Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Depilação

Fotos: Shutterstock

Axilas e virilha sem manchas ou pelos encravados

O maior drama de depilar essas áreas íntimas é ficar com a pele escura depois, sem falar nos poros obstruídos e inflamados. Conheça o ritual de depilação que afasta esses problemas antiestéticos

Axilas e virilha têm várias coisas em comum. A primeira delas é a sensibilidade, por causa do roçar de pele contra pele e ainda numa região abafada e privada de luz. Outra semelhança está na umidade local, onde as bactérias crescem com facilidade. Há também a tendência de escurecimento dessas superfícies, especialmente após a depilação. E isso pode afetar qualquer mulher.

Entre os motivos para o surgimento de manchas está o atrito. O escurecimento se desenvolve como uma resposta inflamatória, que estimula a alta produção de melanina (o pigmento que dá cor à pele), formando assim as manchas. O problema tende a surgir especialmente em dermes morenas ou negras, ou que já sofreram alguma alergia na região.

Mas a depilação também pode ser um fator determinante para o escurecimento, sabia? Ainda mais quando não é realizada corretamente: a manipulação errada da cera, por exemplo, pode inflamar os folículos pilosos, que acabam causando uma produção maior de melanina na área. A temperatura muito quente da cera também pode queimar a pele, estimulando a melanina – o efeito é chamado de hipercromia pós-inflamatória.

depilação na axilaDepilação que não mancha

Os pelos das axilas e da virilha são fortes e, para retirá-los por completo, uma boa opção é a depilação com cera, que os arranca pela raiz, retardando o seu crescimento (pode levar até 20 dias). A lâmina apenas corta o fio superficialmente e logo ele cresce, às vezes, de um dia para o outro. Além disso, pode machucar e inflamar a pele, favorecendo o aparecimento de mancha escura. Menos agressivo, o creme depilatório também é uma alternativa, porém, tira o pelo na superfície.

Em termos de eficiência, a cera propicia uma pele lisinha por mais tempo. Mas alguns cuidados devem ser tomados para evitar um resultado ruim:

  • Em primeiro lugar, antes de usar a cera quente, experimente-a no pulso, para ver se a temperatura não está alta demais. Jamais sopre o produto com a boca, pois há a contaminação por bactérias. Deixe amornar naturalmente.
  • A camada de cera utilizada na axila ou na virilha não pode ser muito fina, caso contrário, ela se quebra e dificulta a sua retirada. Aplique a cera, no máximo, duas vezes no mesmo local.
  • No caso da axila, é preciso aplicar e retirar a cera por partes, dividindo a região ao meio. É que na metade inferior os pelos nascem para baixo e na metade superior, crescem para cima. Os fios precisam ser arrancados no sentido contrário do crescimento.
  • Depois de depilar, aplique um óleo removedor de cera com um algodão e, se necessário, faça um acabamento com a pinça. Finalize com uma limpeza com uma loção antisséptica para afastar bactérias.
  • Acalmar a pele após a depilação com um gel cicatrizante ajuda a evitar processos inflamatórios e o escurecimento da pele.
  • Depois de depilar (com qualquer método) não exponha a pele ao sol. O ideal é aguardar, pelo menos, um dia. Em contato com a radiação solar, proteja-se com um filtro FPS 30.
  • Nas axilas, evite o uso de desodorante nas primeiras 24 horas pós-depilação. É possível que ocorram irritações e ardência e manchas.
  • Para combater o fechamento dos poros na virilha, não use roupas apertadas. O atrito com a pele ativa o mecanismo de defesa natural da derme, fazendo-a engrossar e escurecer. Além disso, o uso constante de peças justas, principalmente no verão, agrava esse problema e ainda facilita a proliferação de fungos e bactérias, que causam coceira e descamação. Invista em roupas leves e soltinhas e calcinhas de algodão.

 

depilação na virilhaPara o pelo não encravar

Sim, a depilação com cera pode encravar os pelos. É que o método não deixa de ser um processo traumático para a pele e o folículo piloso sofre vários processos inflamatórios. Muitas vezes, durante o processo de crescimento, alguns fios não conseguem romper a estreita passagem do poro e acabam nascendo dentro da pele (encravando). O organismo entende que o pelo é um corpo estranho e então começa a englobá-lo para isolá-lo. Resultado: a região inflama, fica dolorida e vermelha. Essa inflamação só melhora com a retirada do pelo, o que deve ser feito sob a supervisão de um profissional. 
Para evitar o pelo encravado:

  • Depois da depilação, não use talco sob o risco de obstruir os poros ou coloque roupas que abafem a região.
  • Também não passe óleos ou hidratantes nas primeiras 24 horas.
  • A cada dez dias, faça uma esfoliação na pele com cosmético específico ou com a mistura de açúcar e mel para afinar a superfície e facilitar a saída do pelo.

Um toque sobre clareamento

As manchas escuras podem ser eliminadas com tratamentos clareadores recomendados por dermatologistas. Soluções ácidas são as primeiras opções contra o problema, mas dependendo do grau de hiperpigmentação e do tempo da mancha outros métodos podem ser indicados, como o uso de laser.

Tanto o ácido quanto o laser têm o objetivo de remover a camada superficial da pele e estimular a sua renovação, dando lugar a uma cútis mais clara, viçosa e macia. A diferença é que o laser consegue atingir camadas mais profundas da epiderme.

Que tal aprimorar os seus conhecimentos sobre depilação? No curso do Instituto Embelleze você aprende a depilar com segurança e atendendo às exigências da fiscalização sanitária. O conhecimento aprimorado passa por assuntos específicos, como: fisioanatomia da pele e dos pelos, equipamentos e produtos, ambiente de trabalho, produtos cosméticos, procedimentos de epilação, ética profissional e, ainda, como conquistar os primeiros clientes. O profissional depilador formado pelo Instituto Embelleze é capaz de aplicar diferentes técnicas de depilação e torna-se apto a oferecer ao cliente um serviço de qualidade, seguro e ético.

Tags

depilação, virilha, axilas, manchas, tipos de depilação, depilação profissional

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

MAQUIAGEM DE CARNAVAL PASSO A PASSO
Valorizar os olhos com uma maquiagem artística é uma ótima dica para causar impacto e mostrar que você entrou no clima do Carnaval. Não precisa nem caprichar muito na fantasia! A pedido do blog Espaço da Belle, a youtuber e maquiadora profissional Jessica Make @jessicamakems preparou um vídeo mostrando, passo a passo, a se colorir. Melhor: sem ganhar olheiras ou olhos borrados e mantendo a produção intacta até o final da festa. A sugestão de Jessica é perfeita para complementar o visual sereia, fada ou princesa. Confira o vídeo lá no final do post! 1-Comece limpando a pele com água micelar para tirar todas as impurezas do rosto. 2-Passe um hidrante facial com fator de proteção solar, especialmente se for brincar no Carnaval de rua durante o dia. 3-Agora vamos ao make: comece dando formato às sobrancelhas usando uma lapiseira delineadora ou uma sombra própria para preencher falhas e definir o design. 4-Depois, aplique um corretivo em pasta em toda a pálpebra com um pincel. Ele vai servir de base para fixar melhor a sombra e deixá-la mais pigmentada, com a cor mais viva. 5-Utilize o mesmo corretivo para contornar a pele ao redor da parte superior das sobrancelhas. Isso vai ajudar a destacar o formato e definir o desenho. 6-Espalhe o corretivo aplicado nessas áreas com o dedo para o produto não ficar acumulado. 7-Hora de usar a sombra. O primeiro tom é verde-água. Com um pincel apropriado, deposite o produto na parte interna da pálpebra móvel, dando leves batidinhas com o pincel. Em seguida, aplique a segunda tonalidade de sombra, um azul-marinho. Ela deve ser depositada com o pincel na parte restante da pálpebra móvel. 8-Com um pincel menor e macio e uma sombra azul mais clara, esfume as sombras verde e marinho, fazendo movimentos circulares. Isso vai fazer com que o esfumado fique bonito, sem perder a pigmentação das cores. 9-Aplique uma sombra bege-clara na linha logo abaixo da sobrancelha para iluminar. 10-Dê volume aos cílios com uma máscara preta e, em seguida, cole cílios postiços. 11-Passe lápis preto na linha d’água e esfume um pouquinho com um pincel. 12-Usando a sombra verde-água novamente, pinte o canto interno do olho, em cima e embaixo. 13-Dê um efeito especial ao olhar, espalhando sombra glitter rente aos cílios inferiores. 14-Só agora uniformize o rosto. Aplique um primer colorido ou incolor para fechar os poros e manter o make intacto por horas. Depois espalhe base com textura leve, como a líquida, para deixar o rosto confortável para o Carnaval. 15-Deposite corretivo líquido nas olheiras, se necessário, e também sobre o nariz e na ponta do queixo para iluminar. Espalhe com uma esponja macia dando leves batidinhas. 16- Aplique máscara nos cílios superiores para dar acabamento aos postiços e também nos inferiores. 17-Com um pincel grande, sele a base com pó solto. 18-Usando um pó bronzer marque o contorno do rosto: aplique-o nas laterais da face. 19-Passe um blush coral nas maçãs do rosto para dar uma corzinha e, em seguida, aplique um iluminador na parte alta das maçãs. 20-Agora borrife um spray fixador de maquiagem para manter tudo no lugar e pigmentar ainda mais o iluminador. 21-Passe um pouco de iluminador na testa e fixe strass autocolantes na pele compondo o desenho que desejar. Se quiser colocar mais adesivos em outras partes do rosto, basta repetir o processo do iluminador. 22-Nos lábios, aplique um batom nude com um pouco de glitter por cima. Aproveite o glitter e coloque-o também nas têmporas e nos espaços entre os adesivos de strass. 23-Termine o make destacando os cantos internos dos olhos com a sombra glitter. #Depois de se maquiar, dê um novo visual também ao cabelo para cair na folia. Dá para criar penteados fáceis com glitter e spray colorido! Fim de festa Mesmo que você chegue “morta” de cansada depois da folia, não durma maquiada. Os efeitos nocivos são muitos, como o surgimento de irritações, espinhas e cravos, além do envelhecimento precoce. Dicas para retirar tudo do rosto e deixar a pele limpinha: Antes de ir direto para o chuveiro, retire o excesso de glitter ou pigmento brilhante do rosto com uma fita adesiva. Isso mesmo, usando pequenas tiras, aplique-a sobre o brilho e puxe suavemente. Agora é a vez dos cílios postiços: puxe-os delicadamente para não comprometer os fios naturais e provocar a queda. Com um demaquilante próprio para olhos (possui ingredientes oleosos para não machucar a pele e facilitar a remoção do make sem provocar queda dos cílios), remova os resíduos de glitter, cola de cílios e sombras. Embeba o produto em um disco de algodão. No rosto, elimine base, corretivo, pó, blush e iluminador com demaquilante facial bifásico (mix de água e óleo), em espuma ou tipo loção de limpeza. Esses produtos podem ser substituídos por lenços demaquilantes umedecidos. Depois de higienizar bem a pele e certificar-se de que não há mais nenhum resquício de maquiagem, tonifique e hidrate a pele.
> Leia mais
COQUE ALTO: COMO FAZER O PENTEADO BÁSICO E PARA FESTA
O coque alto, ou top knot, como é chamado lá fora, foi o escolhido pela atriz Zendaya para glamourizar no Oscar 2019. Ela optou por uma versão bem minimalista, ou seja, com o cabelo bem puxado para cima e num torcido simples. Mas não foi só ela que exibiu o penteado na festa: a atriz Laura Harrier também surgiu com o coque no topo, porém num look mais romântico, com divisão central e fios soltos nas laterais do rosto; e Lady Gaga apostou no top knot vintage, com referência no coque-banana. Mais recentemente, a marca Chanel fez do coque alto o penteado único das modelos que desfilaram na semana de moda-inverno de Paris. Totalmente inspirados nos anos 60, as torções não tinham acabamento impecável para parecer bem fashionistas. Seja qual for a aparência dos coques — bem enroladinhos ou “desabados” —, uma coisa é igual para todos: cabelo puxado para cima, bem no centro do topo da cabeça. A vantagem do penteado, é que ele pode ser feito em qualquer tipo e textura de cabelo, não tem restrição de idade e vai do básico ou despojado ao sofisticado num piscar de olhos. No dia a dia, é uma ótima opção para variar com o rabo de cavalo. Coque alto básico O look do dia pode ser despojado e ter até um aspecto bagunçadinho. 1.    Com uma escova, puxe todo o cabelo para cima e prenda a mecha com um elástico fino (pode ser do tipo silicone). 2.    Se o seu cabelo é crespo ou cacheado, simplesmente enrole a mecha do rabo em volta do elástico e prenda com grampos escondidos. Não se preocupe em deixar um acabamento perfeito do torcido. 3.    Se o seu cabelo é liso ou fino, dê uma encorpada nos fios do rabo, desfiando-os com pente-fino ou aplicando um spray de xampu a seco ou um beach wave. Em seguida, passe a escova superficialmente no cabelo e enrole-o fazendo o coque. 4.    Jogue um pouco de spray fixador na frente e nas laterais do penteado e passe as costas do pente-fino sobre os fios para eliminar frizz e dar um acabamento melhor. 5.    O seu coque básico pode ser bem apertadinho ou com a raiz mais frouxa, você decide. Também pode ser enrolado com todos os fios no lugar, parecer “podrinho” ou ser inspirado no coque nó. Inspire-se nestas propostas...     Coque alto para festa Para uma ocasião que exige glamour, como casamento e formatura, prefira um visual bem polido e charmoso. 1.    Antes de prender o cabelo no alto, aplique um pouco de mousse para ajudar a dar volume e textura aos fios e controlar o frizz. 2.    Penteie o cabelo para cima, com uma escova, puxando bem os fios. Prenda a mecha com elástico fino de silicone. Se você quiser uma aparência mais suave e delicada, antes de fazer o rabo alto, separa duas mechas laterais para deixá-las soltas contornando o rosto. 3.    Na hora de prender o rabo num coque, as opções para festa são várias. Você pode enrolar o cabelo bem rente ao elástico, sem deixar nada frouxo, formando um rolinho pontudo e alto. Pode fazer um rolo mais achatado, tipo donut. Há ainda a opção de dividir a mecha do rabo e criar rolos largos. Ou enrolar a ponta do rabo para dentro, apoiar o coque sobre o elástico e embutir tudo com grampos. 4.    Finalize borrifando spray fixador em todo o penteado. Inspire-se nestas propostas...     
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados