Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE

Sim, tem segredo para ganhar uma pele lisinha e perfeita ao se barbear. Siga as dicas e o passo a passo!

Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe!

Comece com a limpeza da pele

Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros.

Aplique creme de barbear

“Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok?

Escolha navalha ou lâmina

Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la.

Faça o corte perfeito

Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento.

Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário.

Use pós-barba

Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações. 

 

 

barbear da pele sensívelBARBEAR DA PELE SENSÍVEL

Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.

 

Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.

 

Tags

barba, barbearia, barbeiro profissional, curso de barbearia, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

O SEGREDO PARA TER UNHAS LONGAS E PERFEITAS
Não é à toa que os salões lotam suas agendas com horários reservados para pessoas que querem ver suas unhas, bonitas, saudáveis e limpas. Exatamente! Porque isso também é sinal de higiene, mas, é claro, que a maioria aproveita para decorá-las com cores, formas, os mais diferentes acessórios e ainda saciar o desejo de ter unhas mais longas e resistentes. Para muita gente, o tamanho importa sim! Por isso, hoje você vai aprender como produzir aquelas unhas compridas que são o sonho de consumo de muitas mulheres. Existem vários tipos de técnicas de alongamento de unhas, no entanto, vamos falar das mais conhecidas. Unhas de acrigel Nessa técnica, o alongamento é feito com tips e, em seguida, é aplicada a mistura de camadas de gel com pó acrílico. Para finalizar, o acabamento é feito em uma cabine com luz ultravioleta (UV) para a secagem das unhas. Muito utilizada em países europeus, a técnica oferece mais resistência e durabilidade às unhas, além deixá-las com uma aparência saudável, natural e transparente. Outra vantagem é que ela encobre bem as imperfeições, dando um aspecto incrível após a pintura e decoração da unha. Se bem cuidadas, elas podem durar de 2 a 3 meses. Lembrando que é importante a manutenção a cada 15 dias. Unhas de porcelana ou de acrílico Apesar do nome, o material utilizado não é a porcelana, mas, sim, pó e líquido acrílico. Embora, nesse caso, utiliza-se mais pó do que líquido, deixando a unha ainda mais resistente (podem durar meses ou até anos, com manutenção a cada 20 dias). Ela recebe esse nome porque, no final, as unhas apresentam um brilho que lembra uma porcelana. Essa técnica pode ser feita com tips ou pela colagem total da unha. A ideia é que as unhas se encaixem perfeitamente aos dedos e ganhem um aspecto natural e bonito. Além dessas, existem outras técnicas que podem ser usadas no alongamento das unhas, como unhas de gel e de fibra de vidro. Para todas as técnicas, é importante fazer a higienização das unhas, cortá-las e lixá-las cuidadosamente, evitando o acúmulo de fungos e bactérias. A remoção da oleosidade também é importante para a fixação do material, facilitando a aderência às novas unhas. Depois, é só surpreender sua cliente com uma perfeita escolha de cores e decorações para as lindas unhas. Você pode aprender mais sobre o embelezamento das unhas no curso de Manicure e Pedicure Profissional do Instituto Embelleze. Com essa especialização, você poderá atuar em um dos diversos salões que existem em sua cidade, atender a domicílio ou levar técnicas modernas para o seu próprio salão de beleza. Tudo com o auxílio dos melhores profissionais que existem no mercado. Saiba mais sobre o curso entrando em contato pelo site ou visitando a escola mais próxima de você. Veja também o segredo para ter unhas bonitas e fortes! 
> Leia mais
COQUE ALTO: COMO FAZER O PENTEADO BÁSICO E PARA FESTA
O coque alto, ou top knot, como é chamado lá fora, foi o escolhido pela atriz Zendaya para glamourizar no Oscar 2019. Ela optou por uma versão bem minimalista, ou seja, com o cabelo bem puxado para cima e num torcido simples. Mas não foi só ela que exibiu o penteado na festa: a atriz Laura Harrier também surgiu com o coque no topo, porém num look mais romântico, com divisão central e fios soltos nas laterais do rosto; e Lady Gaga apostou no top knot vintage, com referência no coque-banana. Mais recentemente, a marca Chanel fez do coque alto o penteado único das modelos que desfilaram na semana de moda-inverno de Paris. Totalmente inspirados nos anos 60, as torções não tinham acabamento impecável para parecer bem fashionistas. Seja qual for a aparência dos coques — bem enroladinhos ou “desabados” —, uma coisa é igual para todos: cabelo puxado para cima, bem no centro do topo da cabeça. A vantagem do penteado, é que ele pode ser feito em qualquer tipo e textura de cabelo, não tem restrição de idade e vai do básico ou despojado ao sofisticado num piscar de olhos. No dia a dia, é uma ótima opção para variar com o rabo de cavalo. Coque alto básico O look do dia pode ser despojado e ter até um aspecto bagunçadinho. 1.    Com uma escova, puxe todo o cabelo para cima e prenda a mecha com um elástico fino (pode ser do tipo silicone). 2.    Se o seu cabelo é crespo ou cacheado, simplesmente enrole a mecha do rabo em volta do elástico e prenda com grampos escondidos. Não se preocupe em deixar um acabamento perfeito do torcido. 3.    Se o seu cabelo é liso ou fino, dê uma encorpada nos fios do rabo, desfiando-os com pente-fino ou aplicando um spray de xampu a seco ou um beach wave. Em seguida, passe a escova superficialmente no cabelo e enrole-o fazendo o coque. 4.    Jogue um pouco de spray fixador na frente e nas laterais do penteado e passe as costas do pente-fino sobre os fios para eliminar frizz e dar um acabamento melhor. 5.    O seu coque básico pode ser bem apertadinho ou com a raiz mais frouxa, você decide. Também pode ser enrolado com todos os fios no lugar, parecer “podrinho” ou ser inspirado no coque nó. Inspire-se nestas propostas...     Coque alto para festa Para uma ocasião que exige glamour, como casamento e formatura, prefira um visual bem polido e charmoso. 1.    Antes de prender o cabelo no alto, aplique um pouco de mousse para ajudar a dar volume e textura aos fios e controlar o frizz. 2.    Penteie o cabelo para cima, com uma escova, puxando bem os fios. Prenda a mecha com elástico fino de silicone. Se você quiser uma aparência mais suave e delicada, antes de fazer o rabo alto, separa duas mechas laterais para deixá-las soltas contornando o rosto. 3.    Na hora de prender o rabo num coque, as opções para festa são várias. Você pode enrolar o cabelo bem rente ao elástico, sem deixar nada frouxo, formando um rolinho pontudo e alto. Pode fazer um rolo mais achatado, tipo donut. Há ainda a opção de dividir a mecha do rabo e criar rolos largos. Ou enrolar a ponta do rabo para dentro, apoiar o coque sobre o elástico e embutir tudo com grampos. 4.    Finalize borrifando spray fixador em todo o penteado. Inspire-se nestas propostas...     
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados