Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

Barba e cabelo estilo Lumberjack

Cabelo comprido, barba cheia, camisa xadrez, calça surrada: assim se define o estilo Lumberjack. Embora pareça apenas um jeito despojado de ser, o visual tem uma filosofia por trás e alguns truques podem deixá-lo mais original

Nada como uma crise para mudar comportamentos, abrir os horizontes e fugir do óbvio. Foi isso o que aconteceu nos Estados Unidos, em 2008, quando surgiu o estilo Lumberjack: camisa xadrez, jeans destroyed, botas robustas, cabelos compridos e barba cheia — visual curinga dos homens na ocasião. A fonte principal desse comportamento, que acabou virando tendência e ganhou o mundo anos depois, foi o enorme colapso financeiro — o segundo maior da América, depois da Grande Depressão, em 1929. Os homens se viram com a grana curta e passaram a investir em roupas de alta qualidade que durassem muito – a ideia era ter poucas peças, mas itens essenciais. E, ao que parece, deixaram cabelo e barba crescer, para evitar idas frequentes à barbearia, outra forma de economizar. Resumindo: o estilo agora está super em alta na beleza do homem contemporâneo e virou trend total.

Frequentemente confundido com os hipsters americanos (que se caracterizam pela forma alternativa de se vestir e consumir basicamente o que é produzido na localidade onde moram), o estilo Lumberjack também vem com essa pegada original, de raiz, mas, na verdade, os homens prezam pela elegância com praticidade, tanto no figurino quanto no visual de cabelo e barba.

A coisa funciona mais ou menos assim: no guarda-roupa, poucas e boas peças; no look, cabelos mais compridos com um bom corte e barba longa, cheia e alinhada. É a tradução do minimalismo: pouco, mas o melhor. “Em 2009, a indústria americana começou a corresponder a essa exigência dos homens, das roupas de excelente qualidade. No entanto, foi apenas em 2014 que a moda e o estilo Lumberjack realmente decolaram”, lembra César Thiago Pacanhela, instrutor do curso de barbearia do Instituto Embelleze de Pirassununga (SP). Confira outros detalhes da tendência no vídeo que está no fim deste post!

estilo lumberjack

O estilo exige cuidado e manutenção

De 2014 pra cá a tendência Lumberjack só aumentou e ganhou cada vez mais adeptos. No Brasil, o visual lenhador é o que mais representa a versão latina do “look rústico”, com sutis diferenças. O estilo naturalista da América conserva um pouco mais de harmonia entre o cabelo comprido e a barba cheia, sem ser tão livre de padrão como o lenhador. “Os cabelos são compridos, mas não necessariamente alinhados. Geralmente, é o contrário, um pouco bagunçados – nesse aspecto lembra o tipo lenhador. Para a barba, a regra é ser cheia, porém ligeiramente alinhada. O cabelo e a barba estilo Lumberjack necessitam de cuidado com produtos específicos para o dia a dia, pois como os fios são mais longos, devem ser hidratados. O ideal é hidratar semanalmente e aparar os pelos com mais frequência”, ressalta César Thiago.

Técnicas de corte e aparo

Se você quer oferecer esse serviço na sua barbearia ou salão de beleza, vá em frente sem medo, pois não é difícil. Tecnicamente falando, conquistar o estilo Lumberjack é mais fácil do que parece. Primeiro, o cabelo não deve estar tão curto, é preciso ter o mínimo de comprimento para ser trabalhado. “O corte é simples, feito somente com a tesoura e pente livre, para dar o ar despojado, e nunca com marcação em linha reta”, pontua César Thiago, do Instituto Embelleze. “Já a barba, contudo, requer um cuidado especial, pois é longa, tem as laterais mais definidas e alinhadas. Basta ficar atento nesse detalhe”, complementa o especialista. 


Tags

estilo lumberjack, barbearia, barbeiro profissional, curso de barbeiro, corte de cabelo, barba, tendência, barba da moda, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Banho de gel nas unhas: solução antiquebra em 30 minutos
Ter unhas fracas é um problema que pode afetar todos nós em algum momento da vida. Os motivos são diversos, vão desde a exposição a situações que causam fragilidade até alguma disfunção mais séria, que requer tratamento médico. Algumas doenças dermatológicas, como micoses e fungos, assim como distúrbios hormonais, podem levar à quebra e, algumas vezes, à queda das unhas. No dia a dia, o contato constante com a química dos produtos de limpeza e atritos podem desgastar sua estrutura. Uma dieta fraca em nutrientes, higiene inadequada e uso de removedores de esmalte com acetona são outras causas para o enfraquecimento das unhas. O antídoto? Além de mudanças de hábitos, aproveitar algumas técnicas de manicure que podem ajudar no processo de recuperação e fortalecimento, como o banho de gel nas unhas, por exemplo. Afinal, que mulher não sonha com unhas compridas, durinhas e saudáveis? Para garantir o crescimento natural delas é só investir no banho de gel – também chamado blindagem de unhas ou banho de verniz. “Trata-se de uma película que favorece o crescimento das unhas, já que protege contra lascas e quebras. Além disso, o esmalte dura mais, em torno de 20 dias”, garante a instrutora do curso de manicure Maria Aparecida Fátima Pereira da Silva, do Instituto Embelleze Taubaté (SP). A expert diz ainda que o procedimento também pode ser feito nas unhas dos pés, sem restrições. Não confunda banho de gel com alongamento em gel  Febre nos salões, o banho de gel é uma cobertura, em gel ou acrílico (sem o uso de nenhum tipo de cola para fixar na superfície), que protege as unhas naturais criando uma barreira contra os agentes agressores e favorecendo seu crescimento e resistência. O passo a passo do banho de gel nas unhas é muito parecido com o que as manicures seguem quando aumentam o tamanho das unhas usando a técnica do alongamento em gel. Contudo, o primeiro não modifica o tamanho das unhas, apenas produz uma camada de produtos na superfície, que não altera em nada a aparência, somente aumenta sua resistência. No alongamento, o comprimento das unhas é aumentado, podendo em alguns casos até alterar o seu formato. Ficou animada para conhecer como é aplicada essa camada protetora que deixa a unha mais resistente e favorece seu crescimento saudável? Nós explicamos tudinho pra você agora! Banho de gel passo a passo   O procedimento é simples e, o melhor, rápido! No entanto, precisa ser feito por um profissional capacitado. Caso contrário, a chance de ganhar um resultado indesejado é grande. A seguir, a instrutora Maria Aparecida explica todos os detalhes sobre o banho de gel. Confira e tire as suas dúvidas. 1 Antes de qualquer coisa é feita uma assepsia nas mãos e/ou nos pés com álcool 70%. 2 Com uma lixa (do tipo banana, elétrica ou bloco, que são menos abrasivas) é removida toda a oleosidade (lubrificação natural) da superfície das unhas. Além de limpar, essa remoção deixa a área lisa e na condição ideal para a total fixação dos produtos de blindagem de unhas. 3 A primeira etapa do procedimento, pós-higienização, é passar uma camada de primer ácido (ele tem melhor fixação que o primer em gel). O produto tem a função de proteger as unhas do banho de gel que virá em seguida. Atenção: é importantíssimo não deixar a substância entrar em contato com as cutículas da cliente, se for necessário, utilize palito de madeira para remover os excessos. 4 Na sequência, a manicure aplica uma boa quantidade de gel (clear) sobre as unhas com pincel apropriado e usa a cabine de luz led para secagem por 1 minuto. 5 Após o Gel, as unhas são novamente lixadas, com suavidade, apenas para remover algum excesso. O ideal é utilizar a lixa bloco e cuidar para que o gel, aplicado anteriormente, não seja removido. 6 Por último, a superfície da unha recebe uma camada de top coat, cuja função é blindar as unhas, garantir brilho intenso e prolongar a durabilidade do banho de gel. O top coat, além de ser útil no processo de secagem, ajuda a eliminar imperfeições. 7 As unhas são levadas à cabine de led por dois minutos para uma secagem eficaz. 8 No final, aplica-se o esmalte na cor desejada. Aqui não há nenhuma ressalva quanto à textura, efeito ou consistência do esmalte. Atenção: durante o período em que estiver com a blindagem de unhas, você pode usar algodão com removedor (sem acetona) para retirar o esmalte normalmente e reaplicar outra cor, sem que isso seja um problema para a duração do banho de gel. Cuidados pós-blindagem de unhas Estes pequenos detalhes ajudam, e muito, a prolongar a vida útil do banho de gel nas unhas, garantindo um efeito bonito e íntegro por mais tempo. Não ter contato com água por pelos menos 11 horas após o procedimento. Não abrir latas, apertar botões ou digitar. Não levar as unhas à boca, para evitar o descolamento do produto. Não fazer uso de acetona. Mas o removedor de esmaltes, sem esse ativo, está liberado. No dia a dia, utilize luvas de borracha para realizar os afazeres domésticos, garantindo assim uma durabilidade mais longa do efeito de blindagem de unhas. Manutenção e duração do banho de gel nas unhas De acordo com Maria Aparecida, do Instituto Embelleze, o procedimento completo no salão demora cerca de 20 a 40 minutos. Já para fazer a manutenção, o tempo necessário é bem menor, apenas o suficiente para repor as camadas de gel e top coat. “Inclusive, esse procedimento deve ser feito a cada 15 ou 20 dias, dependendo do desgaste cotidiano sofrido pelas unhas. Com a manutenção feita de maneira correta e os cuidados para prolongar o tempo de ação, o banho de gel pode durar até 60 dias”, diz a especialista. Lembrando que é muito importante fazer a manutenção porque a unha vai crescendo e a área “nova” que aparece rente à cutícula também precisa receber o banho de gel para que esse detalhe não fique aparente. Quem quiser dar um tempo para deixar as unhas respirarem, o mais indicado é ir ao salão e retirar o banho de gel com um profissional. Dessa forma, fica garantido evitar traumas e manter a unha comprida e fortalecida. Afinal, esse era o objetivo inicial, não é mesmo? Não faça o banho de gel nas unhas se... Você é alérgico a odores fortes, tem rinite ou sinusite. “Grávidas e pessoas com doenças dermatológicas nas unhas também devem evitar o procedimento ou consultar um médico antes de fazer o banho de gel”, avisa Maria Aparecida, do Instituto Embelleze Taubaté.  
> Leia mais
4 PASSOS PARA O BATOM DURAR MAIS TEMPO NA BOCA
Você se produz toda para aquele casamento, formatura ou noite especial, mas depois da primeira bebida... adeus, boca perfeita! Para nunca mais viver esse estresse você precisa ir além do hábito de abrir o batom e aplicá-lo diretamente nos lábios. Siga as dicas da consultora pedagógica Rosemeire Oliveira, do Instituto Embelleze, para o seu batom durar mais tempo na boca: 1. Antes de pegar o batom Aplique um hidratante nos lábios. A boca é uma área de fácil ressecamento, principalmente em dias de inverno, e o hidratante ajuda a remover as peles mortas e a hidratar os lábios evitando a descamação.       2. Para disfarçar as linhas da boca E auxiliar no aumento ou na diminuição dos lábios, use base ou pó antes de aplicar o batom. Esses produtos vão ajudar a manter a fixação da cor por mais tempo.      3. Com o lápis de contorno Da mesma cor que o batom, desenhe os lábios da forma que desejar, em movimentos firmes e precisos. Com a ajuda do lápis você pode mudar o formato da boca, e é possível dar a ilusão de lábios mais grossos ou finos, de acordo com o traço que for feito. Passar o lápis acima da linha da boca proporciona um lábio maior, truque ideal para quem tem lábios finos e pequenos. Já para quem deseja afinar, o truque é passar o lápis abaixo da linha dos lábios. Além disso, ele serve como uma barreira para o batom não borrar, mas cuidado para não exagerar e ter um efeito artificial. Dica: ao aplicar o delineador labial, apoie a mão em uma esponja aveluldada para firmá-la.    4. Ao passar o batom Não use-o direto da base. O ideal é aplicá-lo com um pincel especial para a boca, pois assim o batom se fixa melhor na pele e aumenta a durabilidade da cor. Espalhe o produto respeitando a área delimitada pelo lápis. Dica: se quiser dar a impressão de lábios mais volumosos, finalize o batom com um pouco de gloss transparente, apenas no centro dos lábios.   Dúvidas sobre a tonalidade de batom que combina com você? Na verdade, o seu estilo é que vai decidir entre os tons clássicos e os modernos, os românticos e os ousados. Beges e marrons são uma boa alternativa para marcar a presença da boca como ponto forte da maquiagem, sem ter de recorrer aos tradicioanis vermelhos, rosas e alaranjados. Os batons metálicos da moda precisam ser usados com cautela, pois a reflexão da luz denuncia rachaduras e linhas de expressão. Cores escuras, como vermelho, vinho, uva e preto tendem a destacar os dentes. Portanto, evite-as se os seus não estiverem branquinhos. Batom casadinho com a cor da roupa ou da sombra nem sempre fica bonito. O resultado pode ser um bloco pesado, que não valoriza os pontos fortes da sua aparência. Pegue leve nas combinações. A dica para escolher um batom de tom natural é evitar as nuances mais claras que os seus lábios, pois isso torna o rosto pálido e sem vida.   Se a sua pele é… Branca rosada: fique com as cores suaves de laranja, vermelho, rosa e lilás. Morena clara: ilumine a beleza como os tons acesos e quentes de vermelho, rosa e marrom. Morena: os tons quentes de laranja, vermelho intenso e marrom vão bem na pele bronzeada. Negra: nuances de ameixa, amora, vinho, chocolate e café ficam lindas, assim como os beges suaves. Oriental: a pele oliva pede as cores marrom, vermelho ou malva. O batom vinho também lindo!Quer aprender mais sobre maquiagem? Conheça o curso de maquiagem profissional e torne-se um expert no assunto!
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados