Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Make

Fotos: Shutterstock

Como aplicar (e tirar!) a henna na sobrancelha

A solução semipermanente para cobrir falhas e definir o desenho das sobrancelhas é eficiente e barata. Mas a henna na sobrancelha também pode dar errado se não for feita com estes segredos!

As sobrancelhas são responsáveis pela expressão do olhar. Há quem vá mais longe e diga que elas são a moldura do rosto, pois trazem harmonia aos traços da face. De fato, elas têm grande peso no conjunto. Seja como for o formato das sobrancelhas — muito grossas, finas demais, com falhas, rebeldes... —, a questão é que para todos os problemas tem um jeito. As pestanas podem ser corrigidas com pinça, depilação com linha, maquiagem, entre outros métodos. No entanto, uma alternativa semipermanente que está bombando nos salões de beleza, é a henna na sobrancelha. Além de ser muito prática – dispensando o uso de maquiagens regulares no dia a dia –, proporciona um resultado é extremamente natural. “Isso porque o tom da henna pode ser criado conforme a cor da pele e dos cabelos da cliente. Hoje temos um leque de opções, henna orgânica, vegetal, natural. O mais importante é ficar a contento da cliente”, explica Rayssa Pryscilla de Nezio Silva, instrutora dos cursos de designer de sobrancelhas e de cílios do Instituto Embelleze, de João Pessoa (PB). A seguir, a especialista em beleza do olhar tira todas as dúvidas sobre o método.

Como funciona a henna na sobrancelha?

A técnica consiste em pintar as sobrancelhas com a velha e boa henna (sim, a mesma utilizada para colorir os cabelos). A coloração entre um fio e outro disfarça as falhas dos pelos; e o tingimento da pele potencializa o efeito, já que provoca uma ilusão de ótica de um arco mais cheio e vivo. Assim, levanta o olhar, realça os traços e deixa o rosto mais expressivo, de forma absolutamente natural. Lembrando que o método nada tem a ver com tatuagem definitiva, no qual outros recursos são utilizados e, por consequência, o efeito também é outro, digamos, um pouco mais forçado.

Quem pode fazer henna na sobrancelha?

O uso dessa técnica de coloração na sobrancelha praticamente não implica em nenhuma contraindicação. Todas as mulheres que desejam corrigir alguma falha, deixar o desenho mais alongado ou intensificar a tonalidade do arco podem lançar mão do método. A exceção fica para as grávidas, que devem se manter longe do recurso, por ser uma substância que contém chumbo na formulação.  

henna na sobrancelha

Como se produz sobrancelhas de henna?

“O preenchimento com o produto é utilizado para corrigir ou realçar os arcos, por isso não é recomendado aplicar a henna na sobrancelha antes do design, de definir o formato, já que a aplicação do pigmento acompanha o desenho, e por isso mesmo torna o resultado impecável”, destaca Raissa. A seguir, ela explica passo a passo como é feito o procedimento (assista o vídeo no final do post também). Antes, uma última dica da especialista: “É importante fazer o teste antialérgico para saber se a cliente tem alergia. Muitas pessoas têm e não sabem”.

Passo 1 Desenhe o formato desejado da sobrancelha com um lápis de olho branco.

Passo 2 Retire o excesso de pelos com uma pinça, com cuidado, sem deixar um só fio desalinhado.

Passo 3 Coloque a henna em um pequeno frasco e, com um pincel fino, aplique com cautela e devagar, a tinta sobre a sobrancelha.

Passo 4 Espere o tempo de ação da pigmentação do produto, de 40 a 50 minutos, para que a henna fixe bem na área aplicada.

Passo 5 Retire o produto com um algodão umedecido com água.

Dica preciosa para a cliente: no primeiro dia, evite lavar o rosto com sabonete, para aumentar a fixação do produto na pele.

 

henna na sobrancelha

Como tirar a henna da sobrancelha?

“Caso a cliente não goste do desenho ou da tonalidade feitos com a aplicação de henna na sobrancelha, é possível fazer a remoção do pigmento com um removedor próprio para henna, de preferência da mesma marca da coloração”, sugere Raissa. Outras dicas para suavizar o tom dos arcos é esfregar uma bucha (com cuidado!) sobre a região durante o banho, lavar o rosto com água morna três vezes por dia ou aplicar creme hidratante na área, de quatro a cinco vezes ao dia. É preciso sempre muita delicadeza para essas ações, porque a área dos olhos é delicada e sensível.

Quais são as dicas para um bom resultado da técnica de henna na sobrancelha?

  • Ao pensar em fazer a técnica de pigmentação, não tenha dúvida, faça o procedimento sempre em um salão de beleza com um profissional habilitado. Se você é profissional, essa informação pode estar em destaque num cartaz no seu salão, de maneira que as clientes entendam que se trata de um método que é melhor não arriscar e fazer em casa.
  • O produto pode durar de 15 a 30 dias, vai depender do estilo de vida de cada mulher, dos hábitos diários: se transpira muito, se pratica natação ou hidroginástica, se faz sauna, se toma mais de um banho por dia e por aí vai...
  • Nas peles mais oleosas a henna tende a durar menos, porque a oleosidade não deixa que a aderência do produto na pele seja 100%; e nas peles mais secas, geralmente o efeito da henna na sobrancelha tem uma durabilidade maior.
  • Existem hennas de diferentes tons e cores, portanto não tem por que deixar o efeito deselegante em relação ao tom da pele e do cabelo da cliente. Ok, sabemos que a ideia é justamente intensificar e dar um “toque mais vivo” aos arcos, mas mesmo que haja certa insistência por parte da cliente para uma coloração mais forte, cabe ao profissional de beleza explicar como fica a cor depois de pronta etc.
  • Ver a cor do produto no frasco não quer dizer nada, o que vale aqui é saber (talvez vendo uma foto de alguém que tenha uma pele com as mesmas características) como fica o resultado da henna na sobrancelha. E esse bom senso cabe exclusivamente ao designer de sobrancelhas.

Tags

henna na sobrancelha, sobrancelhas, design de sobrancelha, designer de sobrancelhas, maquiagem profissional, tendência

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

CICATRIZAÇÃO CAPILAR: ANTÍDOTO CONTRA CABELOS DANIFICADOS
Na prática, cabelo danificado significa: quebradiço, poroso, ressecado, com frizz, pontas duplas, aspecto palha e sem brilho. Pura falta de saúde e vitalidade dos fios. De acordo com Elaine Cristina Carneiro, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze Cidade Dutra, de São Paulo (SP), são vários os fatores que deixam o cabelo danificado e com a fibra rompida. “Geralmente, os hábitos do nosso dia a dia acabam detonando os fios, como usar secador e prancha em alta temperatura sem proteção térmica, fazer químicas (descoloração, progressiva, alisamento, permanente, coloração) sem fortalecer as fibras capilares antes, tomar sol e banho de piscina com frequência... Tudo isso leva à perda de hidratação, queratina (proteínas), vitaminas e aminoácidos, tornando o cabelo poroso, elástico ou quebradiço”, esclarece a profissional. Embora a solução mais rápida para eliminar o estrago seja cortar, você não precisa ser radical. Basta fazer uma cicatrização capilar, o tratamento do momento em muitos salões de beleza. O que é a cicatrização capilar Uma vez rompida a fibra do cabelo, que leva à fragilidade extrema, é preciso um tratamento efetivo para que os danos não se tornem ainda piores. E, claro, reverter o quadro e reconquistar fios alinhados, mais macios, hidratados, saudáveis e com a cutícula fechada. Nesse caso, o ideal é fazer a cicatrização dessa fibra destruída. Antes, porém, precisamos entender o mecanismo de resistência dos fios. O cabelo é composto de 80 a 90% de queratina (proteína) e esta queratina se desgasta naturalmente com a ação do tempo (vento, sol), do sal, do cloro ou no simples ato de pentear as mechas, no atrito com o travesseiro e também com o uso de produtos químicos, deixando assim os cabelos danificados quebradiços, porosos e opacos. “A cicatrização nada mais é que a reposição dessa queratina com uma combinação de hidratação e nutrição power, que recupera e mantém o cabelo saudável”, explica Elaine Cristina. Como é feita a cicatrização capilar O tratamento é relativamente simples. O segredo está na combinação dos ativos utilizados nos produtos aplicados no salão de cabeleireiro pelo profissional. Primeiro, é aplicado um xampu à base de ceramidas, D-pantenol e aloe vera. Em seguida, usa-se máscaras que contêm lipídios e proteínas, como, complexo de aminoácidos, proteínas do trigo, ácido  hilauriônico e arginina. Por fim, o cabeleireiro aplica reconstrutores, finalizadores e protetores térmicos. O período de manutenção vai depender da condição dos fios, do nível de dano. Mas geralmente, a manutenção pode ser feita a cada 30 ou 60 dias. Enquanto isso não acontece, é importante fazer uma hidratação e nutrição semanal em casa mesmo, com xampu e condicionador adequados (com os ativos utilizados no salão), para manter os benefícios da cicatrização capilar. Interessada em saber mais sobre cuidados com os cabelos e todos os tratamentos profissionais para a beleza dos fios? Inscreva-se no curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze. O curso capacita o estudante para a realização das mais variadas técnicas de atendimento em cortes, coloração, tratamentos capilares, modelagem, e transformação capilar: alisamento, relaxamento e encacheamento. Além disso, aperfeiçoa os conceitos de excelência no atendimento ao cliente, bem como instrui sobre fatores comportamentais que assumem uma condição de extrema relevância neste nicho de mercado. O futuro profissional ainda aprende conceitos sobre tricologia, biossegurança, visagismo. Não é o máximo? Espalhe a notícia para os amigos e deixe aqui os seus comentários!
> Leia mais
RITUAL DETOX ELIMINA A OLEOSIDADE A JATO!
As causas da oleosidade no couro cabeludo são muitas e precisam ser diagnosticadas por um dermatologista para tratar casos como dermatite seborreica ou alguma disfunção na produção das glândulas sebáceas. Tirando isso, o cabelo pode parecer oleoso no dia a dia por excesso de creme, longos intervalos entre as lavagens e até pelo uso de produtos que não são indicados para o seu tipo de fio. Outras razões possíveis: o hábito de ficar passando as mãos constantemente no cabelo, lavar com água muito quente e lavar além do necessário (o que acaba estimulando ainda mais a fabricação de sebo). O calor e o clima muito quente também podem estimular a oleosidade. Enfim, seja qual for a origem do problema, existe um tratamento de salão que resolve a questão chamado Ritual Detox, uma desintoxicação capilar que purifica o couro cabeludo e limpa os fios profundamente, eliminando resíduos oleosos que emplastram o cabelo no dia a dia.Mas antes de falar sobre esse procedimento, vale destacar que quem tem cabelo oleoso pode, sim, lavá-lo todo dia, assim como a pele. O que muda é a quantidade de cabelo que cada pessoa tem, fato que influencia no processo de secagem. Enquanto uns levam mais tempo para secar, outros secarão mais rápido. Já dormir com o cabelo molhado não é legal, pois a umidade no couro cabeludo cria um ambiente favorável à proliferação de fungos e bactérias, o que provoca oleosidade. Veja como funciona o Ritual Detox Mais do que uma técnica de limpeza e purificação, o Ritual Detox ou Desintoxicação Capilar feita com produtos da Salon Embelleze, também cuida do couro cabeludo e hidrata os fios, deixando-os mais leves. Essa técnica é indicada para quem possui cabelos muito oleosos na raiz e pontas ressecadas, inclusive após a lavagem. Funciona assim: O primeiro passo é a aplicação do Primer Capilar, que retira os minerais acumulados no fio que atrapalham processos de tratamento. O Primer precisa ser borrifado em todo o cabelo até ficar bem umedecido, aguardando o tempo de 10 minutos para a ação do produto. Em seguida, é hora de enxaguar todo o cabelo e aplicar o Revitay Shampoo Purificante, que elimina todos os resíduos sem ressecar o cabelo, além de tratar os fios e o couro cabeludo deixando-os livres de impurezas. Após a retirada do produto, é aplicada uma ampola de Serum Scalp Therapy para retirar de vez toda a oleosidade e nutrir o couro cabeludo. Para a aplicação, é preciso abrir o couro cabeludo e colocar o produto em pequenas porções, massageando para que fixe bem. Em sua fórmula, o Serum traz ingredientes como o extrato de chá verde, que age como um oxidante e previne o envelhecimento da fibra, e o extrato de gengibre, que tem ação antisséptica e estimula o crescimento dos fios. Depois, o cabelo deve ser dividido mecha a mecha para a aplicação do Detox Máscara dois dedos abaixo da raiz, massageando uma a uma. O produto é ideal para a hidratação e está disponível em duas versões: em gel, para cabelos mistos e oleosos, e em creme, para cabelos quimicamente tratados e ressecados. Para potencializar ainda mais a ação do produto, ele ficará em aquecimento por 20 min. antes do enxágue. Para finalizar, é só aplicar o Bruma Lacteé, composto pela flor da moringa, que facilita a escovação e possui agente antipoluição. O resultado é um cabelo mais leve, hidratado, solto, com aspecto natural e sem aparência oleosa.  Venha conhecer o curso de cabeleireiro profissional ou visite uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você!  
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados