Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Unhas

Fotos: Shutterstock

Banho de gel nas unhas: solução antiquebra em 30 minutos

Suas garras são fracas e quebram à toa? A solução é investir no banho de gel, também conhecido como blindagem de unhas. Saiba tudo sobre o método

Ter unhas fracas é um problema que pode afetar todos nós em algum momento da vida. Os motivos são diversos, vão desde a exposição a situações que causam fragilidade até alguma disfunção mais séria, que requer tratamento médico. Algumas doenças dermatológicas, como micoses e fungos, assim como distúrbios hormonais, podem levar à quebra e, algumas vezes, à queda das unhas. No dia a dia, o contato constante com a química dos produtos de limpeza e atritos podem desgastar sua estrutura. Uma dieta fraca em nutrientes, higiene inadequada e uso de removedores de esmalte com acetona são outras causas para o enfraquecimento das unhas. O antídoto? Além de mudanças de hábitos, aproveitar algumas técnicas de manicure que podem ajudar no processo de recuperação e fortalecimento, como o banho de gel nas unhas, por exemplo.

Afinal, que mulher não sonha com unhas compridas, durinhas e saudáveis? Para garantir o crescimento natural delas é só investir no banho de gel – também chamado blindagem de unhas ou banho de verniz. “Trata-se de uma película que favorece o crescimento das unhas, já que protege contra lascas e quebras. Além disso, o esmalte dura mais, em torno de 20 dias”, garante a instrutora do curso de manicure Maria Aparecida Fátima Pereira da Silva, do Instituto Embelleze Taubaté (SP). A expert diz ainda que o procedimento também pode ser feito nas unhas dos pés, sem restrições.

Não confunda banho de gel com alongamento em gel 

Febre nos salões, o banho de gel é uma cobertura, em gel ou acrílico (sem o uso de nenhum tipo de cola para fixar na superfície), que protege as unhas naturais criando uma barreira contra os agentes agressores e favorecendo seu crescimento e resistência.

O passo a passo do banho de gel nas unhas é muito parecido com o que as manicures seguem quando aumentam o tamanho das unhas usando a técnica do alongamento em gel. Contudo, o primeiro não modifica o tamanho das unhas, apenas produz uma camada de produtos na superfície, que não altera em nada a aparência, somente aumenta sua resistência. No alongamento, o comprimento das unhas é aumentado, podendo em alguns casos até alterar o seu formato.

Ficou animada para conhecer como é aplicada essa camada protetora que deixa a unha mais resistente e favorece seu crescimento saudável? Nós explicamos tudinho pra você agora!

Banho de gel passo a passo

banho de gel nas unhas 

O procedimento é simples e, o melhor, rápido! No entanto, precisa ser feito por um profissional capacitado. Caso contrário, a chance de ganhar um resultado indesejado é grande. A seguir, a instrutora Maria Aparecida explica todos os detalhes sobre o banho de gel. Confira e tire as suas dúvidas.

1

Antes de qualquer coisa é feita uma assepsia nas mãos e/ou nos pés com álcool 70%.

2

Com uma lixa (do tipo banana, elétrica ou bloco, que são menos abrasivas) é removida toda a oleosidade (lubrificação natural) da superfície das unhas. Além de limpar, essa remoção deixa a área lisa e na condição ideal para a total fixação dos produtos de blindagem de unhas.

3

A primeira etapa do procedimento, pós-higienização, é passar uma camada de primer ácido (ele tem melhor fixação que o primer em gel). O produto tem a função de proteger as unhas do banho de gel que virá em seguida. Atenção: é importantíssimo não deixar a substância entrar em contato com as cutículas da cliente, se for necessário, utilize palito de madeira para remover os excessos.

4

Na sequência, a manicure aplica uma boa quantidade de gel (clear) sobre as unhas com pincel apropriado e usa a cabine de luz led para secagem por 1 minuto.

5

Após o Gel, as unhas são novamente lixadas, com suavidade, apenas para remover algum excesso. O ideal é utilizar a lixa bloco e cuidar para que o gel, aplicado anteriormente, não seja removido.

6

Por último, a superfície da unha recebe uma camada de top coat, cuja função é blindar as unhas, garantir brilho intenso e prolongar a durabilidade do banho de gel. O top coat, além de ser útil no processo de secagem, ajuda a eliminar imperfeições.

7

As unhas são levadas à cabine de led por dois minutos para uma secagem eficaz.

8

No final, aplica-se o esmalte na cor desejada. Aqui não há nenhuma ressalva quanto à textura, efeito ou consistência do esmalte.

Atenção: durante o período em que estiver com a blindagem de unhas, você pode usar algodão com removedor (sem acetona) para retirar o esmalte normalmente e reaplicar outra cor, sem que isso seja um problema para a duração do banho de gel.

Cuidados pós-blindagem de unhas

blindagem de unhas

Estes pequenos detalhes ajudam, e muito, a prolongar a vida útil do banho de gel nas unhas, garantindo um efeito bonito e íntegro por mais tempo.

  • Não ter contato com água por pelos menos 11 horas após o procedimento.
  • Não abrir latas, apertar botões ou digitar.
  • Não levar as unhas à boca, para evitar o descolamento do produto.
  • Não fazer uso de acetona. Mas o removedor de esmaltes, sem esse ativo, está liberado.
  • No dia a dia, utilize luvas de borracha para realizar os afazeres domésticos, garantindo assim uma durabilidade mais longa do efeito de blindagem de unhas.

Manutenção e duração do banho de gel nas unhas

De acordo com Maria Aparecida, do Instituto Embelleze, o procedimento completo no salão demora cerca de 20 a 40 minutos. Já para fazer a manutenção, o tempo necessário é bem menor, apenas o suficiente para repor as camadas de gel e top coat. “Inclusive, esse procedimento deve ser feito a cada 15 ou 20 dias, dependendo do desgaste cotidiano sofrido pelas unhas. Com a manutenção feita de maneira correta e os cuidados para prolongar o tempo de ação, o banho de gel pode durar até 60 dias”, diz a especialista. Lembrando que é muito importante fazer a manutenção porque a unha vai crescendo e a área “nova” que aparece rente à cutícula também precisa receber o banho de gel para que esse detalhe não fique aparente. Quem quiser dar um tempo para deixar as unhas respirarem, o mais indicado é ir ao salão e retirar o banho de gel com um profissional. Dessa forma, fica garantido evitar traumas e manter a unha comprida e fortalecida. Afinal, esse era o objetivo inicial, não é mesmo?

Não faça o banho de gel nas unhas se...

Você é alérgico a odores fortes, tem rinite ou sinusite. “Grávidas e pessoas com doenças dermatológicas nas unhas também devem evitar o procedimento ou consultar um médico antes de fazer o banho de gel”, avisa Maria Aparecida, do Instituto Embelleze Taubaté.

 

Tags

banho de gel, unhas, gel, saúde das unhas, esmalte, manicure, alongamento de unhas, esmaltação em gel, curso de manicure, Instituto Embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

RITUAL DETOX ELIMINA A OLEOSIDADE A JATO!
As causas da oleosidade no couro cabeludo são muitas e precisam ser diagnosticadas por um dermatologista para tratar casos como dermatite seborreica ou alguma disfunção na produção das glândulas sebáceas. Tirando isso, o cabelo pode parecer oleoso no dia a dia por excesso de creme, longos intervalos entre as lavagens e até pelo uso de produtos que não são indicados para o seu tipo de fio. Outras razões possíveis: o hábito de ficar passando as mãos constantemente no cabelo, lavar com água muito quente e lavar além do necessário (o que acaba estimulando ainda mais a fabricação de sebo). O calor e o clima muito quente também podem estimular a oleosidade. Enfim, seja qual for a origem do problema, existe um tratamento de salão que resolve a questão chamado Ritual Detox, uma desintoxicação capilar que purifica o couro cabeludo e limpa os fios profundamente, eliminando resíduos oleosos que emplastram o cabelo no dia a dia.Mas antes de falar sobre esse procedimento, vale destacar que quem tem cabelo oleoso pode, sim, lavá-lo todo dia, assim como a pele. O que muda é a quantidade de cabelo que cada pessoa tem, fato que influencia no processo de secagem. Enquanto uns levam mais tempo para secar, outros secarão mais rápido. Já dormir com o cabelo molhado não é legal, pois a umidade no couro cabeludo cria um ambiente favorável à proliferação de fungos e bactérias, o que provoca oleosidade. Veja como funciona o Ritual Detox Mais do que uma técnica de limpeza e purificação, o Ritual Detox ou Desintoxicação Capilar feita com produtos da Salon Embelleze, também cuida do couro cabeludo e hidrata os fios, deixando-os mais leves. Essa técnica é indicada para quem possui cabelos muito oleosos na raiz e pontas ressecadas, inclusive após a lavagem. Funciona assim: O primeiro passo é a aplicação do Primer Capilar, que retira os minerais acumulados no fio que atrapalham processos de tratamento. O Primer precisa ser borrifado em todo o cabelo até ficar bem umedecido, aguardando o tempo de 10 minutos para a ação do produto. Em seguida, é hora de enxaguar todo o cabelo e aplicar o Revitay Shampoo Purificante, que elimina todos os resíduos sem ressecar o cabelo, além de tratar os fios e o couro cabeludo deixando-os livres de impurezas. Após a retirada do produto, é aplicada uma ampola de Serum Scalp Therapy para retirar de vez toda a oleosidade e nutrir o couro cabeludo. Para a aplicação, é preciso abrir o couro cabeludo e colocar o produto em pequenas porções, massageando para que fixe bem. Em sua fórmula, o Serum traz ingredientes como o extrato de chá verde, que age como um oxidante e previne o envelhecimento da fibra, e o extrato de gengibre, que tem ação antisséptica e estimula o crescimento dos fios. Depois, o cabelo deve ser dividido mecha a mecha para a aplicação do Detox Máscara dois dedos abaixo da raiz, massageando uma a uma. O produto é ideal para a hidratação e está disponível em duas versões: em gel, para cabelos mistos e oleosos, e em creme, para cabelos quimicamente tratados e ressecados. Para potencializar ainda mais a ação do produto, ele ficará em aquecimento por 20 min. antes do enxágue. Para finalizar, é só aplicar o Bruma Lacteé, composto pela flor da moringa, que facilita a escovação e possui agente antipoluição. O resultado é um cabelo mais leve, hidratado, solto, com aspecto natural e sem aparência oleosa.  Venha conhecer o curso de cabeleireiro profissional ou visite uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você!  
> Leia mais
Recupere o cabelo dos danos do verão em 30 dias!
O fio de cabelo é composto por cutículas, que são formadas por placas de queratina (um tipo de proteína) sobrepostas como escamas de peixe. Com movimento próprio, elas abrem e fecham. Se você não protegeu o cabelo devidamente sob o sol, deixou a porta aberta para que os raios ultravioleta, mais os resíduos de sal, cloro e areia se acumulassem no interior da haste, permitindo que essas placas se desestruturassem. O resultado você vê agora, no espelho... fios fracos e quebradiços, opacos, arrepiados, ressecados, manchados, com pontas duplas e toque áspero. Credo! Mas também não é para se desesperar ou perder a cabeça, porque, segundo os especialistas, é possível sim recuperar a vida e a maciez das madeixas rapidamente, em mais ou menos um mês. Identifique o problema do seu cabelo ou dos fios da sua cliente e vá à luta! O loiro ganhou reflexos esverdeados e o castanho está avermelhado? O cloro e o sulfato de sódio da água da piscina reagem com o tom amarelo dos fios, tornando-os verdes. Nos castanhos, o resultado são nuances avermelhadas ou pontas mais claras. A primeira providência é fazer uma limpeza profunda com um xampu antirredíduos para eliminar resquícios dos agentes químicos. Depois, aplique um tonalizante sem amônia para uniformizar a cor e um bom hidratante ou máscara reconstrutora. Isso vai disfarçar o problema por algumas semanas, mas depois é necessário recorrer à ajuda de um profissional para corrigir o tom definitivamente. “No dia a dia, procure usar xampu e condicionador com proteínas do trigo, que auxiliam na manutenção da cor”, indica Dione Antunes, coordenadora técnica da Embelleze Salon. A cor desbotou? Os raios solares penetram na fibra capilar e degradam o pimento que lhe dá cor, não importa se o cabelo é natural ou tingido. Algumas vezes o reflexo provocado pelo sol é até bem-vindo — nas loiras naturais sobressaem as mechas douradas. Mas há casos em que os efeitos acabam sendo contrários. As mechas vermelhas, por exemplo, podem ficar alaranjadas e as castanhas e as loiras tingidas tornam-se sem vida. Daí é hora de garantir a saúde dos fios novamente com alguns cuidados especiais. Anote: primeiro reavive a cor com um xampu tonalizante (num tom próximo ao do seu fio), que também restaura o brilho e reforça os reflexos. Depois, para não correr o risco de ficar desbotado outra vez, proteja o cabelo com leave-in formulado com filtro solar. O problema são fios super-ressecados? Todos os agentes típicos do verão roubam a umidade natural do cabelo. É o caso do sol, do mar da piscina, do vento e até do atrito do fio com a areia. A aparência é de mechas opacas e ressecadas. Com o calor a gente tende a lavar mais o cabelo e isso também retira a oleosidade natural. Resultado: o couro cabeludo tem dificuldade de produzir a gordura que o cabelo precisa e pode, inclusive, provocar descamação. “O uso de xampu com ingredientes hidratantes, como o óleo de Argan ou o de coco e a lanolina, ajuda a reverter o quadro”, diz Dione. Para acelerar o processo de recuperação, a expert recomenda substituir o condicionador após a lavagem por uma máscara de hidratação composta por ácido hialurônico, um excelente repositor de umidade e formador de película protetora, ou óleos vegetais de abacate, coco ou oliva. “Uma possibilidade é aplicar o condicionador após a máscara para conferir ainda mais emoliência aos fios”, garante Dione. Uma a duas vezes por semana, aposte numa máscara reconstrutora. Só para você entender a importância, os hidratantes reagrupam as cutículas e aumentam o brilho e a maciez, quanto os reconstrutores repõem as proteínas (queratina e aminoácidos) perdidos.   O fio liso insiste em ficar fora do lugar? Uma das causas do liso ficar arrepiado e rebelde durante o verão é a umidade do ar. Ela aumenta a eletricidade, além disso, o sal da água do mar e o cloro da piscina retiram a oleosidade natural, deixando os fios desidratados e mais ásperos. A saída é fazer hidratação uma vez por semana e, no dia a dia, usar produtos que diminuem a eletricidade estática. Xampu e condicionador à base de ceramidas ou queratina são capazes de nutrir o cabelo e dar um bom efeito. Outro cuidado é investir, diariamente, em um leave-in e usar máscara de hidratação profunda semanalmente. O crespo está arrepiado? O formato espiralado do fio cacheado dificulta a chegada da oleosidade natural — que sai do couro cabeludo — até as pontas. Por isso, de forma geral, os crespos são mais ressecados. Os agentes externos, como a escovação, a umidade do ar mais intensa, o sol, o cloro da piscina, a água do mar e o atrito do cabelo com o vento vão piorando ainda mais a situação, pois torna o fio poroso e, consequentemente, volumoso. Lavar os fios com xampu formulado com queratina, pantenol ou aloe vera é fundamental para ajudar na hidratação. Use também leave-in e reparador de pontas para dar um pouco mais de peso ao cabelo e evitar o frizz. Acabou o brilho? O fio só vai conseguir refletir a luz se a superfície estiver uniforme, retinha, com as cutículas (escamas que protegem a fibra capilar) fechadas. Mais: também não pode ter proteína faltando. Para que isso aconteça, você tem que fazer hidratação semanalmente. “Um tratamento selante, que alinhe as cutículas, também é indicado. Pode ser feita uma cauterização ou carga de queratina”, diz Dione. Quando quiser resultados imediatos, lance mão dos sprays e séruns de brilho — eles têm efeito temporário (lavou, saiu), mas são perfeitos para dar uma iluminada no visual e garantir a impressão de cabelo bem cuidado. Estão aparecendo pontas duplas? Nesse caso, infelizmente, não há conserto. A única solução é passar a tesoura! Mas dá para disfarçar o problema enquanto você não corta: “cole” as pontinhas bifurcadas (úmidas ou secas) aplicando cosmético à base de silicone na formulação — de quebra, eles aumentam o brilho e a maciez.   Cabelos na UTI Quando os fios estão ultradetonados a melhor coisa a fazer é um tratamento de choque no salão para regenerá-los. Ele hidrata, nutri e reconstrói a fibra capilar de forma eficiente e duradoura. São usadas máscaras de hidratação profunda com ingredientes nobres e em alta concentração. Os efeitos já são sentidos logo após a primeira aplicação! Conheça as etapas pelas quais os seus fios devem passar para se regenerarem integralmente:
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados