Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

Barba e cabelo estilo Lumberjack

Cabelo comprido, barba cheia, camisa xadrez, calça surrada: assim se define o estilo Lumberjack. Embora pareça apenas um jeito despojado de ser, o visual tem uma filosofia por trás e alguns truques podem deixá-lo mais original

Nada como uma crise para mudar comportamentos, abrir os horizontes e fugir do óbvio. Foi isso o que aconteceu nos Estados Unidos, em 2008, quando surgiu o estilo Lumberjack: camisa xadrez, jeans destroyed, botas robustas, cabelos compridos e barba cheia — visual curinga dos homens na ocasião. A fonte principal desse comportamento, que acabou virando tendência e ganhou o mundo anos depois, foi o enorme colapso financeiro — o segundo maior da América, depois da Grande Depressão, em 1929. Os homens se viram com a grana curta e passaram a investir em roupas de alta qualidade que durassem muito – a ideia era ter poucas peças, mas itens essenciais. E, ao que parece, deixaram cabelo e barba crescer, para evitar idas frequentes à barbearia, outra forma de economizar. Resumindo: o estilo agora está super em alta na beleza do homem contemporâneo e virou trend total.

Frequentemente confundido com os hipsters americanos (que se caracterizam pela forma alternativa de se vestir e consumir basicamente o que é produzido na localidade onde moram), o estilo Lumberjack também vem com essa pegada original, de raiz, mas, na verdade, os homens prezam pela elegância com praticidade, tanto no figurino quanto no visual de cabelo e barba.

A coisa funciona mais ou menos assim: no guarda-roupa, poucas e boas peças; no look, cabelos mais compridos com um bom corte e barba longa, cheia e alinhada. É a tradução do minimalismo: pouco, mas o melhor. “Em 2009, a indústria americana começou a corresponder a essa exigência dos homens, das roupas de excelente qualidade. No entanto, foi apenas em 2014 que a moda e o estilo Lumberjack realmente decolaram”, lembra César Thiago Pacanhela, instrutor do curso de barbearia do Instituto Embelleze de Pirassununga (SP). Confira outros detalhes da tendência no vídeo que está no fim deste post!

estilo lumberjack

O estilo exige cuidado e manutenção

De 2014 pra cá a tendência Lumberjack só aumentou e ganhou cada vez mais adeptos. No Brasil, o visual lenhador é o que mais representa a versão latina do “look rústico”, com sutis diferenças. O estilo naturalista da América conserva um pouco mais de harmonia entre o cabelo comprido e a barba cheia, sem ser tão livre de padrão como o lenhador. “Os cabelos são compridos, mas não necessariamente alinhados. Geralmente, é o contrário, um pouco bagunçados – nesse aspecto lembra o tipo lenhador. Para a barba, a regra é ser cheia, porém ligeiramente alinhada. O cabelo e a barba estilo Lumberjack necessitam de cuidado com produtos específicos para o dia a dia, pois como os fios são mais longos, devem ser hidratados. O ideal é hidratar semanalmente e aparar os pelos com mais frequência”, ressalta César Thiago.

Técnicas de corte e aparo

Se você quer oferecer esse serviço na sua barbearia ou salão de beleza, vá em frente sem medo, pois não é difícil. Tecnicamente falando, conquistar o estilo Lumberjack é mais fácil do que parece. Primeiro, o cabelo não deve estar tão curto, é preciso ter o mínimo de comprimento para ser trabalhado. “O corte é simples, feito somente com a tesoura e pente livre, para dar o ar despojado, e nunca com marcação em linha reta”, pontua César Thiago, do Instituto Embelleze. “Já a barba, contudo, requer um cuidado especial, pois é longa, tem as laterais mais definidas e alinhadas. Basta ficar atento nesse detalhe”, complementa o especialista. 


Tags

estilo lumberjack, barbearia, barbeiro profissional, curso de barbeiro, corte de cabelo, barba, tendência, barba da moda, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

CORTES DE VERÃO 2019: PARA CURTOS, MÉDIOS E LONGOS
Cortar o cabelo não é uma decisão simples para quem tem apego ao comprimento ou ainda não conhece um bom profissional. Afinal, não é só criar coragem para ir em frente, é preciso também levar em conta se o corte escolhido combina com o seu dia a dia, com o formato do rosto e até com sua personalidade para não se decepcionar depois. Mas a verdade é que repaginar os fios é sempre bom para variar e dar um up na autoestima. As celebridades vivem fazendo isso! Se você é adepta do “cabelo cresce” ou é cabeleireiro e quer levar novidade para o seu salão, confira as tendências em corte (para curtos, médios e longos) reveladas por Ivanete Coelho, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Petrolina, Pernambuco.   CURTOS Short bob  Esse é o modelo curto do long bob e fica bem em todo tipo de cabelo – do liso ao crespo. O comprimento é na altura do queixo ou um pouquinho mais abaixo, com pontas arredondadas contornando as maçãs do rosto. O volume é concentrado junto à raiz e a nuca é mais batida. No cabelo crespo ou cacheado deve-se fazer um leve desfiado para “encaixar” os caracóis no corte. “A combinação imbatível para esse estilo é a franja alongada lateralmente com ponta repicada ou desfiada suavemente. Na hora de pentear, aposte no efeito messy (bagunçado), super em alta, feito com pomada finalizadora. Babyliss de aro grosso também fica lindo. Pixie cut  É a versão atualizada do tradicional corte “Joãozinho”, que está na moda já há algumas temporadas. Em 2019 o pixie cut vem mais desconectado. Para ter um bom caimento, ele precisa ser bem desfiado. O cabelo naturalmente volumoso deve ser mais desfiado que o cabelo fino, ok? Para manter o corte sempre bonito, é preciso retocá-lo com frequência e investir em produtos de finalização para marcar as mechas e adicionar textura.   MÉDIOS Repicado        A ordem é imprimir mais identidade aos fios médios, portanto, além de repicá-los em camadas (mais atrás do que na frente e a partir das orelhas) e definir o comprimento no ombro, faça uma franja. Ela pode ser longa ou curta, mas sempre desfiada. A franja longa é alinhada na altura dos olhos ou das maçãs do rosto. Usada para o lado, ela se mistura com o restante dos fios, dando movimento ao corte. Outra franja alongada é a tipo cortina, desfiada nas pontas e usada dividida ao meio. A franja curta da moda é a baby bang — de comprimento no meio da testa ou logo acima das sobrancelhas —, um estilo bem ousado. Como pentear o repicado médio? Simples, só com secador para definir o repicado. Sleek bob Esse corte de comprimento médio não tem camadas repicadas. É reto e proporciona um look uniforme. Para ganhar personalidade pode ser assimétrico, com a parte de trás um pouco mais curta e a frente alongada. A ideia é exibir um visual liso, então adote um produto leave-in que elimina o frizz antes de fazer escova.    LONGOS Camadas O longo moderno é cortado em camadas, tudo para dar leveza, movimento e volume natural à cabeleira. E o comprimento máximo bonito é na linha do busto. As camadas repicadas dão aos fios uma desconstrução toda especial e podem vir desde a altura dos olhos.   O penteado que realça as camadas é feito com babyliss ou escova modelada. Blunt cut Para as mulheres que amam madeixas bem longas, o corte reto voltou a fazer sucesso e é tendência. Chamado blunt cut, possui base e fios retos, sem nenhuma mecha ou ponta repicada. Como a aparência tem de ser reta, é importante estar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios em dia. A finalização do penteado pode ser feita com chapinha, deixando as pontas retas, ou babyliss e spray de ondas para o cabelo ficar com aspecto messy (bagunçado).   No curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende muito mais do que cortar cabelo. Domina também técnicas de coloração, modelagem, transformação capilar, alisamento, relaxamento, encacheamento e muito mais. Se a sua ideia é abrir o próprio salão de beleza, fique tranquilo, o curso também instrui sobre o mercado, atendimento ao cliente e biossegurança.
> Leia mais
O SEGREDO PARA TER UNHAS LONGAS E PERFEITAS
Não é à toa que os salões lotam suas agendas com horários reservados para pessoas que querem ver suas unhas, bonitas, saudáveis e limpas. Exatamente! Porque isso também é sinal de higiene, mas, é claro, que a maioria aproveita para decorá-las com cores, formas, os mais diferentes acessórios e ainda saciar o desejo de ter unhas mais longas e resistentes. Para muita gente, o tamanho importa sim! Por isso, hoje você vai aprender como produzir aquelas unhas compridas que são o sonho de consumo de muitas mulheres. Existem vários tipos de técnicas de alongamento de unhas, no entanto, vamos falar das mais conhecidas. Unhas de acrigel Nessa técnica, o alongamento é feito com tips e, em seguida, é aplicada a mistura de camadas de gel com pó acrílico. Para finalizar, o acabamento é feito em uma cabine com luz ultravioleta (UV) para a secagem das unhas. Muito utilizada em países europeus, a técnica oferece mais resistência e durabilidade às unhas, além deixá-las com uma aparência saudável, natural e transparente. Outra vantagem é que ela encobre bem as imperfeições, dando um aspecto incrível após a pintura e decoração da unha. Se bem cuidadas, elas podem durar de 2 a 3 meses. Lembrando que é importante a manutenção a cada 15 dias. Unhas de porcelana ou de acrílico Apesar do nome, o material utilizado não é a porcelana, mas, sim, pó e líquido acrílico. Embora, nesse caso, utiliza-se mais pó do que líquido, deixando a unha ainda mais resistente (podem durar meses ou até anos, com manutenção a cada 20 dias). Ela recebe esse nome porque, no final, as unhas apresentam um brilho que lembra uma porcelana. Essa técnica pode ser feita com tips ou pela colagem total da unha. A ideia é que as unhas se encaixem perfeitamente aos dedos e ganhem um aspecto natural e bonito. Além dessas, existem outras técnicas que podem ser usadas no alongamento das unhas, como unhas de gel e de fibra de vidro. Para todas as técnicas, é importante fazer a higienização das unhas, cortá-las e lixá-las cuidadosamente, evitando o acúmulo de fungos e bactérias. A remoção da oleosidade também é importante para a fixação do material, facilitando a aderência às novas unhas. Depois, é só surpreender sua cliente com uma perfeita escolha de cores e decorações para as lindas unhas. Você pode aprender mais sobre o embelezamento das unhas no curso de Manicure e Pedicure Profissional do Instituto Embelleze. Com essa especialização, você poderá atuar em um dos diversos salões que existem em sua cidade, atender a domicílio ou levar técnicas modernas para o seu próprio salão de beleza. Tudo com o auxílio dos melhores profissionais que existem no mercado. Saiba mais sobre o curso entrando em contato pelo site ou visitando a escola mais próxima de você. Veja também o segredo para ter unhas bonitas e fortes! 
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados