15 vezes (de acordo com a textura dos fios), para fixar a selagem. Pronto! O procedimento está feito e só é recomendada a repetição do tratamento no intervalo de 30 dias. O resultado? Além da reconstrução dos fios, há a redução do volume, ação anti frizz, mechas macias e com muito mais brilho.Com esse tratamento, é impossível não ter clientes satisfeitas saindo do seu salão. É tudo o que um cabelo precisa para ressurgir das cinzas causando inveja em qualquer um.Você pode aprender essa e muitas outras técnicas com os excelentes profissionais do Instituto Embelleze. Dá só uma conferida nos cursos que podem transformar a sua vida e também a das suas clientes, ou procure uma unidade mais próxima de você.
> Leia mais
APRENDA A REDUZIR O VOLUME DO SEU CABELO
O volume depois de uma noite de sono não é uma aparência característica só dos cabelos crespos. Lisos, cacheados e ondulados também sofrem com os “fios com vida própria”. Ter que perder tempo arrumando o cabelo pela manhã para deixá-lo com um visual melhor durante o dia não é algo que a gente coloca na agenda. Aliás, não podemos esquecer que tem também o efeito reverso. Tem dias que você acorda com o cabelo perfeito e, de repente, é como se um furacão tivesse passado sobre a sua cabeça. Lá está a jubinha armada em plena a luz do dia, com plateia e tudo. Se você se identificou ou tem alguma cliente que reclama da mesma condição, preste atenção neste segredo: Misuke Gloss Redutor Salon Embelleze, uma técnica de efeito liso natural com redução gradativa de volume. Como aplicar Misuke Gloss Redutor O primeiro passo é a aplicação do Primer Capilar da linha Nutri Salon, que irá agir como um desmineralizador, eliminando o excesso de minerais e preparando para melhor absorção. Após borrifar sobre os fios, recomenda-se deixar agir por 10 minutos. Em seguida, é hora de enxaguar e lavar os cabelos com o Pré-shampoo Misuke. Na cadeira, retire cerca de 80% da umidade dos fios com o secador. Para facilitar a aplicação do produto, divida o cabelo em partes e aplique o Misuke Gloss Redutor mecha a mecha, alinhando os cabelos sem sobrecarregar os fios e pausando em seguida. O tempo médio de ação do produto é de 15 a 30 minutos em cabelos finos e oleosos, podendo variar de acordo com a espessura do cabelo. Na sequência, enxague e elimine o excesso de produto, evitando que os fios fiquem pesados.Antes da secagem, aplique uma pequena quantidade de Misuke Antiumidade nas mãos e espalhe pelos fios, ele agirá como protetor térmico. Finalize com escova e prancha.Importante: em cabelos grossos ou cacheados é recomendado escovar e pranchar mechas bem finas, até 15 vezes cada, em temperatura acima de 210°C antes do enxágue. Finalize com escova e prancha novamente.   Viu como é fácil? Tudo é feito rapidinho com ajuda de um profissional experiente para realizar a aplicação e domar o volume dos fios. Quer aprender mais técnicas geniais como esta? O Instituto Embelleze ensina! Consulte todos os cursos pelo site ou procure a unidade mais próxima.
> Leia mais
CABELO CACHEADO: CUIDADOS PRÉ E PÓS-QUÍMICA
Tintura, alisamento, progressiva, permanente afro… Não tem nada de errado usar esses recursos para dar uma repaginada no visual. O problema é não preparar o cabelo antes nem fazer a manutenção depois, sem falar em deixar recorrer a um profissional de confiança para não ter erro. Especialmente o cabelo cacheado pede cuidados especiais pré e pós-química, pois são finos e frágeis. A Oleoterapia é um tratamento excelente para antes e depois de qualquer procedimento. À base de ativos com ação hidratante, fortalece e nutre a fibra capilar, além de doar brilho e maciez ao cabelo. Outro benefício é proteger e acalmar o couro cabeludo, evitando a irritação causada por agentes químicos. Oleoterapia: cuidado para cabelo cacheado pré e pós-química O kit de produtos pré e pós-química da família Yantra, Salon Embelleze, traz sete óleos especiais. Saiba como funciona para pedir ao seu cabeleireiro ou indicar para as suas clientes. Primeiro o cabelo é separado em mechas e, depois, recebe a aplicação da Máscara de Oleoterapia em pequenas quantidades. O produto fica nos fios por 10 minutos e, em seguida é enxaguado. Depois é lavado duas vezes com o Yantra Shampoo Pré e Pós-química. Após a lavagem, remova completamente o shampoo e separe novamente as mechas para uma nova aplicação da Máscara. As mechas devem ser cuidadosamente massageadas para facilitar a umectação. O resultado será ainda melhor com o uso de uma touca térmica por 20 minutos. Após esse procedimento, é só enxaguar e seguir para a estilização dos cachos. Para estilizar os cachos, é preciso ter em mente o efeito desejado, aplicando o Potencializador de Cachos ou Efeito Siliconizado. Ambos os produtos pedem a aplicação de uma quantidade generosa em cada mecha. Com o auxílio de uma toalha especial, retire o excesso dos produtos ativando os cachos. Resultado? Cachos bem nutridos com um aspecto saudável e protegido dos danos causados pela química. Se você ainda não conhece o curso de Especialista em Cachos, do Instituto Embelleze, pode saber mais pelo site ou visitando a unidade mais próxima de você.
> Leia mais
COMO TIRAR O FRIZZ E O VOLUME DO CABELO
Parece que tudo o que você faz para melhorar o aspecto do cabelo ao acordar não adianta. Nesse caso, a melhor saída é tomar uma boa ducha dos pés à cabeça para começar a controlar os fios do zero! Mas, e se houvesse um jeito de seu cabelo acordar, todo dia, em perfeito estado? A solução é investir na técnica Escova Redutora Nano Botox, que possui um ótimo resultado para tirar o frizz e reduzir o volume do cabelo. Ok, existem muitas formas de controlar o volume do cabelo e os fios rebeldes, mas a Nano Botox é ultraeficiente porque penetra profundamente nas fibras, devolvendo o brilho e a maciez que o cabelo precisa.   Nano Botox: elimina o frizz e o volume do cabelo Os principais benefícios desse tratamento é que não possui formol e é compatível com outros procedimentos químicos. Preste atenção para entender como funciona! 1º passo: verificar se não há nenhuma lesão no couro cabeludo da cliente e saber quando foi a última aplicação de química.2º passo: aplicar o Primer capilar antes de lavar os cabelos, espalhando por toda a extensão dos fios e aguardando por 10 minutos.3º passo: enxaguar e aplicar o Revitay Salon Shampoo Purificante por todo o cabelo, massageando o couro cabeludo e os fios. Enxágue, repita a operação e deixe agir por 5 minutos. Após a lavagem, retirar 60% da umidade antes da aplicação do Nanobotox.4º passo: dividir o cabelo em quatro partes e aplicar com um pente de dentes bem finos o produto Nano Botox. Inicie a aplicação pela região da nuca em mechas finas, sem encostar no couro cabeludo, retire o excesso do produto e reaplique na mesma mecha.5º passo: após a aplicação, aguardar o tempo de ação de 30 min. Depois, realinhar os fios e deixar agir por mais 5 minutos antes de enxaguar o cabelo e retirar todo o produto.6º passo: aplicar o produto Blindagem Nano Reconstrutora. Aplique uma quantidade generosa espalhando bem por todos os fios em seguida secar todo o cabelo.7º passo: o último passo é pranchar os fios em mechas bem finas de 10 a 15 vezes para realizar a selagem do produto no cabelo (quanto mais cacheado, mais precisa pranchar). Dica: em caso de cabelos loiros ou com luzes, é indicada a aplicação do Shampoo Vitay Salon ou Alquimia. Um procedimento importante para evitar o desbotamento da química. Essa técnica deixará a sua cliente feliz, com a autoestima nas alturas logo ao amanhecer. Afinal, quem não gosta de se olhar no espelho pela manhã e sentir que está linda? Venha aprender mais com a excelente equipe de instrutores do Instituto Embelleze.
> Leia mais
RITUAL DETOX ELIMINA A OLEOSIDADE A JATO!
As causas da oleosidade no couro cabeludo são muitas e precisam ser diagnosticadas por um dermatologista para tratar casos como dermatite seborreica ou alguma disfunção na produção das glândulas sebáceas. Tirando isso, o cabelo pode parecer oleoso no dia a dia por excesso de creme, longos intervalos entre as lavagens e até pelo uso de produtos que não são indicados para o seu tipo de fio. Outras razões possíveis: o hábito de ficar passando as mãos constantemente no cabelo, lavar com água muito quente e lavar além do necessário (o que acaba estimulando ainda mais a fabricação de sebo). O calor e o clima muito quente também podem estimular a oleosidade. Enfim, seja qual for a origem do problema, existe um tratamento de salão que resolve a questão chamado Ritual Detox, uma desintoxicação capilar que purifica o couro cabeludo e limpa os fios profundamente, eliminando resíduos oleosos que emplastram o cabelo no dia a dia.Mas antes de falar sobre esse procedimento, vale destacar que quem tem cabelo oleoso pode, sim, lavá-lo todo dia, assim como a pele. O que muda é a quantidade de cabelo que cada pessoa tem, fato que influencia no processo de secagem. Enquanto uns levam mais tempo para secar, outros secarão mais rápido. Já dormir com o cabelo molhado não é legal, pois a umidade no couro cabeludo cria um ambiente favorável à proliferação de fungos e bactérias, o que provoca oleosidade. Veja como funciona o Ritual Detox Mais do que uma técnica de limpeza e purificação, o Ritual Detox ou Desintoxicação Capilar feita com produtos da Salon Embelleze, também cuida do couro cabeludo e hidrata os fios, deixando-os mais leves. Essa técnica é indicada para quem possui cabelos muito oleosos na raiz e pontas ressecadas, inclusive após a lavagem. Funciona assim: O primeiro passo é a aplicação do Primer Capilar, que retira os minerais acumulados no fio que atrapalham processos de tratamento. O Primer precisa ser borrifado em todo o cabelo até ficar bem umedecido, aguardando o tempo de 10 minutos para a ação do produto. Em seguida, é hora de enxaguar todo o cabelo e aplicar o Revitay Shampoo Purificante, que elimina todos os resíduos sem ressecar o cabelo, além de tratar os fios e o couro cabeludo deixando-os livres de impurezas. Após a retirada do produto, é aplicada uma ampola de Serum Scalp Therapy para retirar de vez toda a oleosidade e nutrir o couro cabeludo. Para a aplicação, é preciso abrir o couro cabeludo e colocar o produto em pequenas porções, massageando para que fixe bem. Em sua fórmula, o Serum traz ingredientes como o extrato de chá verde, que age como um oxidante e previne o envelhecimento da fibra, e o extrato de gengibre, que tem ação antisséptica e estimula o crescimento dos fios. Depois, o cabelo deve ser dividido mecha a mecha para a aplicação do Detox Máscara dois dedos abaixo da raiz, massageando uma a uma. O produto é ideal para a hidratação e está disponível em duas versões: em gel, para cabelos mistos e oleosos, e em creme, para cabelos quimicamente tratados e ressecados. Para potencializar ainda mais a ação do produto, ele ficará em aquecimento por 20 min. antes do enxágue. Para finalizar, é só aplicar o Bruma Lacteé, composto pela flor da moringa, que facilita a escovação e possui agente antipoluição. O resultado é um cabelo mais leve, hidratado, solto, com aspecto natural e sem aparência oleosa.  Venha conhecer o curso de cabeleireiro profissional ou visite uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você!  
> Leia mais
ESCOVA FÁCIL NO CABELO CRESPO
A modelo Aline Ingridy ama o seus cachos negroides, mas também curte o efeito liso temporário. Por isso, é adepta da escova quando quer variar o visual. Mas é só vez ou outra mesmo, porque tem o cabelo fininho e frágil. Se você quer aprender a fazer uma escova lisinha e de efeito natural, sem danificar as mechas, acompanhe o passo a passo a seguir feito pelo visagista e cabeleireiro Alisson Lima, do Instituto Embelleze. 1 - Antes de começar, lave o cabelo como de costume e retire apenas 10% da umidade com uma toalha macia. Aplique um produto pré escova, que froma uma capa protetora nos fios. Divida o cabelo horizontalmente em mechas.   2 -Para diminuir o volume do cabelo, a escova foi usada por cima da mecha. As pontas, modeladas de dentro para fora. Nesse processo, o cabelo fica um pouco estático, sem muito balanço. Por outro lado, fica disciplinado.  3 -Depois de bem escovado, finalize com a prancha. 4- Pronto! Cabelo lisinho, lisinho e... lindo!    Conheça o curso Especialista em Cachos do Instituto Embelleze e arrase na escova, no corte, na tintura... Procure uma unidade mais próxima de você
> Leia mais
QUANDO FAZER RECONSTRUÇÃO, HIDRATAÇÃO E NUTRIÇÃO CAPILAR?
Aquele tratamento maravilhoso que você sempre faz já não está surtindo mais efeito… O produto que é excelente para as madeixas da sua amiga não funciona em você… Segundo o terapeuta capilar e consultor pedagógico do Instituto Embelleze, Alisson Lima, isso ocorre porque cada fio apresenta uma necessidade particular. “Cada fio precisa de um tratamento específico e cada máscara oferece um tratamento diferente. É importante ler o rótulo para entender o que aquele produto oferece. Usar um hidratante que não é necessário, por exemplo, pode danificar os fios”. São três os tipos de máscara capilar: a que somente hidratada, a que nutre e a que reconstrói. Como saber qual delas o seu cabelo precisa? Alisson afirma que o mais indicado é consultar um profissional da área, pois nem sempre é possível identificar sozinha a real necessidade dos fios. Uma dica é avaliar por quais processos o cabelo já passou. “Se tiver alisamento ou descoloração, precisará de uma reconstrução. Se for natural, necessita apenas de uma hidratação”. Entenda para que serve cada tratamento Hidratação É indicada para todo cabelo que não possui processo químico. Alisson recomenda que esse tratamento seja feito uma vez por semana. “Mesmo que o cabelo seja natural, sem química, ele precisa ser hidratado. Só o xampu e o condicionador não dão conta, já que a hidratação deles não é de longa duração”. Uma dica é sempre procurar produtos que contenham ingredientes como óleo de argan, aloe vera e minerais. O profissional indica ainda uma reconstrução feita em salão de beleza, uma vez por mês, para repor as substâncias que fortalecem a fibra capilar. Nutrição A máscara nutritiva é indicada para cabelos com colorações clareadoras e colorações suaves, para protegê-los de possíveis danos. Esse tipo de produto é feito para repor os lipídios do cabelo, ou seja, a oleosidade natural dos fios. “A máscara nutritiva é muito indicada também para cabelos cacheados, já que as ondas fazem com que a oleosidade do couro cabeludo não chegue até todo o comprimento”, afirma o terapeuta capilar do Instituto Embelleze. O ideal é que o creme nutritivo tenha na composição alguns dos seguintes ingredientes: óleo de amêndoas, manteiga de karité, aminoácidos, proteína da seda e óleo de argan. Reconstrução Quando o cabelo passa por um processo químico muito forte, como alisamento, permanente e descoloração, precisa de um tratamento reconstrutor depois. “Quando os fios estão muito frágeis e quebradiços é sinal de que o cabelo precisa ser reconstruído. O produto irá tratar as camadas externas, devolver o brilho, a maciez e o balanço natural”. Para esse tipo de tratamento o indicado é fazer a primeira sessão no salão e depois continuar em casa. É possível ver grandes mudanças logo na primeira aplicação, pois os fios ficam mais fortes e resistentes. Na hora de comprar a máscara reconstrutora, procure produtos que possuam proteínas, ceramidas, arginina, soja e complexo de queratinas na composição.   Você pode aprender muito mais no curso de cabeleireiro profissional. Visite também uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
COMO VOLTAR A TER CACHOS DEPOIS DO ALISAMENTO OU DA PROGRESSIVA
Sabe quando a gente toma uma decisão e depois muda de ideia? Super normal! Mas nem tudo na vida dá pra voltar atrás. Mesmo assim, não há motivos pra deixar de inovar ou apostar na mudança, pois é dela que saem muitas maravilhas. No entanto, ninguém é obrigado a conviver com a saudade, não é mesmo? Se dá pra retornar no tempo, a gente volta e pronto! Confira dicas sobre a técnica de reversão de cachos para dar aquela renovada no visual e resgatar os lindos fios cacheados das suas clientes. A incrível técnica da Reversão de Cachos Salon Embelleze Antes de iniciar a aplicação do tratamento da linha da Salon Embelleze é preciso seguir alguns protocolos para garantir a eficácia do resultado e evitar danos ao cabelo da cliente. São eles: Couro Cabeludo: verifique se o couro cabeludo está saudável para evitar que sofra irritação com a aplicação dos produtos. Textura dos fios: faça a identificação da textura, avaliando se são finos, médios ou grossos. Assim, saberá o tipo de produto ideal a ser aplicado e o tempo de ação em cada tipo de fio. Elasticidade: se os fios estiverem saudáveis, eles podem ser estirados e contraídos sem risco de se romperem. Porosidade: essa análise irá impactar na intensidade e no tempo de aplicação do produto. Cabelos muito porosos absorvem líquidos e produtos rapidamente. Por isso, as partes porosas devem ser tratadas por último. Densidade: avaliar o aspecto do cabelo ajuda a descobrir a quantidade de produto que será utilizado, evitando desperdício e também a largura das mechas que serão enroladas, além da definição do tamanho do bigoudi que será usado. Como aplicar a Reversão de Cachos Feita a análise, é hora do teste das mechas para descobrir o que a cliente deseja. Por exemplo, se não quer cachos com volume, o bigoudi não deve ser enrolado próximo à raiz. Antes de enrolar, não esqueça de colocar o papel de ponta no início da mecha e aplicar o produto em seguida. Depois, é só aguardar a reação (de 10 a 35 minutos), verificando a integridade dos fios a cada 10 minutos. Na aplicação, os fios precisam estar bem limpos e livre de excesso de água. É recomendada a divisão das mechas em diagonal para dar um efeito natural no caimento dos cachos. A Loção Onduladora Salon Embelleze deve ser aplicada em cada mecha, de baixo para cima. Em seguida, marque o tempo de ação identificado no teste de mecha e remova o produto sem retirar os bigoudis. Depois de eliminar o excesso de água, aplique o Reconstrutor Salon Embelleze ou queratina líquida em todas as mechas, aguardando por 10 minutos. Na sequência, o mesmo processo é feito com um neutralizante da linha, com tempo de ação de 20 minutos. Aí sim é hora de retirar os bigoudis, enxaguar bem e aplicar novamente o neutralizante antes da lavagem final. Para garantir a hidratação dos cachos, finalize com uma máscara de Oleoterapia Salon Embelleze e aquecimento técnico, se preferir. O efeito final são cachos bem definidos e nutridos! Essa e outras técnicas são abordadas no Curso Especialista em Cachos que está bombando de alunos que querem dar uma renovada não somente no visual das clientes, mas também na carreira. Se você tem o mesmo desejo, procure a unidade do Instituto Embelleze mais próxima para saber mais.
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados