Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE

Sim, tem segredo para ganhar uma pele lisinha e perfeita ao se barbear. Siga as dicas e o passo a passo!

Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe!

Comece com a limpeza da pele

Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros.

Aplique creme de barbear

“Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok?

Escolha navalha ou lâmina

Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la.

Faça o corte perfeito

Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento.

Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário.

Use pós-barba

Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações. 

 

 

barbear da pele sensívelBARBEAR DA PELE SENSÍVEL

Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.

 

Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.

 

Tags

barba, barbearia, barbeiro profissional, curso de barbearia, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

MAQUIAGEM PARA PELE MADURA
Prestes a completar 50 anos (em 11 de fevereiro de 2019), Jennifer Aniston é um ícone de beleza madura. Ela sempre acerta na maquiagem, que a deixa com o visual jovem e elegante. Nem parece que o tempo passou para ela, não é mesmo? Para conquistar o mesmo make da celebridade, confira as dicas do Instituto Embelleze. O QUE USAR NA PELE MADURA Procure lançar mão de bases e corretivos cremosos, que ajudam a hidratar a pele geralmente mais seca. Depois dos 40, lidamos com a diminuição dos pelos das sobrancelhas. Por isso opte por reforçá-las com sombra ou lápis do mesmo tom e esfume bem usando um pincel para sobrancelhas ou um chanfrado. Opte por um rímel que dê volume aos cílios. Para levantar o olhar pincele bem o canto externo dos cílios. Na hora do blush, escolha tons de pêssego ou salmão e passe nas maçãs do rosto subindo em diagonal para as têmporas. Assim você irá levantar sua expressão. O QUE EVITAR NA PELE MADURA Cuidado para não exagerar no pó compacto ou na base. A quantidade excessiva desses produtos deixará a pele extremamente cansada, acentuando as olheiras e linhas de expressão. Use o pó compacto apenas em casos necessários, para tirar o brilho (se for excessivo) da pele, e mesmo assim com moderação. Opte por passar com um pincel de duas fibras (duo fiber), que vai deixar o efeito mais leve. Em geral, evite acumular produto na pele com a intenção de esconder as imperfeições. O efeito pode ser justamente contrário! Procure, sim, valorizar o que você tem de mais especial e singular. Que tal aprender a fazer maquiagem em todos os tipos de pele? Confira no curso de Maquiagem Profissional ou visite uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você!
> Leia mais
CABELO LISO: 10 DICAS DE BELEZA
O liso é mais bonito quando não mostra quebra no comprimento nem ressecamento nas pontas. Para isso, não dá para dispensar tratamento especial no dia a dia. Se você se preocupa com a aparência e força dos seus fios — ou com os da sua cliente —, siga estes 10 cuidados para cabelo liso: O cabelo liso tende a ressecar. Mantê-lo hidratado, duas vezes ao mês, é essencial para deixar os fios mais fortes e com aspecto natural. Os finos quebram mais facilmente, podendo se romper até mesmo ao ser amarrado com muita força. O ideal é prendê-los um pouco frouxos ou usar acessórios que não pressionem muito. Pentear o cabelo molhado é um grande erro! Ele sempre quebrará mais quando estiver úmido. O uso do secador ou chapinha em excesso pode agredir demais o cabelo fino. Por isso, é recomendado aplicar um protetor térmico antes e manter o secador em temperatura baixa e não muito próximo do couro cabeludo, entre 10 e 15 cm de distância. Produtos com queratina ajudam a fortalecer os fios, tornando-os mais fortes e resistentes. Porém, tudo em excesso faz mal. E o uso exagerado pode causar o efeito rebote, ou seja, endurecer demais o cabelo. Use com moderação! Aparar as pontas regularmente irá ajudar a evitar a formação de pontas duplas, mais propícias a aparecer no cabelo fino. Usar condicionador desde a raiz não é uma boa ideia, pois, apesar do cabelo liso e fino ser mais seco, a oleosidade natural, produzida pelas glândulas sebáceas, desliza melhor entre os fios, já que são retos.Então não há necessidade de besuntar a raiz. Aplique o condicionador somente em comprimento e pontas para o visual não ficar pesado. Dormir de cabelo molhado é um pecado mortal! Além dos fios ficarem desalinhados e sem forma ao amanhecer, essa prática enfraquece a raiz e favorece a quebra do cabelo. Químicas no liso e fino são permitidas, porém é preciso ter atenção para evitar a quebra, o ressecamento ou outro problema. Por exemplo, nunca combine tintura e alisamento no mesmo dia, pois os finos não aguentam passar pelos dois procedimentos. Evite o excesso de lavagens. Embora o cabelo liso e fino tende a ser mais oleoso, lavar todo dia danifica a textura delicada desse tipo de fio.    Saiba como cuidar desse tipo de cabelo no curso de Cabeleireiro Profissional ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados