Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

Botox capilar para homens

O botox capilar já chegou às barbearias e aos salões de beleza para fazer a cabeça dos homens. Veja como o tratamento deixa o cabelo deles bonito e sem frizz

Passar um bom tempo em frente ao espelho e ostentar fios bonitos e bem cuidados não é mais exclusividade das mulheres. De uns tempos pra cá, os homens resolveram assumir sua vaidade e se dedicar mais aos cuidados com a beleza. Super de boas! Tanto que a febre do momento é o botox capilar masculino, uma tendência que está bombando entre os procedimentos feitos por eles nas barbearias e nos salões. Rodrigo Lima, diretor artístico do salão Circus, de São Paulo, com duas unidades na região da Paulista – uma na Augusta e outra na Pamplona – credita essa mudança de comportamento a uma nova postura. “O homem está se cuidando muito mais e procurando meios para manter um estilo, a saúde e o bem-estar. E, claro, que nessa busca entra uma primazia com o visual, para deixar o cabelo com bom caimento, sem frizz e com um brilho bacana. É visível como aumentou a procura por procedimentos que deixam os cabelos mais estruturados e alinhados”, pontua o cabeleireiro, proprietário do espaço que já tem 50% de homens entre a sua clientela.

Mas atenção antes de correr em busca do botox capilar: o tratamento pode ter nomes diferentes conforme a região do país, podendo ser chamado também de plástica dos fios ou escova orgânica. E mais: é o mesmo tratamento que já faz sucesso entre as mulheres há algumas temporadas. Saiba tudo sobre o assunto agora.

Como funciona

O botox capilar tem como principal vantagem devolver componentes perdidos pelo cabelo no dia a dia, como ceramidas, queratina e lipídeos. Também fecha as cutículas do fio, aquelas escamas protetoras, trazendo brilho e alinhamento à fibra capilar, além de garantir uma hidratação potente. “É importante lembrar que o botox capilar não necessariamente alisa o cabelo, mas sim reduz volume e frizz”, destaca Rodrigo Lima.

Para quem é indicado

Homens que não têm química nos cabelos possuem poucas restrições — a maioria é liberada para fazer essa técnica de tratamento. O formato do cabelo também não implica em nada, seja reto, seja ondulado. Por outro lado, é sempre válido uma análise e diagnóstico do cabeleireiro antes de optar por qualquer procedimento para definir se o cabelo realmente precisa do procedimento ou não. Muitas vezes, a mudança de um produto no cotidiano já resolve, mas só mesmo um profissional especializado para falar.

É importante lembrar que em casos de problemas, como queda de cabelo ou afinamento excessivo do fio, é bom se consultar como um médico previamente para determinar a possibilidade da realização do botox capilar. “Tome cuidado também com a mistura de químicas! Não é recomendável fazer o botox capilar em cabelo descolorido ou com outras químicas”, aconselha Rodrigo Lima.

botox capilar

Manutenção

Vai depender do efeito desejado, mas em linhas gerais, na maioria dos casos, os retoques são feitos em média, a cada dois meses. Novamente é importante lembrar que o produto utilizado é que define essa variação. “O número de lavagens interfere diretamente também, porém se considerarmos que a maioria dos homens lava o cabelo todo dia, a média do tempo de duração do tratamento é de 30 a 40 dias”, mensura Rodrigo Lima.

Alguns cuidados no dia a dia não estendem o tempo de duração do procedimento, mas aumentam o grau de satisfação com o efeito desejado do botox capilar como, por exemplo, manter a hidratação semanal e evitar produtos anti-resíduos para não mandar embora os ativos utilizados no salão. A dica básica para garantir o realinhamento capilar e preenchimento da fibra é escolher uma linha de xampu e condicionador com ação de plástica dos fios ou que contenham ceramidas, colágeno, arginina e queratina na fórmula.

Para turbinar a hidratação, use máscara com efeito de reconstrução do cronograma capilar uma vez por semana (ou de acordo com indicação do cabeleireiro).

 

 

Tags

botox capilar, cabelo crespo, cabelo afro, tendência, penteado, barbeiro profissional

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

APRENDA A FAZER DEPILAÇÃO COM LINHA
Há quem diga que muita coisa no universo da beleza é feita só por vaidade, e outras por pura necessidade. Na verdade, no âmbito profissional, a gente entende que tudo o que faz o cliente feliz e melhora a sensação de bem-estar é necessário. No entanto, depilação é, sem dúvida, um caso de necessidade, principalmente para as mulheres. Já entre os homens, tem sido cada vez mais apreciada como forma de higiene, facilidade para praticar esportes e também para melhorar a estética. Mas, como tudo na vida, podemos pegar diferentes caminhos para chegar ao mesmo resultado. A técnica mais conhecida na depilação é a cera quente, por ser a mais antiga e utilizada até hoje. Porém, existem muitas outras formas de depilar, como a depilação com cera fria, a laser, fotodepilação e a depilação com linha (também conhecida como depilação com fio, threading, depilação egípcia ou iraquiana).  Vantagem da depilação com linha Com essa técnica, aplicada com linha de algodão, seda ou poliéster par não machucar ou irritar a pele, é possível remover os pelos desde a raiz, pois eles são retirados um a um e demoram mais para crescer. É também um dos métodos de depilação mais natural, com menor índice de alergias e vermelhidão. Além disso, é rápido, de baixo custo e ideal para a remoção da penugem fininha do rosto. Como fazer depilação com linha Use uma linha branca para facilitar a visualização dos pelos removidos. Limpe bem a região que será depilada e polvilhe com talco. Isso ajuda a diminuir a oleosidade e torna os pelos mais visíveis. Você vai precisar de 40 a 50 cm de linha. Em seguida, é preciso unir as duas pontas por dois ou três nós para não soltar. Na sequência, faça um triângulo com a linha, posicionando três dedos de cada lado. Agora, torça a linha formando um oito (cruze de cinco a 10 vezes) e coloque a parte da linha torcida sobre a pele. Abrindo e fechando, deslize rapidamente no sentido contrário ao nascimento do pelo. Prontinho! Após a retirada dos pelos, utilize um hidratante para deixar a pele mais macia e hidratada.   Achou difícil? No curso de Depilação Profissional do Instituto Embelleze você aprende o método passo a passo e muito mais para ser uma expert.  
> Leia mais
COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE
Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe! Comece com a limpeza da pele Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros. Aplique creme de barbear “Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok? Escolha navalha ou lâmina Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la. Faça o corte perfeito Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento. Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário. Use pós-barba Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações.      BARBEAR DA PELE SENSÍVEL Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.   Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.  
> Leia mais
Copyright © 2020 · Todos Direitos Reservados